segunda-feira, 21 de abril de 2008

OLIMPIADA: Continuam protestos em Pequim

Os protestos iniciaram com a situação do TIBET, depois a condução da Tocha Olímpica e agora Chineses armam um boicote contra SUPERMERCADOS CARREFOUR( França) e TV CNN ( USA).

As informações das agências de notícias que chegaram de PEQUIM, desde o domingo, dia 20, é que os chineses não perdoam a França e Estados Unidos.
Pelo segundo dia consecutivo, milhares de cidadãos chineses se reuniram na entrada de supermercados da rede Carrefour de todo o país, pedindo o boicote a essa empresa francesa, cantando slogans contra a independência do Tibete e também lançando críticas à rede de televisão norte-americana CNN. Além de Carrefour e CNN, a cadeia britânica BBC e marcas francesas como Louis Vuitton, L'Oréal e Peugeot-Citroën foram alguns dos alvos do sentimento antiocidental, que se originou sobretudo nos fóruns e blogs da internet, um dos poucos meios onde os chineses podem se expressar com relativa liberdade.Segunda a agência de notícias estatal Xinhua, cidadãos de Xian (centro), Jinan (leste) e Harbin (nordeste) se somaram neste dominog aos protestos que ontem foram registrados em supermercados Carrefour de Pequim, Wuhan (centro), Kunming (sudoeste), Hefei e Qingdao (leste).

Inclusive chineses queimaram uma bandeira francesa.

Nenhum comentário: