quinta-feira, 24 de julho de 2008

OLIMPIADA: LINHA DURA EM PEQUIM

Era esperado e está acontecendo, Richard Amante, que está desde agosto de 2007 em Pequim, conta no seu blog AMANTEINCHINA, que PEQUIM ESTÁ UM SACO.

Fala Richard" Essa cidade está realmente um saco. E não é uma reclamação só minha. Muita gente quer que as Olimpíadas acabem logo, para que a vida volte ao normal. Bares e restaurantes estão fechando as portas ou cancelando as programações culturais e festivas. Pequenas lojas que não tinham boa aparência exterior foram derrubadas. Outras estão temporariamente “sem atividade”. Prossegue RICHARD: " A cidade está cheia de voluntários por todo o lado, controlando o acesso à tudo. Parques públicos e universidades, antes ponto de encontro, agora estão fechados e só entra quem é registrado.
A polícia, sem mais nem menos, entra nos bares e exige passaporte de todo mundo. Ou bate na sua porta e te enche de perguntas. Ou então pára qualquer um na rua, no carro.Os preços subiram e vão continuar subindo. Tudo está mais caro, da água à pizza, do aluguel aos eletrônicos. Artigos ocidentais, que a gente sempre encontra em alguns mercados, além de mais caros, estão acabando.Até a carne de cachorro sumiu dos cardápios.
Nota do Editor - Com toda esta dureza da policia, até que decidimos bem não aceitar o visto de turista, pois a nossa presença em PEQUIM seria para fazer o nosso trabalho jornalístico e certamente se estivéssemos fazendo alguma entrevista e fóssemos abordado por um policial e nos solicitasse a credencial, não se sabe o que aconteceria. Mas ficando aqui, interligado na INTERNET e NET, faremos o nosso trabalho, igual.


·


Nenhum comentário: