domingo, 17 de agosto de 2008

OLIMPIADA; HANDEBOL FEMININO NÃO CLASSIFICA

UM PLANTÃO E A DESPEDIDA DO HANDEBOL

FEMININO DA OLIMPÍADA DE PEQUIM


Anunciamos mais um plantão do QG OLIMPICO DE SANTA MARIA e nele reforçávamos a expectativas de termos o handebol feminino brasileiro classificado, isso pelo seu desempenho nos jogos da sua chave na fase classificatória . Vejamos: Um bom jogo com a Alemanha, em que perdeu por apenas 2 gols, depois o empate com a Hungria em que podia ter ganho e a mais fraca atuação foi com a Russa, que teve o placar mais elástico desfavorável (28x19) e foi com a Coréia a recuperação daquele jogo empatado com a Hungria com semelhante característica, em que o Brasil venceu por um gol feito no último segundo e era a primeira vitória do Brasil na Olimpíada de Pequim.

Por essa campanha era que se tinha a esperança que viria a vitória contra a Suécia, que não tinha tido ao longo da fase uma participação uniforme da categoria do seu tipo de handebol.

Mas o Brasil não apresentou o seu handebol força, veloz e grupal. A Suéria embora tenha saído perdendo por 3 gols, manteve-se calma e aos poucos foi empreendendo um handebol produtivo, defendendo e atacando de acordo com a situação de jogo, o Brasil errava arremessos e com isso a Suécia se aproveitava , sustentava um ataque ou mesmo no contra-ataque com precisão ia fazendo seus gols. A defesa do Brasil não esteve bem, não havia a saída para o combate o que oportunizava as penetrações das suecas, invandindo e fazendo o arremesso.

É aquela história quando tudo anda bem, os fundamentos do esporte com as sua variante acontecem. Realmente, no jogo, a Suécia não foi tão grandiosa, o Brasil que perdeu para si, pelos seus erros e se foi a chance da classificação – que todos sabiam ser muito difícil – mas pelo seu desempenho na fase classificatória , animou e passou-se a esperar esta classificação.

Agora irá disputar de nono a décimo segundo lugar.

Como irá se comportar, isso vamos ver. Pode crescer ou mesmo de desiludir com a não classificação.

Sabe-se que para esta SELEÇÃO não faltaram jogos-treinos com outras seleções. A CBHb é uma das Confederações Esportivas do Brasil, que tem patrocínio Estatal ( PETROBRÁS) , PRIVADO, parece-nos da Olympicus, além daquele que recebe do próprio COB ´pela Lei PIVA-AGUINELO “ que é destinado ao COB e repassado a CBHb, portanto não faltou apoio da Comissão Técnica da CBHb e do presidente MANOEL LUIZ DE OLIVEIRA.

E agora a torcida fica , embora se sabe que é muito remota a possibilidade da Seleção Masculina se classificar. Tem hoje um fortíssimo adversário – ESPANHA.

Mas como se diz que todos anos temos Carnaval e vestibular, podemos dizer que de quatro em quatro anos existem Panamericanos e Olimpíada – que tem relação já que o primeiro passo a conseguir vaga para a Olimpíada tem que vencer o PANAMERICANO – 2011 será no México, senão terá que passar por um MUNDIAL, que é muito difícil.

>>>>>>>>>>>>>>>

A dupla de VOLEIBOL DE PRAIA – Larissa e Ana Paula também dão adeus e agora a torcida fica com a outra dupla feminino e os meninos que atualmente estão classificados para as oitavas de finais.

FICAMOS POR AQUI E VAMOS PARA A TV assistir os nossos ginastas: DIEGO HYPÓLITO – deve ser ouro ou no mínimo subirá o pódio e a Daiane e Jade também com chances já que são finalistas.

COBERTURA -

REDE SANTAMARIENSE DE COMUNICAÇÃO ESPORTIVA – RESCE – Rádios IMEMBUI e UNIVERSIDADE, jornais – A CIDADE e SAUDE PELA PRATICA, blog http://www.saudepelapratica.blogspot.com/ e as redes CEV-LEIS e http://www.tvvirtualfiep.com/

PATROCINIO:

GRAFICA EDITORA PALLOTTI, GRUPO COTREL, ESTAÇÃO RODOVIÁRIA DE SANTA MARIA E SUPERMERCADO NOSSA SENHORA DAS DORES – REDE SUPER e o APOIO da NET SANTA MARIA

E SANTA MARIA E SUPERMERCADO NOSSA SENHORA DAS DORES – REDE SUPER e o APOIO da NET SANTA MARIA.

Nenhum comentário: