domingo, 23 de março de 2008

PEQUIM:Momento Político - Caso TIBETE (2)

Voltamos ao assunto do Tibete, depois de colocarmos a notícia do Blog Spormarketing estamos com mais informações que chegam do mundo. Quando estamos há 136 dias do início da Olimpíada em Pequim e mesmo no momento que antecede a largda para a corrida da TOCHA OLÍMPICA. Vamos a notícia:
COI pede fim da violência no Tibete
Presidente da entidade divulga nota oficial contra o conflito
O Comitê Olímpico Internacional (COI) manifestou-se neste domingo sobre o conflito entre Tibete e China. Pouco depois de chegar à Grécia, o belga Jacques Rogge, presidente da entidade, pediu aos envolvidos no conflito que encerrem a onda de violência na região tibetana.
Há uma semana, grupos de manifestantes e representantes do governo chinês enfrentam-se na área. Os tibetanos reclamam do domínio imposto pela China e da falta de respeito aos direitos humanos.
- O COI já expressou a esperança de que este conflito seja resolvido de maneira pacífica o mais rápido possível- afirmou Rogge em comunicado oficial.
Ele está na Grécia para acompanhar a cerimônia na qual será acesa oficialmente a chama olímpica, em Olímpia Antiga. A cerimônia está programada para esta segunda-feira.
Rogge recorreu à mensagem olímpica para tentar pacificar os ânimos.
- Todo tipo de violência é contrário ao espírito e aos valores olímpicos. Acreditamos que a China irá mudar abrindo o país ao escrutínio mundial através dos 25 mil jornalistas que irão acompanhar os Jogos. Os Jogos Olímpicos são uma força para o bem - continuou o presidente do COI.
A China domina o Tibete desde 1950, quando invadiu o território militarmente. O líder espiritual da região, Dalai Lama, vive exilado na Índia desde então.
GAZETA PRESS

PEQUIM: Momento político - Caso Tibet?

Repassamos a informação que recebemos do BLOG SPORTMARKETING, da colega jornalista ´Débora.
Canceladas transmissões ao vivo da Praça da Paz
Diz o BLOG: " Pois bem, dezenove anos depois, a China aparentemente preocupada pelos recentes protestos no Tibet e a possibilidade de manifestações no centro da capital do país pretende proibir as transmissões de televisão ao vivo da Praça da Paz Celestial durante os Jogos Olímpicos. A proibição das transmissões ao vivo arruinará os planos da NBC e de outras redes internacionais de televisão, que pagaram centenas de milhões de dólares pelos direitos de transmissão dos Jogos e esperam fazer tomadas ao vivo da praça. O governo chinês havia prometido às cadeias que poderiam usar a praça, mas essa nova postura acontece no momento em que as autoridades do país enviaram tropas às zonas do Tibet, destruídas por protestos contra o governo de Beijing e, em meio ao aumento na segurança em outras cidades, aeroportos e zonas de lazer. "A praça é o rosto da China, o rosto de Beijing" - disse Yosuke Fujiwara, chefe de relações públicas da Beijing Olympic Broadcasting Co. (BOB), uma parceria entre os organizadores locais dos Jogos e uma subsidiária do Comitê Olímpico Internacional (COI). A BOB coordena e fornece serviços técnicos para as cadeias de televisão que têm direitos de transmissão do evento, como a NBC. Contudo, esta semana as autoridades do BOCOG -Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Beijing disseram à BOB que as transmissões ao vivo estão canceladas, segundo três pessoas ligadas ao assunto, que pediram o anonimato porque não estão autorizadas a falar com a imprensa. "Não foi dada nenhuma explicação para a mudança", disse uma das pessoas. Sun Weijia, diretor do BOCOG encarregado da coordenação com a BOB, não fez comentários a respeito, finaliza.
Nota: Entende-se que o momento é oportuno, pela grandiosidade do evento, mas certamente será amenisado e teremos uma grandiosa OLIMPÍADA, no entanto vale lembrar que durante as GRANDES GUERRAS Mundiais não foram realizados Jogos Olímpicos. (editor deste Blog - Jorn. Clery Quinhones de Lima )-

De Santa Maria a Pequim


Para visualizar alguns quilômetros que teremos de fazer de nossa cidade SANTA MARIA até PEQUIM. A viagem acontecerá no dia 4 de agosto, saindo de Porto Alegre, São Paulo, Nova Iorque, Tókio e Pequim ( chegando no dia 6). Permaneceremos até o término da Olimpíada, dia 24, mas o nosso regresso só acontecerá às 20h do dia 27 de agosto.

Nossa apresentação juntamente com Miguel Gomes, na edição 16a. do TDSM, no ano de 2005.