quinta-feira, 24 de julho de 2008

OLIMPIADA: MERCHADISING CONFIRMA

MERCHADING É PONTO ALTO EM PEQUIM

Indiscutivelmente se previa um mar, até um oceano no comércio desta Olimpíada, por se tratar ser na CHINA, em PEQUIM. E está acontecendo.
As notícias chegam para nós através dos blogs do Richard e da Janaína. Em matéria anterior, o Richard diz que Pequim está muito diferente, a Janaína mostra a SUPER ADIDAS.

Maior Adidas do mundo

Adidas fica próximo à zona boêmia para turistasFoto: Jana Jan/China in Blog

Jana Jan/China in Blog

Patrocinador oficial é coisa séria. A Adidas, um dos superpatrocinadores da Olimpíada de Beijing, abriu na capital chinesa a sua maior loja do mundo. São mais de 3 mil metros quadrados, divididos em quatro andares.

O local reúne roupa pra criança, masculina e feminina - além de sapatos, tênis, bolsas e acessórios - de todas as marcas das coleções. São peças de Adidas Originals, Adidas, Adidas Stella McCartney (é, a filha do Paul) e Adidas Style, com Yohji Yamamoto - a Y-3.

As roupas do japonês sessentão são apenas TUDO. Mas, sério, eu não consigo entender porque uma blusa sai por mais de 300 dólares. Me parece uma afronta à tanta falta de dinheiro por aí...

Restrições à parte, o prédio da Adidas virou cartão postal da cidade, e tem turista que não resiste a uma foto em frente ao estabelecimento. Pra quem vem pra cá, fica em GongtiBeilu, perto do Estádio dos Trabalhadores e quase na esquina com Sanlitun, uma das áreas boêmias da cidade, e a mais famosa entre estrangeiros.

OLIMPIADA; BRASIL DEFINE DELEGAÇÃO


BRASIL MAIOR DELEGAÇÃO DA HISTÓRIA OLÍMPICA

Brasil tem 277 atletas inscritos em 32 modalidades para os Jogos

O Comitê Olímpico Brasileiro - COB divulga a sua delegação para a disputa da OLIMPIADA DE PEQUIM. O Brasil supera a maior delegação de ATENAS. ( fonte Textual -COB)

Agora os recordes são oficiais. A Chefia da Missão Brasileira inscreveu nesta quinta-feira, dia 24, o Time Brasil que participará dos Jogos Olímpicos Pequim 2008, com início marcado para o dia 8 de agosto. A inscrição foi realizada no Centro de Boas-Vindas da Vila Olímpica de Pequim pelo Chefe da Missão Brasileira, Marcus Vinicius Freire, e os subchefes José Roberto Perillier, Bernard Rajzman e Paulo Villas Boas, que confirmaram os números recordes da delegação nacional. O Brasil levará a Pequim a maior delegação da história da participação brasileira em Jogos Olímpicos: 469 integrantes, sendo 277 atletas (132 mulheres e 145 homens), em 32 modalidades. Em Atenas 2004, o Brasil competiu com 247 atletas, sendo 122 mulheres, em 28 modalidades.
“Terminamos uma fase importante na preparação da delegação brasileira. Foi uma reunião longa, onde não deixamos passar nenhum detalhe”, afirmou Marcus Vinícius Freire. “Esta delegação teve a melhor preparação da história das participações brasileiras e, por isso, antes mesmo dos Jogos começarem, já chegamos aqui batendo vários recordes”, disse o chefe da missão brasileira.
O processo de credenciamento e inscrição da delegação brasileira foi iniciado em janeiro. Na ocasião, o BOCOG (Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Pequim) encaminhou ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB) os documentos de credenciamento para serem distribuídos a todos os atletas e oficiais com chances de participação nos Jogos. No final de maio, a Chefia da Missão Brasileira realizou na Cidade do México a pré-inscrição da delegação brasileira, já com alguns cortes. Nesta quinta-feira, dia 24, foi realizada a inscrição definitiva. A partir desta data, o atleta só pode ser substituído por motivo de contusão.

A Chefia da Missão brasileira já está alojada na Vila Olímpica de Pequim, antes mesmo da abertura oficial, marcada para o domingo, dia 27. “Estamos montando toda a estrutura dos escritórios que serão utilizados pelo Time Brasil. Quando os atletas começarem a chegar, vai estar tudo pronto”, disse o subchefe da missão, José Roberto Perillier. A primeira equipe a chegar é a de remo, na terça-feira, dia 29.

NOTA DO EDITOR - O Brasil já larga na frente em termos de número de participantes. Agora a expectativa é se vai superar a sua participação em termos de medalhas, pois o maior número foi em Atlanta - 15 medalhas, em termos de ouro, a maior foi a última de Atenas - Brasil fez 5 de ouro. Aguardemos.

OLIMPIADA: LINHA DURA EM PEQUIM

Era esperado e está acontecendo, Richard Amante, que está desde agosto de 2007 em Pequim, conta no seu blog AMANTEINCHINA, que PEQUIM ESTÁ UM SACO.

Fala Richard" Essa cidade está realmente um saco. E não é uma reclamação só minha. Muita gente quer que as Olimpíadas acabem logo, para que a vida volte ao normal. Bares e restaurantes estão fechando as portas ou cancelando as programações culturais e festivas. Pequenas lojas que não tinham boa aparência exterior foram derrubadas. Outras estão temporariamente “sem atividade”. Prossegue RICHARD: " A cidade está cheia de voluntários por todo o lado, controlando o acesso à tudo. Parques públicos e universidades, antes ponto de encontro, agora estão fechados e só entra quem é registrado.
A polícia, sem mais nem menos, entra nos bares e exige passaporte de todo mundo. Ou bate na sua porta e te enche de perguntas. Ou então pára qualquer um na rua, no carro.Os preços subiram e vão continuar subindo. Tudo está mais caro, da água à pizza, do aluguel aos eletrônicos. Artigos ocidentais, que a gente sempre encontra em alguns mercados, além de mais caros, estão acabando.Até a carne de cachorro sumiu dos cardápios.
Nota do Editor - Com toda esta dureza da policia, até que decidimos bem não aceitar o visto de turista, pois a nossa presença em PEQUIM seria para fazer o nosso trabalho jornalístico e certamente se estivéssemos fazendo alguma entrevista e fóssemos abordado por um policial e nos solicitasse a credencial, não se sabe o que aconteceria. Mas ficando aqui, interligado na INTERNET e NET, faremos o nosso trabalho, igual.


·