quinta-feira, 14 de agosto de 2008

OLIMPIADA: PHELPS GANHA SEIS MEDALHAS DE OURO.


FALTA SÓ DUAS MEDALHAS DE OURO PARA MAIS UM RECORDE MUNDIAL DE PHELPS

O americano PHELPS que já havia ganho cinco medalhas de ouro e batido vários recordes, mas com a promessa de chegar a oito ouros, ele neste final de manhã do dia 15, sexta-feira em PEQUIM e noite de quinta-feira, no Brasil, ele consegue mais uma medalha de ouro nos 200 medley - estabelece o seu recorde de medalhas de ouro, foi seis, em Atenas - e agora só falta duas medalhas para ele chegar a oito de ouro, quando ele estabeleceria o MAIOR FEITO DE UM ATLETA NUMA OLIMPIADA, ter ganho o maior número de medalhas de ouro, que atualmente pertence a MARK PITZ, no ano de 1972, em Munique.

COBERTURA DA OLIMPIADA DE PEQUIM:

REDE SANTAMARIENSE DE COMUNICAÇÃO ESPORTIVA – RESCE – Rádios IMEMBUI e UNIVERSIDADE, jornais – A CIDADE e SAUDE PELA PRATICA, blog www.saudepelapratica.blogspot.com e as redes CEV-LEIS e www.tvvirtualfiep.com

PATROCINIO: GRAFICA EDITORA PALLOTTI, GRUPO COTREL, ESTAÇÃO RODOVIÁRIA DE SANTA MARIA E SUPERMERCADO NOSSA SENHORA DAS DORES – REDE SUPER e o APOIO da NET SANTA MARIA

OLIMPIADA: BRASILEIRO COM RECORDE OLÍMPICO

CIELO, BRONZE, BATE RECORDE OLIMPICO NOS 50 M LIVRES
Chega de Recordes para outros países e nada para o Brasil e n´água é que ele vem.Hoje (sexta-feira em Pequim), o nosso CIELO foi recorder nos 50 metros livres.
César Cielo, que ontem fora BRONZE nos 100 metros livres, anunciou que ganharia os 50 metros livres e nesta noite de quinta-feira, dia 14, no Brasil e já dia 15, sexta-feira em PEQUIM estabeleceu o recorder na semi-final, cravando 21s34.
Nota do Editor - Estamos iniciando a nossa cobertura.
PATROCINADORES - A QUILISPORT conta com o patrocínio de GRAFICA EDITORA PALLOTTI, GRUPO COTREL, REDE SUPER - SUPERMERCADO NOSSA SENHORA DAS DORES e ESTAÇÃO RODOVIÁRIA DE SANTA MARIA, com o apoio da NET Santa Maria.


OLIMPIADA: HANDEBOL MASCULINO DO BRASIL PERDE O TERCEIRO JOGO

HANDEBOL MASCULINO PERDE PARA POLONIA
O handebol masculino brasileiro continua sem vencer nesta Olimpiada. Vencia até aos 19 minutos do segundo tempo, mas acabou perdendo para a POLONIA, por
28x25
O handebol masculino do Brasil, que até então, não havia tido boas apresentações, duas derrotas para a FRANÇA e para a CROACIA, teve um bom primeiro tempo. Primeiros 10 minutos 4x4 e até aos 28 minutos, o Brasil mandava no jogo, em termos de placar. Os poloneses pareciam o Brasil erraram muito nos arremessos e perderam passes, que eram aproveitados pelo Brasil. Nos últimos dois minutos, o Brasil deixou a Polônia c crescer, inclusive chegou empatar 14x14, mas num ataque o Brasil acabou o primeiro tempo vencendo em 15x14.
O segundo tempo teve também um início muito bom para o Brasil, até aos 10 minutos, o Brasil continuava na frente com 18x15 e o Brasil marcando muito e os goleiros, no tradicional revezamento, atuando bem. Aos 20 minutos, a Polônia chegou ao empate 22x22. E pela primeira vez, a Polônia passa à frente, 23x22 e aos 22 minutos, a Polônia passa a 2 gols na frente e dai em diante assumiu o placar e venceu por 28x25.
O proximo jogo, Brasil enfrenta Espanha, jogo duro, também.
Mas pelo menos , neste jogo, viu-se uma equipe mais equilibrada e o andar do placar mostrou uma evolução.