sábado, 16 de maio de 2009

CORRIDA VOLTA CIDADE DE SANTA MARIA: 3KM e 10 KM

XXI Volta Cidade de Santa Maria:

MARCIRIO E MARCIA VENCEM


A XXI Volta Cidade de Santa Maria teve 420 participantes na disputa de 3km e 10 km. Na classificação adulto geral, venceram Marcirio, do Regimento Mallet e Márcia Cavalheiro, de Restinga Seca.

A Volta Cidade de Santa Maria é uma promoção da Prefeitura Municipal de Santa Maria, através da Secretaria de Esportes e Lazer e do Centro de Apoio ao Esporte e Lazer de Santa Maria – CAEL-SM, realização de QUILISPORT e o apoio da 3ª Divisão de Exército/ 6ª. Brigada, Regimento MALLET, Colégio Militar, Clube de Orientação de Santa Maria – COSM, CORSAN, DMT, Brigada Militar e homenageou o COLEGIO MILITAR DE SANTA MARIA.
Antes do inicio da corrida, um caminhão de som passou por ruas e avenidas anunciando a corrida.
O evento foi prestigiado pelo prefeito Schirmer que entregou a premiação juntamente com o Secretário Tubias, o gerente do Banco do Brasil de Santa Maria, Sadi Orth,os atletas Claudir e Gilberto, os generais Araken e Asaad ( que correram), Paniz Junior, da SMEL.
PERCURSO MENOR – 3km – Largou às 15h30min e percorreu Liberdade, Silva Jardim, Appel, Presidente Vargas, Borges e chegou na Liberdade. Participaram os grupos C – até 14 anos masculino; D- até 14 anos masculino; E – Livre feminino e F – Acima de 50 anos masculino.
RESULTADOS: Grupo C – William Mateus - Alto da Boa Vista, Luiz Henrique – Alto da Boa Vista e Mauricio Vieira – CMSM; Grupo D – Natalia, 15 anos, CMSM; Fabiana Arantes, Sâmara da Rosa Couto – Alto da Boa Vista; Grupo E – Ana Paula Andrade, Escola Bandeira Medina; Luize da Rocha – Gomes Carneiro e Andrele Bairros – Gomes Carneiro. Grupo F – Luiz de Souza, Fermino Valnei, Valdoci Morozini.
PERCURSO MAIOR - 10Km – Grupo A – Roberto Marcirio – Mallet, Antonio David – São Gabriel e Felipe Souza – Restinga Seca; Henrique Abib e Muriel Santos Brum – 29 BIB. Grupo B – Márcia Cavalheiro – Restinga Seca; Gláucia Castanho e Anelise Paz e Paz, Academia Stúdio Corpus.
PREMIAÇÃO – Todos os participantes ganharam camisetas e medalhas. Os classificados até o terceiro lugar nos vários grupos receberam troféus; assim como alguns especiais: Maior representação escolar – Escola Estadual Gomes Carneiro; Militar – 1.RCCC- Santa Maria; Classista – Academia Stúdios Corpus e Associação Alto da Boa Vista. Mais Idoso – 70 anos – Júlio da Silva e Mais idosa – 70 ANOS – Marilene Gieseler.
A coordenação também entregou troféus para os apoiadores: 3ª.DE, 6ª. Brigada, Brigada Militar, COSM, Mallet.
AVALIAÇÃO – Clery Quinhones de Lima, criador e organizador da Volta Cidade de Santa Maria, presidente do CAEL-SM e integrante da Equipe da SMEL, caracteriza que o evento cumpriu com os seus objetivos, pois homenageou a Cidade de Santa Maria, pelos seus 151 anos e também o Colégio Militar, no ano da Educação Física Escolar. Teve uma boa estrutura oferecida pelos apoiadores COSM, Exército Brasileiro, Prefeitura Municipal e Brigada Miltiar, que se somaram com o apoio financeiro oferecido pela Lei de Incentivo ao Esporte –PROESP-SM, que teve como apoiadores o Banco do Brasil, Distribuidora Ambraí, Bramoto Motocicletas e Pallotti. Clery espera que para o exercício de 2010, o PROESP-SM libere mais verbas para ser captadas junto às empresas locais para que o evento possa ser ainda mais participativo.

(Jorn. Clery Quinhones de Lima – Reg. Prof. n4020-MTB)



UM ACIDENTE DE MOTO, SÓ. PREVALECE O ESPORTE

TUDO PELO ESPORTE
Na última quinta-feira, dia 14, à noite, tivemos uma acidente de moto, mas felizmente por tudo que poderia ser, ficou barato.
Amigos, sabem que sou motoqueiro, não tanto por gosto, mas sim pela facilidade de deslocamento e economia. São 29 anos de moto. Na última quinta, em torno de 21h30min, vinha de uma COPA MERCOSUL DE HANDEBOL, jogo entre UFSMxCHAPEÇO, na fase classificatória, que certamente será a final, subia a rua General Neto quando nos deparamos com um buraco, reflexo, o que aconteceu: Tentamos controlar a moto, mas não deu, fomos ao chão, ainda bem que não havia movimento de carro. Com o grito que dei, logo tinha muita gente. Mas graças a DEUS, de tudo que poderia ser, foi pouco, nada no corpo, a não ser o pé esquerdo, ficamos lúcidos e as pessoas chegavam nos confortando e nós dizíamos sim que estávamos bem, que só o pé que doia, sabia que algo havia acontecido - mas não quiz nem olhar, pois o tênis saltou longe, mas conseguia ter uma mobilidade tranquila com o joelho e leve com o pé. Aguardamos o socorro, chegou e fez aquela festa de imobilização - apesar de dizer que era só o p´´e - mas é de praxe. A moto pedi para deixarem num posto bem próximo. E logo a minha família já sabia, quando cheguei no Hospital de Caridde estavam chegando junto. A famosa medicação com soro na veia. um raio x, somente um rompimento num dos metatarso (dedo) e nada mais. Foi feito um isolamento para voltar no outro dia, às 9h para saber se precisaria gessar. No outro dia, somente uma bota ortopédica.
Como estamos preparando a VOLTA CIDADE DE SANTA MARIA, trabalhamos o dia inteiro, saltitando, à tarde conseguimos a CANADENSE, que ajuda no deslocamento.
Hoje, sábado, dia da CORRIDA, estamos bem melhor, até em casa já nos movimentamos sem as muletas, mas à tarde no fervo teremos que estar de muletas.
VOLTA CIDADE DE SANTA MARIA - Acontece à tarde, na Avenida Liberdade, inscritos 400 pessoas, nos percursos de 3 km - crianças até 14 anos - masculino e feminino, livre feminino e masculino de 50 anos em diante e 10 km - Livre feminino e masculino. Tem camisetas para todos e medalhas e aos primeiros troféus.
DEPOIMENTO - Agradecemos a DEUS pelo seu poder. Essa dificuldade não nos amedronta, a recebemos com resginação e sabemos que serve ainda mais para crescermos, não teremos agilidade de coordenação de outras VOLTAS, mas Deus irá suprir, confiamos na nossa equipe de apoio - MALLET, COLEGIO MILITAR, COSM E COLEGAS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER e a nossa família.
Após a corrida, voltaremos para informar como aconteceu para os nossos bloguistas.