domingo, 11 de julho de 2010

DESIGN CRITICA LOGO DA COPA DO MUNDO DE FUTEBOL 2014 DO BRASIL


SÓ AMARELO E VERDE NÃO JUSTIFICAM

Terra Magazine traz um texto de Dayane Souza com o designer gráfico ALEXANDRE WOLLNER que critica o logo da COPA DE FUTEBOL NO BRASIL;

O logotipo da Copa do Mundo do Brasil não representa o país, sentencia o designer gráfico Alexandre Wollner. Autor de mais de 180 logotipos - entre eles alguns bem familiares, como o do Itaú ou da Papaiz - ele ficou bastante insatisfeito com a marca oficial da Copa de 2014. "É uma porcaria", lamenta.
A piada que ficou famosa no Twitter depois da divulgação do logo nesta quinta (8) comparou a marca com a silhueta do líder espírita Chico Xavier. Wollner também enxergou no desenho um rosto, mas fez uma crítica ainda mais ferrenha.
- Olha bem para o desenho: é uma cara com a mão no rosto dizendo "que vergonha". Sabe quando você fala "que vergonha" e põe a mão no rosto?
O objetivo do logo é representar a taça da Copa usando mãos que se entrelaçam. A escolha, porém, foi cercada de polêmica. A ADG (Associação dos Designers Gráficos do Brasil) publicou uma nota em que disse que foi excluída do processo pela Fifa. Além disso, o júri que elegeu o vencedor não foi composto por especialistas, mas tinha a modelo Gisele Bündchen, o escritor Paulo Coelho e a cantora Ivete Sangalo.
Para Wollner, o processo foi antiético:
- É isso que é a falta de ética. Não respeitam os profissionais, o profissionalismo.