quarta-feira, 29 de setembro de 2010

I COPA HIPICA MD CIDADE DE SANTA MARIA

ESTRUTURA QUASE PRONTA.
COMPETIÇÃO COMEÇA NA SEXTA.
ERONI monta COPINI
Montagem das arquibancadas da Prefeitura

Grande Jânio, estrutura gastronômica no Evento


ERONI dá entrevista ao colega de A Razão
A 2 dias do evento, organização no celular
A Marca MD, força na estrutura, premiação e competidores na COPA
Caminhões, animais e materiais chegando
PRIMEIROS CONJUNTOS COMEÇAM A CHEGAR NO CISM

Numa promoção da Prefeitura Municipal de Santa Maria, realização do Centro Hípico JK, chancela da Confederação Brasileira de Hipismo –CBH, patrocínio do Centro Hípico e Haras MD – Passo Fundo, Hotel Morotin, Sano Vitosan e Ferragem Bordin, acontecerá nos dias 1 e 2 de outubro, pista do Centro Hípico da Guarnição de Santa Maria, junto aos quartéis no Boi Morto.
Nesta quarta-feira, começaram a chegar primeiros conjuntos e a estrutura no local é acelerada.


Eroni Pacheco, gerente e destacado atleta do Centro Hípico e Haras MD, confirma o descaso da Federação Gaúcha Eqüestre, pois é muito estranho decidir não chancelar o evento em cima da hora e conta que o presidente João Masaferro fez contato com ele e também com o Maurício Dalagnol e disse que o evento não saia, o que foi retrucado pelo proprietário do MD que afirmou que o evento estava confirmado. A partir daí, com a negativa da mater gaúcha, a I COPA HIPICA de Santa Maria passou a incluir o nome MD, que é o principal patrocinador. Além de toda a premiação cede também o material para compor os obstáculo da pista.
Eroni que é também competidor disse que será um grande evento, confirma Cezar Almeida, campeão nos JOPAN 2007. Também falou muito bem da Marina Dalagnol, que com apenas 14 anos, hoje é uma revelação, já integrará a Seleção Brasileira no Sulamericano que será disputado em dezembro, em Passo Fundo, no Haras MD. Ela montará Copini e Megui, no 1,10cm e Cordania, na prova 1,20m. Também falou da sua participação com Copini, na principal e duas passagens na prova 1,20m com Robini e Quastor.
ESTRUTURA – Nesta quarta-feira, o panorama próximo ao Centro Hípico mudou. Começaram a chegar os animais e suas habitações, terraplenagem nas proximidades com retiradas de raízes de tocos de eucaliptos, montagem das arquibancadas e a preparação do restaurante que terá a marca LUCÃO.
PREMIAÇAO – Será mais de 83 mil reais, sendo que ao campeão principal o valor será de 30 mil reais e o vice – 10 mil reais, haverá também prêmio em material usados pelos competidores.
A disputa será em cinco categorias: escolinhas ( 80 cm), obstáculos de 1 m, 1m10cm, 1m20cm e 1m30cm, que é a prova principal. As mesmas disputas acontecem no primeiro e no segundo dia.

( Jorn. CLERY QUINHONES DE LIMA)

Nenhum comentário: