terça-feira, 19 de outubro de 2010

PETROBRÁS VOLTA COM PATROCINIO

Petrobras fará documentários e centros de esporte

Dos R$ 265 milhões que a Petrobras investirá em seu novo projeto esportivo, R$ 101 milhões terão como foco o esporte de alto rendimento. A maior parte do montante, portanto, será alocada em outra ponta do plano: o fomento da atividade física educacional, que já tem três centros planejados para pontos distintos do país.

Os primeiros espaços da estatal com foco educacional serão construídos em Manaus (AM), Cruz das Almas (BA) e Rio de Janeiro (RJ). Entretanto, a estatal revelou nesta segunda-feira que já existem planos para outros quatro centros. “São Paulo vai ter o seu”, exemplificou José Sérgio Gabrielli, presidente da Petrobras.

A ideia inicial é que esses locais consumam investimento de R$ 164 milhões até 2014. Por terem o esporte educacional como foco, os centros investirão principalmente na formação de professores e na capacitação dos educadores que já trabalham na rede pública.

Os recursos desse trecho do projeto serão gerenciados pelo instituto Esporte e Educação, da ex-jogadora de vôlei Ana Moser. Também haverá participação da ESPN Brasil, que a exemplo da Petrobras usará a Lei de Incentivo ao Esporte para colocar recursos na iniciativa.

Outra ponta do projeto da Petrobras é a criação de um ciclo de documentários sobre a história do esporte no Brasil. As peças não serão focadas apenas em modalidades olímpicas, e a ideia da companhia é que essa iniciativa siga a linha do que a empresa já realiza no segmento cultural.

Neste ano, uma das principais ações da Petrobras no futebol também teve documentários como mote. A companhia tem produzido uma série de filmes sobre as torcidas de times da primeira divisão nacional.

O projeto apresentado nesta segunda-feira, além dos documentários e da parte social, contempla investimento em cinco modalidades olímpicas: boxe, remo, esgrima, levantamento de peso e taekwondo.
NOTA DO EDITOR - Estamos veiculando a matéria da MÁQUINA DO ESPORTE, de autoria do colega GUILHERME COSTA.
Lembramos que a PETROBRÁS patrocinava o HANDEBOL, tentamos com a Photoegrafia, Assessoria de Imprensa da CBHb saber qual o motivo do afastamento da PETROBRÁS e não obtemos resposta e agora recebemos a nova ação da PETROBRÁS. Parece-nos que nova ação se define e gostei de ir para a documentação do esporte. Falta mais informações de quais os quesitos e quem pode solicitar patrocínio.
AGUARDEMOS, MAS É CERTO QUE SANTA MARIA IRÁ REIVINDICAR O SEU CENTRO DE DESENVOLVIMENTO DO ESPORTE.
Clery Quinhones de Lima
Guillerme Costa da Máquina

Nenhum comentário: