quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

UM BLOG QUE SE VOLTOU REALMENTE AO ESPORTE NO ANO DE 2011

Foto do ano - Equipe do Dr. Ralf na cirurgia de nosso coração, no dia 27 de setembro de 2011 foto (Foto do arquivo pessoal do Editor)
OBRIGADO POR TUDO
Queremos, nada mais do que agradecer a Deus por tudo que aconteceu em 2011. Normalmente, nós fazemos os planos, mas eles são de Deus. Foi mais um ano de vitória. Uma cirurgia exitosa, compromissos vencidos, uma família maravilhosa e muita expectativas para 2012.
Por fim queremos desejar a todos de nosso convivio um ANO DE 2012 MUITO FELIZ, que possamos marcar presenças com muita HUMILDADE, SERENIDADE,ATITUDE, PAZ E AMOR. Isso sabemos que não é fácil, mas se não nos propusermos não acontecerá, temos é que ter FÉ e sobretudo TRILHAR os CAMINHOS do SENHOR.
Amigos, estamos saindo para LIVRAMENTO, para o convívio de familiares.
Talvez voltemos a este Blog sómente no ano que vem, quer dizer a três dias.
FIQUEM COM DEUS.
UM GRANDE ABRAÇO, FORTÍSSIMO MESMO E MUITO AMOR NO CORAÇÃO(falando em coração, vocês sabem que isso nos toca muito, aliás ele foi RECONDICIONADO) 
CLERY QUINHONES DE LIMA - EDITOR

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

COLUNA SAUDE PELA PRÁTICA NO SITE DA FIEP BRASIL

coluna SAUDE PELA PRÁTICA


AVALIANDO 2011 E PROJETANDO 2012

                                                            Clery Quinhones de Lima


        O ano de 2011, Ano dos Jogos Panamericanos, se vai e vem 2012, Ano Olímpico, sonho de Londres. Avaliar um ano que passa no esporte é arrojado, mas as algumas coisas que foram evidentes tem que serem ditas. Não foi tão diferente dos demais anos que passaram, mas surgem sinais de melhorias , avanços tem que acontecer. 2012 está aí com todo o seu explendor e marcará no calendário Olímpico, por certo, mais uma grande Olimpíada.
      A Federação Internacional de Educação Fisica – FIEP do Brasil terá o seu tradicional CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA em Fóz do Iguaçu, que chegará a sua vigéssima sétima edição e terá continuidade o seu PROJETO SEM FRONTEIRAS, em que seus profissionais de Educação Física estarão de 2 a 15 de abril no sudeste brasileiro e de 30 de maio a 10 de junho, em Lisboa, Porto (Portugal), Madri e Barcelona (Espanha) no CONGRESSO FIEP EUROPEU.


       Alô amigos, todos nós estamos chegando ao final de uma jornada anual pesada, certamente. Nós, particularmente, nem passava pela nossa cabeça, em 27 de setembro fomos submetido a uma cirurgia de coração. Felizmente foi exitosa e deu-nos uma experiência incrível. Numa extensão maior nos mostrou de que devemos estar atento a prevenção, a exames periódicos, pois nós da Educação Física somos orientadores, expomos a saúde às pessoas, mas muitas vezes não nos cuidamos.
Essa é a nossa nona coluna, neste lance genial oportunizado pela FIEP do BRASIL – uma grande iniciativa - e nela nos propomos alinhar alguns momentos do esporte do ano que passa e projetar o ano que se aproxima.

       Já dissemos que o mais destacado de 2011 foi a realização dos JOGOS DESPORTIVOS PANAMERICANOS em Guadalajara, no México em que o Brasil foi bem, reeditou a boa participação de 2007, quando foi no Rio e fez o maior número de medalhas em PAN fora do país. Portanto prosseguiu um planejamento e logo ali na frente teremos a OLIMPIADA DE LONDRES. Não temos dúvidas que não perderá em nada para PEQUIM (realizada em 2008). Nela vamos ver como se comportará a CHINA, que foi o bixo papão em seu país e se o Brasil terá progressos no seu quadro de medalhas.
        Em termos de melhorias na gestão do esporte para o Brasil pouca coisa se pode dizer, pois no financiamento não avançou. A Lei de Incentivo Nacional de Esporte não alcança projetos de cunho municipais, continua atendendo – como sempre dizemos – os grandes.

       MEGA EVENTOS ESPORTIVOS – O Brasil vive este momento em que se traduz todo o pensamento e ações para o fenômeno FUTEBOL. A briga da FIFA com as Comissões Nacional e Estaduais do Brasil com determinações ferindo a Lei Brasileira e a preocupação com o término da infra-estrutura, principalmente a viária e de estádios. Não temos dúvidas, que isso levará até 2014, para depois sim se voltar plenamente para a OLIMPIADA RIO 2016 no Rio.
Pautamos a COPA DO MUNDO DE FUTEBOL E OLIMPÍADA, no entanto muitos outros eventos internacionais acontecerão no Brasil. Aliás é normalíssimo, quando um país tem a sede olímpica – entenda-se que a sede é da cidade e não do país, portanto RIO, mas é claro sempre está associado ao país e mesmo ninguém é bobo, sabe-se que ganhou RIO para sede, porque estava no Brasil, que vive momento de uma posição invejável no cenário nacional, em termos políticos e econômicos.

EDUCAÇÃO FÍSICA – Não poderíamos deixar de registrar também que é chegada a hora de uma tomada de posição. Os Mega Eventos atraem um mercado diversificado, no entanto, muito mais para a nossa área. Portanto não devemos ficar parados, temos que ir à campo e nos intrometer e fazer parte de equipes de trabalho. Se for preciso entrar na política, na briga, no QI – Quem indica da GESTÃO, não nos encolhemos. De peito aberto, sejamos presentes. Se não o trem passa e nós ficamos na estação.

FOZ NOS ESPERA – Que bom já pertinho do encontro fraternal dos Profissionais de Educação Física da América, com muitos do Brasil, da Argentina, do Chile, Paraguai, Uruguai, Bolivia, Venzuela bandeando-nos para FOZ DO IGUAÇU. Lá com a estrutura preparada pelo ALMIR, nosso presidente FIEP, seu filho, menino CHRISTHIAN, sua esposa BERNADETE e seus valiosos colaboradores de sempre. Vamos para o 27º CONGRESSO. É uma marca que teve sempre a presença do nosso JOHN ANDREWS e MANOEL JOSÉ GOMES TUBINO, ex-presidente s FEIP falecidos, os quais todos nós da FIEP BRASIL tem um carinho muito especial.

Por fim PAULO ANTONELLI, do Paraná em serviços nas Minas Gerais, nos aguarde, pois temos a missão e orgulho de formarmos a dupla que apresenta a solenidade oficial de abertura do CONGRESSO, no Centro de Eventos do HOTEL INTERNACIONAL.

Portanto até FOZ. Boa leitura

Profissional de Educação Fisica, Jornalista, Santa Maria – RS, clery@via-rs.net; Delegado da FIEP-RS, Coordenador Técnico de QUILISPORT, Presidente do CAEL-SM, Secretário do CMEL, Gestor Esportivo, autor dos Livros: Esporte de Santa no Pódio e Santa Maria sob o olhar da Midia.







segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

BLOG DIVULGANDO ATIVIDADES DO ESPORTE DE SANTA MARIA

NATAÇÃO DA UFSM
REVIVE DÉCADA DE 70
Santa Maria, com frutos do Projeto de extensão do Centro de Educação Física e Desportos da UFSM, depois da Associação Desportiva da UFSM – ADUFSM e por extensão, GOLFINHOS, SPLASH, brilhou no cenário do Rio Grande produzindo nomes inclusive com recordes, mas infelizmente este trabalho ficou no tempo e hoje não temos nenhum nadador de ponta, exceto LUCIANO MAI, que ainda disputa provas do SESI, sendo campeão gaúcho dos 50 m e em 2009 foi campeão sulabrasileiro sesiano.

Hoje, dia 26 de dezembro, à tarde teve um encontro na piscina da UFSM. Lá estiveram ex-técnicos, ex-nadadores, diretor do CEFD-UFSM, familiares e o reitor Felipe Muller, que foi da equipe da UFSM de Natação.
           O Encontro foi uma reprise do ano de 2009,quando parte deste grupo estiveram reunidos. Hoje, com a coordenação do professor VALMIR BELTRAME, ex-técnico na década de 80 e a participação do professor José Francisco Dias (Juca), criador do projeto em 1976, chamado Projeto de Alto Nível pelo CEFD e depois passou para a ADUFSM.

Valmir coordenou o encontro         
Valmir destacou a importância do encontro para reviver os bons tempos da equipe e passou a palavra ao professor Marco Aurélio que saudou a todos e disse da honra em tê-los no local em que deu tantos frutos reunindo pessoas na pratica do esporte e também da cidadania; também falou o professor Juca que fez algumas lembranças da época e como Marco Aurélio ressaltou a reforma feita na piscina dando condições melhores para a sua pratica, o que reforçou o Reitor Felipe destacando que a UFSM tem se transformado em canteiro de obras, dobrando praticamente as suas construções e parabenizou o CEFD pela volta do Curso de Mestrado em Educação Física.


       Também foi recolocada uma placa do encontro de 2009 no hall de entrada da piscina. E relido os dizeres pelo pai Fernandes.
Pai Fernandes faz a leitura da placa      
 Depois do ato solene, alguns dos ex-nadadores foram para a piscina e reviveram suas épocas de atletas, aplaudidos e acompanhados por outros colegas e familiares.

       Entre os ex-atletas, alguns estiveram na água, citam-se: Roseli Fernandes, Rafael Rocha, Periquito, Alan, Cris Behr, Ricardo Jobim, Thomaz, Cassandra, Luciano Mai. Valmir colabora conosco e cita ainda: Kalinka Friess, Luiz Maria Bonecarrere, Fabiana Souza, Fernanda e Mumu Bortoluzzi. Sentada com uma camiseta da equipe (de 1986) Juliana Bortoluzzi.
      Nesse grupo o maior nome foi CRIS BEHR.
Ex-atletas n´água, na piscina da UFSM, segundo eles emoção pura.

Alguns ex-atletas n´água e outros fora, assim como o reitor Muller, Técnico Juca e alguns familiares

Antes uma foto para história: Periquito, Alan, Valmir e Mai. OBS - o abrigo da ADUFSM que o Periquito está é da EQUIPE de 1984.
Ex-atletas se preparando
Ex-atleta relembrando brincadeiras, não é MAI.

domingo, 25 de dezembro de 2011



BLOG REGISTRA UMA CRÔNICA

É NATAL.
A maior festa da cristandade é o NATAL. Hoje, o merchadising destaca muito a festa do natal, só que o seu verdadeiro significado, muitas vêzes fica de lado. Nem querem saber, querem é vender, querem festa. Muitas vezes a coisa corre frouxa.  As promoções são as mais variadas. Aproveitam também a festa de final de ano e tudo se encarrera no mesmo barco.  As facilidades são grandes e também tem o décimo terceiro, que deveria ser para adiantar o pagamento de algumas contas, principalmente IPTU, IPVA etc.. Sabem que tem pessoas que já em dezembro, comprometem o décimo terceiro do próximo ano. Assim não dá é torração total e o encaminhamento para um endividamento total.
Mas para quem sabe e acredita no natal, um fato marcante na vida espiritual. O natal trás uma reflexão, um pensar de que devemos a cada momento nos avaliar e saber que o CRISTO veio para nos salvar, trouxe com Ele o perdão, assim nos alinha para vivermos mais aliviados e nos orienta o caminho reto.
Temos dito que a pessoa que procura seguir o caminho do Senhor é como um atleta que sabe para ele conseguir uma posição de titular, de realce na equipe que ele pertence, deve se dedicar e se abdicar de muita coisa.
Também sabe-se que a graça é de graça, só por ela é que conseguimos a paz. Ela não custa nada. É só seguir a palavra que está na Biblia.
Portanto que neste NATAL aconteça a reflexão e que possamos nos amar mais, que ainda há tempo de nos voltar para o nosso irmão. 
Pois quem faz alguém feliz, certamente a retribuiçao vem e ele também pode ter momentos felizes.
Um belo, um Natal feliz, junto aos seus familiares e com aqueles que lhes são caros.
(CLERY - EDITOR)

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

BLOG NO NATAL E ANO 2012



  
AMIGOS


No momento em que estamos vivendo as festas de final de ano, em que todos se motivam, se emocionam, fazem perspectivas, fazem ORAÇOES é MOMENTO realmente de REFLEXÃO. A saber que com CRISTO veio o PERDÃO, portanto pregou AMOR, por isso, tudo irá melhorar se TIVERMOS MAIS AMOR EM NOSSOS CORAÇÕES.

Portanto SOLIEDARIEDADE, COMPREENSÃO, DOAÇÃO, ATITUDE E AMOR sejam presenças constantes no NATAL e pelo resto dos DIAS do ANO DE 2012.

VOTOS de CLERY / FAMÍLIA

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

BLOG DIVULGANDO O ESPORTE NÃO PROFISSIONAL DE SANTA MARIA

FOTO- REGISTRO DO FUTEBOL AMADOR

EQUIPE DO SÃO PAULO/ J.A.RECARGAS
  Equipe que participa da I COPA BIOMÉDICA /KM3. Formação:  De pé da esquerda para direita em pé: João Batista (treinador), Mão, Assis, Jadenilson, Nico, Beto, Juliano, Leonardo, Chico. Agachados -Fabianinho, Francisco, Valdemar, Alex, Felipe, Sandro, Giovane
(Foto e dados através do Juliano, diretor de RECARGAS)

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

FIEP BRASIL NO CONGRESSO EUROPEU DA FIEP EM 2012

 EVENTO FIEP EM BARCELONA
TERÁ A PARTICIPAÇÃO
DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO
FÍSICA SEM FRONTEIRAS FIEP DO BRASIL
Dando continuidade a participação dos Professores de Educação Física FIEP BRASIL no Projeto SEM FRONTEIRAS, neste ano de 2012, teremos a participação na região SUDESTE de 2 a 15 de abril, nas cidades de Belo Horizonte e Ouro Preto(Minas), Vitória(ES), Rio e São Paulo(SP) e de 30 de maio a 10 de junho, nas cidades de Lisboa e Porto(Portugal) e Madri e Barcelona(Espanha).

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

ATLETICO MINEIRO FOI TRI CAMPEÃO DO TORNEIO FUTURE CHAMPIONS EM BELO HORIZONTE


DIOGO GIACOMINI FOI MAIS UMA VEZ
TECNICO CAMPEÃO PELO ATLÉTICO MINEIRO
Numa carreira brilhante, o nosso santa-mariense, DIOGO GIACOMINI, formado no CEFD/UFSM, foi, mais uma vez, técnico campeão em BELO HORIZONTE. Recentemente foi campeão com a equipe juvenil estadual do GALO e agora venceu novamente a competiçao internacional - TORNEIO FUTURE CHAMPIONS.
Recebemos a informaçao do pai GIACOMINI e trazemos alguns dados do site do ATLETICO.
O SPP de fevereiro dará mais detalhes, fará uma matéria especial com o DIOGO, que estará a partir do dia 26 já em terras gaúchas, em Santa Maria e Livramento.
MATÉRIA DO SITE DO ATLETICO
Momento de alegria (foto site do Atlético)


Atlético bate o Cruzeiro na decisão e conquista o Tri do Future Champions

De forma heróica, o Atlético se sagrou tricampeão do Torneio Future Champions ao vencer o Cruzeiro na decisão disputada na noite deste sábado, no campo do Uni-BH.

O Galinho conquistou mais um título internacional ao superar o rival por 6 a 5, na disputa de pênaltis, após empate por 3 a 3 no tempo normal.
O time alvinegro perdia por 3 a 1 até 26 minutos do segundo tempo e, na raça, chegou ao empate, levando a decisão para os p~enaltis.
Anderson (2) e Yago marcaram os gols do Alvinegro no tempo normal. Anderson, Igor, Gabriel, Rodrigo Mucuri, Carlos e Zé Alberto converteram as penalidades para o time atleticano.
Os dois times fizeram um jogo bastante disputado. Na etapa final, após o rival está vencendo por 3 a 1, o Atlético, na base da raça, conseguiu o empate com gols aos 26 e 29 minutos, que levaram a decisão para os pênaltis.
O técnico Diogo Giacomini escalou o time com Rodolfo, Igor (Wagner), Gabriel, Rodrigão, (Andrey) e Dener; Marcelo, Yago, Rodrigo Mucuri e Anderson; Zé Alberto e Carlos.
Em 2010, o Atlético também derrotou o Cruzeiro na final para conquistar o seu primeiro título da competição. Já em abril deste ano, o Galinho chegou ao bicampeonato vencendo o Future Champions Gauteng, disputado na África do Sul.
Campanha do Campeão

1ª Fase: Atlético 1 x 0 Juventus,  Atlético 2 x 0 Orlando Pirates; Atlético 1 x 1 Boca Juniors

Semifinal: Atlético 3 x 0 Colo-Colo


Final: Atlético 3 x 3 Cruzeiro (6 x 5)



domingo, 18 de dezembro de 2011

MUNDIAL FEMININO DE HANDEBOL TEVE NORUEGA CAMPEA E BRASIL EM QUINTO

Noruega vence a França e levanta
a taça do Mundial Feminino de Handebol
Escandinavas confirmam favoritismo no Ibirapuera: 32 a 24, sem dificuldade


São Paulo (SP) - A hegemonia no handebol feminino é da Noruega. Neste domingo (18), as escandinavas conquistaram o título do Campeonato Mundial ao derrotarem, sem dificuldade, a França por 32 a 24 (19 a 13 no primeiro tempo). Foi o segundo título da competição na história do país nórdico, que vencera pela primeira vez em 1999, em torneio sediado na própria Noruega e na Dinamarca. Além disso, a equipe é a atual campeã olímpica e tetracampeã europeia.
A partida contra a França confirmou o favoritismo norueguês desde o primeiro lance, com um gol das escandinavas aos 30 segundos de jogo. As francesas, vice-campeãs mundiais em 2009, quando perderam o troféu para a Rússia, equilibraram as ações e chegaram a liderar o jogo. Aos 14 minutos da etapa inicial, porém, a Noruega virou e não permitiu mais a reação rival. No fim do primeiro tempo, seis gols separavam as duas equipes: 19 a 13.
O que já estava bom para as campeãs olímpicas ficou ainda melhor no segundo tempo. Com mais calma e menos erros de ataque, elas ampliaram a vantagem, que chegou a oito gols no apito afinal. Título e festa garantida para os cerca de 600 noruegueses presentes ao Ginásio do Ibirapuera.
Além da medalha de ouro, a Noruega, que já tinha vaga garantida nos Jogos Olímpicos de Londres pelo título europeu no ano passado, teve a pivô Heidi Loke eleita para a seleção do Mundial. "É muito difícil explicar o sentimento de ser campeã europeia, mundial e olímpica. Estamos realizadas, muito satisfeitas", disse a goleira Kari Grimsbo.
"Nossas jogadoras estavam muito motivadas para vencer. Em nenhum momento passou pela cabeça da gente a possibilidade de perder", completou o técnico Thorir Hergeirsson: "De março a julho, fizemos amistosos só com jogadoras novas e perdemos muitos jogos, inclusive quatro vezes para a França.. De julho até agora, fomos colocando as jogadoras mais experientes. O time que veio ao Brasil é uma mistura dessas duas equipes", explicou o treinador.
Do lado francês, sobraram lamentações quanto aos desfalques. "Estamos decepcionados. Hoje, foi uma derrota mais doída do que na final contra a Rússia, em 2009. Estávamos desfalcados e tínhamos possibilidade de vencer se estivéssemos completos", disse o técnico Olivier Krumbholz, referindo-se à central Allison Pineau e à ponteira Mariama Signate, machucadas. Pineau, considerada a melhor atleta da equipe, vai desfalcar a seleção também no Pré-Olímpico, em maio. Ela sofreu ruptura no ligamento cruzamento do joelho esquerdo e deverá ficar de molho por seis meses.
Outros jogos - Com a vitória sobre a Dinamarca por 24 a 18, a Espanha completou o pódio do Mundial. Foi a primeira medalha do país na história da competição. O Brasil também alcançou marca histórica. Com a goleada por 36 a 20 sobre a Rússia, a equipe encerrou o torneio na quinta colocação. O sétimo lugar ficou com a Croácia, que bateu Angola por 32 a 29.

Seleção do Mundial - A Federação Internacional de Handebol (IHF) divulgou as sete melhores jogadoras da competição:  Goleira - Chana Masson (Brasil)  Central - Allison Pineau (França)  Armadora-direita - Line Jorgensen (Dinamarca)  Armadora-esquerda - Andrea Penezic (Croácia) Ponta-direita - Carmen Martin (Espanha)  Ponta-esquerda - Emilia Turei (Rússia) Pivô - Heidi Loke (Noruega
Classificação final:


1 - Noruega

2 - França 3 - Espanha 4 - DinamarcA 5 - Brasil 6 - Rússia 7 - Croácia 8 - Angola 9 - Suécia 10 - Montenegro 11 - Coreia do Sul 12 - Islândia 13 - Romênia 14 - Japão 15 - Holanda 16 - Costa do Marfim 17 - Alemanha 18 - Tunísia 19 - Cazaquistão 20 - Uruguai 21 - China 22 - Cuba 23 - Argentina 24 - Austrália



Confira resultados, tabelas e outras informações no site www.handballbrazil2011.



3 ANOS DA MORTE DE TUBINO

3 ANOS SEM TUBINO FISICAMENTE
MAS PRESENÇA SEMPRE NA FIEP
Grande querido TUBINÃO, falando em FOZ DO IGUAÇU
Nosso maior nome na Educação Física e esporte no Brasil há 3 anos nos deixou fisicamente, mas os seus ensinamentos estão presentes, são referências em todos os lugares; principalmente para nós da FIEP, que tivemos o convívio com Ele. E nós particularmente fomos seu hóspede e da Vera, em 2007, por ocasião da realização do PAN RIO.

TUBINO era sábio. Ele te dizia um não, com suavidade, com uma explicação técnica.
Ao registrarmos a falta de 3 anos do TUBINÃO. fazemos o registro que recebemos, via internet, pela rede FIEP, do nosso presidente e amigo ALMIR.

Ola Delegados da FIEP e amigos

A vida tem passado rapidamente, ja estamos a tres anos sem TUBINO, seu legado e suas obras continuam encantando academicos e profissionais, recentemente estivemos em San Luis Potosi - México, com a presença dos Professores Sem Fronteiras e da Drª Vera Lúcia Menezes, inauguramos na Casa da Educação Física - México a Sala Manoel Tubino, uma homenagem do Dr. Manoel Guerreiro - vice presidente FIEP América do Norte.
Aos 15 minutos do dia 19 de dezembro de 2008, nosso eterno Presidente: Prof. Dr. MANOEL JOSÉ GOMES TUBINO, nos deixava, HOJE na vespera de tres anos sem Tubino, solicitamos a todos que possamos orar pelo nosso ilustre amigo,
Não podemos esqueçer do Tubino, Com certeza esta nos acompanhando e iluminando os caminhos da FIEP e da Educação Física.
Abraços
FAMILIA FIEPIANA
Prof. ALMIR ADOLFO GRUHN
Presidente Mundial FIEP e Diretoria

--


BRASIL QUINTO LUGAR NO MUNDIAL FEMININO DE HANDEBOL EM SÃO PAULO

HANDEBOL BRASILEIRO COM
 A MELHOR  POSIÇÃO EM MUNDIAL
Para a pesquisa dos especialistas, o nosso handebol conseguiu a sua melhor posição internacional, no adulto. Penso que não é só no feminino - aliás sempre nos disse na década de 80, o ex-presidente TEIXEIRA de que o Brasil teria mais chance no handebol feminino. Isso se comprova.
Neste domingo, dia 17 de dezembro, no Ibirapuera -SP, a Seleção Feminina venceu a Rússia, no escore elástico de 36 x 20.
É quinta colocada no Mundial que teve a disputa de 24 equipes.
Release da PHOTO &  GRAFIA.
Eis:

Em dia de festa, Brasil vence e conquista recorde no Mundial Feminino de Handebol
Seleção goleia Rússia no dia em que a goleira Chana completa 33 anos

Vimos o presidente Manoel Luiz comemorando com as atletas brasileiras e a nossa Shana de 33 anos, chorando de alegria pela conquista.

         São Paulo (SP) - O handebol feminino brasileiro conseguiu hoje (18) seu melhor resultado na história dos Mundiais. A equipe comandada pelo dinamarquês Morten Soubak goleou a Rússia por 36 a 20 (18 a 11 no primeiro tempo) no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e encerrou a competição em quinto lugar. Antes, o melhor desempenho verde e amarelo havia sido em 2005, na Rússia, quando ficou em sétimo.
      A marca histórica coroa os 33 anos da goleira Chana, completados hoje. "Se todas as competições fossem disputadas no Brasil, ganharíamos uma logo", brincou a atleta. "O mais importante é que colocamos a torcida do nosso lado. Tenho certeza de que ela vai nos acompanhar onde estivermos. O Mundial foi superpositivo. Jogamos mal apenas um jogo e isso não pode apagar o que fizemos nos outros sete, que foram muito bons", completou a aniversariante, referindo-se à derrota para a Espanha nas quartas de final, quarta-feira (14), por 27 a 26.
     Eleita a melhor jogadora da partida, Chana está feliz com o seu desempenho no Mundial e quer prolongar a carreira. Ela anunicou que, em 2012, deve retornar ao Brasil. "Está cada vez mais difícil parar de jogar, porque eu me sinto cada vez melhor. Voltar ao Brasil é tudo o que eu quero. Fico na Europa até maio. Depois das Olimpíadas, estou 90% fechada com a Metodista/São Bernardo", afirmou.
Barbara Arenhart, companheira de posição de Chana, é só elogios à veterana. "Ela é fundamental para a Seleção e coloca todos para cima quando a gente precisa. Por isso, mereceu o prêmio que ganhou hoje. Tenho com ela uma relação dentro de quadra que nunca tive com outra goleira.. Parece até que nascemos grudadas. Nossa união é transparente."
      O jogo - Em quadra, o duelo foi de opostos. Enquanto o Brasil entrou ligado, disposto a obter a melhor posição em Mundais, a Rússia parecia abatida por ter perdido a chance de tentar o tetracampeonato. Isso se refletiu no resultado desde os primeiros minutos. Mais rápidas no contra-ataque e atentas na defesa, as brasileiras logo abriram 3 a 0 no placar.
Quando a Rússia atacava, brilhava a estrela de Chana. A goleira estava inspiradíssima e fez, pelo menos, três grandes defesas no primeiro tempo. Com essa segurança atrás, as pontas Alexandra e Fernanda garantiram o poder ofensivo, e o Brasil chegou ao intervalo com sete gols à frente no placar.
      No segundo tempo, o Brasil pisou ainda mais no acelerador e ampliou a vantagem. "Cumprimos o objetivo de superar nossa melhor colodcação em Mundiais e conseguimos fazer com que o handebol brasileiro ganhasse respeito na Europa. É tudo bom demais", comemorou a armadora Eduarda Amorim, a Duda. "No jogo de hoje, mesmo no limite físico e mental, conseguimos ter concentração. Agora, já estamos pensando em Londres. Pode ter certeza de que vamos atrás da medalha", completou a também armadora Deonise.
    O técnico Morten Soubak mostrou satisfação com a campanha brasileira. "Jogamos um Mundial excepcional e conseguimos brigar de igual para igual com todos os outros times. Erramos naqueles 15 segundos contra a Espanha", lamentou. "Claro que sempre há o que melhorar, e o principal é equilibrar mais a defesa. Em um mesmo jogo, há períodos em que tomamos muitos gols e outros em que não tomamos nenhum", acrescentou o dinamarquês.
    O treinador russo, Evgeny Trefilov, assumiu a responsabilidade pela derrota e achou o resultado justo. "Não adianta tentar achar justificativas", afirmou.

Photo&Grafia Comunicação / www..photoegrafia.com.br
Av. Dom Pedro, II, 1641 - 4º andar, sala 44 - Cep: 09080-11 - Santo André
(11) 4438-8200 / redacao@photoegrafia.com.br

NOTA DO EDITOR
Amigos, graças a Deus e a Photo & Grafia Comunicação e o site www.esporteinterativo.com , nosso Blog realiza a cobertura do MUNDIAL DE HANDEBOL FEMININO, há anos e intensificou agora no mês de dezembro.
Vibramos junto, com o nosso handebol, pois este esporte está no nosso sangue. Sempre temos dito que a nossa ascensão na COMUNICAÇÃO ESPORTIVA se deu graças ao HANDEBOL - inicialmente acompanhando o handebol santa-mariense, que por anos teve a cidade de Santa Maria como a Meca do handebol masculino, com o técnico Luiz Celso Giacomini, que chegou a Seleção Brasileira e estivemos em Copa Latina de Handebol, Sulamericanos,  Panamericanos, Mundiais e Olimpíadas.
Parabenizamos o qualificado técnico MORTEN, que esteve em junho em Santa Maria e sentimos que não teve as condições que queria para a Seleção, até pelo problema da maioria estarem jogando fora, mas foi capaz e deu ao BRASIL esse quinto lugar. Também ao nosso querido presidente MANOEL LUIZ, que sempre acreditou no nosso trabalho de divulgação do handebol.
Por fim a esperança de obtermos, pela menos a classificação entre as oito primeiras seleções na OLIMPIADA DE LONDRES e quem sabe no Brasil subir ao PÓDIO.

HANDEBOL BRASILEIRO conte conosco SEMPRE
( Jorn. CLERY QUINHONES DE LIMA - Editor)



MUNDIAL DE HANDEBOL FEMININO, BRASIL CONSEGUE QUINTO LUGAR

Brasil ganha da Croácia
(Melhor classificação do Brasil)
Brasil, pela sua performance e mundial em casa, consegue a melhor posição do nosso handebol - particularmente, pelo o que acompanho o handebol - Nossa Seleção Feminina Adulto foi quinto lugar, vencendo hoje - em paralelo ao jogo de Barcelona 4 x 0 Santos - a R


Donas da casa vencem por 32 a 31 e disputam quinto lugar contra a Rússia no domingo (18)



São Paulo (SP) - O Brasil já garantiu sua melhor colocação na história dos Mundiais Femininos de Handebol. Com a vitória sobre a Croácia hoje (16) por 32 a 31 (14 a 15 no primeiro tempo), no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, a Seleção comandada por Morten Soubak vai disputar o quinto lugar contra a Rússia no domingo (18), às 9h, no mesmo local. Em 2005, as brasileiras ficaram em sétimo, melhor posição até então.



"Mostramos que temos muita raça e determinação e que queremos, e podemos, chegar muito longe", comentou a goleira Chana, um dos destaques contra as croatas. No segundo tempo, ela emplacou sequência de seis defesas, impedindo que as rivais saíssem do 24º gol durante cinco minutos. "Goleira está aí para isso, para fazer a diferença", completou a veterana, escolhida como destaque do handebol neste ano pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).



A Seleção Brasileira entrou um pouco apática em quadra, tanto no primeiro como no segundo tempo. A defesa não funcionou e as finalizações não foram eficientes. Por isso, a Croácia chegou a abrir 12 a 6. As donas da casa só tomaram à frente no placar aos 21 minutos da etapa final, com gol da central Ana Paula, outro destaque no jogo. A mudança de comportamento da equipe deveu-se mesmo a Francine, que balançou a rede seis vezes. A meia-direita começou no banco, como de costume, e foi decisiva nas duas etapas.



"Nós, que não começamos jogando, estamos sempre prontas para entrar. O grupo é tão unido que torcemos para que ninguém precise entrar tão rápido. E elas (titulares) também nos dão força quando vamos para o jogo", brincou. "Agora, queremos conquistar o quinto lugar", completou.



O técnico Morten Soubak destacou a satisfação de ter obtido a melhor colocação do Brasil em Mundiais. "Estamos muito felizes com o jogo de hoje e com a posição histórica. O sonho da medalha escapou das nossas mãos em 15 segundos na derrota para a Espanha (pelas quartas de final), mas a Alessandra (psicóloga) fez um grande trabalho de recuperação e levantou as meninas. Mostramos que conseguimos nos superar. Estão todas de parabéns."



Na primeira partida do dia no Ibirapuera, Rússia venceu Angola por 41 a 31 (17 a 18 no primeiro tempo). Assim, as angolanas enfrentam as croatas no domingo, às 11h45, no mesmo local, pelo sétimo lugar.



Com a vitória do Brasil, a América já é o segundo continente mais bem colocado no Mundial, atrás apenas da Europa. Por isso, a República Dominicana, bronze no Pan de Guadalajara, ganhou o direito de disputar o Pré-Olímpico de Londres-2012, que será realizado de 25 a 27 de maio, na Europa. As brasileiras, campeãs no México, já estão garantidas nas Olimpíadas. A Argentina, vice no Pan, também estará no Pré-Olímpico.



sábado, 17 de dezembro de 2011

Promoveu o 1º Day Life na Academia

Dentro da missão da LIFE ACADEMY HOUSE:Promover a saúde e qualidade de vida, através de atividades físicas orientadas por Profissionais qualificados, foi realizado, no dia 17 de dezembro, um evento chamado 1º DAY LIFE para alunos e comunidade. Constou de aulão, ritmos(jump, step e pilates), massoterapia, cama elástica p/crianças e sorteio de brindes.


Vimos:Proprietários Italo e os pais Maria do Orto e Neimar e ladeados pelos professores Ana e Margarete.
A Life Academy house está em atividade há 3 meses, na rua do rosário,62 (perto da UNIFRA. É administrada pelo proprietário José Neimar Ribeiro, que tem como diretor técnico, Profissional de Educação Física, Italo José Ribeiro; os professores – Ana Souza Rossi, Margarete Mendes e Ruan Diogo da Costa; nutricionista – Andressa da Rosa Rodrigues e o fisioterapeuta – Guilherme Espindola.


A Academia atende de segunda a sexta – das 7h30min às 22h e sábado e domingo – das 14h às 18h. Fone – 30272807


No Dia da Saúde, a Academia contou com a participação da Beleza e Harmonia – estética e terapias manuais, com a Loiva Kronbauer e equipe.

Criançada na Cama elástica
massagem
aula de pilates

uva para a criançada

( TEXTO E FOTOS DE CLERY QUINHONES DE LIMA)






BLOG DIVULGANDO ENTIDADES E ATIVIDADES FÍSICAS DE SANTA MARIA

Promoveu o 1º Day Life na Academia


Dentro da missão da LIFE ACADEMY HOUSE:Promover a saúde e qualidade de vida, através de atividades físicas orientadas por Profissionais qualificados, foi realizado, no dia 17 de dezembro, um evento chamado 1º DAY LIFE para alunos e comunidade. Constou de aulão, ritmos(jump, step e pilates), massoterapia, cama elástica p/crianças e sorteio de brindes.

Foto 5720 – Direção e professores da Academia

Vimos:Proprietários Italo e os pais Maria do Orto e Neimar e ladeados pelos professores Ana e Margarete.



A Life Academy house está em atividade há 3 meses, na rua do rosário,62 (perto da UNIFRA. É administrada pelo proprietário José Neimar Ribeiro, que tem como diretor técnico, Profissional de Educação Física, Italo José Ribeiro; os professores – Ana Souza Rossi, Margarete Mendes e Ruan Diogo da Costa; nutricionista – Andressa da Rosa Rodrigues e o fisioterapeuta – Guilherme Espindola.

A Academia atende de segunda a sexta – das 7h30min às 22h e sábado e domingo – das 14h às 18h. Fone – 30272807

No Dia da Saúde, a Academia contou com a participação da Beleza e Harmonia – estética e terapias manuais, com a Loiva Kronbauer e equipe.



MUNDIAL DE HANDEBOL FEMININO EM SÃO PAULO



Chana quer se despedir do Mundial de Handebol
 com vitória sobre a Rússia no aniversário



Goleira da seleção completa 33 anos amanhã (18); partida, às 9h, no Ibirapuera, vale o quinto lugar


São Paulo (SP) - O Brasil encerra participação no Mundial Feminino de Handebol amanhã (18), às 9h, contra a Rússia, no Ibirapuera, tentando fazer história, mais uma vez, no torneio. O objetivo é vencer as atuais tricampeãs mundiais e conquistar o inédito quinto lugar, melhorando a sétima posição na Rússia, em 2005. Para a goleira Chana, porém, o jogo terá gosto ainda mais especial: ela completa 33 anos neste domingo e quer a vitória de presente. A partida terá transmissão ao vivo do Esporte Interativo.

"Vai ter um gostinho de final, porque a Rússia também não esperava ficar fora da decisão. Essa vitória vai ser um presente, como ganhar a medalha de ouro", disse a camisa 1 do Brasil, referindo-se ao fato de as russas, que eram favoritas ao tetracampeonato mundial, terem sido eliminadas pela França nas quartas de final.
Para dar o presente de aniversário ideal para Chana, o Brasil vai apostar na velocidade para superar o forte time russo, segundo a armadora Francine.. "Elas são bem mais fortes fisicamente, mas nós somos mais rápidas. Assim, podemos roubar bolas e conseguir fazer gols nos contra-ataques", afirmou a camisa 20. "A Rússia é uma das equipes mais completas do mundo e tem um ataque muito forte. Espero que nosso estilo de jogo se encaixe bem com o delas", completou o técnico do Brasil, Morten Soubak.
Atleta mais experiente da Seleção e titular desde 1998, Chana foi um dos destaques da campanha do Brasil no Mundial. Na vitórias contra a França por 26 a 22 na terceira rodada da fase preliminar e contra a Croácia por 32 a 31 ontem (16), a atleta brilhou e teve seu nome gritado pelos torcedores no Ibirapuera.
As boas atuações debaixo das traves renderam à catarinense de Capinzal o reconhecimento do Comitê Olímpico Brasileiro: ela foi escolhida a melhor atleta do handebol brasileiro neste ano. "Isso é maravilhoso. A gente não joga por causa desse reconhecimento, mas sempre é bom, dá mais motivação", afirmou a atleta, que defende o Randers, da Dinamarca.
Tetracampeã dos Jogos Pan-Americanos com a Seleção (Winnipeg/1999, Santo Domingo/2003, Rio de Janeiro/2007 e Guadalajara/2011) e com três Jogos Olímpicos no currículo (Sydney/2000, Atenas/2004 e Pequim/2008), a camisa 1 deixa aberta a possibilidade de disputar os Jogos de Londres, no ano que vem. "Já conversei com o Morten e vamos ver o que vai acontecer", disse
Depois de Brasil e Rússia, outras três partidas encerram o Mundial. Angola e Croácia se enfrentam pela sétima colocação às 11h45. Na sequência, jogam Dinamarca e Espanha na disputa pela medalha de bronze. A grande final entre França e Noruega será às 17h15.

Programação - Ginásio do Ibirapuera - Amanhã (18):

9h - Brasil x Rússia (definição de 5º e 6º lugares)
11h45 - Angola x Croácia (definição de 7º e 8º lugares)
14h30 - Dinamarca x Espanha (disputa do bronze)
17h15 - França x Noruega (final)




BLOG DIVULGANDO A PARTICIPAÇÃO DE SANTA MARIA NO ESPORTE

SESC SM VIAJA PARA A FINAL
CIRCUITO DE CORRIDAS EM PALEGRE
No início da tarde de hoje, sábado, dia 17 de dezembro, seguiu em dois ônibus -ARGENTA com atletas classificados em Santa Maria na etapa local do Circuito de Corridas do SESC,
Com a coordenação do professor FLAVIO DIAS e a participação das estagiárias Michele e Luciane.
Grupo de atletas em frente da sede do SESC LOCAL
Dois ônibus ARGENTA até Porto Alegre
COMPETIÇÃO - Ocorre no domingo, às 8h30min, no percurso de 10km. Os santa-marienses hospedar-se-ão no Hotel Everest. A janta será na sede campestre do SESC. O café a partir das 6h. Saída do Hotel às 7h15min; corrida às 8h30min. O retorno será após o almoço, no SESC campestre.
O transporte, hotel e refeições tudo por conta do SESC.

MAIS CORRUPÇÃO; POLÍCIA CERCA TEIXEIRA DA CBF




16/12/2011 11:59, Por Redação - do Rio de Janeiro - DIARIO DE BRASILIA



A situação de Ricardo Teixeira está cada vez mais
 complicada no cenário político brasileirao


A Polícia Federal, que já investigava uma série de denúncias contra o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), encontrou no livro do jornalista Amaury Ribeiro Jr. A Privataria Tucana mais munição para seguir adiante com a tarefa de levantar o sumiço e posterior regresso de bilhões de reais desviados durante o processo de privatização das maiores companhias estatais do país, entre elas a Vale do Rio Doce, a Companhia Siderúrgica Nacional e a Telebras. Em seu livro, Amaury Jr. revela que parte dos recursos pagos em propinas e depositados em paraísos fiscais serviram para comprar fazendas e empresas no Brasil.
O repórter e dois outros jornalistas, Luiz Carloso Azenha e Tony Chastinet, obtiveram documentos inéditos na Junta Comercial e em cartórios do Rio de Janeiro e na Suíça, os quais comprovariam a veracidade das denúncias de corrupção e evasão de divisas que pesam sobre o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Entre estes documentos, encontrava-se uma listagem com as datas dos pagamentos da propina, “que revelaram as coincidências já esperadas”, diz Amaury Jr., no início do livro. O dinheiro sujo seguiu direto para o principado de Liechtenstein, na Europa, para uma conta da empresa offshore Sanud Etablissement, “no total de US$ 9,5 milhões”, revela A Privataria Tucana.

“A relação demonstra que o primeiro meio milhão de dólares foi pago à Sanud em agosto de 2002, um mês antes de a offshore tornar-se sócia da RJL [empresa ligada a Ricardo Teixeira e ao ex-presidente da Federação Internacional de Futebol Associado (Fifa)]. Imediatamente, a Sanud injeta R$ 2,8 milhões na empresa de Teixeira. O dinheiro, justificado como aumento de capital integralizado pela Sanud, é investido numa fazenda do presidente da CBF em Piraí, interior do Rio. Um ano depois, a RJL coloca mais R$ 1 milhão em uma transportadora dos irmãos Ricardo e Guilherme Teixeira, no mesmo município” relata Amaury Jr.
Teixeira também tem sido alvo de frequentes ataques do ex-craque de futebol e hoje deputado federal Romário (PSB-RJ), que o acusa de receber propinas de empresários ligados ao esporte. Romário chegou a sugerir a renúncia de Teixeira dos cargos de presidente da CBF e do Comitê Organizador Local (COL) da Copa de 2014, caso o nome dele apareça no dossiê que será divulgado, ainda este mês, com os nomes dos envolvidos no suposto caso de recebimento de propina envolvendo a empresa de marketing ISL, citada na Privataria Tucana como fonte de recursos ilícitos para Teixeira.
– O senhor depôs na Polícia Federal sobre as denúncias do jornalista Andrew Jennings (da agência britânica de notícias BBC), de que o senhor teria recebido propina. Fala-se em um acordo para manter nomes em sigilo. O senhor recebeu propina? Se seu nome aparecer, o senhor renunciará à presidência da CBF e do COL? – indagou Romário, em recente depoimento tomado na Câmara dos Deputados.
Teixeira limitou-se a dizer que as perguntas de Romário estavam “fora de contexto” e que iria processar Jennings. Indignado com o episódio, Romário disparou:
– Minhas perguntas não foram respondidas. O brasileiro tem direito de saber com quem está lidando. Isso é, sim, importante para a Copa do Mundo. Me desculpa, mas isso aqui está parecendo um circo.

Empréstimo sem cobrança

Em seu livro, Amaury Jr. também relata como a empresa de Teixeira nunca precisou pagar por um empréstimo de R$ 1,8 milhões, tomado no exterior.
“Em 1994, quando a Sanud continuava recebendo dinheiro em Liechtenstein, sua sócia no Brasil continuava apostando nos negócios de Teixeira. Documentação registrada em cartório atesta que, nesse período, a RJL colocou mais de R$ 1,8 milhão no restaurante El Turf, aberto por Teixeira no bairro carioca do Jardim Botânico. Outros papéis, levantados pela CPI da Nike, da Câmara Federal, que investigou em 2001 os negócios suspeitos da CBF e de Ricardo Teixeira, provaram que a integralização de capital da Sanud na RJL de fato nunca existiu. No balanço contábil, a RJL justifica R$ 1,8 milhão como empréstimo concedido pela Sanud. O problema é que o empréstimo nunca foi pago e tampouco cobrado”, informa.
“Por mais bizarro que possa parecer, até pouco tempo transações desse tipo, maquinadas de famosos escritórios de advocacia tributária, movimentaram grande parte da lavanderia montada para clarear e trazer ao país o dinheiro sujo escondido no exterior. Viraram-se uma febre porque emprestavam uma faceta legal serem registradas no Banco Central. Quando se associavam às empresas brasileiras, as offshores, além de receber um CPF, tornavam-se aptas a trazer dinheiro do estrangeiro por meio de operações cambiais. E, nesse caso, o controle sobre tais operações e feito apenas por meio de amostragem…”, acrescentou.



“As transações eram justificadas como investimentos em empresas brasileiras. Em outras palavras, uma fatia graúda dos recursos introduzidos no Brasil como sendo investimentos estrangeiros – em operações com essas ou transações casadas na Bolsa de Valores – não eram nada disso. Era tão somente o retorno, devidamente lavado, do dinheiro sujo da corrupção e do crime organizado, antes hospedado nos paraísos fiscais”, conclui Amaury Jr. em A Privataria Tucana.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

MUNDIAL FEMININO DE HANDEBOL EM SÃO PAULO EM FASE FINAL

FINAL: NORUEGA X FRANÇA
Noruega bate Espanha e decide Mundial Feminino de Handebol contra a França


Escandinavas não tiveram dificuldade
 para derrotar espanholas por 30 a 22



São Paulo (SP) - Sem dificuldades, a Noruega derrotou nesta sexta-feira (16) a Espanha por 30 a 22 (16 a 9 no intervalo), no Ginásio do Ibirapuera, na segunda semifinal do Mundial Feminino de Handebol. Com a vitória, a equipe escandinava se garantiu na decisão contra a França, domingo (18), às 17h15, no mesmo local. As espanholas, que haviam superado o Brasil nas quartas de final, decidirão o bronze contra a Dinamarca, também no domingo, às 14h30.
Uma das favortias ao título mundial ao lado da Rússia, eliminada pela França nas quartas de final, a Noruega foi superior durante toda a partida.. Rápida na saída para o ataque, precisa nos chutes e forte na defesa, as escandinavas mostraram o porquê de serem as atuais tetracampeãs europeias. No fim do primeiro tempo, a vantagem já era de sete gols: 16 a 9.
Com o placar elástico a favor, a Noruega apenas manteve o ritmo na segunda etapa. Com a necessidade de tomar a iniciativa para tentar encostar, a Espanha foi para cima. Contudo, a goleira Silvia Navarro, um dos destaques do time ibérico no Mundial, não estava tão inspirada e falhou na tentativa de parar o forte ataque rival.
"Jogamos muito bem hoje e nosso ataque teve boa atuação. Só não podemos entrar na final achando que somos favoritos, por mais que digam isso", comentou o técnico da seleção norueguesa, Thorir Hergeirsson. "O que faz a diferença na nossa equipe é que somos muito entrosadas", completou a ponta-esquerda norueguesa Kari Mette Johansen.
"Sabíamos que ia ser difícil, quase impossível, vencer a Noruega. Não conseguimos jogar bem e segurar o ataque adversário", afirmou o treinador espanhol, Jorge Dueñas de Galarza.

Photo&Grafia Comunicação / www..photoegrafia.com.br


Av. Dom Pedro, II, 1641 - 4º andar, sala 44 - Cep: 09080-11 - Santo André


(11) 4438-8200 / redacao@photoegrafia.com.br





MUNDIAL FEMININO DE HANDEBOL EM SÃO PAULO

MELHOR CLASSIFICAÇÃO DO HANDEBOL
BRASILEIRO NA HISTÓRIA
Deixo para a pesquisa, pelo que temos acompanhado o handebol brasileiro, em termos de adulto, é a melhor classificação do HANDEBOL BRASILEIRO, em termos de eventos internacionais (OLIMPIADA E MUNDIAL), a classificação garantida hoje do HANDEBOL FEMININO ao vencer a CROACIA por 32x31 e garantir o Sétimo lugar, que pode melhorar amanhã , indo para quinto lugar, no enfrentameno com a RUSSIA.
Release da PHOTO & GRAFIA

Brasil ganha da Croácia e garante melhor classificação
em um Mundial Feminino de Handebol



Donas da casa vencem por 32 a 31 e disputam quinto lugar contra a Rússia no domingo (18)


São Paulo (SP) - O Brasil já garantiu sua melhor colocação na história dos Mundiais Femininos de Handebol. Com a vitória sobre a Croácia hoje (16) por 32 a 31 (14 a 15 no primeiro tempo), no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, a Seleção comandada por Morten Soubak vai disputar o quinto lugar contra a Rússia no domingo (18), às 9h, no mesmo local. Em 2005, as brasileiras ficaram em sétimo, melhor posição até então.
"Mostramos que temos muita raça e determinação e que queremos, e podemos, chegar muito longe", comentou a goleira Chana, um dos destaques contra as croatas. No segundo tempo, ela emplacou sequência de seis defesas, impedindo que as rivais saíssem do 24º gol durante cinco minutos. "Goleira está aí para isso, para fazer a diferença", completou a veterana, escolhida como destaque do handebol neste ano pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).



A Seleção Brasileira entrou um pouco apática em quadra, tanto no primeiro como no segundo tempo. A defesa não funcionou e as finalizações não foram eficientes. Por isso, a Croácia chegou a abrir 12 a 6. As donas da casa só tomaram à frente no placar aos 21 minutos da etapa final, com gol da central Ana Paula, outro destaque no jogo. A mudança de comportamento da equipe deveu-se mesmo a Francine, que balançou a rede seis vezes. A meia-direita começou no banco, como de costume, e foi decisiva nas duas etapas.
"Nós, que não começamos jogando, estamos sempre prontas para entrar. O grupo é tão unido que torcemos para que ninguém precise entrar tão rápido. E elas (titulares) também nos dão força quando vamos para o jogo", brincou. "Agora, queremos conquistar o quinto lugar", completou.
O técnico Morten Soubak destacou a satisfação de ter obtido a melhor colocação do Brasil em Mundiais. "Estamos muito felizes com o jogo de hoje e com a posição histórica. O sonho da medalha escapou das nossas mãos em 15 segundos na derrota para a Espanha (pelas quartas de final), mas a Alessandra (psicóloga) fez um grande trabalho de recuperação e levantou as meninas. Mostramos que conseguimos nos superar. Estão todas de parabéns."
Na primeira partida do dia no Ibirapuera, Rússia venceu Angola por 41 a 31 (17 a 18 no primeiro tempo). Assim, as angolanas enfrentam as croatas no domingo, às 11h45, no mesmo local, pelo sétimo lugar.
Com a vitória do Brasil, a América já é o segundo continente mais bem colocado no Mundial, atrás apenas da Europa. Por isso, a República Dominicana, bronze no Pan de Guadalajara, ganhou o direito de disputar o Pré-Olímpico de Londres-2012, que será realizado de 25 a 27 de maio, na Europa. As brasileiras, campeãs no México, já estão garantidas nas Olimpíadas. A Argentina, vice no Pan, também estará no Pré-Olímpico.

Photo&Grafia Comunicação / www..photoegrafia.com.br


Av. Dom Pedro, II, 1641 - 4º andar, sala 44 - Cep: 09080-11 - Santo André


(11) 4438-8200 / redacao@photoegrafia.com.br





BLOG DIVULGANDO A ATIVIDADE FISICA E ESPORTE DE SANTA MARIA

DESTAQUES DO HIPISMO 2011
DA LIGA HIPICA CENTRAL SM
Quilisport recebeu por e-mail a relação dos destaques da Associação Liga Hipica Central, com sede em Santa Maria, presidida pela Luiz Carlos Conde, referente o ano de 2011, durante a competição que teve 7 etapas.
Eis:
Nos dias de 02 à 04 de dezembro, a mais nova entidade integrante da Associação Liga Hípica Central, EASA- Escola de Aperfeiçoamento de Sargento das Armas - Cruz Alta - RS, sediou o evento de encerramento do campeonato hípico 2011 da região central. Foram realizadas competições hípicas de congraçamento entre atletas, denominada "Elo da Amizade", que contou com o apoio de familiares e grande presença de público, entusiasta por assistir pela primeira vez ao vivo a prática deste esporte olímpico. O evento teve registro nos meios de comunicação local e estadual, entre eles a RBS Cruz Alta, obtendo grande repercussão. O ponto alto foi a entrega dos troféus aos campeões das nove categorias, nas sete etapas disputadas durante o ano de 2011. Foram eles:

OS DESTAQUES 2011:

-Escola 0,60m - EDUARDA LOPES - A T Estância do Minuano - Santa Maria

-Escola 0,80m - MARJORY RUVIARO - Colégio Tiradentes BM - Santa Maria

-Cavalos Novos 0,90m - Eqüino ALADO - EASA - Cruz Alta

-Cavaleiros Novos 0,90m - BERNARDO ZEILMANN - C E Andaluz - Santa Maria

-Especial 0,90m - CAIO OSÓRIO - Cia dos Cavalos - Itaara

Foto do arquivo da LHC, de Santa Maria, os agraciados 2011

-Extra 1,00m - VALTAIR TRINDADE - C E Andaluz - Santa Maria

-Master 1,00m - Coronel GIOVANE CARRIÃO - C H Guarnição de Santa Maria

-Intermediária 1,10m -Tenente JOSÉ ZAMIR - 1º RPMon - Santa Maria

-Principal 1,20m - RAFAEL KAIPER - C T JK - Santa Maria.

MENSAGENS DE BOAS FESTAS
 Diz o presidente CONDE: "Aproveito a oportunidade para agradecer o apoio com divulgação neste ano, fundamental para conhecimento deste esporte pouco percebido e valorizado mas que tem conquistado medalhas importantes para o Brasil tanto em olimpiadas como em competições mundiais.
Estimo ao Amigo um ótimo NATAL e que o NOVO ANO 2012 nos seja repleto de oportunidades e realizações familiares e profissionais.
Cordiais saudações Hípicas,
Luiz Carlos Conde - Presidente da ALHC

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

MUNDIAL FEMININO DE HANDEBOL EM SÃO PAULO

França x Dinamarca e Noruega x Espanha
fazem semifinais do Mundial de Handebol amanhã (16)
Confrontos serão no Ginásio do Ibirapuera, às 17h15 e às 20h, respectivamente
São Paulo (SP) - O Mundial Feminino de Handebol chegou à sua reta final. A competição começou a ser disputada no dia 2 deste mês e, amanhã (16), serão definidos os finalistas no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. A primeira semifinal será entre França e Dinamarca, às 17h15. Um pouco mais tarde, às 20h, se enfrentam Noruega e Espanha, segunda vaga na briga pelo ouro.
As espanholas, que sofreram para superar o Brasil nas quartas de final ontem (14) - venceram por um gol, marcado no último minuto -, terão outra pedreira pela frente, com clima de revanche. No Mundial de 2009, na China, perderam justamente para as norueguesas na disputa do bronze, ficando em quarto. A Noruega é tetracampeã europeia e atual campeã olímpica.
"Já estávamos contentes de ter passado por Montenegro nas oitavas e estamos mais felizes ainda com a vaga na semifinal. Agora, vamos dar o nosso melhor para continuar na disputa pelo título", comentou o treiandor da Espanha, Jorge Dueñas de Galarza. Um dos destaques da equipe é a goleira Silvia Navarro, que lidera as estatísticas da posição, de acordo com a Federação Internacional (IHF).
A França chega para as semifinais com dois resultados de destaque, um contra e um a favor. Na primeira fase, perdeu para o Brasil de virada, após ir para o intervalo com vantagem de set gols. Nas quartas de final, a redenção. Derrotou a Rússia com relativa facilidade, adersário para o qual perdeu o ouro no Mundial da China.
Por fim, a Dinamarca, que busca recuperar o bom handebol. A equipe não se destaca desde 2004, quando foi ouro nas Olimpíadas e prata no Europeu. No Mundial da China, ficou em quinto e no Europeu de 2010, terminou em quarto. "Penso que a França é, hoje, o melhor time do mundo, tanto ofensiva como defensivamente. Temos um bom retrospecto com eles, mas em dez jogos, acredito que nos venceriam em oito", comentou o auxiliar técnico da seleção dinamarquesa, Kim Jensen. "Para derrotá-los, temos de dar o nosso máximo, que é o que vamos tentar fazer", completou.


Brasil pega a Croácia
de olho no quinto lugar
Equipes se enfrentam amanhã (16), às 14h30, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo
São Paulo (SP) - O Mundial Feminino de Handebol não acabou para o Brasil. Após ter sido superado pela Espanha no último minuto por 27 a 26 ontem (14), pelas quartas de final, a equipe vai, agora, em busca do quinto lugar, tentando superar sua melhor colocação na história do campeonato, a sétima posição conquistada na Rússia, em 2005. O primeiro desafio será vencer a Croácia amanhã (16), às 14h30, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.
"Ontem foi dia de chorarmos por conta do resultado contra a Espanha, naturalmente. Mas, a partir de hoje, vamos nos concentrar na disputa do quinto lugar", comentou o técnico da Seleção Brasileira, o dinamaquês Morten Soubak. "Disputar um Mundial em casa é especial para todas as jogadoras. Para nós, a competição ainda não acabou. Vamos em busca deste quinto lugar, para batermos nossa melhor colocação", completou a pivô Dani Piedade.
Caso derrote a Croácia, o Brasil pega o vencedor de Rússia e Angola no domingo (18), às 9h, para decidir o quinto lugar. Russos e angolanos se enfrentam amanhã (16), às 11h45. No fim da tarde, às 17h15, o Ginásio do Ibirapuera recebe França x Dinamarca pela semifinal. O outro jogo valendo vaga na decisão será entre Noruega x Espanha, às 20h.
Programação - Ginásio do Ibirapuera
Amanhã (16):
Jogos pela disputa de 7º a 8º
11h45 - Rússia x Angola  14h30 - Croácia x Brasil
Semifinais
17h15 - França x Dinamarca
20h - Noruega x Espanha
Domingo (18): 9h - Definição de 5º e 6º  11h45 - Definição de 7º e 8º
14h30 - Disputa do bronze 17h15 - Final do Mundial








A VOLTA DO COMPUTADOR

COMPUTADOR EM DIA
Felizmente em dia novamente nosso computador. A presteza do FRANCIS, deu-nos condições, esperamos.
CLERY

MUNDIAL FEMININO DE HANDEBOL EM SÃO PAULO

Release da PHOTOEGRAFIA

BRASIL BUSCARÁ QUINTO LUGAR

Ontem num jogo histórico que assistimos pelo site: www.esporteinterativo.com, o Brasil se impôs com o calor de sua torcida e a sua melhoria técnica contra a experiente seleção espanhola e perdeu somente no último minuto por 27x26.
Colocamos no blog logo ao término do jogo e hoje estamos com mais dados com o release a PHOTEOGRAFIA.
Eis:

Brasil luta, mas Espanha vence por um gol e vai à semifinal do Mundial Feminino de Handebol

Equipe segue na briga pelo quinto lugar e volta a jogar na sexta-feira (16), contra a Croácia
São Paulo (SP) - Em jogo equilibrado do começo ao fim, a Seleção Brasileira não resistiu à Espanha e acabou sendo eliminada do Mundial Feminino de Handebol hoje (14), no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, pelas quartas de final. As donas da casa deixaram a vitória escapar no último minuto e perderam para as europeias por apenas um gol de diferença: 27 a 26 (19 a 17 no primeiro tempo). O Brasil pega a Croácia na sexta-feira (16), às 14h30, no Ibirapuera, para seguir na briga pelo quinto lugar. Já as espanholas, que ficaram em quarto na última edição do torneio, na China, em 2009, enfrentarão a Noruega na semifinal às 20h, no mesmo dia e local.

As visitantes foram superiores em quadra apenas nos oito primeiros minutos e abriram 6 a 1. Foi quando as brasileiras reagiram, principalmente com Deonise, que emendou sequência de cinco gols, colaborando para que o placar ficasse empatado em 7 a 7. A partir daí, o confronto começou a ficar parelho e tomava à frente quem errava menos. A defesa do Brasil melhorou e a Espanha passou a errar nas finalizações, cenário que se repetiu e se inverteu em vários momentos do segundo tempo.

Embalada pelo show da torcida - cerca de 4.500 na arquibancada -, a Seleção dava sinais de que seguraria as espanholas até o fim, mesmo perdendo por um gol de diferença. No entanto, aos 21 minutos da etapa final, permitiu que as rivais voltassem a abrir dois. Alexandra Nascimento, destaque do Brasil na primeira fase e nas oitavas de final, recebeu marcação forte e pouco foi acionada. A jogadora, ao lado de Deonise, eleita a melhor do jogo, sustentou a igualdade (25 a 25 e 26 a 26). No minuto final, as donas da casa cederam contra-ataque, e Elisabeth Pinedo fez o gol da classificação da Espanha.

"Entramos muito ansiosos. Mas no primeiro tempo o ataque foi muito bem e no segundo a defesa estava forte. Foi por um detalhe que não conseguimos vencer", avaliou o dinamarquês Morten Soubak, treinador da Seleção. Deonise repetiu a fala e destacou que a equipe precisará analisar o que faltou. "Precisávamos estar muito concentradas. Jogos assim são decididos em detalhes, mas eu não sei dizer quais faltaram. Terá de ser um olhar do Morten."

Alexandra lamentou a eliminação e agradeceu a torcida. "Cometemos alguns erros e isso não é permitido em um jogo de quartas de final. Contar só com a sorte em uma decisão não é suficiente", comentou. "Estamos muito felizes por ter visto o ginásio mais cheio a cada dia. Só temos a agradecer. Hoje foi maravilhoso, impressionante. Tive a sensação de que os torcedores estavam dentro da quadra e isso conforta."

O Brasil deixa o Mundial tendo feito sua melhor campanha na primeira fase do torneio, invicto, com cinco vitórias em cinco jogos, e classificação em primeiro para as oitavas. Caso vença a Croácia na sexta-feira, a Seleção vai disputar o quinto lugar no domingo (18) com o vencedor de Rússia e Angola. Dessa forma, ainda tem chances de superar o sétimo lugar conquistado em 2005, na Rússia, sua melhor colocação na história do campeonato.
Photo&Grafia Comunicação / www..photoegrafia.com.br
Av. Dom Pedro, II, 1641 - 4º andar, sala 44 - Cep: 09080-11 - Santo André
(11) 4438-8200 / redacao@photoegrafia.com.br

SEM COMPUTADOR

SEM COMPUTADOR
Ontem após fazermos a matéria da participação, pelas quartas de finais do Brasil, no Mundial Feminino de Handbeol, em que perdemos por 27x26 para a ESPANHA, hoje, o computador estava alterado.
Como numa situaçao desta temos que nos valermos dos técnicos, por isso estamos a espera do FRANCIS.
Aguardemos
ABRAÇOS
CLERY

ESTAMOS COM PROBLEMA NO COMPUTADOR

SEM COMPUTADOR
Ontem após fazer a matéria sobre a participação do Brasil, no Mundial Feminino de Handebol, em que perdemos no último minuto para a Espanha, pelo escore de 27x26. Hoje o nosso computador apresentou problemas, então recorremos ao FRANCIS. Estamos na espera do técnico.
ABRAÇOS
CLERY

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

MUNDIAL DE HANDEBOL FEMININO EM SÃO PAULO

BRASIL PERDEU PARA ESPANHA

Num jogo memorável, no último minuto, a Seleção Feminina Brasileira perdeu por 27x26 para a seleção da Espanha, nas quartas de finais.

O Brasil iniciou o jogo errando e já aos 6 minutos perdia por 6x1. No entanto, aos 10min, o Brasil conseguia o equilíbrio do jogo e conseguia empatar em 7x7. O primeiro tempo acabou 19x17 para a Espanha.

O segundo tempo até aos 6minutos, novamente a reação do Brasil e empatava o jogo 20x20, igual placar de empate aos 15min, com oe score de 23x23, assim prosseguia o jogo, com diferença mínina para a Espanha, 26 minutos, jogo 26x26; 27 min, Espanha 26x25; 28 min, o Brasil empata 26x26 e assim se manteve, mas perdeu com exclusão uma atleta; faltando 40 segundos, Espanha solicitou tempo e faltando 15 segundos fez 27x26, Brasil veio ao ataque e teve por duas vezes falta de lance livre, mas não converteu e acabou perdendo o jogo pro 27x26.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

MUNDIAL DE HANDEBOL FEMININO EM SÃO PAULO

Brasil e Espanha disputam

vaga na semifinal

Partida será disputada amanhã (14), às 20h, no Ginásio do Ibirapuera

Santo André (SP) - Ingredientes não vão faltar para temperar o confronto entre Brasil e Espanha pelas quartas de final do Mundial Feminino de Handebol, amanhã (14), às 20h, no Ginásio do Ibirapuera, com transmissão ao vivo do Esporte Interativo. As duas equipes se conhecem muito bem. Oito jogadoras da Seleção já atuaram no país europeu e duas ainda jogam lá - Dara e Deonise. Além disso, o duelo colocará frente à frente duas goleiras que vêm se destacando na competição: a brasileira Chana contra Silvia Navarro.

A espanhola aparece em segundo lugar nas estatísticas, com 45% de aproveitamento (60 defesas em 123 arremesos recebidos). Chana está em quinto, com 49% (62 defesas em 139 tentativas). "Com certeza, veremos uma boa disputa de goleiras, porque tanto a Chana quanto a Navarro estão fazendo um ótimo Mundial. Mas eu sou mais a Chana, claro (risos)", comentou a pivô Dara, capitã do Brasil, que defende o Bera Bera.

Deonise, armadora, atua no Itxako. A pivô Dani Piedade, as ponteiras Jéssica, Samira e Alexandra, além das armadoras Moniky e Duda são as únicas seis que ainda não passaram pela Espanha na carreira. "Isso pode ser bom, como pode ser ruim. É vantagem para os dois lados. A Espanha tem um estilo de jogo muito parecido com o nosso. Será uma partida delicada, decidida em detalhes. Então, vamos precisar ter tranquilidade, mas, acima de tudo, jogar com inteligência", comentou Dara.

Brasil e Espanha se enfrentaram poucos dias antes do Mundial, em amistoso disputado em São Bernardo, no ABC Paulista, com vitória das donas da casa por 28 a 24. No entanto, o técnico da Seleção, Morten Soubak, acredita que esse resultado não terá influência alguma no confronto de amanhã. "Será um jogo muito difícil e estratégico. É um time muito bom tecnicamente e que ataca com agressividade. Mas não existe favorito. Todas as equipes que estão nas quartas de final são fortes."

Para o técnico da Espanha, Jorge Dueñas de Galarza, existe, sim, um favorito: o Brasil. Como justificativa, ele aponta o fato de as brasileiras jogarem em casa e estarem invictas na competição, ao contrário da Espanha, derrotada pela Rússia por 28 a 22 na segunda rodada da primeira fase. "O Brasil está muito bem e tem o ambiente a seu favor. Estamos cientes da nossa campanha e confiantes de que podemos fazer uma boa partida."

Além de Brasil e Espanha, outras três partidas serão realizadas amanhã pelas quartas de final: Rússia x França, às 11h45; Angola x Dinamarca, às 14h30, e Croácia x Noruega, às 17h15. Todas serão realizadas no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

Confira resultados, tabelas e outras informações no site www.handballbrazil2011.

BLOG DIVULGANDO O ESPORTE E PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FISICA

Na foto do release: Luiz Fernando, João Havelange e Feliciano Correa


TÉCNICO PARTICIPA DE FÓRUM

INTERNACIONAL DE FUTEBOL



Nosso blog recebeu da colega MARLI HATJE, do Centro de Educação Física da UFSM, o seguinte release.

Encontro aconteceu no Rio de Janeiro e reuniu personalidades do esporte

O técnico de futebol Luís Fernando Teixeira Silveira, junto ao auxiliar técnico Feliciano Corrêa (dupla que já comandou a equipe do Riograndense) participou na semana passada do VIII Fórum Internacional de Futebol (Footecon), na cidade do Rio de Janeiro. O evento, já consagrado no calendário esportivo brasileiro, oportuniza troca de experiências e atualização na área do esporte (futebol) e sua gestão e reúne dirigentes, treinadores, preparadores físicos, árbitros, além de atletas e ex-atletas e da mídia esportiva.
Coordenado pelo ex-técnico da seleção brasileira de futebol, o tetracampeão Carlos Alberto Parreira, o encontro deste ano reuniu nomes importantes do setor, entre eles, o atual técnico da seleção de futebol dos Estados Unidos, o alemão Jürgen Klinsmann, os árbitros da Fifa Oscar Ruiz e Arnaldo César Coelho, o atual técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, o ex-técnico Mário Jorge Lobo Zagallo, além de treinadores e preparadores físicos de alguns dos principais times do futebol brasileiro, entre eles, os técnicos da dupla Grenal, Caio Júnior e Dorival Júnior e os técnicos Joel Santana, Abel Braga, Antonio Lopes dos Santos, Renê Simões, Ney Franco, Valdir Espinosa, Jorginho e Cristóvão Borges. Entre os diversos dirigentes que participaram do Fórum estavam o ex-presidente da Fifa, João Havelange e o Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo.
Segundo Luís Fernando, o encontro foi uma oportunidade ímpar de atualização de conhecimentos e de obter informações sobre a realidade do futebol brasileiro, tanto dentro quanto fora do campo. “Foi um momento de troca de experiência com colegas de profissão que também vivem o dia-a-dia do futebol”. No encontro, o treinador também reencontrou ex-colegas jogadores e técnicos com os quais trabalhou como atleta profissional em vários clubes brasileiros.