terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

DEFINIÇÃO DE HIPERTIROIDISMO

Hipertiroidismo
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.Ir para: navegação, pesquisa
Hipertireoidismo
Aviso médico
Classificação e recursos externos

Triodotironina (T3, na figura) e tiroxina (T4) são as duas formas do hormônio tireoidiano.
CID-10 E05.
CID-9 242.9
DiseasesDB 6348
MedlinePlus 000356
MeSH D006980

Hipertireoidismo é uma doença da glândula tireóide, na qual a glândula produz em excesso os hormônios tireoidianos: tetraiodotironina(T4), triiodotironina (T3) ou ambos. O excesso destes hormônios em circulação faz com que o organismo encontre-se com oferta excessiva destes. O hormônio tireóide é importante a nível celular, afetando praticamente todo tipo de tecido no corpo humano.

Em excesso, ele tanto estimula em excesso o metabolismo quanto exacerba os efeitos do sistema nervoso simpático, causando aceleração de vários sistemas corporais e sintomas que se parecem como uma sobredose de epinefrina (adrenalina). Podem ocorrer uma variedade de manifestações clínicas como taquicardia, perda de peso, nervosismo e tremores.

As principais causas do hipertireoidismo são a doença de Graves, a autonomia da tireóide e um aumento de hormônios tireoidianos como consequência de medicamentos.

Em casos extremos de uma crise de superfunção ameaçadora da vida fala-se de uma "crise tireotóxica" (sinônimo para tireotoxicose). O contrário do hipertireoidismo, a falta de hormônios tireoidianos, é conhecido como hipotireoidismo.

Nenhum comentário: