terça-feira, 28 de junho de 2011

OLIMPIADA 2012 - LONDRES

ÚLTIMAS DE LONDRES DO CORRESPONDENTE

OLIMPICO, COLABORADOR GIACOMINI.
Caro Amigo Clery,

Seguem as últimas de Londres:

TICKETS - A novela dos ingressos para as Olimpíadas de Londres está dramática. A feliz minoria que havia conseguido adquirir ingressos para os jogos ainda não sabia para quais eventos seriam os mesmos ( http://www.bbc.co.uk/news/uk-13861470 ).
Para piorar, 15 mil pessoas que pensavam que tinham tido sucesso em adquirir ingressos, descobriram depois que não poderão assistir aos jogos porque o sistema de venda dos ingressos não era atualizado em tempo real, e que os ingressos aparentemente disponíveis já haviam sido adquiridos por outras pessoas ( http://www.bbc.co.uk/news/uk-13918958 ).
O ciclistab britânico Bradley Marc Wiggins, medalhista nas últimas três Olimpíadas (2 ouros em Pequim) não poupou 'elogios' aos organizadores, e classificou o esquema de distribuição de ingressos como uma bagunça e uma vergonha, citando a organização jogos de Atenas como um exemplo de sucesso ( http://news.bbc.co.uk/sport1/hi/olympics/13892584.stm ).
Para piorar, em virtude das leis do mercado comum europeu, quase 150 mil ingressos que deveriam ser destinados ao público britânico foram parar nas mãos de cidadãos de outros países da União Européia. Pelas regras da EU, ninguém pode ser discriminado por causa de sua nacionalidade, inclusive para comprar ingressos. Em contra-partida, o publico britânico poderá adquirir tickets que foram distribuídos para os comitês olímpicos de outros países da EU para serem vendidos nos mesmos. No entanto, em virtude dos rígidos regulamentos contratuais impostos pelo COI, esses ingressos não poderão ser anunciados para comercialização no Reino Unido. ( http://www.telegraph.co.uk/sport/othersports/olympics/london2012/8598837/Thousands-of-foreigners-snap-up-Olympics-tickets-meant-for-Brits.html )
Para deixar as coisas ainda mais dramáticas, o Comitê Organizador de Londres 2012 pretende cercar o espaço público localizado no parque Nothe Gardens em Weymouth, Dorset, onde haverão as provas de vela. A população local está furiosa, ainda mais quem não consegue comprar ingressos de nenhuma forma ( http://www.bbc.co.uk/news/uk-13916806 )

SELEÇÃO BRITÂNICA DE FUTEBOL

A Associação Olímpica Britânica (BOA, sigla em inglês) está há tempos tentando custurar uma aliança entre os países constituintes do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte) para competir no futebol dos jogos olímpicos sob a bandeira do Reino Unido. Tal seleção seria organizada pela federação inglesa. No entanto, temerosas de perder seu status soberano junto à FIFA, as federações de futebol da Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte se demonstram não menos furiosas do que as pessoas que não conseguiram ingressos para os jogos.. No entanto, embora sejam contra a idéia e não incentivem seus respectivos atletas a defender as cores da Grã Bretanha, não deverão penalizar aqueles que se alistarem, ou melhor, que forem chamados e aceitarem ( http://news.bbc.co.uk/sport1/hi/olympics/london_2012/13854492.stm ).
TWITTER
Ao contrário do que ocorreu nos jogos de Pequim, os atletas que forem a Londres no verão (europeu) de 2012 poderão twitar (quase) à vontade. No entanto, não poderão utilizar os símbolos olímpicos, fazer qualquer manifestação de cunho político e muito menos fazer qualquer tipo de propaganda (ambush marketing). Fotos poderão tiradas em instalações olímpicas poderão ser postadas na internet, mas vídeos estão proibidos. A comercialização de tais materiais também é vedada. ser Quem desrespeitar as regras deverá receber cartão vermelho direto, sem amarelo, e voltar direto para casa ( http://news.bbc.co.uk/sport1/hi/olympics/london_2012/13927076.stm ).


Mais notícias em breve, ainda que um pouco atrazadas em virtude da minha dissertação que tá consumindo todo meu tempo.

Um forte abraço e fique com Deus !

Angelo

Nenhum comentário: