quarta-feira, 29 de junho de 2011

PANAMERICANO DE HANDEBOL FEMININO

BRASIL VENCE A SEGUNDA,

DESTA VEZ FOI CUBA

Técnico MORTEN do Brasil

Handebol: Brasil vence Cuba garante vaga nas semifinais do Pan-Americano

Líder do grupo A, seleção enfrenta o Chile amanhã (30), às 20h

SANTO ANDRÉ (SP) - O Brasil conquistou sua segunda vitória no Campeonato Pan-Americano Feminino de Handebol ao superar Cuba, por 36 a 21. O triunfo no jogo de hoje (29) garantiu à seleção nacional a liderança do Grupo A e a vaga nas semifinais da competição. Amanhã (30), a partir das 20h, as brasileiras enfrentarão o Chile, no confronto que encerra a fase classificatória, que ocorre no Ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib, em São Bernardo, no ABC Paulista. A entrada para acompanhar as partidas é gratuita.

"Estou muito contente pela vitória e mais ainda porque o Brasil conseguiu colocar dentro de quadra o que combinamos nos treinamentos. No jogo contra Cuba tivemos que nos adaptar a uma forma diferenciada de defesa utilizada por elas. Esperávamos um sistema defensivo mais tradicional. Mas, mesmo assim, criamos muitas situações de ataque. A defesa também esteve mais segura", analisou o técnico brasileiro, Morten Soubak.

Imprimindo velocidade na saída de bola e na troca de passes no ataque, o Brasil conseguiu abrir espaços na defesa rival. As brasileiras concluíram com sucesso para gol a maioria das chances criadas. A armadora Eduarda Amorim marcou belo gol da entrada da área e fez a festa da torcida. A ponteira Alexandra Nascimento também se destacou com sua jogada preferida, o leve toque por cobertura na goleira adversária. O Brasil fechou o primeiro tempo com vantagem de cinco gols, por 15 a 10.

No segundo tempo, o Brasil voltou ainda mais sólido na defesa. Com a sequência do excelente aproveitamento ofensivo, as brasileiras abriram larga vantagem. A armadora Silvia Helena, cobradora oficial dos tiros de sete metros, se destacou e ficou com a artilharia da partida com sete gols anotados, um a mais que a ponteira Alexandra Nascimento. A seleção fechou o jogo com quinze gols de vantagem, por 36 a 21.

"O nervosismo da estréia acabou. Conseguimos melhor posicionamento e movimentação em quadra. Dessa vez não fui a artilheira, mas o mais importante é a vitória do Brasil. Fico feliz quando a seleção vence e consigo produzir algo de positivo para a equipe", declarou a ponteira brasileira, Alexandra Nascimento.

Argentina - A Argentina venceu a Venezuela, por 51 a 22 e de quebra aplicou a maior goleada do Pan-Americano 2011. Com a segunda vitória na competição, já que na estreia havia vencido o Uruguai, por 21 a 14, as argentinas assumiram a liderança isolada do Grupo B e garantiram vaga nas semifinais da competição.

A armadora argentina, Manuella Pizzo, artilheira da partida, com sete gols marcados, foi o destaque do confronto. A ponteira Florencia Aimore também esteve bastante inspirada e, em grande atuação, balançou as redes seis vezes. O técnico Miguel Interllige aproveitou a vitória garantida para colocar todas suas atletas em quadra, o que dará maior ritmo de jogo ao grupo, já pensando nas semifinais.

Resultados de hoje (29)

14h - Uruguai 20 x 20 República Dominicana
16h - Chile 26 x 22 México
18h - Argentina 51 x 22 Venezuela
20h - Brasil 36 x 21 Cuba

Jogos de amanhã (30)

14h - Uruguai x Venezuela
16h - México x Cuba
18h - Argentina x República Dominicana
20h - Brasil x Chile

Nenhum comentário: