terça-feira, 16 de agosto de 2011

COLUNA POR DENTRO E POR FORA DE SALVADOR

SALVADOR HISTÓRICA E ATRAENTE:

MARCAS QUE FICAM

Em Salvador ficamos de 10 a 16 de agosto. Realizamos um propósito de estar na cidade onde tudo começou, em termos histórico do Brasil, com a esposa LUCIA.

Valeu



Foto que registra a nossa presença. Local Elevador Lacerda, um cartão postal de SALVADOR.




Na maioria, as cidades históricas tem problemas de estrutura. Vimos acentuadamente a cidade de Atenas/Grécia e agora, constatamos "in loco" a cidade de Salvador.


Na cidade de Salvador havíamos passado várias vezes quando em viagem com TAÇA BRASIL DE HANDEBOL e CAMPEONATOS BRASILEIROS ESCOLARES -CEBs, na década de 80 e 90, com delegações gaúchas escolares, com técnicos e atletas de nossa Santa Maria; em abril de 2010 estivemos por 3 dias com os Professores de Educação Física SEM FRONTEIRAS DA FIEP, no giro que fizemos ministrando cursos pelo nordeste 2, nos estados da PB, PE,AL,SE e BA e agora por 6 dias com a esposa Lúcia, num cumprimento de um propósito feito e graças a Deus realizado quando aqui estivemos, pois desejávamos voltar com a Lucia.


Agora, com mais tempo, pudemos sentir um pouquinho mais a cidade. Ficou patente muitas coisas: De que SALVADOR sofre todos os problemas das cidades grandes - pois tem quase 4 milhões de habitantes - cresceu desenfreiadamente e aí o transito, em certos horários congestiona. A criminalidade campeia. As estatísticas divulgadas na segunda-feira deste final se semana apontam 23 mortes por assassinato, 23 feridos por tentativas de assassinato, 15 mortes de acidentes de carros e assaltos a ônibus. A Lei Seca não está sendo fiscalizada e isso está sendo cobrado em campanhas pela TV e tem muitas mortes por acidentes na área da construção e aquele velho problema brasileiro, falta de fiscalização para o cumprimento de ordens já estabelecidas fazendo parte dos estatutos da profissão.


CARÊNCIA DE LOCAIS PARA O LAZER


Para nós, na qualidade de Profissional de Educação Física e jornalista, especializado na COMUNICAÇÃO ESPORITVA e preocupado com locais para a prática da atividade física e esporte, os olhos foram mais críticos. Conversamos com algumas pessoas e eles se queixaram de falta de locais para a prática. Vimos espaços, inclusive com pista de caminhada e ciclovia, no região do Piatã e Itapuã, mas na Barra onde andamos - nosso hotel era na avenida sete, orla das várias praias que tem na região. Não foi destinado local para caminhada ou corrida, as pessoas andam se pechando na limitada calçada e os de corrida correm do meio-fio e pista onde passam ônibus e carros, pois na praia não dá para correr, pois tem várias com trechos pequenos e muitas delas com muita pedra.


Essa é uma constatação localizada, certamente que a cidade é grande deve ter outras áreas - entendam a nossa limitação - mas que ficou patente o problema, ficou. Por isso é necessário uma tomada de posição, um alerta aos órgãos responsáveis pelas Políticas Públicas do Município e do Estado para este grande problema. Inclusive, queremos a colaboração dos colegas baianos - principalmente do nosso CREF da BA, para que saibamos deles que medidas estão sendo tomadas. Não nos interpretem mal, esboçamos nesta coluna, o que vimos, mas também fica o nosso louvor as belezas da natureza e a manutenção das tradições deste povo, faceiro, amigo nesta cidade ONDE TUDO COMEÇOU, pois é só nos lembrar da história de que aqui aportaram os primeiros portugueses e a cidade foi a primeira CAPITAL DO PAÍS, por tudo isso o nosso maior respeito.

OBRIGADO SENHOR DEUS

À tardinha, estaremos voando para Porto Alegre, depois de ônibus até Santa Maria. Missão cumprida e muito cumprida, graças a Deus. Na nossa oração desta manhã, após a leitura do PÃO DIÁRIO, em Filipenses em que o texto nos fortaleceu ainda mais de que devemos estar em paz e que manter a fé no SENHOR de que a preocupação com o dia de amanhã , gera-nos pertubação, e se confiarmos ao SENHOR tudo será feito pela sua vontade.

Na oração que foi feita pela Lúcia, agradecemos a Deus pela oportunidade de estar aqui em SALVADOR, pela presença e a orientação do SENHOR na nossa estada e certamente da presença dele, lá em Santa Maria, com os nossos familiares que ficaram. Pedimos a ELE, bençãos no retorno e a sua sua mão poderosa e segura na condução de taxista ao aeroporto, dos pilotos que nos conduzirão até Porto Alegre, do taxista até a Rodoviária, do motorista da Planalto e o taxista até a nossa residência na Benjamin Constant, Edificio Veneza.

Por fim, se for da vontade do SENHOR DEUS, de que , breve ou no seu TEMPO esteja nos oportunizando um novo encontro deste tipo, que , temos a certeza que nos uniu ainda mais e fortaleceu o nosso enlace, que já é eterno, pela obra do NOSSO SENHOR DEUS. E como diz a palavra sem ansiedade, estejamos prontos para retomar as nossas atividades normais que temos em SANTA MARIA.

AO SENHOR DEUS, MUITO OBRIGADO. AMÉM

(CLERY QUINHONES DE LIMA - Editor do BLOG)

Nenhum comentário: