quarta-feira, 26 de outubro de 2011

PAN 2011 EM GUADALAJARA

MAUREN CONFIRMA OURO NO SALTO


BRASIL MANTÉM EM SEGUNDO NO
QUADRO GERAL DE MEDALHAS

Faltando 5 dias para encerrar o PAN, será dia 30; o BRASIL mantém em segundo lugar no quadro geral de medalhas ( VIDE QUADRO) e deve se manter, o que será já um avanço, no Brasil, no último PAN 2007, no Rio, ficamos em terceiro lugar, atrás de CUBA, com 7 medalhas de ouro a mais.


Luciano poderoso leva ouro no Judô
NOTA OFICIAL
26.10.2011 :: 21h01



Depois da demissão do Ministro ORLANDO SILVA, o COB anunciou de Guadalajara uma nota oficial. Quem leu neste Blog a Coluna do J.CRUZ percebeu que o colunista destacou que as Entidades do Esporte nunca foram solidários com o ORLANDO.
O Comitê Olímpico Brasileiro e o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016 agradecem o trabalho realizado pelo ministro do Esporte Orlando Silva, que foi um parceiro importante em projetos fundamentais para o desenvolvimento dos esportes olímpicos no Brasil, como a aprovação da Lei de Incentivo ao Esporte, o Bolsa Atleta, os Jogos Pan-americanos Rio 2007 e a candidatura vitoriosa à sede dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016. O COB aguarda a nomeação do novo ministro do Esporte para propor uma reunião de trabalho e dar prosseguimento à parceria em prol do esporte em nosso país.

Atenciosamente,

Comitê Olímpico Brasileiro
Comitê Organizador Rio 2016

Judô encerra primeiro dia

com ouro, prata e bronze
O judô confirmou mais uma vez sua fama grande arrebatador de medalhas para o Brasil em Jogos Pan-americanos. Nas finais realizadas na tarde desta quarta-feira, dia 26, no Ginásio CODE II, Luciano Corrêa (- 100 kg) derrotou o cubano Oredy Despaigne no golden score e conquistou a medalha de ouro. Já Rafael Silva (+ 100 kg) ficou com a prata ao ser derrotado pelo também cubano Oscar Bryson. A judoca Maria Suelen Altheman derrotou a norte-americana Molly O'Rourke por ippon e ganhou a medalha e bronze.

Luciano Corrêa já havia enfrentado e perdido para Despaigne três vezes até hoje: quartas-de-final da Copa do Mundo de Hamburgo (2007), semifinal do Rio 2007 e final da Copa de Budapeste (2009). Por isso mesmo, a vitória sobre o algoz por punição - cubano fugiu do combate no golden score após o empate no tempo regulamentar - foi muito festejada por Luciano após o combate decisivo.

"Esta medalha de ouro é muito especial para mim e ainda mais saborosa por ter sido em cima do Despaigne, que me tirou o ouro nos Jogos Pan-americanos Rio 2007. A luta foi igual e decidida no final. Sabia que para vencer teria que querer muito mais do que ele no tatame, pois os cubanos são muito fortes", analisou Luciano, que este ano já lutou 31 vezes, com 23 vitórias e nove derrotas. Uma boa forma de encerrar 2011. "Eu fiquei seis meses sem poder treinar no primeiro semestre por causa de uma lesão no ombro, foi um ano difícil", lembrou Luciano, que dedicou o ouro para a família, o técnico e a namorada, a nadadora Joanna Maranhão.

Já para Rafael Silva, derrotado pelo cubano Oscar Bryson por um wazari, lamentou o desempenho na última luta. "Estou insatisfeito por ter perdido o ouro. A luta foi decidida no detalhe. Ele anulou o meu jogo e usou toda sua experiência. Senti muitas dores no braço lesionado e também a parte cardiorrespiratória por causa da altitude", lamentou Rafael Silva, que só havia lutado uma única vez contra Oscar Bryson: foi no Campeonato Pan-americano realizado este ano no México e o judoca cubano também levou a melhor sobre o brasileiro.

Já Maria Suelen Altheman precisou apenas de 34s para derrotar a norte-americana Molly O'Rourke com um lindo ippon e ficar com a medalha de bronze. Ela comentou sua performance no primeiro Pan-americano de sua carreira: "Fiquei muito triste por ter perdido a luta na semifinal para a porto-riquenha (Melissa Mojica), o que tirou a possibilidade de brigar pelo ouro. Mas esta derrota acabou me fortalecendo para a disputa do bronze", confessou Suelen.

Time masculino de basquete vence

Uruguai por 81 a 70 na estreia

A seleção masculina de basquete estreou com vitória sobre o Uruguai dos Jogos Pan-americanos Guadalajara 2011, pela primeira rodada do grupo B, que conta também com Estados Unidos e República Dominicana. Com 15 pontos do cestinha Guilherme Giovannoni, a equipe venceu por 80 a 71 (36 a 35 no primeiro tempo). O time volta à quadra nesta quinta-feira, dia 27, para enfrentar os norte-americanos às 20h (23h de Brasília).

QUADRO DE MEDALHAS

Pos País Ouro Prata Bronze Total
1 Estados Unidos 70 66 51 187
2 Brasil 33 21 37 91
3 México 22 25 39 86
4 Canadá 23 26 34 83
5 Cuba 30 20 28 78
6 Colômbia 18 16 28 62
7 Venezuela 9 22 24 55
8 Argentina 18 8 26 52
9 Chile 2 14 14 30
10 República Dominicana 5 3 14 22





Nenhum comentário: