terça-feira, 25 de outubro de 2011

PAN 2011 EM GUADALAJARA

ROSANGELA, OURO NOS 100 M

O atletismo com a ginástica artística deram na terça-feira, duas medalhas de ouro.

A surpresa foi ROSANGELA, nos 100 metros.


OURO DA GINÁSTICA FOI A MILÉSSIMA

MEDALHA DO BRASIL EM PANAMERICANO


Gurizada largaram muito bem no PAN

Ouro para a nossa ginástica artística


HOJE DUAS MEDALHAS DE OURO
Com o 100 metros de Rosangela e Ginástica Artística equipe, o Brasil fez mais duas medalhas de ouro e mantém-se tranqüilo na posição segunda, do Quadro Geral de Medalhas e se aproxima a cada momento da ARGENTINA, em termos de medalhas de todos os PANS.

Ginástica artística masculina fatura


inédita medalha de ouro por equipes

A ginástica artística conquistou a inédita medalha de ouro por equipes masculinas em Jogos Pan-americanos, nesta terça-feira, dia 25, no Complexo de Ginástica. Após a passagem pelos seis aparelhos, o Time Brasil (Diego Hypolito, Francisco Barreto, Petix Barbosa, Péricles da Silva, Athur Zanetti e Sergio Sasaki Jr) marcou 346.100 pontos. Porto Rico, que havia terminado em primeiro no Rio 2007, ficou com a prata, com 343.950. Os dois países, aliás, trocaram de posição. Os Estados Unidos garantiram o bronze em Guadalajara 2011, com 342.000 pontos.

Rosangela Santos é ouro

nos 100 m rasos feminino
A brasileira Rosangela Santos ficou com a medalha de ouro nos 100 m rasos femininos, disputados nesta terça-feira no Estádio Telmex de Atletismo. A velocista levou 11s22 para cruzar a linha de chegada na primeira colocação e registrar a melhor marca de sua carreira. Três centésimos depois, a americana Barbara Pierre terminou a prova e consquistou a prata, seguida por Shakera Reece, de Barbados.
A brasileira, 20 anos, comentou a sensação da conquista. "Minha ficha ainda não caiu. Estou tremendo, estou muito feliz. O ouro é do Brasil"
Com o quarto melhor tempo no ano dentre todas as classificadas, Rosangela disse que o que fez a diferença foi a concentração no momento da prova. "Ficou comprovado que o ranking não conta. O que conta é o momento e ganha a mais concentrada. Hoje eu ganhei", comemorou a brasileira.
Entre as atletas que tinham um tempo superior ao de Rosangela estava Ana Claudia Lemos da Silva, outra brasileira na prova, que concluiu os 100 m em 11s35.
Além da medalhista de ouro, Shakera Reece, bronze, e Mariely Sanchez Hichez obtiveram as melhores marcas de suas carreiras.

12º DIA NESTA QUARTA
Canoagem inicia disputa por medalhas e da vaga para Londres 2012

SANTA-MARIENSE NAIANE NESTA QUARTA

Com a participação de dez dos 15 atletas da equipe brasileira que veio para os Jogos Pan-americanos Guadalajara 2011, começam nesta quarta-feira, dia 26, as competições de canoagem, em Cidade Guzmán, a partir de 9h (12h de Brasília). Além da disputa pelas medalhas, as provas na Laguna de Zapotlán são a última oportunidade de classificação para os Jogos Olímpicos Londres 2012.

"Classificam-se para Londres apenas os campeões de cada prova. Ou, o medalhista de prata, caso o ganhador do ouro já tenha garantido sua vaga olímpica em alguma seletiva anterior", explica o chefe da equipe de canoagem, Sebástian Cuattrin, um dos brasileiros com maior número de medalhas pan-americanas conquistadas (11 no total, sendo uma de ouro, seis de prata e quatro de bronze), que pela primeira vez atua em uma edição dos Jogos Pan-americanos do lado de fora da água - competiu em cinco edições, entre Havana 1991 e Rio 2007.

"É bem complicado. Dentro d'água, eu estava consciente do que tinha que fazer, de fora é bem mais difícil, bem diferente, mas está sendo bastante compensador também", contou Sebástian Cuattrin.

A equipe brasileira de canoagem passou por 21 dias de aclimatação na Cidade do México e chegou em Cidade Guzmán no sábado, dia 22. "A aclimatação na Cidade do México foi muito boa, todos se ambientaram muito bem à altitude, toda a equipe está muito animada. E nos últimos dias, em Cidade Guzmán, fizemos o polimento final e conhecemos a raia", prosseguiu Cuattrin, que apontou as provas em que o Brasil tem maiores possibilidades de alcançar a classificação para Londres.

"As maiores chances são na K1 masculina 200m (com Edson Isaias), K1 masculina 1.000m (Michel de Carli), K2 masculina 1.000m (Roberto Maehler e Celso Oliveira), C1 200m (Nivalter Santos) e C2 1.000m (Erlon Silva e Ronilson Oliveira)", indicou Sebástian.

Nesta quarta-feira, o Brasil já compete nas provas K4 feminina 500m (com Ariela Pinto, Bruna Gama, Ana Vergutz e Naiane Pereira), K1 masculina 1.000m (Michel de Carli), C1 masculina 1.000m (Wladimir Moreno), K2 masculina 1.000m (Roberto Maehler e Celso Oliveira), C2 masculina 1.000m (Erlon Silva e Ronilson
FUTEBOL FEMININO É FINALISTA
AO VENCER O MÉXICO POR 1X0

Nesta noite, o Futebol Feminino, com gol de Maurine, venceu MÉXICO e vai para a final
contra COLOMBIA ou CANADÁ


BRASIL APROXIMA-SE NO QUADRO GERAL
MEDALHAS DE TODOS PANS DA ARGENTINA

O Brasil neste PAN com as 29 medalhas de ouro, aproxima-se da ARGENTINA ( está com 15)em termos gerais de Medalhas de todos os PANS ( quadro abaixo). A diferença total é de 17 medalhas e o BRASIL faz 14, então falta apenas 3 medalhas.

QUADRO ATUAL
1 Estados Unidos 64 59 49 172
2 Brasil 29 20 28 77
3 Canadá 20 25 28 73
4 México 19 19 28 66
5 Cuba 24 17 19 60
6 Colômbia 11 15 25 51
7 Venezuela 8 19 16 43
8 Argentina 15 8 18 41
9 Chile 2 9 13 24
10 República Dominicana 5 2 11 18
TODOS PANS
1 USA Estados Unidos
1748 1295 873 3916
2 CUB Cuba
781 531 481 1735
3 CAN Canadá
348 546 682 1576
4 ARG Argentina
258 278 363 899
5 BRA Brasil
241 283 403 927
6 MEX México
157 217 410 784
7 VEN Venezuela
71 158 223 452
8 COL Colômbia
57 110 162 329

Nenhum comentário: