domingo, 20 de fevereiro de 2011

FUNDAE RETOMA O PROJETO FUTEBOL EM SUA SEDE

FUNDAE ATRAVÉS DA ESCOLINHAS ESPORTIVAS QUER FORMAR
CIDADÃOS CONSCIENTES E TALVEZ TALENTOS NO FUTEBOL
Vista geral do campo, que está gramadinho e pronto para receber os atuais alunos e dos peneirões em 14 e 17 de março

Cleryston conversa com a meninada

Retorno nova conversa e volta ao treinamento

Bola colocada em ação

Aquecimento para entrar na parte técnico-físico

Alguns meninos com o técnico Cleryston, administradora Isabel Cervo e a Coordendora Pedagógica Cleuza Guidetto

A apresentação ao grupo que retomam à tarde

CLERYSTON RETOMA AS ATIVIDADES CIENTE DA RESPONSABILIDADE SOCIAL EDUCATIVA DA FUNDAE E O AMOR A SUA PROFISSÃO.



FUNDAE NA SUA AÇÃO EDUCATIVA E SOCIAL EM SM
O FUTEBOL É UM MEIO FORMADOR E INTEGRADOR
A FUNDAE tem marcado presença no social de Santa Maria atendendo camadas carentes da população, oferecendo a oportunidade de um início profissional com a formação em várias áreas e junto atua com escolinhas esportivas, hoje atuando com o futebol de campo.
Professor Cleryston Oliveira de Lima, Profissional de Educação Física, é quem coordena e dirige o projeto de esporte, há mais de 3 anos.
A escolinha de FUTEBOL DE CAMPO proporciona o convívio grupal, aprendizado de boas maneiras ( higiene, comportamento social, regras) e os fundamentos do futebol, mantendo os princípios filosóficos e ações da FUNDAE.
A coordenação da escolinha agradece o apoio recebido da direção, administração, coordenação pedagógica, colegas da FUNDAE e muito especial aos pais que confiam à FUNDAE a estada de seus filhos.
CLERYSTON afirma: " O nosso objetivo é oportunizar a ocupação sadia da meninada, no contra-turno, oferecendo a estrutura da FUNDAE. Mas se Deus quiser, nesta reestruturação e futuros apoios, convênios e estratégias em projetos planificados e audaciosos, poderemos avançar e quem sabe, num futuro bem próximo, a nossa FUNDAE não estará colaborando com o desenvolvimento ainda maior do futebol - paixão do brasileiro - cedendo valores para integrarem equipes de iniciação no país. Vale lembrar que o país terá megas eventos esportivos até o ano de 2016."
Nesta segunda-feira, dia 21, foi retomada as aulas, em dois turnos, do projeto FUTEBOL DE CAMPO.
Nosso Blog registrou hoje a atividade da tarde, que teve no seu início com a aprsentação da meninada, seus direitos e deveres e contou com a presença da administradora ISABEL e a Coordenadora Pedagógica Cleuza.
CLERYSTON destaca que retoma o grupo e nos dias 14 e 17 de março terão dois peneirões e serão realizados pela manhã e tarde no próprio campo da INSTITUIÇÃO. A FUNDAE oferece transporte e lanche. A meninada interessada entre em contato com a sede no centro, rua Niederauer, fone 33040300 ou do Distrito Industrial - 30254001.
Depois dos peneirões serão formadas as turmas pela idade e horário disponível pelos alunos.
Terão dois torneios internos, julho e dezembro. Mas há possibilidade de jogos intercâmbios na cidade e conforme a detectação de talentos a formação de equipes para disputarem algumas competições em 2012.
OFERECIMENTO - A FUNDAE, além do transporte, oferece lanche e os alunos podem escolher a participação no projeto, em seu turno livre da escola
( CLERY QUINHONES DE LIMA - EDITOR- CAEL-SM, em colaboração com esporte santa-mariense)




BRIGA NÚMEROS DE FATURA NA MIDIA DA COPA DO MUNDO DE FUTEBOL E OLIMPIADA: RECORD COM BOLA CHEIA

Record cobra R$ 372,6 milhões por Pan e Olimpíada
Christhian envia a informação.

Enquanto trava embate com a Globo pelos direitos do Brasileirão, a Record faz dinheiro com seu pacote de projetos esportivos. A aquisição do Pan-Americano de Guadalajara, a ser realizado este ano, e das Olimpíadas de 2012, em Londres, deram à emissora a possibilidade de cobrar R$ 372,6 milhões pelos eventos. E várias marcas já compraram.

A Record confirmou por meio de nota os patrocinadores que já garantiram espaço na grade dos eventos. Os preços são valor de tabela, ou seja, sem eventuais descontos concedidos às marcas. Participam do Pan as seguintes seis marcas: Bradesco, Cervejaria Petrópolis, Nestlé, McDonald’s, Coca-Cola e Visa, esta última com contrato fechado para o Top de 5 segundos. A emissora cobrou R$ 95,6 milhões dos anunciantes..

Já para 2012, o montante é ainda maior. Caixa Econômica Federal, Petrobras, Nestlé, Cervejaria Petrópolis, Coca-Cola, Tim, McDonald’s e Visa desembolsaram R$ 277 milhões para expor suas marcas durante a transmissão dos Jogos Olímpicos. Novamente, nesta conta, não estão incluídos os descontos.

Fonte: Redação Adnews

BLOG J.CRUZ, DE BRASILIA, INFORMA

JCRUZ publica em seu Blog
Reportagem que critica Segundo Tempo
Leia:

Leandro Colon, de O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA - Principal programa do Ministério do Esporte, comandado por Orlando Silva, o Segundo Tempo, além de gerar dividendos eleitorais, transformou-se num instrumento financeiro do Partido Comunista do Brasil (PC do B), legenda à qual é filiado o ministro.


Ed Ferreira/AECrianças improvisam a pelada no terreno baldio onde deveriam existir dois núcleos do programa
Veja também:

Chuteiras novas à espera de um gramado

Ministério defende seus critérios e culpa entidades

ONG recebe R$ 4,2 mi e abandona núcleos

A reportagem do Estado foi conhecer os núcleos do Segundo Tempo no Distrito Federal, em Goiás, Piauí, São Paulo e Santa Catarina. A amostra, na capital e região do entorno, no Nordeste mais pobre ou no Sul e no Sudeste com melhores indicadores socioeconômicos, flagrou o mesmo quadro: entidades de fachada recebendo o dinheiro do projeto, núcleos esportivos fantasmas, abandonados ou em condições precárias.

As crianças ficam expostas ao mato alto e a detritos nos terrenos onde deveriam existir quadras esportivas. Alguns espaços são precariamente improvisados, faltam uniformes e calçados, os salários estão atrasados e a merenda é desviada ou entregue com prazo de validade vencido.

No site do ministério, o Segundo Tempo é descrito como um programa de "inclusão social" e "desenvolvimento integral do homem". Tem como prioridade atuar em áreas "de risco e vulnerabilidade social", criando núcleos esportivos para oferecer a crianças e jovens carentes a prática esportiva após o turno escolar e também nas férias.

Conferidas de perto, pode-se constatar que as diretrizes do projeto, que falam em "democratização da gestão" foram substituídas pelo aparelhamento partidário. A reportagem mostra, a partir deste domingo, 20, como o ministro Orlando Silva, sem licitação, entregou o programa ao PC do B.

O Segundo Tempo está, majoritariamente, nas mãos de entidades dirigidas pelo partido e virou arma política e eleitoral. Só em 2010, ano eleitoral, os contratos com essas entidades somaram R$ 30 milhões.

O Ministério do Esporte afirma que "cabe à entidades parceira promover a estruturação do projeto". Questionado sobre as situações constatadas pelo Estado e pelo controle partidário do programa, o ministério defendeu o critério de escolha das entidades sob o argumento que é feita uma seleção técnica dos parceiros.

Terreno vazio. O dinheiro deveria ser usado para criar 590 núcleos e beneficiar 60 mil crianças carentes. Na procura por um núcleo cadastrado na cidade do Novo Gama (GO), por exemplo, a reportagem encontrou um terreno baldio onde deveria funcionar um campo de futebol. Cerca de 2,2 mil crianças foram iludidas na cidade por uma entidade sem fins lucrativos fantasma.

No Novo Gama, o programa Segundo Tempo é só promessa, mas, na última campanha eleitoral, foi usado como realidade pelo vice-presidente do PC do B do DF, Apolinário Rebelo. O mesmo ocorreu na Ceilândia (DF).

Em Teresina (PI), no lugar de uma quadra poliesportiva os jovens usam um matagal, onde improvisam tijolos e bambus para jogar futebol e vôlei. Do lado de fora, no muro do terreno, a logomarca do Segundo Tempo anuncia que ali existiria um núcleo do programa. O local é um dos espaços cadastrados por uma entidade que já recebeu R$ 4,2 milhões para cuidar do projeto. Seus dirigentes são do PC do B.

Lideranças de comunidades carentes de Santa Catarina criticaram a intermediação do Instituto Contato, dirigido pelo PC do B, no Segundo Tempo e anunciaram que abriram mão do projeto. Aulas de tênis são dadas na calçada, com raquetes de plástico. Em Florianópolis, a reportagem encontrou um lote de suco de groselha com validade vencida num núcleo do programa.

A campeã de recursos do governo é a ONG Bola Pra Frente, dirigida pela ex-jogadora de basquete Karina Rodrigues, vereadora de Jaguariúna (SP) pelo PC do B - R$ 28 milhões foram repassado à entidade desde 2004.

Prestação de contas

O Ministério do Esporte afirma, em seu site, que todos os convênios do programa Segundo Tempo devem fornecer "descrição detalhada dos materiais, bens ou serviços adquiridos"

Para entender

O Programa Segundo Tempo foi criado no começo do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na teoria, o objetivo é oferecer a crianças e jovens carentes oportunidade de prática esportiva após o turno escolar e nas férias.

O Ministério do Esporte fecha parcerias com entidades sem fins lucrativos, que assumem a tarefa de botar em prática o Segundo Tempo. Prefeituras também fazem convênio com o governo. A ideia é criar núcleos esportivos e contratar professores. Segundo o ministério, o Segundo Tempo deve "oferecer práticas esportivas educacionais, estimulando crianças e adolescentes a manter uma interação efetiva que contribua para o seu desenvolvimento integral".




Tópicos: Fraude, Segundo Tempo, PC do B, ONG, Programa social, Nacional, Política

CLUBE DO PROFESSOR GAUCHO DE SANTA MARIA PROMOVEU CAMINHADA NESTE DOMINGO

Aquecimento para depois iniciarem a caminhada rumo ao RINCÃO DAS LIMEIRAS, propriedade do Tio Jairo Boeira
Momento da saída do CPG, às 9h25min

Deslocamento na descida da sede do CPG -SM


Passagem pela ponte do Rio Vacacaí-mirim

Chegando no Tio Jairo
Na propriedade do Tio Jairo



Açude do Tio Jairo, quase seco pela estiagem




CAMINHADA DO CPG AO RINCÃO DAS LIMEIRAS
Dentro da programação de atividades do CPG de Santa Maria, no Projeto ambiental, neste domingo, dia 20/02, foi realizada uma caminhada de 7km, no Campestre.

Um grupo de 20 pessoas entre sócios e familiares, após um alongamento, deslocaram-se da sede do Clube até a propriedade do Professor Jairo Boeira, associado e amigo do CPG, no Rincão das Limeiras – segundo Jairo não mais existem mais limeiras e sim muito angico. Lá tiveram a oportunidade de estar em contato na verdadeira natureza. Depois da história da região contada pela Gladys, teve a complementação de Jairo informando sobre a mata, suas principais árvores, córregos que hoje não tem mais água.

MAIS UMA OPÇÃO DE ESPORTE, LAZER E SOCIAL EM SANTA MARIA

MIRANTE SHOWBOL
DENTRO DE SANTA MARIA
Será uma opção de encontro de grupos, de famílias para a prática do seu esporte, lazer e convívio social. Olhando para Santa Maria, respirando ar puro, num convívio com o verde.
Apresentamos as fotos , que dizem tudo, o que será MIRANTE e abaixo um texto com mais informações.
A CASA É NOSSA, aliás do ANDERSON e da CRIS, à serviço do santa-mariense.








MIRANTE, O PRIMEIRO SHOWBOL DE SM
A quadra é feita obrigatoriamente de grama sintética e deve ter linhas que delimitam a área, o meio de quadra e a marca do pênalti. Deve ser retângular. Esta é a quadra de SHOWBOL.
Em Santa Maria, MIRANTE Showbol é o primeiro espaço para o esporte e área de convívio social e de lazer.
MIRANTE, ainda em obra, que, inicialmente, oferecerá a quadra, vestiário e bar, mas futuramente terá opções de jogos de salão, lazer e social.
A quadra deverá estar disponível até o final de março.


>>>>>>>>>>>>>>>
Há 10 anos foi adquirida a área e 3 anos de perseverança, desde a idéia, burocracia e recursos financeiros, finalmente, o Casal Anderson Victor (fotógrafo) e Cris estão concluindo a primeira parte do MIRANTE, que será um verdadeiro local do Showbol, jogos de salão, lazer e social de Santa Maria.
MIRANTE localiza-se a 50 metros, à esquerda do final da rua 7 de Setembro. Fone 84346607.
>>>>>>>>>>>>>