quarta-feira, 16 de março de 2011

HARAS MD DE PASSO FUNDO RECEBER COMPETIÇÃO NESTE FINAL DE SEMANA

HARA MD APRESENTA ESTRUTURA INTERNACIONAL
Depois da etapa de FLORIANÓPOLIS, nos dias, 18,19 e 20 de março, a II ETAPA do CIRCUITO MD DE HIPISMO será em PASSO FUNDO, no HARAS MD
PREMIAÇÃO EXCEPCION AL, UMA DAS MAIORES DO HIPISMO BRASILEIRO E A ESTRUTURA INTERNACIONAL. São comentários de especializado promotora de competições de hipismo.
EIS O RELEASE:
Centro Hípico e Haras MD em preparação para o seu maior evento

Mais de 200 animais já chegaram e estão alojados num espaço onde 300 cocheiras foram montadas especialmente para o III MD Horse Show, que acontece de 18 a 20 de março

Cerca de duas centenas de pessoas estão trabalhando diuturnamente para deixar o Centro Hípico e Haras MD do jeito que o Brasil já conhece: aconchegante. É assim que o meio do hipismo reconhece o empreendimento localizado em Passo Fundo e principalmente a receptividade dada aos profissionais envolvidos, cavaleiros, amazonas e, inclusive, aos animais.

Acostumada a organizar os principais eventos de saltos em São Paulo, além das provas de saltos e adestramento no Pan do Rio de Janeiro e assessorar seleções brasileiras, a paulista Patrícia Carvalho não mede elogios às provas e a infraestrutura encontrada em Passo Fundo. “Não achamos em outro lugar do país a atenção que temos aqui. Todos os cavaleiros são recepcionados no aeroporto, os animais hoje têm cocheiras com todo o conforto, sem contar o nível técnico do III MD Horse Show”, frisa Patrícia. Conforme ela, o Centro Hípico possui instalações e material técnico de alto nível, entre eles, obstáculos, piso da pista e equipamento de cronometragem.

Ela afirma ainda que a etapa já está marcada no calendário nacional de saltos e tem a melhor premiação para provas até 1,30m. “Nunca na história do país se pagou uma premiação deste valor (R$ 100 mil) para um prova com essa altura”, garante, lembrando que todo o evento tem um prêmio de R$ 193 mil. Essa é um dos motivos que faz os melhores equitadores da modalidade olímpica serem atraídos para vir a cidade e participar no concurso de saltos. Para Patrícia, cada vez que ela chega no Haras percebe que o investimento é maior e tem o objetivo de aprimorar o bem-estar de quem participa das provas na local. “Somente clubes possuem a estrutura encontrada aqui, não só em termos de pista, mas todo o restante que está em volta”, comenta.

Esse investimento faz com que o Centro Hípico e Haras MD seja um forte motivador para o hipismo nacional. “A cada dia temos mais pessoas saltando. Muito disso, são por instalações como essa e pela receptividade ímpar que recebemos aqui”, destaca Patrícia. A afirmação é legitimada pelo assistente veterinário do evento, Rodrigo Kaipper, que assessora a delegada veterinária. “Nenhum outro lugar do país tem uma estrutura de circo (móvel) para receber animais para uma competição neste nível”, frisa Kaipper enquanto confere a chegada dos eqüinos no Haras. Até o final da tarde de quarta-feira 200 animais chegaram e mais 100 são esperados para serem alojados nas 300 baias montadas em uma nova área MD.
A SABER QUE A III ETAPA DO CIRCUITO MD PARALELAMENTE COM A COPA SANTA MARIA MD DE HIPISMO SERÁ AQUI NO PERÍODO DE 25 A 27 DE MARÇO, NO CENTRO HPICO DO CISM, EM SANTA MARIA

PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO RS ESTEVE NA ULBRA

PRESIDENTE MERINO PROFERIU AULA INAUGURAL
NA EDUCAÇÃO FÍSICA DA ULBRA EM SANTA
Prestigiamos a estada do professor EDUARDO MERINO, presidente do nosso CREF2RS. Ele esteve na ULBRA de Santa Maria
A Convite do Curso de Educação Física da ULBRA, de Santa Maria, por indicação do professor CIMINO, do voleibol, ao professor JEAN PIERRE, da ULBRA, professor MERINO esteve nesta quarta-feira, dia 16, proferindo a aula inaugural.
O seu tema foi um relato geral do SISTEMA CONFEF/CREFS. Abordou desde a formação profissional, passando pela habilitação até a fiscalização.
Houve uma grande participação dos alunos com diversas perguntas, ficando a maior ânsia nesta divisão que se estabeleceu de uma formação única, que era no passado - PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA SEM RESTRIÇÃO e hoje tem a licenciatura para atuar na escola e o bacharelado para atuar em academias, clubes e outros.
MERINO também afirmou que o RS terá uma cobertura maior com a criação dos postos avançados em 5 cidades gaúchas, e Santa Maria será uma delas.
Professor Jean apresenta o presidente MERINO

Parte do grupo participantes, aqueles que ficaram até o final

Merino contente observa a movimentação dos alunos depois da foto geral

Nós também não ficamos fora. A foto registra o grupo de professores da ULBRA
com o presidente MERINO
( texto e fotos de CLERY QUINHONES DE LIMA)