quarta-feira, 1 de junho de 2011

FUNDAE PRIMA PELA EDUCAÇÃO, DISCIPLINA E ESPORTE

SOLENIDADE PROTOCOLAR MARCOU

O FINAL DO MÓDULO DO FUTEBOL DA FUNDAE


Coordenadora Cleuza fez a apresentação da solenidade
Meninada séria no juramento


Uma mesa com cinco profissionais de Educação Física

Cleryston facilidade de comunicação

Uma foto para a história do futebol da FUNDAE


FUNDAE ATENÇÃO AO PROJETO ESPORTE

ENTREGA DE CERTIFICADOS AO FUTEBOL

Nesta quarta-feira, dia 1 de junho, marcou a vida de dezenas de meninos que integram as equipes de futebol da FUNDAE. Foram entregues os certificados de término de MÓDULO, com formalidade.

O ato solene foi realizado no salão especial da FUNDAE no Distrito Industrial.

Com a presença da Coordenadora do CAMPUS, Isabel Cervo; da Coordenadora Pedagógica, Cleuza Jost Guindetti, professor Cleryston Oliveira de Lima, técnico das escolinhas de futebol juntamente com estagiário de Educação Física da FAMES, Guilherme Scaramusa e dos professores do Projeto de Futebol da Maringá, Minello e do convidado especial, amigo da FUNDAE, professor e jornalista Clery Quinhones de Lima.

Após o Hino Nacional teve o juramento dos alunos.

PALAVRAS - A Coordenadora do CAMPUS, Isabel se dirigiu muito em especial ao professor técnico Cleryston, com um discurso que chamou " O maior Campeonato" fez uma alusão aos desafios de cada dia e as ações no campo de jogo com todos os seus protagonistas e a importância que a FUNDAE dá ao esporte. Na fala de Cleryston teve o enfoque de um educador que associa o aprendizado dos fundamentos do esporte com os princípios éticos de futuros cidadãos, destacando que este momento será lembrado pelos seus alunos, porque o certificado é como um troféu recebido no momento da vitória.
Nós também tivemos a oportunidade dirigir a palavra e a fizemos de uma forma emocional e de razão. Primeiro porque temos um respeito e reconhecimento pelo trabalho que a FUNDAE realiza no social, reunindo crianças, adolescentes, jovens e adultos dando-lhes oportunidade de um aprendizado e que tem um comando de dirigentes sérios, começando pelo patrono, um dos fundadores da nossa UFSM, o seu ISAIAS e a presidência do empresário MARIO GAIGER, que culmina com uma assessoria técnica e pedagógica de qualidade. Aos meninos do futebol, dissemos que eles estavam tendo um privilégio de estar recebendo , talvez, o seu primeiro certificado, que significa um passo inicial para conquistas maiores e que essa primeira eles devem a FUNDAE e que a SOCIEDADE deveria saber disso, que felizmente ainda existem este tipo de ENTIDADES que atuam a serviço da COMUNIDADE e isto deveria ser reconhecido pelos ÓRGÃOS PÚBLICOS, pelos políticos a fim de que tivesse uma maior atenção. Pediu a meninada para que se mantenha no caminho correto que sejam eles os portadores de orientação adequada a colegas que vivem no seu meio e que nunca falseiam em querer usar a droga.

Também fez registro da importância do evento, o professor Alexandre Lobo, em seu nome e do professor Minello.












JUDOCA SANTA-MARIENSE VIAJOU PARA A EUROPA

NOSSA MARIA PORTELA BUSCA CONSOLIDAÇÃO

PARA A VAGA NOS JOGOS PANAMERICANOS

Quando da realização da COPA SANTA MARIA DE JUDÕ, nosso blog teve o prazer de bater um papo com a MARIA PORTELLA, judoca da Seleção Brasileira, que saiu daqui do projeto MAOS DADAS.

Nosso enfoque foi em cima de suas futuras participações no PAN e OLIMPIADA. Isso para até contabilizar mais nomes santa-marienses em OLIMPIADAS, que nos parece até hoje teve gente do Handebol, já no PAN tivemos os nossos estrelas da Canoagem.

PALAVRA DA PORTELA

"Clery hoje seria eu, até pelas minhas últimas participações em Sulamericano e Panamericano, no entanto sabe-se que um atleta tem que estar em condições na época do fechamento das inscrições. " Prossegue Portella " É claro que esta participação na EUROPA, Madri e Lisboa e mais a COPA DO MUNDO DE JUDO em São Paulo, serão decisivas."

NOTA DO EDITOR

Então a expectativa é boa. Ficamos na torcida. Portela nos prometeu que mandarás notícias pelo nosso e-mail, lá da Europa.

Clery