domingo, 5 de junho de 2011

PREPARAÇÃO DO HANDEBOL MASCULINO BRASILEIRO PARA O PANAMERICANO

BRASILEIROS VENCEM INGLESES

NO PRIMEIRO AMISTOSO EM SP
Brasil tanto no masculino e feminino, quer ganhar o Panamericano para que não dependa de mais outra competição para estar em 2012 em Londres, para isso a preocupação do presidente Manoel Luiz e sua Comissão Técnica é realizar treinamentos fortes até o mês de outubro, quando da realização dos jogos em Guadalajara.

Os treinamentos estão acontecendo em São Paulo, em São Caetano.

Recebemos a boa informação através do release da Photeografia, Assessoria de Imprensa da CBHB, da vitória do Brasil na estréia de uma série de 3 jogos com os ingleses.

Eis a nota.
Seleção Brasileira de Handebol vence primeiro amistoso contra Grã-Bretanha

Equipe masculina venceu por 32 a 25 no jogo realizado em São Caetano


SÃO CAETANO / SP - A Seleção Olímpica Masculina de Handebol estreou com pé direito na série de três amistosos contra a Grã-Bretanha no ABC Paulista. O primeiro confronto, realizado hoje (5), no Ginásio Marlene José Bento, em São Caetano (SP), teve vitória brasileira por 32 a 25 (16 a 11). As outras duas partidas estão marcadas para a próxima terça-feira (7), em São Bernardo, e quinta-feira (9), em Santo André.

Com jogadas rápidas, imprimindo velocidade desde o início do jogo, o Brasil foi superior em quadra e esteve à frente do placar durante a maior parte do tempo. Para o técnico da Seleção, Javier Garcia Cuesta, a equipe mostrou entrosamento e conseguiu organizar bem as jogadas de ataque. "Conseguimos explorar as duas alas e isso fez com que a defesa da Grã-Bretanha ficasse dispersa, permitindo que conseguíssemos encaixar bons ataques", disse o treinador espanhol.

Javier destacou, no entanto, que dois pontos precisam ser corrigidos para os amistosos seguintes. "Foi um jogo bastante proveitoso, pudemos nos testar e conhecer melhor os adversários, que são fortes e sabem atacar muito bem. Quero aproveitar os treinamentos que faremos até terça para acertar alguns detalhes no setor defensivo e também melhorar as finalizações", completou.

Mesmo sendo artilheiro do Brasil, com sete gols, o ponta Felipe Borges se cobra para o próximo amistoso. "Fico feliz por ter ajudado a construir o placar a nosso favor. Mas ainda preciso melhorar bastante e aproveitar mais as opotunidades quando eu tiver a bola nas mãos".

Borges também destacou que o confronto permitiu ao time brasileiro aprender com a Grã-Bretanha, seleção nova, ainda pouco conhecida. "É um estilo diferente e intenso. Eles caem bastante para ala esquerda e arriscam muito de fora da area. É bom para ficarmos atentos". O ponta-esquerda da Grã-Bretanha, inclusive, foi o artilheiro da partida, com nove gols marcados.

O goleiro Maik ressaltou que a vitória dará mais confiança para a continuidade do trabalho, mas que não pode servir para que o grupo se acomode. "Ter pensamento positivo é essencial, sempre. Mas precisamos manter os pés no chão e continuar treinando forte porque foi apenas um amistoso", alertou.

Os desafios contra a Grã-Bretanha fazem parte da preparação do Brasil para a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, em outubro. Para o presidente da Confederação Brasilera de Handebol (CBHb), Manoel Luiz Oliveira, testes como esse serão bons para a equipe brasileira melhorar ainda mais o entrosamento e mostrar a força que o país tem na modalidade. "O objetivo dos times masculino e feminino é trazer o ouro do México, conquistar a vaga para as Olimpíadas e reafirmar que nosso handebol está evoluindo cada vez mais", concluiu Manoel Luiz Oliveira

COLUNA POR DENTRO E POR FORA

Editorial do Informe esportivo SAUDE PELA PRATICA,mês de junho 2011


LUTA E ATITUDE
As conquistas, inegavelmente, vem pelo trabalho e nesta caminhada, etapa por etapa, tem muitas coisas a serem analisadas, o que é normal, por isso luta e atitude devem estar presentes, pois as barreiras existem.


A chamada do editorial leva à vida cotidiana, pois qualquer área de atuação do cidadão reveste-se de muitas coisas nesta trajetória proposta com cuidados individuais e coletivos.
A análise é profunda, pois depende em muito do estado de espírito deste agente, que com as suas características individuais é muitas vezes julgado por uma coletividade que por sua vez é formada por indivíduos que tem também as suas atitudes e forma de ver as coisas e representa também interesses, quer na área pública ou privada.
Neste emaranhado de situações, os gestores, as pessoas que vivem o esporte se enquadram, por isso é necessário uma reflexão e também o diálogo para que posições sejam colocadas e a partir daí impere o bom senso. Como diz um adágio popular: “Ninguém é ruim por querer.”
Por fim a luta tem que estar presente, mas sob tudo um mover sensível, sabendo sempre que DEUS é que nos orienta e fazer o bem, faz bem e só faz bem quem conhece bem.
O SPP está sendo entregue, recheado de informações em várias atividades, muitas delas marcaram os 153 Anos de SANTA MARIA .
O SPP chama para o evento I ENCONTRO DE GESTORES DE SANTA MARIA, com a cobertura da Lei de Incentivo ao Esporte do Município, assim como outros tantos que tem a participação direta do PROESP-SM, uma forma de apoio da Prefeitura Municipal junto com pessoas físicas e jurídicas locais.
O SPP anuncia que o piso do ginásio principal e o ginásio D do CDM, depois de vencerem barreiras burocráticas estão em obras e breve, espera-se, serão entregues à comunidade.
Boa Leitura
O EDITOR

POR DENTRO E POR FORA

A PRIMEIRA MANIFESTAÇÃO

VEM DE RONDONIA

Estamos registrando o primeiro retorno de manifestações sobre a nossa nova coluna " POR DENTRO E POR FORA" do Blog SAUDE PELA PRÁTICA. Ela vem de longe, lá do norte da colega IRANIRA DE MELLO, Delegada da FIEP de RONDONIA


Oi Clery, parabéns pela Nova Coluna (" POR DENTRO E POR FORA" www.saudepelapratica.blogspot.com)!

Como você, espero que as pessoas de bem comecem e continuem a agir, por um futuro com mais paz, ética, humanidade e solidariedade. Do contrario há que se fazer como Brás Cubas (Joaquim Maria Machado de Assis em Memórias póstumas de Brás Cubas): "— Não tive filhos, não transmiti a nenhuma criatura o legado da nossa miséria."

Vamos acreditar que os bons são maioria, somemo-nos aos bons com ações que contribuam com um futuro melhor. Que não seja tarde!

Iranira Geminiano de Melo

Delegada Adjunta da FIEP em Rondônia