quarta-feira, 6 de julho de 2011

TAÇA BRASIL DE HANDEBOL ADULTO FEMININO NA PRÓXIMA SEMANA EM SANTA MARIA-RS

CAEL-SM INICIA RELEASE

Em colaboração com a CBHB e FGHb, o CAEL-SM inicia o envio de release à imprensa, assim como continua com a divulgação através do BLOG.


CENTRO DE APOIO AO ESPORTE E LAZER DE SANTA MARIA
CNPJ 07.639.631/0001
- Desenvolvimento – Promoção – Difusão – Responsabilidade Social-
Rua Benjamin Constante, 915 – sala 202 - CENTRO – CEP – 97050 –021
Fones: (55) 3221.7898 – 9971.9391 – clery@via-rs.net
Blog:
www.saudepelapratica.blogspot.com


Release Imprensa n.013/11 Santa Maria, 07 de Julho de 2011


SANTA MARIA SEDIA TAÇA BRASIL
DE HANDEBOL ADULTO FEMININO


Santa Maria manteve a hegemonia do handebol por muitos anos. A sua tradição e contribuição para o desenvolvimento do handebol brasileiro dão-lhe credenciais à cidade que goza de um conceito e reconhecimento da CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL – CBHb.
Com isso ganhou a sede da TAÇA BRASIL DE HANDEBOL ADULTO FEMININO – 2011, que acontecerá na próxima semana, de 12 a 16 de julho, no Centro Desportivo Municipal.
O evento é promovido pela CBHb, Federação Gaúcha de Handebol e tem o apoio da Prefeitura Municipal de Santa Maria/ SMEL.
Participam 6 equipes: ITAPEVI – SP; PRAIA –ES; CONCORDIA e BLUMENAU-SC; FEEVALE/SANTA e UCS – RS.
A COMISSÃO EXECUTIVA, nomeada por portaria do presidente MANOEL LUIZ DE OLIVEIRA, da CBHb, será constituída do professor – LUIZ CELSO GIACOMININ – Delegado da CBHb; SÁVIO PEREIRA SEDREZ – Coordenador de arbitragem e professor IRADIL ANTONELLO – Presidente da Federação Gaúcha de Handebol.
O Congresso Técnico acontecerá no dia 12, terça-feira, ás 10h, no Hotel Morotin.
Paralelamente a TAÇA BRASIL, no turno da manhã, nos dias 13,14 e 15 acontecerá uma Clínica de Handebol com o técnico da Seleção, MORTEN – Técnico das equipes da Dinamarca de várias categorias, técnico da Seleção Brasileira, foi técnico campeão com a Seleção Brasileira no último Panamericano feminino. As aulas acontecerão no ginásio D, do CDM
.


(Jornalista CLERY QUINHONES DE LIMA – CAEL-SM com o Handebol Brasileiro)

SESI DO RS REVISA SEUS JOGOS. PROMOVE REUNIÃO EM TODO ESTADO

O MULTI SESI:

CULINÁRIA E ESPORTE/LAZER


Apresentamos inicialmente esta foto do curso de culinária que acontecia em paralelo com o ENCONTRO DO ESPORTE DO SESI, que discutiu mudanças para o ano de 2012, nos JOGOS DO SESI.

Nosso blog lá esteve traz fotos e textos.

CAEL-SM entende de que ESPORTE/ATIVIDADE FÍSICA, CORRELAÇÃO PERFEITA COM A COMUNICAÇÃO." ( CleQuiLi)


Em outra sala ocorria o curso de CULINÁRIA
No salão a reunião do esporte, professor ARY RENAN apresenta EDSON da Regional do SESI.

Enquanto isso, EDSON organizava a sua palestra, mentalmente.

Nos registros os estagiários JONATHAN e ELISE

Na sequência representantes de empresas: LUCIANO, da NIMA e os demais da REITEX e SR Industrial.

Clery pergunta: - Será que acontecerão mudanças? EDSON: "Eu acredito."


JOGOS DO SESI DO RS

CONFRATERNIZAÇÃO

OU PERFORMANCE?

Há 26 anos são realizados os JOGOS DO SESI no RS e tem como objetivo a confraternização, participação dos trabalhadores, mas tem disputa sulbrasileira, nacional e até mundial. Isso nivela pela performance, pois com o objetivo traçado pela empresa é de passar a fase municipal e seguir as demais etapas, fortalece o seu potencial - até contratando profissionais e o gosto por participar passa a exigir vencer a qualquer preço.

Iniciativa louvável do SESI DO RS em promover reuniões em todo estado, reunindo empresas que atuam nos JOGOS, assim como convidadas, imprensa, arbitragem e seus integrantes do esporte ( coordenadores e estagiários) e afirma que valorizará mais as etapas municipais, onde acontece a verdadeira integração com a comunidade.

SESI EM SANTA MARIA

Em nossa cidade, a reunião aconteceu na noite desta quarta-feira - dia 6 de julho -, muito fria e teve a presença da Unidade de Lazer do SESI REGIONAL Porto Alegre, através do Edson Neves de Lima: Ary Renan, Coordenador Desportivo do SESI local: professor Leandro e os estagiários Elise Rompel e Jonathan Barroso, das empresas: CVI, REITEX, SR Industria e NIMA Construtora; entidades de arbitragem de futebol ( campo, sete e salão) e nós pela imprensa/ Blog e jornal SAUDE PELA PRÁTICA.

Professor Ary apresentou o colega do Sesi Regional e tão logo, de uma forma descontraída, diz-se desportiva, Edson falou sobre os JOGOS DO SESI e depois deixou para comentários, críticas e sugestões dos presentes.

Todos entendem da importancia dos JOGOS, mas apontaram algumas situações que fazem com que os JOGOS DE CONFRATERNIZAÇÃO tornem-se em uma férrea competição ( incutida por alguns dirigentes e mesmo por alguns atletas desinformados da técnica do esporte). Foram apontados o perigo de lesão, falta de consciência dos princípios esportivos, empresários desinteressados na participação nos Jogos ( como também não excluem aqueles empresários interessados, por ter espírito de particiapação e conhecimento da importância do esporte, exemplo, Luciano da Construtora Nina, que além de dirigente é atleta de natação).

EDSON demonstrou amplo conhecimento e não poderia ser diferente, pois Santa Maria já era a última etapa das reuniões do RS. Não se omitiu e sempre deu a posição do SESI.

MUNDANÇAS SERÃO APLICADAS?

Na nossa participação em que fizemos uma introdução das dificuldades da prática do esporte em qualquer situação, porque falta uma consciência esportiva neste país, a cultura é do futebol e de que a empresa esbarra muitas vezes no empresário/dirigente que quer só levar vantagem, preocupa-se com o ganhar dinheiro e não tem a informação ou formação de que o ESPORTE/LAZER são formas de produtividade também para a empresa, pois um trabalhador saudável produz muito mais.

Perguntamos ao EDSON será que as mudanças acontecerão? Ele afirmou de que se o SESI se propôs a fazer todo este trabalho é porque acreditamos que se assim desejarem as pessoas envolvidas diretamente com os JOGOS DO SESI, mudanças acontecerão.

Em uma outra nossa intervenção foi no sentido da descentralização dos SISTEMA S, que contratam AGENCIAS para o seu MARKETING e DIVULGAÇÃO

e não valorizam o trabalho que o SESI faz na comunidade, ficam distantes destes parceiros.

Informamos que a IMPRENSA precisa sabere da realização de um evento, então o SESI deveria ter um jornalista de assessor de imprensa no interior, para que a informação chegue aos veículos e junto a isso um apoio financeiro, porque os VEÍCULOS são empresas, sendo assim elas também tem custos.

NOTA DO EDITOR

O SESI apresentou o seu calendário destas reuniões, Cujos conteúdos serão avaliados pela sua equipe, participação de representantes das empresas e um SEMINÁRIO ESTADUAL.

Nós que estivemos nesta fase municipal, colocamo-nos a disposição para continuar divulgação as futuras etapas.