quarta-feira, 19 de outubro de 2011

PAN 2011 EM GUADALAJARA - MEXICO

ANA LUIZA OURO NA PISTOLA


BRASIL ATRÁS SOMENTE
DOS ESTADOS UNIDOS

Brasil encerra o sua participação neste quinto dia de PAN, Guadalajara e vem acumulando medalhas, estando apenas atrás dos ESTADOS UNIDOS, tendo como adversário mais próximo, MÉXICO.




A natação vem se constituído na modalidade que tem dado o maior número de medalhas no PAN DE GUADALAJARA, como certamente será o atletismo. Thiago Pereira fechou a sua décima medalha no 200 medley e se constitui no brasileiro com o maior número de medalhas de ouro em PANS.
No futebol feminino, O Brasil venceu 2x0 a Argentina,ontem e hoje, a equipe masculina ficou em 1x1com os argentinos.
No handebol o Brasil vai para as semi-finais, tanto com a equipe feminina e masculino.Lembrando que o título dá direito a vaga para a OLIMPIAA DE LONDRES.


1 [USA] Estados Unidos 30 26 22 78
2 [BRA] Brasil 12 10 13 35
3 [MEX] México 9 7 14 30
4 [CAN] Canadá 7 9 17 33
5 [CUB] Cuba 6 8 6 20
6 [ARG] Argentina 6 5 6 17
7 [COL] Colômbia 6 5 5 16
8 [VEN] Venezuela 3 6 7 16
9 [DOM] República Dominicana 3 0 1 4
10 [GUA] Guatemala 2 1 1 4

Apoio



Brasileira desabafa após ouro no tiro: "finalmente chegou a minha vez"


Já assegurada em Londres, Ana Luiza conquistou a medalha de ouro nesta quarta-feira
Foto: Wander Roberto / Inovafoto / COB/Divulgação
Quebra de recorde pan-americano e medalha de ouro. A brasileira Ana Luiza Mello se consagrou na tarde desta quarta-feira na prova do tiro pistola 25 m. Depois de conquistar a medalha de ouro em sua terceira disputa de Jogos Pan-Americanos, a atleta nacional não escondeu o nervosismo antes de confirmar a primeira colocação na competição. A competidora mostrou-se aliviada com a premiação obtida depois de duas frustrações.

"Finalmente chegou a minha vez depois de dois Pan-Americanos. Vim para cá pensando se podia conquistar o ouro dessa vez. Apesar da confiança, no início da prova bateu um nervosismo grande. A minha insegurança e o vento forte atrapalharam um pouco. Consegui concentrar apesar de tudo isso e cumprir meu objetivo neste Pan", afirmou, antes de contar a estratégia adotada para se recuperar psicologicamente para brigar pala vitória.
"Na final apaguei tudo da minha cabeça e só pensei na técnica de atirar. Agora vou para a Vila comemorar muito com meus amigos", contou a competidora, que somou 773.9 pontos na competição desta quarta-feira. A prata ficou com a americana Sandra Uptagrafft (769.8) e o bronze com a venezuelana Maribel Pineda (768.8).
Ana Luiza Mello fez história antes mesmo da disputa dos Jogos Pan-Americanos. Em novembro do ano passado, a atleta assegurou um lugar na Olimpíada de Londres 2012, depois de conquistar o Campeonato das Américas de Tiro Esportivo. Agora, em Guadalajara, a atleta foi responsável pelo primeiro ouro do País na modalidade.
Pan 2011 no Terra
O Terra transmite simultaneamente até 13 eventos, ao vivo e em HD, dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara via web, tablets e celular. Com uma equipe com mais de 220 profissionais, a maior empresa de Internet da América Latina fará a mais completa cobertura da competição que será realizada de 14 a 30 de outubro, trazendo, direto do México, a preparação de atletas, detalhes da organização e toda a competição, com conteúdo em texto,

Equipe do nado sincronizado fica em terceiro na rotina técnica


Gaspar Nóbrega / Inovafoto / COB

PAN 2011 EM GUADALAJARA

HANDEBOL MASCULINO CLASSIFICADO,


BRASIL ENFRENTA O CHILE


Como tem acontecido com o handebol feminino, o nosso handebol masculino, já está classificado para a semi-final. As duas equipes caminham para conquista do OURO e assim a vaga para a OLIMPÍADA DE LONDRES - 2012.




Meninos descontraindo na Vila Panamericana, um outro jogo.( foto da Photeografia, da CBHB)

Guadalajara (México) - Há onze dias em Guadalajara, em meio a treinamentos diários, concentração e jogos pelo Pan-Americano, a Seleção Masculina de Handebol tenta se distrair um pouco nos momentos de folga. Os passatempos preferidos dos meninos do Brasil são ouvir música e jogar caxeta à noite no hotel onde estão hospedados, no Centro Histórico da cidade mexicana. Após a vitória na estreia contra o Canadá e sobre a Venezuela ontem (18), e a vaga garantida na semifinal, a diversão é merecida.

E hoje (19) à noite, com o time já classificado para as semifinais, a rodada de cartas ajudará a deixar o clima ainda mais tranquilo para a equipe, que enfrenta o Chile amanhã (20), a partir das 13h (16h de Brasília), no fechamento da fase de grupos. "Não posso falar muito, porque sou o que mais perco no baralho (risos). Mas não vai fazer muita diferença quem ganhar ou perder na caxeta, porque estamos tranquilos pelos bons resultados em quadra, o que é o mais importante", brincou o central Teixeira.

A disputa nas cartas é boa. Segundo os jogadores, a fera é o ponta-direita Fábio Chiuffa. "O Binho (como é chamado pelos companheiros) está na frente. Foi o que mais ganhou até agora", revelou o supervisor da Seleção Masculina, Cássio Marques, que também participa às vezes das rodas de baralho. Além de Chiuffa, Cássio e Teixeira, outros que se arriscam são os armadores Japa, Zeba e Jaqson, além do ponta Thiagus.

"Se eu continuar indo bem na quadra como estou na caxeta, vai ser ótimo", comentou Chiuffa, que falou sobre a diferença entre as duas atividades. "No baralho, tudo é uma questão de sorte, enquanto no handebol as vitórias são resultado do nosso trabalho, do que fazemos nos treinos", afirmou. Mas nem todos na seleção curtem as cartas e optaram por ficar fora da brincadeira, caso do goleiro Marcão. "Eu não sei jogar muito bem. Então não jogo, porque, se eu começar a perder, vou ficar bravo", brincou.

O ponta-esquerda Borges, que também não se arrisca no baralho, preferiu falar sobre o Chile, próximo adversário da Seleção no Pan. "É uma equipe que evoluiu bastante em relação ao Pan do Rio (2007), principalmente técnica e taticamente", opinou. "Uns cinco jogadores deles jogam na Europa. Eles estão tentando seguir o modelo da Argentina", comparou.

A partida vai dividir o coração de uma brasileira. Alexandra, ponta-direita da Seleção Feminina, é casada com o chileno Patrício Pato. "Acima de tudo, vou torcer individualmente para o meu marido, para que ele tenha um bom desempenho dentro de quadra e não se machuque. Mas, quanto ao resultado, vou ficar dividida entre Brasil e Chile, não tem jeito", comentou a atleta, que não sabe se poderá assistir ao jogo. Pato é um velho conhecido de Borges. "Já joguei contra ele algumas vezes. É um bom driblador e finalizador", alertou.

Photo&Grafia Comunicação / www..photoegrafia.com.br
Av. Dom Pedro, II, 1641 - 4º andar, sala 44 - Cep: 09080-11 - Santo André
(11) 4438-8200 / redacao@photoegrafia.com.br

BLOG DIVULGA EVENTOS DO ESPORTE EM SANTA MARIA


ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL


CONCURSO DE SALTO CEL PILLAR, 2011
6ª ETAPA DA COPA CMT GERAL
7ª ETAPA DA LIGA HÍPICA CENTRAL
Nosso blog recebeu da LIGA HIPICA CENTRAL, do presidente LUIZ CARLOS CONDE a programação de mais uma etapa desta vez a realização pelo nosso REGIMENTO CEL. PILAR

P R O G R A M A


I. INFORMAÇÕES GERAIS

1. EVENTO

Tipo de evento / Status: Concurso de Saltos de Obstáculos
Data: 4, 5 e 6 de novembro de 2011
Local: 1º R P Mon – Rua Pinto Bandeira, nº 350 – Bairro Dores – Santa Maria

2. ENTIDADES ORGANIZADORAS

1º RPMon “Rgt Cel Pillar”
Associação Cívica Cultural “Cel Pillar”



3. COMITÊ ORGANIZADOR

• Presidente:
TC QOEM Wladimir Francisco Comassetto
(55) 32206433 32206403 (55) 84118101
e-mail: wladimir@brigadamilitar.rs.gov.br

• Coordenador Geral:
Maj QOEM Tito Lívio Coelho
(55) 32206434 32206403 (55) 84118062
e-mail: tito@brigadamilitar.rs.gov.br

• Secretaria do Concurso:
1º Ten CVMI José Zamir Nunes
(55) 84014336
e-mail: zamir@brigadamilitar.rs.gov.br

• Comissão de Hospedagem:
Cap QOEM Edi Paulo Garcia de Ávila
(55) 32206417 (55) 99759538
e-mail: edi-garcia@brigadamilitar.rs.gov.br

1º Ten QTPM Eliz Regina Kinder Almeida
(55) 32206416 (55) 84244449
e-mail: eliz-regina@brigadamilitar.rs.gov.br

• Comissão de Premiação:
Cap QOEM Sergio Henrique Bitencourt
(55) 3220 6410 (55) 84527413
e-mail: sergio-henrique@brigadamilitar.rs.gov.br


• Comissão de Estabulagem:
Cap QOEM José João Trindades Menezes
(55)32206429 (55) 99880266
e-mail: josé-trindade@brigadamilitar.rs.gov.br


4. DIRETOR DO CONCURSO:

Major QOEM Tito Lívio Coelho
(55) 32206403 (55) 84118062
e-mail: tito@brigadamilitar.rs.gov.br


II. CONSIDERAÇÕES GERAIS

Este evento será organizado e julgado de acordo com:
• Regulamento Geral da CBH, edição 2008;
• Regulamento de Saltos da CBH, 2011;
• Regulamento Veterinário da CBH, edição 2006;
• Regulamento do Campeonato de Saltos da Brigada Militar, 2011;
• Regulamento da Liga Hípica Central, 2011
• E todas as modificações posteriores publicadas pela CBH.

III. OFICIAIS DO CONCURSO

1. JÚRI DE CAMPO:

Presidente: Sd QPM1 Lisiane Coelho Nunes Garcia do Nascimento
Membros: Juracy Coelho Soares Nunes;
Sd QPM1 José Maria de Lima Garcia do Nascimento

2. DESENHADOR DE PERCURSOS

Maj QOEM Adair Zanoteli - 3º R P Mon;

Assistente

Sgt Osmar Toazza – 3º R P Mon

3. VETERINÁRIO DO CONCURSO

Chefe: Maj QOES Carlos Flávio Bastos Krebs (55) 99771142
e-mail: krebs@brigadamilitar.rs.gov.br


XII. PROGRAMAÇÃO TÉCNICA


Reconhecimento de Percursos escolas 08:00 horas

Prova nº 01: Escola 0,60m
Art. 238 6 2.3, tabela “A”, tempo ideal com faixa. 325m/min. 08: 30 horas

Prova nº 02: Escola 0,80m
Art. 238 6. 2.3, tabela “A”, tempo ideal com faixa. 325m/min. A seguir

Prova nº 03: (0,90 m)
Art. 238 6. 2.3, tabela “A”, tempo ideal com faixa. 350m/ A seguir

Prova nº 04: (1,00 x 1,30 m) A seguir
Art. 238 2.1, tabela “A”, ao cronômetro. Velocidade: 350m/min.

Prova nº 05: (1,10 x 1,40 m) A seguir
Art. 238 2.2, tabela “A”, um desempate ao cronômetro. Velocidade: 350m/min.

Prova nº 06: (1,20 x 1,50 m) A seguir
Art. 238 2.2, tabela “A”, Um desempate ao cronômetro. Velocidade: 350 m/min.



DOMINGO: 06 de novembro 2011

Prova nº 07: (0,60 m) 08: 00 horas
Art. 238 6. 2.3, tabela “A”, tempo ideal com faixa. 325m/min.

Prova nº 08: (0,80 m) A seguir
Art. 238 6. 2.3, tabela “A”, tempo ideal com faixa. 325m/min.

Prova nº 09: (0,90 m) A seguir
Art. 238 6. 2.3, tabela “A”, tempo ideal com faixa. 350m/min.

Prova nº 10: (1,00 x 1,30 m) A seguir
Art. 238 2.1, tabela “A”, ao Cronômetro, velocidade: 350m/min.


Prova nº 11: (1,10 x 1,40 m) A seguir
Art. 238 2.1, tabela “A”, ao cronômetro. Velocidade: 350m/min.

Prova nº 12: (1,20 x 1,50 m) A seguir
Art. 238 2.1, tabela “A”, ao cronômetro. Velocidade: 350m/min.


______________________________________________________
WLADIMIR FRANCISCO BARROS COMASSETTO - TC QOEM
Cmt 1º R P M