sexta-feira, 30 de março de 2012

PROJETO PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA SEM FRONTEIRAS DA FIEP BRASIL

A JORNADA INICIA NA SEGUNDA-FEIRA
A Federação Internacional de Educação Física - FIEP do Brasil já colocou a disposição para Entidades,  acadêmicos e Profissionais de Educação Física o site  www.fiepbrasil.org/semfronteiras que estará com informnações da participação dos SEM FRONTEIRAS DA FIEP nos estados de Minas, Espírito Santos, Rio de Janeiro e São Paulo.

NOTA DO SITE DA FIEP
Oficializa o roteiro dos SEM FRONTEIRAS no SUDESTE DO BRASIL

BELO HORIZONTE E OURO PRETO/MG

Coordenador: Prof. Dr. Paulo Ernesto Antonelli e Delegados da FIEP/MG
Apoio: Casa da Educação Física, CREF6/MG e UFOP
Chegadas: Dia: 1º de Abril (domingo) Almir e Bagatini


Dia: 2 de abril - (segunda-feira) em Belo Horizonte
- Chegadas (em diversos horários de vôos: manhã e inicio da tarde)
- 9 as 18:30 h - Hospedagem no Hotel e Credenciamento
- 14 h - Reunião com o Comitê Brasileiro da FIEP (a tarde após a chegada de todos. Local a definir poderá até ser no Hotel
- 19 as 21 h - Abertura do Congresso dos Países de Língua Portuguesa
A FIEP fará entrega da CRUZ de OURO

Dia: 3 de abril - (terça-feira) em Belo Horizonte
Congresso dos Países de Língua Portuguesa
- 8 as 9 h - Conferencia Prof. Dr. Go Tani / USP
- 9 as 10:30 h - Mesas temáticas
- 11 h - Assembléia dos Delegados da FIEP (local do Congresso)
- 14 as 15 h - Conferencia prof. Dr. Adroaldo C.A Gaya / UFRGS
- 15 as 16:30h - Mesas Temáticas
- 17 h - Reunião com Representantes dos Países de Língua Portuguesa (local do Congresso)


Dia: 4 de abril - (quarta-feira) em Belo Horizonte
- 8 as 9 h - Conferência Prof. Dr. Lamartine Pereira DaCosta / UGF
- 9 as 10:30 h - Mesas temáticas
- City Tour em Belo Horizonte
- 14 h - inicio viagem para Ouro Preto (2 h/ônibus) - Chegada as 16 h.
- 19:30 h- Abertura do Projeto dos Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP - Brasil

Local: Auditório DEGEO - UFOP
Universidade Federal de Ouro Preto
- Composição da Mesa - Hino Nacional
- Abertura Oficial pelo Reitor ou representante
- Apresentação dos Professores Sem Fronteiras do Brasil
- Palestra: O que é a FIEP e suas ações ? Prof. Almir Gruhn
- Homenagens Com entrega do Troféu FIEP e Certificados de Honra da FIEP Brasil
- Apresentação Artística e Cultural
- Encerramento e agradecimentos pelo Chefe do CEUFOP - Prof. Dr. Runner
- 21:30 h - Jantar Mineiro
Dia: 5 de abril - (quinta-feira) em Ouro Preto
- 8 as 13 h - Mini cursos Prof. Sem Fronteiras
- 17 h - Participação do encerramento do Congresso dos Países de Língua Portuguesa - Palestra com Prof. Dr. Jorge Olimpio. Bento - Porto
- 21: h - Jantar mineiro
Dia: 6 de abril - (sexta-feira) em Ouro Preto
- 8 h - viagem a Belo Horizonte / Confins
Prof. Sem Fronteiras - viagem para Vitória/ES
TAM - Vôo: 3203 - BH (Confins) x S.Paulo (CGH) 13:53 h chega as 15:05 h
Vôo: 3134 - S.Paulo (CGH) x Vitória (VIX) 17:22 h chega as 18:40 h
E retorno de Delegados convidados (depende dos retornos de cada um.)


REUNIÕES DA FIEP EM BELO HORIZONTE / MG

REUNIÃO DO COMITÊ BRASILEIRO DA FIEP
Dia: 2 de abril - a tarde após a chegada de todos. Local no Hotel
Dia: 3 de abril - a definir

Participação dos membros:
Almir Adolfo Gruhn - Foz do Iguaçu / PR, almirgruhn@terra.com.br
Célio José Borges - Porto Velho / RO, ceborges@brturbo.com.br
José Fernandes Filho - Rio de Janeiro / RJ, jff@ceafbr.com.br
Marcelo Ferreira Miranda - Campo Grande / MS,mferreiram@terra.com.br;
Vilson Bagatini - Porto Alegre / RS, vilsonbagatini@terra.com.br
Rogério Castelo Branco da Silveira - Teresina / PI castelobrancodasilveira.rogerio@gmail.com

Com a seguinte Pauta:
1) Relatório de cada um dos membros (favor enviar copia para almirgruhn@terra.com.br )
2) Substituição de membros - Mesmo sendo voluntário na FIEP, Necessitamos de membros com mais ações e tempo.
3) Eleições da FIEP MUNDIAL
4) Congresso Comemorativo aos 90 anos da FIEP Mundial
5) E outros assuntos

ASSEMBLEÍA GERAL DOS DELEGADOS DA FIEP BRASIL
Dia: 3 de abril - (terça-feira) no Local: Minas Centro
- 11 h - Assembléia Geral dos Delegados da FIEP
Com a participação de todos os Delegados e Convidados.
Coordenação Pres. Almir A. Gruhn

Com a seguinte Pauta:
1) Apresentação dos Delegados
2) O que é ser Delegado FIEP, Substituição de Delegados.
3) Congresso Comemorativo aos 90 anos da FIEP Mundial (12 a 16/janeiro/2013)
4) Documentos Condutas Éticas, Seminário de História da FIEP, Medalha Manoel Tubino
5) E outros assuntos (Sugestões favor enviar para almirgruhn@terra.com.br )

REUNIÃO COM REPRESENTANTES DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA
Dia: 3 de abril - (terça-feira) no Local: Minas Centro
- 17 h - Reunião com os representas dos Países: ANGOLA, CABO VERDE, GUINÉ-BISSAU, MOÇAMBIQUE, SÃO TOMÉ E PRINCIPE, TIMOR-LESTE e as regiões de GOA (Índia) e MACAU (China), PORTUGAL e BRASIL
Com a participação de todos os Delegados, Professores Ed. Física Sem Fronteiras.
Coordenação Pres. Almir A. Gruhn
Com a seguinte Pauta:
1) Apresentação da FIEP Mundial
2) Apresentação Delegado FIEP - Coordenador para os Países de Língua Portuguesa
3) Escolhas e ou indicação de Delegados.
4) Congresso Comemorativo aos 90 anos da FIEP Mundial
5) E outros assuntos (Sugestões favor enviar copia para almirgruhn@terra.com.br )

INFORMAÇÕES LOCAIS:
Prof. Drº. PAULO ERNESTO ANTONELLI (Del. Adj. FIEP/MG) - Ouro Preto
NA UFOP - Curso de Educação Física
Fone: (31) 9188-3162
e-mail: erpantelli@bol.com.br
Delegados FIEP:
Prof. Drd. CLÁUDIO AUGUSTO BOSCHI - em Belo horizonte
Prof. Ms. DALTON RIBEIRO DE CARVALHO - em Itauna
Profª Ms. MARILANE DE CÁSCIA SILVA SANTOS - em Ipatinga

VITÓRIA/ES
Coordenação: Delegados da FIEP: Profª Dirce Correa, Luiz Ventura e Edgar Zeballos
Dia: 6 de abril - (sexta-feira) Chegada em Vitória/ES
TAM - Vôo: 3203 - BH (Confins) x S.Paulo (CGH) 13:53 h chega as 15:05 h
Vôo: 3134 - S.Paulo (CGH) x Vitória (VIX) 17:22 h chega as 18:40
20 h - Abertura, homenagens e Jantar:
Local: Hotel Paradise em Camburi 20:30 h - Vitória/ ES
Com entrega do Troféu FIEP e Certificados de Honra da FIEP Brasil
21 h - Jantar com os Professores Sem Fronteiras
Dia: 7 de abril - (sábado) em Vitória/ES
8 as 12 h na Faculdade Salesiana - Curso de Educação Física
Cursos com os Professores Sem Fronteiras
Dia: 8 de abril - (domingo) em Vitória/ES
8 h saída para o City Tur: Convento da Penha, Fabrica da Garoto,
Montanhas Capixabas, cidade Domingos Martins e recepção em Guarapari
Dia: 9 de abril - (segunda-feira) em Vitória/ES
8 as 11:30 h - na UVV - Universidade Vila Velha
Cursos com os Professores Sem Fronteiras
13 h - Viagem para o Rio de Janeiro/RJ (Santos Dumont)
TAM - Vôo 3195 - Vitória(VIX) x Rio (SDU) 13:57 h chega as 15:02 h
INFORMAÇÕES LOCAIS:

Profª Ms. DIRCE MARIA CORREA DA SILVA (Del. Reg. FIEP/ES) em Vitória
Fone: (27) 9942-0218
e-mail: dircecorrea@gmail.com
Delegados FIEP:
Prof. Ms. LUIZ CLAUDIO LOCATELLI VENTURA - em Vitória
e-mail para Inscrições: delegaciafiepes@gmail.com
Fone: (27) 9819-5030 / 9819 5030
Prof. Edgar Zeballos - em Vitória
e-mail: acfisa@hotmail.com


RIO DE JANEIRO/RJ
Coordenação: Delegacia da FIEP no Brasil
Dia: 9 de abril - (segunda-feira) Chegada no Rio de Janeiro / RJ
TAM - Vôo 3195 - Vitória x Rio 13:72 h chega as 15:02 h


Dia: 10 de abril - (terça-feira) no Rio de Janeiro / RJ
8 h - Abertura e homenagens
Local: na Escola de Educação Física e Desporto - UFRJ - Fundão
Rio de Janeiro / RJ
Com entrega do Troféu FIEP e Certificados de Honra da FIEP Brasil
Dia: 11 de abril - (quarta-feira) no Rio de Janeiro / RJ
City Tur no Rio de Janeiro

Dia: 12 de abril - (quinta-feira) no Rio de Janeiro / RJ
- City Tur no RJ ; Calçada da Fama, Parque Maria Lenk, COB, Clube Flamengo, Cristo Redentor, Praia Copacabana, etc.
12 h - Translado - Viagem para São Paulo/SP (Congonhas)
TAM - Vôo 3935 - Rio (SDU) x São Paulo( Congonhas) 14:45 h chega as 15:44 h
INFORMAÇÕES LOCAIS:
Profº Dr. JOSÉ FERNANDES FILHO (Comitê Bras. FIEP)
Fone: 7853-5690
e-mail: jff@ceafbr.com.br


SÃO PAULO/SP
Coordenação: Delegados da FIEP/SP: Prof. Almir Facchinatto, Alexandre, Mário e Dilmar Pinto.
Dia: 12 de abril - (quinta-feira) em São Paulo / SP
- Viagem para São Paulo/SP (Congonhas)
TAM - Vôo 3935 - Rio (SDU) x São Paulo( Congonhas) 14:45 h chega as 15:44 h
A solenidade será realizada no dia: 12 de abril de 2012 ás 19:30 h.
Local: na UNIP
- Av. Marquês de São Vicente, 3001 AGUA BRANCA / SP
Com entrega do Troféu FIEP e Certificados de Honra da FIEP Brasil
Dia: 13 de abril - (Sexta-feira) em São Paulo / SP

Cursos da manhã: locais dos Cursos: 8 as 11:30h
FMU na Rua Galvão Bueno, 707 Liberdade
Professores: Clery, Gildásio, Leonor
UNISANT'ANNA na Av. Voluntários da Patria, 257 Santana
Professores: Almir, Julimar, Rosinha
UNIP na Av. Marquês de Sâo Vicente 3001 Lapa
Professores: Schavalla, Sonia, Bagatini


Cursos da noite: 19 as 22:30 h
FMU na Av. Liberdade, 794 Liberdade
Professores: Julimar, Sonia, Bagatini
UNISANT'ANNA na Av. Voluntários da Patria, 257 Santana
Professores: Gildásio, Leonor, Schavalla
UNIP na Av. Marquês de Sâo Vicente 3001 Lapa
Professores: Almir, Clery, Risinha
Dia: 14 de abril - (Sábado) em São Paulo / SP
8 hs - City Tur
Visitar: Rua 25 de Março; Igreja São Bento;
Praça da Sé e Catedral da Sé; Mercado Publico Central;
Av. Paulista; Parque do Ibirapuera; Museu do Futebol
Dia: 15 de abril - (Domingo) em São Paulo / SP
-Retorno no período da tarde e inicio da noite em diversos vôos.


INFORMAÇÕES LOCAIS:
Profº ALMIR DIOGENES FACCHINATTO (Del. Reg. Da FIEP/SP)
Fone: (11) 9712-1060
e-mail: fiep.sp@ig.com.br
Delegados FIEP:
Profº DILMAR PINTO GUEDES JR. - em Santos
Prof. Mst. MARIO ROBERTO GUARIZI - em Presidente Prudente
Prof. Ms. ALEXANDRE FERNANDES MACHADO - em São Paulo

quarta-feira, 28 de março de 2012

PROJETO SEM FRONTEIRAS DA FIEP BRASIL

JORNADA INICIA POR MINAS GERAIS
A Federação Internacional de Educação Física - FIEP BRASIL inicia na segunda-feira mais uma etapa do projeto PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA SEM FRONTEIRAS. Desta vez é no SUDESTE do Brasil, nos Estdos de Minas Gerais (B.Horizonte e Ouro Preto), Espírito Santo ( Vitória e Vila Velha), Rio de Janeiro( Rio e Petrópolis) e Cidade de São Paulo.
O JORNAL SAUDE PELA PRATICA, de QUILISPORT, de Santa Maria, edição número 198, do mês de abril, deve estar a partir de amanhã circulando e em sua página 4 está com essa matéria:

NO SUDESTE BRASILEIRO SERÁ

A MARCHA DOS SEM FRONTEIRAS DA FIEP

A Federação Internacional de Educação Fisica – FIEP do Brasil dá continuidade ao projeto SEM FRONTEIRAS através de um grupo de Profissionais de Educação Física para ministrar mini cursos no Brasil ( 2008 – norte; 2009/2010 – nordeste, 2011 – Centro-Oeste e agora 2012 – Sudeste e para 2013 – sul).Além da ministração de mini-cursos, a FIEP através de seus delegados estaduais e a participação dos Conselhos Regionais de Educação Física – CREFs resgata a história da Educação Física e Esporte, homenageandos entidades e pessoas que se relacionaram com a Educação Física e Esporte de cada estado.

Em Fóz do Iguaçu, por ocasião da realização do Congresso Internacional de Educação Física da FIEP, é realizado a reunião dos SEM FRONTEIRAS com a organização de cada estado, onde acontecerá, no ano, o evento. Em janeiro deste ano, o grupo de organizadores dos estados de MG, ES, RIO e SP apresentaram já um plano prévio da participação dos SEM FRONTEIRAS em seus respectivos estados.



Integrantes dos SF e delegados da FIEP dos estados de MG, ES, Rio e SP.

A participação dos SEM FRONTEIRAS é de forma comunitária, com os integrantes pagam o transporte do seu estado até o local e os delegados regionais da FIEP com CREFs organizam o evento, os Profissionais ministram os mini cursos gratuitamente e a organização dá a hospedagem, alimentação e transporte interno.


Essa participação é inédita no mundo, uma organização fazer este tipo de trabalho, levando conhecimento dentro das várias especialidades de seus integrantes, assim como resgatando a história da Educação Física no Brasil, homenageando as entidades e pessoas que fazem ou fizeram essa história.

FIEP NO EVENTO

     Com o tema “Desporto: Cultura, Estética e Excelência”, o XIV Congresso Ciências do Desporto e Educação Física dos Países de Língua Portuguesa acontecerá de 2 a 5 de abril em Belo Horizonte e Ouro Preto, no Estado de Minas Gerais. .O evento será realizado pelo Instituto Casa da Educação Física, que será responsável por toda a organização do Congresso, e pela UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais, a qual cuidará dos assuntos Acadêmicos Científicos, contando com a parceria do Conselho Regional de Educação Física da 6ª Região - CREF6/MG e do Centro Desportivo da Universidade Federal de Ouro Preto - CEDUFOP.
     A participação dos SEM FRONTEIRAS na região sudeste, terá um momento memorável, pois além do trabalho normal do GRUPO, na cidades de Belo Horizonte e Ouro Preto, em Minas e nos estados de ES, RIO e SP, participarão do XIV Congresso Ciência do Desporto e Educação Física dos Países de Lingua Portuguesa. Assim como vários delegados da FIEP, numa iniciativa da FIEP DO BRASIL e a organização do evento, através do também delegado da FIEP de MG e do CONFEF, Boschi, muito especial através da CASA DA EDUCAÇÃO FÍSICA BH, cujo coordenador é o grande Boschi.

ATIVIDADESOs integrantes do Projeto SEM FRONTEIRAS, normalmente chegam num dia, tem a solenidade de abertura do evento à noite , ministram aulas no outro dia em horários e turnos estabelecidos para a especialidade de cada um dos seus integrantes. Tem um dia de visitação, um tour pela cidade e no outro dia viajam para outro estado, onde reiniciam a maratona. Neste ano, na região sudeste que será um pouco diferente, pois os SF participarão CONGRESSO DOS PAISES DE LINGUAS PORTUGUESA em paralelo a estada no estado de MG, no entanto a partir do ES deve seguir a sistemática.

ROTEIRO

Em Belo Horizonte/MG - Período: Chegada dia: 2/abril até 4 de Abril

– Participação no Congresso Países de Língua Portuguesa

Reunião com os Países de Língua Português; Reunião da FIEP e Comitê Brasileiro

Em Ouro Preto/MG - 4 a 6 de Abril

Em Vitória / ES - 7 a 9 de Abril

Em Rio de Janeiro / RJ - 9 a 12 de Abril

Em São Paulo / SP - 12 a 15 /Abril – retorno tarde/noite
PALESTRAS DOS SEM FRONTEI RAS
-1) ALMIR Adolfo Gruhn - Foz do Iguaçu/ PR Palestra de Abertura: Tema: O que é a FIEP e suas ações e Homenagens da FIEP a entidades e pessoas destaques na Educação Física e Esportes nos Estados; 2) VILSON Bagatini - Porto Alegre/RS. Tema: Psicomotricidade; 3) ROSA Maria A. Costa - Belém/ PA.Tema: Atividades Recreativas e Danças Folclóricas ; 4) SÔNIA Maria Bordin - Foz do Iguaçu/PR. Tema: Nutrição Desportiva ; 5) CLERY Quinhones de Lima - Santa Maria/RS. Tema: A Relação da Atividade Fisica/Esporte com a Comunicação.; 6) LEONOR M. S. Palha de Araújo - Teresina/PI Tema: Educação Física Escolar ; 7)ALMIR Diogenes Facchinatto - São Paulo/SP. Tema: Gestão e Manutenção de equipamentos de Musculação, Fitness e em meios estruturais em Academias;8)NELSON Schavalla -Pato Branco/PR.Tema: Tchouk Ball – O Jogo da Paz; 9) GILDÁSIO José dos Santos - Curitiba/PR. Tema: Saúde Publica através da Ed. Física – NASF –10 SÉRGIO Kudsi Sartori – Rio de Janeiro / RJ.Tema: Lutas Educativas; 11) JULIMAR Luiz Pereira - Curitiba/PR. Tema: Avaliações Fisiológicas na Academia, Escola







segunda-feira, 26 de março de 2012

NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTE

LIGA HIPICA CENTRAL DESTACA
TROFEU DESPORTIVO SANTA MARIA
Em release enviado pelo presidente LUIZ CARLOS CONDE, da Liga Hípica Central, com sede em Santa Maria, é mencionado o evento TROFEU DESPORTIVO CIDADE DE SANTA MARIA
Boa tarde!

      A semana que passou foi muito especial para nosso hipismo:
1- Na sexta feira 23 de março, às 20:01hs, no Theatro Treze de Maio - Santa Maria - em evento que destacou o esporte fomos agraciado com o "Troféu Desportivo Cidade de Santa Maria", edição 2011, como:
     -Atleta Destaque Hipismo: Coronel Edmar Pereira dos Santos - Centro Hípico de Santa Maria
      -Entidade Destaque Promotora de Eventos - Associação Liga Hípica Central - ALHC
    Foi anfitrião o jornalista Clery Quinhones de Lima, entusiasta do esporte amador, que realizou uma solenidade digna da atividade esportiva em todos os seus segmentos.
    Parabenizo atletas e dirigentes de entidades, principais merecedores do destaque, que tiveram o empenho e participação que nos levou ao "PÓDIO".
LUIZ CARLOS CONDE, presidente da  LHC recebe Troféu e Certificado das mãos de CHRISTIAN BERTOIA, presidente do CMEL.
Cel. Edmar recebe sua premiaçao das mãoes do CEL. Diretor do COLEGIO MILITAR
2- No sábado e domingo estive presente no "MD Horse Show" em Passo Fundo. Oportunidade impar para quem é apaixonado pelo esporte hípico. Com uma organização impecável, ambiente e instalações motivadoras, o melhor do hipismo na pista, consagra o Haras MD como um dos principais palcos do hipismo nacional e internacional. De parabéns nossos atletas presentes, Juarez, Ricardo e Rafael Kaiper - Jorge Abreu e Caio Osório - Aldo Conde - o casal Enilton Karsten e esposa com destacada atuação no Juri.

Mister se faz parabenizar o proprietário e idealizaor Mauricio Dalagnol e todos os atletas e funcionários pelo sucesso do evento.
3- Por derradeiro informo que estamos prestes a conquistar uma cadeira no Conselho Municipal de Esportes - Santa Maria. Será a voz do hipismo no apoio a projetos e incentivos para o esporte no centro do estado.
Luiz Carlos Conde - ALHC

domingo, 25 de março de 2012

JORNAL SAUDE PELA PRÁTICA JÁ EM ARTE FINAL


JORNAL SAUDE PELA PRÁTICA
JÁ COM ARTE FINALISTA
Neste domingo, entregamos já para o nosso arte finalista, GILSON BRASIL as 12 páginas do SAUDE PELA PRÁTICA do mês de abril 2012, edição 198, portanto estamos a 2 edições da 200. A torcida é para que tudo dê certo e a partir de quinta-feira estejamos entregando o jornal.


EDITORIAL:
SEM FRONTEIRAS

NO SUDESTE BRASILEIRO

     O SPP, juntamente com todos os veículos da Rede Santa-mariense de Comunicação Esportiva – RESCE (Imembuí, Universidade, Jornal A Cidade e o blog: www.saúdepelapratica.blogspot.com e o site da FIEP do Brasil, estarão na cobertura da participação dos Profissionais de Educação Física SEM FRONTEIRAS da FIEP BRASIL, no período de 2 a 15 de abril de 2012, nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo, com a presença, mais uma vez, do editor deste Veículo.

     O SPP ruma para a edição 200. Essa é a edição 198, a de maio será 199 e o mês de junho veiculará a edição 200, fechando com a edição 201, em julho nos 18 ANOS do SPP.

    O SPP, nesta caminhada, registra fatos importantíssimos na atividade física, esporte, lazer e saúde na cidade de Santa Maria. Um trabalho que não tem sido fácil, mas é recompensado pela satisfação de quem o faz por amor profissional – editor é Profissional de Educação Fisica e jornalista – assim como registra eventos realizados pela QUILISPORT e CAEL-SM. Entre eles está o TDSM, cuja edição traz um encarte especial do evento realizado no dia 23 de março, no Theatro Treze de Maio.

    O SPP fala da participação de Santa Maria, na cobertura dos SEM FRONTEIRAS DA FIEP no sudeste brasileiro, em que o editor do SPP fará boletins diários às rádios Universidade e Imembuí, matérias para o SPP e para o blog: www.saudepelapratica.blogspot.com e o site da FIEP BRASIL.

    O SPP traz mais dados sobre o I CONGRESSO CENTRO SUL de ATIVIDADES FÍSICA – Congresso Internacional, que será realizado no período de 13 a 15 de julho, no ATC e CDM.

   Boa leitura e, rumanos à edição 200 do SPP, em junho.
                                                                                      O EDITOR

PALAVRA DA COORDENAÇAO
É uma breve crônica que fizemos em relação a nosso evento TROFEU DESPORTIVO CIDADE DE SANTA MARIA, que está na página 5.


Maioridade do Evento. Continua?

       Indiscutivelmente, mantém-se no pódio o maior evento da Cidade de reconhecimento ao esporte: Aos protagonistas desde atletas, técnicos, dirigentes, Profissionais de Educação Física, Entidades e Eventos. 21 anos é uma história. Mais de 1.200 troféus e certificados já foram entregues à Entidades e Pessoas. Nesta edição teve homenagens especiais aos santa-marienses medalhistas no PAN 2011(Maria Portela- judô e os irmãos Ribeiros – Canoagem), chegando a mais de 70 troféus e certificados; Teve a assinatura do Compromisso da Coordenação e UNINGÁ-SM para a realização do I CONGRESSO CENTRO SUL DE ATIVIDADES FÍSICAS; Um jantar com 100 pessoas, na Maison Redevance, recepcionados pelos proprietários: Nelson e Laura Liechavicius com o cardápio de PAULO FESTAS. O Theatro Treze de Maio superlotou com familiares e convidados. Talvez o TDSM tenha usado o cartaz da campanha SOS, UM PARCÃO PARA SANTA MARIA pela última vez, pois se encaminha. Os parques PALLOTINO e da JOCKEY CLUBE estão em fase de análise de propostas.

     Honra-nos ter realizado mais um evento - TDSM, que tem a nossa marca de seriedade, pontualidade e a humildade de dizer que aquilo que foi possível foi feito e que se sabe que ainda muito mais poderia ter sido feito e isso às vezes, aliás muitas vezes é barrado na falta de mais seriedade dos dirigentes no trato com as coisas do esporte. Hoje se pode dizer que temos amparo – vamos à luta para buscar – patrocinadores através da Lei de Incentivo ao Esporte do Município. Agradecemos a todos indistintamente. Felizes estamos com nossa equipe de trabalho, praticamente da família, em poder até aqui ter realizado o Evento e assim poderemos cumprir com o compromisso assumido pela nossa duplicidade de profissões e a identificação de quase 4 décadas na Educação Fisica e Comunicação Esportiva.

     Ninguém é insubstituível, vamos fazer uma avaliação, pois como disse o vereador Isaias Romero: “Não é difícil começar, o difícil e continuar.” E nós continuamos mais de 2 décadas. A Vida passa e, ligeirinho. Lembramos que a Volta Cidade de Santa Maria realizada por nós durante 21 anos em 2009 encerrou o seu ciclo. Mas o futuro a Deus pertence. Tudo será medido e como sempre temos feito, nossas ações tem a mão poderosa do nosso SENHOR DEUS.

   Uma coisa ficou já patente de que o Theatro Treze de Maio já está pequeno para o evento.

( CLERY QUINHONES DE LIMA - Criador do Evento)




sábado, 24 de março de 2012

TROFEU DESPORTIVO CIDADE DE SANTA MARIA 2011

NO THEATRO, OS ARTISTAS DO ESPORTE
O TDSM 2011 foi entregue na noite de ontem(23 de março), no Theatro Treze de Maio. Mais de 70 troféus e certificados foram entregues a Entidades e Pessoas. Após o evento os agraciados, por adesão, tiveram janta na MAISON REDEVANCE.
O Blog traz parte desta festa de reconhecimento ao esporte e lazer santa-mariense, informa que já está sendo preparada a edição do mês de abril do Saúde Pela Prática, que terá um encarte especial, com veiculação, possivelmente até o dia 29, quinta-feira.
Na praça, o Theatro preparado para receber os Melhores do Esporte de Santa Maria

Clery reune agraciados para as últimas informações

Clery e esposa Lúcia, os apresentadores do Evento

Entrada estilo formatura, Clery recebe os homenageados. Na foto Vivian Beltrame, da Walter Beltrame, uma das empresas patrocinadoras do Evento
É chegado o momento, apresentadores chamam a constituição da Mesa diretiva
Juntos agraciados, familiares, autoridades

Christian Bertoia, Presidente do CMEL; Cel Eliazar, Diretor do Colégio Militar; Alcides Zappe, Diretor da Rádio Imembuí; Diretores da Uningá-SM - Valdemir e Alan Binotto; Vereador Isaias Romero, representando a Câmara de Vereadores,  Luiz Figueiredo, Secretário Adjunto de Esportes eValmir Beltrame, Presidente do Conselho Municipal de Cultura.

Valmir entrega troféu e certificado ao casal LAURA e NELSON LIECHAVICIUS
Agraciados na foto geral
Jantar por Adesão na Maison Redevance, qualidade PAULO FESTAS

RELAÇAO DOS AGRACIADOS DO TDSM 201
Entidades Promotoras: CAEL-SM  e QUILISPORT-
Patrocínio: PROESP-SM – ( 2011) UNINGÁ-SM - TREVICENTER - WALTER BELTRAME & CIA LTDA - Maison Redevance e BRAMOTO
Entidades apoiadoras : PREFEITURA MUNICIPAL/ SMEL – CMEL -, SECRETARIA DE CULTURA – THEATRO TREZE DE MAIO - RADIO IMEMBUI -. RADIO UNIVERSIDADE, - JORNAL A CIDADE - MultiWeb/UFSM – JGB DESIGN,
Atletas Destaques Internacionals: (MEDALHISTAS NO PAN 2011): MARIA DE LOURDES PORTELA –judô e os irmãos GIVAGO e GILVAN BITENCOURT RIBEIRO – canoagem e Seleção Brasileira de Bocha – ELIANE SOMAVILLA
ATLETISMO - Camila Becker Coronel/ESTEFAN CONTREIRA NICOLOW
BOCHA – Elton Ramiro de Carvalho/ - Piratini
BASQUETE – Johan Nunes Fávero – CAC /. Caroline Garske Vieria – CEFD/UFSM; atleta veterano – Wilson Roberto Crivellaro Junchem (Bibi)
FUTEBOL DE CAMPO – Leonardo Righelin Comazzetto – 11 anos – Novo Horizonte; Depto de Futebol Veterano Clube Dores. Atleta Veterano – Milton Nicolau Bianchini (Gaúchão) Nico
FUTSAL – Fábio Belons – Escola Marista Santa Marta
HANDEBOL- Renan Ronaldo Treviton - ULBRA
HIPISMO - Edmar Pereira dos Santos – Centro Hípico de Santa Maria
JUDO – Marcion Cesar da Silva Baptista/ Gildriene Petry Chaves(Mãos Dadas)
KARATE – Cesar Augusto Estivales – Projeo Social Esportivo.
ORIENTAÇÃO – Fábio Inácio da Cruz Weis - Natura ( recebe João Bastita Vieria, presidente do Clube)
PADEL – Lucas de Oliveira Campagnolo/ Confraria Del Padel/
TAEKONDO – Eduardo Moller de Atahyde – Academia Genesis ( Pai Paulo Renato Atayde)
TRIATLO – Thiago Debus
VOLEIBOL – Brenda Muller Bronzatti -AVF
XADREZ- Fabrício Moreira Barbosa – Projeto Xadrez na Escola’
ESPORTE DE AVENTURA – ESCALADA ESPORTIVA - Pedro Nicoloso
Profissionais de Educação Física destaques: Romildo Paz de Oliveira, Dalcione Rambo, Isabel Toniolo, Eduardo Wogt  e  Milton Neves -
Entidades Apoiadoras ou Promotoras do esporte/Atividade física: AVF - Associação Voleibol do Futuro. Presidente Sérgio Ávila.-- PROJETO SANTA MARIA JUDô – Aglaia Pavani; ASSOCIAÇÃO DOS FUNC. Da CEEE – Paulo Moura; CONFRARIA DEL PADEL – Bracini; LIGA SANTAMARIENSE DE FUTEBOL AMADOR – Danilo Silva; LIGA HIPICA CENTRAL – Luiz Carlos Conde;Liga Santamariense de Basquete – Patrícia Kruer , SESC – Pedro Saccol e SESI – Ary Renam
Símbolos na Atividade Física/ Esporte: UNINGÁ-SM – Saúde , Curso de Educação Física da FAMES – GRUPO DE GINÁSTICA DO PROFESSOR MINELO – Persistência – 36 anos; Grupo Santa-mariense de Hipertensos, PADEL - casal Guinther De Bitencourt Pauli e Fernanda Cogo Bota , Prática da Corrida - Clênio Correa, Handebol Masculino da ULBRA -
Entidade Sócio-esportiva de participação social:  Trail Clube Coraçao do Rio Grande – Regis Reginatto e Projeto PRO – SAUDE – Theolina Paetzold
Clubes Esportivos e de Lazer Ano/2011 de Santa Maria: Clube Recreativo Dores,Clube do Professor Gaúcho - Santa Maria e AABB.
ESCOLA - Colégio Militar -
LAÇADOR SANTA-MARIENSE DO ANO – 13ª. Região MTG, Rick Bryan do Canto – CTG Farroupilhas.
(Texto de Clery Quinhones de Lima, fotos de VISÃO Formatura)

quarta-feira, 21 de março de 2012

NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTIVAS

PASSAMOS DOS 40 MIL
A correria é tanta, que hoje verificando no contador de acessos do nosso blog - colocado pela ROSINHA - vimos que passamos dos 40 mil acessos. Obrigado.
A responsabilidade continua.

NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTIVAS

AGRACIADOS DO TDSM 2011
EVENTO NESTA SEXTA-FEIRA, 20H01MIN, NO THEATRO T. DE MAIO



QUILISPORT e CAEL-SM divulgam os destaques do TROFEU DESPORTIVO CIDADE DE SANTA

MARIA, edição 2011.



Numa promoção e realização de QUILISPORT e CENTRO DE APOIO AO ESPORTE E LAZER DE SANTA MARIA - CAEL/SM com o apoio da Prefeitura Municipal, através das Secretarias de Cultura, Esporte e Lazer, Theatro Treze de Maio e o patrocínio do PROESP-SM, com os patrocinadores: UNINGÁ-SM, WALTER BELTRAME, TREVICENTER, MAISON REDEVANCE e a cobertura das rádios Imembuí e Universidade, os jornais A Cidade e Saúde Pela Prática e o blog: http://www.saudepelapratica.blogspot.com/. Após a solenidade haverá um jantar com a marca PAULO FESTAS, no MAISON REDEVANCE.

 
RELAÇÃO DOS AGRACIADOS

Entidades Promotoras: QUILISPORT e CAEL-SM

Patrocínio: PROESP-SM – ( 2011) UNINGÁ-SM - TREVICENTER - WALTER BELTRAME & CIA LTDA - Maison Redevance e BRAMOTO

Entidades apoiadoras: PREFEITURA MUNICIPAL/ SMEL – CMEL -, SECRETARIA DE CULTURA – THEATRO TREZE DE MAIO - RADIO IMEMBUI -. RADIO UNIVERSIDADE, - JORNAL A CIDADE - MultiWeb/UFSM – JGB DESIGN,

Atletas destaques internacionais : (MEDALHISTAS NO PAN 2011): MARIA DE LOURDES PORTELA –judô e os irmãos GIVAGO e GILVAN BITENCOURT RIBEIRO – canoagem e Seleção Brasileira de Bocha – ELIANE SOMAVILLA
ATLETISMO - Camila Becker Coronel/ ESTEFAN CONTREIRA NICOLOW -

BOCHA – Elton Ramiro de Carvalho/ Piratini

BASQUETE – Johan Nunes Fávero – CAC / Caroline Garske Veiga –CEFD-UFSM. Veterano – Dr. Wilson Roberto Crivellaro Junchem (Bibi)

FUTEBOL DE CAMPO – Depto de Futebol Veterano Clube Dores/ atleta – MILTON NICOLAU BIANCHINI – Gaúchão. Leonardo Righelin Tomazzetto - Novo Horizonte.

FUTSAL - Fábio Belons - Marista Santa Marta

HANDEBOL - Renan Ronaldo Treviton / ULBRA

HIPISMO - Edmar Pereira dos Santos – Centro Hípico de Santa Maria

JUDO – Marcion Cesar da Silva Baptista/ Gildriene Petry Chaves/Projeto Mãos Dadas

ORIENTAÇÃO – Fábio Inácio da Cruz Weis - Clube Natura

PADEL – Lucas de Oliveira Campagnolo/ Confraria Del Padel/

TAEKWONDO – Eduardo Moller de Athayde /Gênesis

TRIATLO – Thiago Debus/ Avulso.

VOLEIBOL – Brenda Muller Bronzatti -AVF

XADREZ- Fabrício Moreira Barbosa – Projeto de Xadrez na Escola

ESPORTE DE AVENTURA – ESCALADA ESPORTIVA – Pedro Ferreira Nicoloso

Profissionais de Educação Física destaques: Romildo Paz de Oliveira -
Dalcione Paulo Rambo, Isabel Toniolo, Eduardo Vogt e Milton Neves -

Entidades Apoiadoras ou Promotoras do esporte/Atividade física; SESI , SESC, Sociedade Esportiva Novo Horizonte;Associação Voleibol do Futuro. PROJETO SANTA MARIA JUDô, ASSOCIAÇÃO DOS FUNC. Das CEEE , CONFRARIA DEL PADEL – LIGA SANTAMARIENSE DE FUTEBOL AMADOR ; LIGA HIPICA CENTRAL; Clube Piratini, Confederação Brasileira de Orientação –CBO, Liga Santamariense de Basquete

Símbolos na Atividade Física/ Esporte: UNINGÁ-SM – Saúde , Curso de Educação Física Destaque - FAMES ; EQUIPE DE HANDEBOL MASCULINO da ULBRA; GRUPO DE GINÁSTICA DO PROFESSOR MINELLO, Grupo Santa-mariense de Hipertensos, PADEL -casal Guinther De Bitencourt Pauli e Fernanda Cogo Betta,Dirigente MANOEL AZEVEDO da A.E. FERROVIÁRIA, Prática da Corrida - Clênio Romeu Correa.

Entidade Sócio-esportiva de participação social:
Associação Gaúdérios do Asfalto - Trail Clube Coraçao do Rio Grande - Projeto OSCIPT PRÓ VIDA – Pres.Theolina Paetzold

Clubes Esportivos e de Lazer Ano/2011 de Santa Maria:
Clube Recreativo Dores, CPG  e AABB

Escola - Colégio Militar

Coordenadoria MTG - laçador - Rick Bryan do Canto - CTG FARROUPILHAS







terça-feira, 20 de março de 2012

NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTIVAS

AGRACIADOS DO TDSM 2011
QUILISPORT e CAEL-SM divulgam os destaques do TROFEU DESPORTIVO CIDADE DE SANTA MARIA, edição 2011.

Nesta sexta-feira, dia 23 de março, às 20h01min acontece o evento TROFEU DESPORTIVO CIDADE DE SANTA MARIA, numa promoção e realização de QUILISPORT e CENTRO DE APOIO AO ESPORTE E LAZER DE SANTA MARIA - CAEL/SM com o apoio da Prefeitura Municipal, através das Secretarias de Cultura, Esporte e Lazer, Theatro Treze de Maio e o patrocínio do PROESP-SM, com os patrocinadores: UNINGÁ-SM, WALTER BELTRAME, TREVICENTER, MAISON REDEVANCE e a cobertura das rádios Imembuí e Universidade, os jornais A Cidade e Saúde Pela Prática e o blog: www.saudepelapratica.blogspot.com







RELAÇÃO DOS AGRACIADOS

Entidades Promotoras: QUILISPORT e CAEL-SM
Patrocínio:PROESP-SM – ( 2011) UNINGÁ-SM - TREVICENTER - WALTER BELTRAME & CIA LTDA - Maison Redevance e BRAMOTO
Entidades apoiadoras: PREFEITURA MUNICIPAL/ SMEL – CMEL -, SECRETARIA DE CULTURA – THEATRO TREZE DE MAIO - RADIO IMEMBUI -. RADIO UNIVERSIDADE, - JORNAL A CIDADE - MultiWeb/UFSM – JGB DESIGN,
Atletas destaques internacionais : (MEDALHISTAS NO PAN 2011): MARIA DE LOURDES PORTELA –judô e os irmãos GIVAGO e GILVAN BITENCOURT RIBEIRO – canoagem e Seleção Brasileira de Bocha – ELIANE SOMAVILLA
ATLETISMO - Camila Becker Coronel/ ESTEFAN CONTREIRA NICOLOW -
BOCHA – Elton Ramiro de Carvalho/ Piratini
BASQUETE – Johan Nunes Fávero – CAC / Caroline Garske Veiga –CEFD-UFSM. Veterano – Dr. Wilson Roberto Crivellaro Junchem (Bibi)
FUTEBOL DE CAMPO – Depto de Futebol Veterano Clube Dores/ ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA FERROVIARIA – Dirigente – MANOEL PEDROSO; atleta – MILTON NICOLAU BIANCHINI – Gaúchão.
HANDEBOL - Renan Ronaldo Treviton / ULBRA
HIPISMO - Edmar Pereira dos Santos – Centro Hípico de Santa Maria
JUDO – Marcion Cesar da Silva Baptista/ Gildriene Petry Chaves/Projeto Mãos Dadas
ORIENTAÇÃO – Fábio Inácio da Cruz Weis - Clube Natura
PADEL – Lucas de Oliveira Campagnolo/ Confraria Del Padel/
TAEKWONDO – Eduardo Moller de Athayde /Gênesis
TRIATLO – Thiago Debus/ Avulso.
VOLEIBOL – Brenda Muller Bronzatti -AVF
XADREZ- Fabrício Moreira Barbosa – Projeto de Xadrez na Escola’
ESPORTE DE AVENTURA – ESCALADA ESPORTIVA – Pedro Ferreira Nicoloso



Profissionais de Educação Física destaques: Romildo Paz de Oliveira -

Dalcione Paulo Rambo, Isabel Toniolo, Eduardo Vogt e Milton Neves -

Entidades Apoiadoras ou Promotoras do esporte/Atividade física

SESI , SESC, Sociedade Esportiva Novo Horizonte;Associação Voleibol do Futuro. PROJETO SANTA MARIA JUDô, ASSOCIAÇÃO DOS FUNC. Das CEEE , CONFRARIA DEL PADEL – LIGA SANTAMARIENSE DE FUTEBOL AMADOR ; LIGA HIPICA CENTRAL; Clube Piratini, Confederação Brasileira de Orientação –CBO, Liga Santamariense de Basquete



Símbolos na Atividade Física/ Esporte

UNINGÁ-SM – Saúde

Curso de Educação Física Destaque - FAMES ; EQUIPE DE HANDEBOL MASCULINO da ULBRA; GRUPO DE GINÁSTICA DO PROFESSOR MINELLO, Grupo Santa-mariense de Hipertensos

- PADEL -casal Guinther De Bitencourt Pauli e Fernanda Cogo Botta

Prática da Corrida - Clênio Romeu Correa



Entidade Sócio-esportiva de participação social:

Associação Gaúdérios do Asfalto -

Trail Clube Coraçao do Rio Grande -

Projeto OSCIPT PRÓ VIDA – Pres.Theolina Paetzold



Clubes Esportivos e de Lazer Ano/2011 de Santa Maria:

Clube Recreativo Dores; ; CPG AABB

ESCOLAS - Colégio Militar



NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTIVAS

Seleção Feminina de Handebol em preparação à OLIMPÍADA|:
BRASIL VENCE INGLATERRA
Em jogo amistoso em Londres, a Seleção Brasileira venceu 30 x18 a Seleção Londrina, no OLYMPIK PARK, local onde serão realizados os jogos de handebol na OLIMPIADA DE LONDRES, a partir de julho deste ano.
Release chega ao nosso blog através da Assessoria de Imprensa da CBHb.


Dani no arremesso em LONDRES( Foto da Photo & Grafia)
Santo André (SP) - A Seleção Brasileira Feminina de Handebol, quinta colocada no Mundial de São Paulo, em dezembro, estreou com o pé direito no Olympic Park, em Londres, local que receberá as partidas da modalidade nas Olimpíadas, no meio do ano. A equipe comandada por Morten Soubak está na capital inglesa para realizar três amistosos no complexo esportivo e, nesta terça-feira (20), levou a melhor no primeiro, vencendo as donas da casa por 30 a 18 (12 a 9 no primeiro tempo). Iniclamente, a partida seria contra a Noruega, mas houve mudança na programação e os duelos contra as norueguesas, atuais campeãs mundiais, olímpicas e europeias, ficaram para a quinta-feira (22), às 17h (horário local), e sábado (24), às 16h.
Além de conhecer o ginásio, o treinador aproveitou o amistoso para testar o time. Das 20 jogadoras convocadas, somente a central Mayara não atuou, já que se recupera de lesão no pé. Morten disse que, apesar do placar elástico, a Seleção Brasileira precisa melhorar o desempenho contra a Noruega. "Foi muito bom podermos testar o ginásio onde brigaremos pela medalha olímpica inédita", comentou. "Não jogamos muito bem. A qualidade do nosso passe e das finalizações deixou a desejar, principalmente no primeiro tempo. No segundo, evoluímos e conseguimos o resultado positivo", avaliou.
A Inglaterra tem pouca tradição no handebol. Como sede das Olimpíadas, terá o direito de escolher o grupo em que vai jogar na primeira fase. O técnico do Brasil destacou a evolução da equipe europeia. "O que sabemos é que elas melhoraram bastante nos últimos anos, concentradas, principalmente, nos Jogos Olímpicos. Como não é um time que acompanhamos muito, não dá para fazer comparações e dizer se jogaram bem ou mal.."
O pensamento da Seleção Brasileira, agora, é treinar forte nesta quarta-feira (21) e se ajustar antes de encarar a Noruega. O time trabalhará das 9h às 11h e das 17h30 às 19h30 no ginásio SportHouse. "Para o primeiro jogo contra as norueguesas, vamos nos concentrar em corrigir os nossos erros. Em um segundo momento, analisaremos as adversárias, nos preparando taticamente para vencer", afirmou Morten.
Do grupo que está na Europa, 15 jogadoras disputaram o Mundial de São Paulo. As cinco novidades são as pontas Adriana Cardoso e Valdenice Rosa, a armadora Karoline de Souza, a goleira Mayssa Pessoa e a central Tayra Rodrigues.





segunda-feira, 19 de março de 2012

NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTES

TROFÉU DESPORTIVO SANTA MARIA
TEVE REUNIÃO NA MAISON REDEVANCE


Neste segunda-feira à noite, às 20h01min, teve uma reunião dos agraciados do TDSM 2011 com a coordenação, na MAISON REDEVANCE. Também além da gerente Andréia Campos participaram o casal proprietário e apoiador do EVENTO - Nelson/Laura Liechavicius.


       A reunião foi para ultimar os detalhes do evento que será realizado no dia 23 de março, às 20h01min, no Theatro Treze de Maio.
         O TDSM 2011 premia com troféus e certificados os melhores do esporte do ano de 2011. É uma promoção e realização de QUILISPORT e CENTRO DE APOIO AO ESPORTE E LAZER DE SANTA MARIA - CAEL/SM com o apoio da Prefeitura Municipal, através das Secretarias de Cultura, Esporte e Lazer, Theatro Treze de Maio e o patrocínio do PROESP-SM, com os patrocinadores: UNINGÁ-SM, WALTER BELTRAME, TREVICENTER, MAISON REDEVANCE.
        JANTAR - Após a entrega da premiação do TDSM, no Treze de Maio, terá, por adesão, um jantar na MAISON REDEVANCE, com o buffet do PAULINHO FESTAS.


sábado, 17 de março de 2012

NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES ESPORTIVAS E ESPROTES

IDOLOS DO JUDÔ
EM SANTA MARIA
Campeão Olímpico, AURELIO MIGUEL
e Bi-Mundial, JOÃO DERLY e
CHICÃO CAMILO, Campeão Panamericano
                            Foto de Clery Lima/CAEL-SM
Num projeto de interiorizar o judô, levar idolos da modalidade para incentivar a prática, a FEDERAÇÃO GÁUCHA DE JUDO juntamente com CLUBES e ACADEMIAS gaúchas oportuniza e neste sábado, em Santa Maria, a presença destes ídolos no ATC.
Pela manhã, os judocas internacionais estiveram presentes juntamente com outros técnicos de Academias de Santa Maria e região ministrando aulas para a meninada no dojô do ATC
À tarde, AURELIO MIGUEL e JOÃO DERLY, no salão nobre do ATC falaram de suas vidas - início no judô, títulos conquistados e responderam perguntas.
No final, cada um deles receberam uma placa e minos do CLUBE.
Destacamos também que esteve presente CHICO CAMILO, irmão do medalhista CAMILÃO.
NOMES DO EVENTO
VICTOR HUGO RITTER ALVES - Diretor do Departamento de Judô do ATC

" Num esforço conjunto de FGJ e ATC, estamos com ídolos do judô em nossa Cidade. Agradecemos a presença de todos, principalmente aos pais e a direção do ATC. A festa está começando e chamou o presidente do ATC para usar da palavra."
indiscutivelmente o esporte vive um grande momento e o ATC faz parte deste contexto.Temos grandes nomes no tênis e judô e hoje oportunizamos a vinda destes grandes nomes do JUDO INTERNACIONAL - JOÃO DERLY E AURELIO MIGUEL. Agradecemos a todos pelo apoio, muito especial a nossa equipe ateciana na parte administrativa e técnica"
PRESIDENTE DA FGJ - LUIZ ALCIDES MADURO
" A Federação Gaúcha de Judô está sendo recompensada com a realização deste projeto, indo as nossas Entidades Filiadas, levando ídolos da modalidade, numa verdadeira revolução no esporte. Uma prova é a receptividade que estamos recebendo no ATC. Mas o trabalho é conjunto, por isso destaco o trabalho do nosso ex-presidente hoje, vice-presidente, CARLOS que teve a sua vida esportiva em Santa Maria, por isso chamo ele para declarar oficialmente este evento"
DR. CARLOS EURICO, VICE-PRESIDENTE DA FGJ
"Fazer esporte é persistência também, por isso a minha mensagem aos senhores pais de que incutam isso na vida de seus filhos, pois certamente ele levará na sua vida escolar e profissional; isto é não desistir, não dizer não ao primeiro obstáculo. Participar da FGJ foi muito bom, fizemos aquilo que foi possível. Aqui já havíamos estado com o DERLY e a AGUIAR e hoje a FGJ traz novamente JOÃO DERLY e AURÉLIO MIGUEL, que além de um atleta campeão olímpico, é de posição e bate firme na defesa do esporte. Muito obrigado pelas suas presenças e o apoio dado pelo ATC. Assim , declaramos aberto este ENCONTRO DO JUDO EM SANTA MARIA"

PRESENÇA DE PAIS E A MENINADA
"Pais apoiadores, curujas, tietagem estiveram presentes e a meninada feliz pela oportunidade. Quando deu-se o início da aula, correr era com eles."

NOTA DO EDITOR
Estamos acompanhado no ATC,  a estada dos nossos conhecidos nomes do judô, os ídolos JOÃO DERLY/AURELIO MIGUEL, em  nossas coberturas olímpicas pela QUILISPORT/CAEL-SM para Santa Maria, através da REDE SANTAMARIENSE DE COMUNICAÇÃO ESPORTIVA - RESCE - Rádios Imembuí/Universidade, jornais A Cidade/Saúde Pela Prática e este blog. Iniciativa louvável da FGJ em parcerias com os clubes que disputam judô no estado do RS. Parabéns ATC. O Clube de nome no tênis e que pode ascender ainda mais no jûdô. As obras também são notórias. Tudo isso mostra a grandeza do CLUBE e por isso tem  merecido anualmente o TROFEU DESPORTIVO  SANTA MARIA.
(CLERY QUINHONES DE LIMA - Editor)


quarta-feira, 14 de março de 2012

NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTIVA

LAURO ELY DÁ RETORNO AO BLOG
Tão logo chegamos de Porto Alegre, transcrevemos uma síntese do CURSO DA FUNDERGS - registro com fotos. Comunicamos à FUNDERGS e ao palestrante LAURO ELY.
Atenciosamente, LAURO ELY nos deu retorno. Obrigado.
E-MAIL ENVIADO
          GRANDE LAURO, show a apresentação síntese sobre PROJETO.
Tentei falar-lhe estavas na fumaça. Temos a possibilidade de trazê-lo à Santa Maria, mas temos contato com o DAVI. Seria no segundo semestre para o II ENCONTRO DE GESTORES de SANTA MARIA, talvez novembro. Precisamos falar. CLERY QUINHONES DE LIMA - SANTA MARIA
E-MAIL RECEBIDO
Estimado Clery,
            Obrigado pelo incentivo e quanto a ida a Santa Maria, não vejo problema, uma vez agendado com antecedência. Sempre é um prazer participar de eventos que tratam principalmente das questões da Gestão do Desporto, principalmente nos municípios que investem no esporte e hoje, Santa Maria faz parte desse grupo.Naquele dia do encontro, infelizmente tive que sair correndo, pois tinha que dar aula na UFRGS.
Parabéns pelo blog, muito legal.
Sempre que possível, estarei a disposição para discutir a gestão do desporto.
Um grande abraço,
Prof. Lauro Ely

terça-feira, 13 de março de 2012

NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTE

CURSO DE CAPACITAÇÃO FUNDERGS:


PROJETOS E CONVÊNIOS
No dia 13 de março, no auditório da FEPAGRO, em Porto Alegre, a Secretaria Estadual de Esportes e Lazer, através da FUNDERGS promoveu a segunda edição de CURSO DE CAPACITAÇÃO – Gestão no Esporte ( Elaboração e Convênios – Ministério do Esporte e FUNDERGS).Participaram gestores de Prefeituras Municipais e Entidades. Santa Maria esteve presente através da Prefeitura Municipal – SMEL, com o Secretário Paniz e Adjunto Dida; As Entidades: Trail Clube Coração do Rio Grande( Régis Reginatto), Centro de Apoio ao Esporte e Lazer-CAEL/SM(Clery Quinhones de Lima), Projesporte (Luiz Celso Giacomini) e Confederação Brasileira de Orientação(Otávio Dornelles).

 

A dinâmica da coordenação do Evento foi prática, que apesar dos esforços, o calor foi muito intenso no auditório. Mesmo assim o público que lotou o auditório foi atento.
Público que lotou o Auditório da FEPAGRO

ABERTURA – Depois dos informes do diretor técnico da FUNDERGS, o Secretário Kalil Seibe usou da palavra, de uma forma tranqüila, de quem já está plenamente inserido no contexto esportivo do RS. Saudou a todos, falou do esforço que tem feito o Governo para fazer com que o esporte seja efetivamente uma área forte na sociedade. Falou das conquistas já obtidas, principalmente no que tange a recursos humanos, a aprovação da Lei de Incentivo ao Esporte Estadual, que, segundo ele, breve terá a sua regulamentação para ser colocada em prática.

                                  
Secretário entusiasmado KALIL
        Kalil também anunciou o retorno de competições importantes no RS, que estavam estagnadas, como é o caso dos JIRGS e conclamou aos Profissionais de Educação Física e desportistas para que cobrem e ajudem a desenvolver o esporte o RS e que entendam que espaços esportivos ocupados pelos cidadãos traz uma verdadeira integração social, amenizando o uso de drogas, ocupando as pessoas e contribuindo para a qualidade de vida.

ENFOQUES DO CURSO – Convênios com o Ministério do Esporte, que foi abordado por Maria Leonor Brenner Ceia Ramos, que trabalhou no Ministério e hoje está na SME de Porto Alegre.


Leonor falando
Elaboração de Projetos (roteiro básico) apresentado por Lauro Inácio Ely, da FUNDERGS.


Dr. Lauro expôs roteiro básico de um projeto
Convênios com a FUNDERGS: Habilitação – Margarete Machado Garrido.

Margarete de fluente comunicação
Critérios de Seleção – Luiz Bohrer; Orientações Jurídicas – Cristina Néspolo e Prestação de Contas – Rafael Gonçalves.


NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTIVAS

SANTA MARIA NA REUNIÃO DA FUNDERGS
Nesta terça-feira, acontece no auditório da FEPAGRO em Porto Alegre, um curso de Projetos e Convênios, organizado pela FUNDERGS, Secretaria Estadual de Esportes e Lazer do RS.
Na madrugada viajam os dirigentes do TRAIL CLUB CORAÇÃO DO RIO GRANDE, Régis Reginato e nós pelo CAEL-SM e Conselho Municipal de Esportes e Lazer - CMEL.
Frisa-se que teria a presença do professor JEAN PIERRE, da AVF, que foi impossibilitado de participar. Ainda Santa Maria deverá ter a presença da Prefeitura Municipal, pelo menos o Secretário Paniz disse que estaria presente.
Aguarda-se as informações do Ministério do Esporte sobre a Lei de Incentivo Nacional e da FUNDERGS as suas ações, já que por muito tempo não tem tido a expressão que teve em alguns anos atrás. A lembrar que foi assegurado em 2011, que teria a Lei de Incentivo ao Esporte do Estado e a volta dos JIRGS, adormecidos há anos.

domingo, 11 de março de 2012

NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTES

SPP: JORNAL E BLOG CAMINHANDO
PARA EDIÇÃO 200 E 40 MIL ACESSOS
Ineditismo na COMUNICAÇÃO SOCIAL DO BRASIL, pelo menos no nosso conhecimento. Pois o nosso informe esportivo SAUDE PELA PRATICA iniciado em agosto de 1994, no outro século, fará em agosto de 2012, seus 18 anos de existência e no mês de junho deste ano chegará a EDIÇÃO 200 e o blog: www.saudepelapratica.blogspot.com criado para o PAN de 2007 chegará a 40 mil acessos, certamente ainda neste mês de abril de 2012. São marcas que dão responsabilidades e ânimo para o trabalho que faz o Profissional de Educação Física e jornalista - desde os anos de 1974 e 19977,  de QUILISPORT - Assessoria, Comunicação e Promoção Esportiva desde o ano de 1989 e o CENTRO DE APOIO AO ESPORTE E LAZER - CAEL/SM desde 2005.
Conquistas obtidas graças a duas profições - EDUCAÇÃO FISICA e JORNALISMO, a existências das suas ENTIDADES e a abertura dada pelos VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL que acreditam no trabalho do profissional - CLERY QUINHONES DE LIMA, que agradece o discernimento que tem recebido do SENHOR DEUS. 

NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTE

HOMENAGEM ÁS MULHERES
DA BOCHA SANTA-MARIENSES
Foto Clery/CAEL-SM
Dentro do Calendário da 4a. Semana da Mulher de Santa Maria do ano de 2012 e iniciativa de um grupo de bochófilas foi realizado o I ENCONTRO DA BOCHA FEMININA DE SANTA MARIA, no dia 10 de março, no Clube Cruzeirinho, que culminou com um jantar e a entrega de certificados e troféus a grupo de Mulheres que fizeram e fazem história do esporte, assim como lembrando os seus respectivos técnicos e homenagem ao Sr. Nelson Silva, presidente da Liga Independente de Bochas de Santa Maria. A apresentação foi de Fabrício Vargas.
Entre as várias homenageadas, cujo grupo está acima, citamos:

Dona Iracema Freitas, fundadora do Grupo Sopé do Morro (Esportivo)

A campioníssima, maior nome da bocha feminina de Santa Maria, ELIANE SOMAVILLA recebe o reconhecimento das mãos do presidente do CRUZEIRINHO e o abraço da sua incentivadora, também bochófila sua mãe.
Vereadora Sandra Rebelatto, madrinha do grupo do Cruzeirinho e também da Comissão da QUARTA SEMANA DA MULHER em Santa Maria, entrega certificado e troféu a SIRLEI PEREIRA FERNANDES, a primeira santa-mariense a integrar uma Seleção Brasilieira da Modalidade.
Secretária da Liga entrega certificado a Vildaine Tasquetto, que já foi Troféu Desportivo Cidade de Santa Maria, evento organizado por QUILISPORT.

Profissional de Educação Física e Fisioterapeuta, nome da bocha de Santa Maria, nossa colega MARTA MIRACI MORO, recebe seu prêmio das mãos da Vereadora SANDRA REBELATTO.

Grande presidente NELSON SILVA foi reconhecido pela a organização do Evento, recebe seu trofeu das mãos do Presidente do Cruzeirinho.
Comissão Organizadora do Evento liderada pela dona Julieta Vargas ( à direita)
Este jovem radialista foi o apresentador oficial do evento. Parabéns grande FABRICIO VARGAS, ao fundo a competência na técnica do grande MAGRÃO, também da Rádio Imembuí. Aliás os dois integrantes dos Veículos do GRUPO ZAPPE: Fabrício, Nativa e Magrão, Imembuí - 70 ANOS 

NOTA DO EDITOR
Participamos, com grande prazer do evento à noite, quando da entrega da premiação, a convite da destacada bochófila ELIANE SOMAVILLA e estivemos na mesa do presidente da Liga,  NELSON SILVA. E fizemos até como uma obrigação, por ser homem da COMUNICAÇÃO ESPORTIVA e organizador do TROFEU DESPORTIVO CIDADE DE SANTA MARIA. Parabéns pela iniciativa, um evento bem organizado - quem faz sabe das dificuldades para realizar essa tarefa. Estanhamos e não foi justiticado publicamente a ausência da SCHEILA, por vários anos representou o ESPORTIVO e foi destaque NACIONAL,  que integra uma família de destaque na bocha santa-mariense. Extra-oficialmente nos disseram que não foi encontrada. ´Mas de qualquer forma o nosso registro.
E voltando ao TDSM, neste ano homenageará a bocha, nas pessoas da ELIANE, TENENTE e o PIRATINI.
Usando as palavras da amiga, vereadora REBELATTO, que no ano de 2013 seja realizada a II edição do ENCONTRO DA BOCHA FEMININA DE SANTA MARIA, se Deus quiser.
Parabéns CRUZEIRINHO, COMISSÃO ORGANIZADORA, COLEGA FABRÍCIO, MAGRÃO, LIGA e todos os HOMENAGEADOS e o que, por ventura, ficaram fora, sintam-se homenageados.
( CLERY QUINHONES DE LIMA- editor)


sábado, 10 de março de 2012

NOSSO BLOG DIVULGANDO A PARTICIPAÇÃO NAS ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTE

SANTA MARIA NO CURSO DA
FUNDERGS EM PORTO ALEGRE
Apesar da não divulgação por parte da FUNDERGS da realização de seu CURSO DE PROJETOS E CONVENIOS no dia 13, terça-feira, a cidade de Santa Maria estará presente.
Com a descoberta do REGIS REGINATTO do Trail Club Coração do Rio Grande e contato conosco do CAEL-SM e posteriormente o nosso contato com o professor JEAN PIERRE, da Associação Voleibol do Futuro - AVF está confirmada a participação da três entidades em Porto Alegre, mesmo o SITE da FUNDERGS ter informado de que não há mais vagas, o limite foi de 250 e todas estão inscritas, mas não quer dizer que estejam lá - a prática tem provado isso, ainda mais que as inscrições são gratuítas.
Isso demonstra o interesse destas Entidades em se atualizarem.
Em princípio, as Entidades irão com seus representantes em carro particulares, saindo na madrugada de terça-feira.
(CLERY QUINHONES DE LIMA - Editor).


JUDÕ TERÁ EXPRESSÕES OLÍMPICAS
NESTE MÊS EM SANTA MARIA
O ATC promove no dia 17 de março a estada de AURÉLIO MIGUEL medalhista Olímpico em seu clube e a ONG MUTAÇÃO traz Pedro Dias, português quinto colocado na Olimpíada de Pequim para ministrar uma clínica nos dias 24 e 25 de março e estará também presente na solenidade do TROFEU DESPORTIVO CIDADE DE SANTA MARIA. 

NOSSO BLOG DIVULGANDO AS ATIVIDADES FÍSICAS E AÇÕES NO ESPORTE

FUNDERGS PROMOVE CURSO SOBRE
PROJETOS E CONVENIOS
Soubemos ontem(dia9 de março) pelo nosso amigos REGIS, do TRAIL CLUB CORAÇÃO DO RIO GRANDE, da realização de um curso promovido pela FUNDERGS sobre Projeto e Convênios na próxima terça-feira, dia 13. Abrimos o site da FUNDERGS e estava os dados e informando de que as inscrições se encerraram.
Na qualidade de jornalista, estaremos presentes, com a prerrogativa que nos ampara - como nas informações não tem dados sobre a presença da Mídia - faremos o nosso credenciamento na hora. É assunto de interesse do Conselho Municipal de Esporte e Lazer, do qual somos secretário e do CAEL-SM, do qual somos presidente e particularmente nosso pois dispomos através da Rede Santa-mariense de Comunicação Esportiva - RESCE, vários Veículos que a integram, que abrem espaços para a divulgação de eventos desta natureza.
Estranho que o CAEL-SM já está inscrito na FUNDERGS como ENTIDADE ESPORTIVA.
Mas sem problemas, se Deus quiser, estaremos lá.
(CLERY QUINHONES DE LIMA - Editor)

E-MAIL ENVIADO À FUNDERGS

PREZADOS SENHORES, soubemos ontem, dia 9, de que haverá um curso na área de Elaboração de Projetos e Convênios, promovido pela FUNDERGS - Parabéns pela iniciativa, no entanto o CAEL-SM, já inscrito como ENTIDADE ESPORTIVA na FUNDERGS, não recebeu convite, mas estará presente. Também na qualidade de jornalista.

Vide matéria em nosso blog: www.saudepelapratica.blogspot.com

Se puderes nos dêem retorno. Fiquem com Deus.

CLERY QUINHONES DE LIMA - SANTA MARIA - RS

quinta-feira, 8 de março de 2012

O PILAR QUE BAMBEIA: “O PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA AUTONOMIA DA ADMINISTRAÇÃO ESPORTIVA”.


CLÁUDIO ROGÉRIO CONSOLO.
                                                           Capital - São Paulo – Brasil.
                           Neste trabalho irei abordar aspectos do “Princípio Constitucional da Autonomia da Administração Esportiva” distantes dos que, geralmente, envolvem os debates sobre o tema. A autonomia da administração esportiva é sempre debatida sob o enfoque dado pelo futebol. Em resumo: se os seus Clubes estão ou não submetidos aos contornos disciplinados pelo Código Civil, quando regula a forma e funcionamento das associações e empresas. Mas outras violações gravíssimas ao citado “princípio”, são também suportadas por muitas modalidades. Infelizmente a monocultura futebolística dos debates esportivos abafa situações absurdas, vivenciadas por outros segmentos esportivos, na maioria das vezes provocadas por administradores e políticas públicos. Princípio na lição do mestre Celso Antonio Bandeira de Mello “...é, por definição, mandamento nuclear de um sistema, verdadeiro alicerce dele, disposição fundamental que se irradia sobre diferentes normas compondo-lhes o espírito e servindo de critério para sua exata compreensão e inteligência, exatamente por definir a lógica e a racionalidade do sistema normativo, no que lhe confere a tônica e lhe dá sentido harmônico. É o conhecimento dos princípios que preside a intelecção das diferentes partes componentes do todo unitário que há por nome sistema jurídico positivo” . E citando novamente o insigne mestre“...violar um princípio é muito mais grave que transgredir uma norma qualquer. A desatenção ao princípio implica ofensa não apenas a um específico mandamento obrigatório mas a todo o sistema de comandos. É a mais grave forma de ilegalidade ou inconstitucionalidade, conforme o escalão do princípio atingido, porque representa insurgência contra todo o sistema, subversão de seus valores fundamentais, contumélia irremissível a seu arcabouço lógico e corrosão de estrutura mestra”. Lição que traduziu em voto proferido na PET-1458/CE (DJ 04-03-98, Julgamento 26/02/1998) “...o respeito incondicional aos princípios constitucionais evidencia-se como dever inderrogável do Poder Público. A ofensa do Estado a esses valores - que desempenham, enquanto categorias fundamentais que são, um papel subordinante na própria configuração dos direitos individuais ou coletivos - introduz um perigoso fator de desequilíbrio sistêmico e rompe, por completo, a harmonia que deve presidir as relações, sempre tão estruturalmente desiguais, entre os indivíduos e o Poder”. A respeito dos valores jurídicos contidos nos “princípios”, Paulo de Barros Carvalho entende que “...toda vez que houver acordo, ou que um número expressivo de pessoas reconhecerem que a norma “N” conduz um vector axiológico forte, cumprindo papel de relevo para a compreensão de segmentos importantes do sistema de proposições prescritivas, estaremos diante de um “princípio”. Quer isto significar, por outros torneiros, que “princípio” é uma regra portadora de núcleos significativos de grande magnitude influenciando visivelmente a orientação de cadeias normativas, às quais outorga caráter de unidade relativa, servindo de fator de agregação para outras regras do sistema positivo. Advirta-se, entretanto, que ao aludirmos a “valores” estamos indicando somente aqueles depositados pelo legislador (consciente ou inconscientemente) na linguagem do direito posto” . Nesta esteira podemos falar também em “sobreprincípios”, que portam valores que emergem “...pelo reconhecimento de outras normas que, tendo a dignidade de princípios, pelo quantum de valor que carregam consigo, fazem dele um “sobreprincípio”” . Assim, “sobreprincípios” são normas jurídicas portadoras de profunda carga axiológica, pois elevam-se da interpretação integradora de “princípios”. Portanto, o que difere um “sobreprincípio” de um “subprincípio” é a carga axiológica que eles carregam. Os primeiros não comportam flexibilização, já os segundos comportam dependendo da situação fática em que são aplicados. Os “sobreprincípios” têm a função de delinear os “princípios” e os “subprincípios”, portanto sua carga axiológica não permite flexibilidade. Para Gilmar Ferreira Mendes não era necessário que o “Princípio Constitucional da Autonomia da Administração Esportiva” estivesse expresso no inciso I do art. 217 da “Constituição Federal”, por que ...”não era preciso fazê-lo, pois sabemos que a idéia de liberdade de associação, prevista em todas as constituições modernas, de certa forma, já assegurariam a autonomia dessas entidades sem grande esforço hermenêutico ”, “...não percamos de vista, pois, a rigor, estamos aqui com uma especificação vamos chamar assim, de algo que já se faz de maneira muito clara no art. 5º , quando se cuida da idéia de liberdade de associação” . Tenho que discordar do ilustre Ministro Gilmar Mendes, por que a citada “especificação”, ao invés de ser considerada como algo desnecessário, em verdade, demonstra a carga axiológica que carrega o “Princípio Constitucional da Autonomia da Administração Esportiva”. A “Carta Maior” ao elevar a “Autonomia da Administração Esportiva” ao patamar de “Principio Constitucional”, em seu art. 217, ao mesmo tempo em que albergou nos incisos XVII, XVIII e XIX do art. 5º, que cuida dos “Direitos e Garantias Fundamentais” no “Estado Democrático de Direito”, os “Princípios da Liberdade de Associação” e da “Vedação da Interferência Estatal” (no funcionamento das associações), transformou-a em “Sobreprincípio Constitucional” do esporte brasileiro. O “Princípio Constitucional da Autonomia da Administração Esportiva” converge, ao fenômeno esportivo, a carga axiológica dos “Princípios da Liberdade de Associação” e da “Vedação da Interferência Estatal”, proibindo que o Estado se interfira em todas as particularidades inerentes às suas diversas manifestações. A proibição da interferência estatal, quando se trata de associação de cunho esportivo, é muito mais ampla do que a consignada no art. 5º para as associações, porque todas as características que compõem o fenômeno esportivo estão protegidas da intromissão do Estado. A existência da “Justiça Desportiva” que julga as infrações disciplinares e de competição, utilizando as regras aceitas pelas respectivas entidades nacionais de administração esportiva, comprova a ampla garantia contra a interferência do Estado, que a “Constituição Federal” concedeu ao fenômeno esportivo através do art. 217, que contém o “Sobreprincípio Constitucional da Autonomia da Administração Esportiva”. E não podemos entender essa verdadeira declaração de libertação do esporte, sem analisarmos o passado e compreender, em que ambiente se desenvolveu o fenômeno esportivo no Brasil. Até a “Carta Cidadã” o esporte brasileiro viveu sob a égide da intervenção estatal em tudo o que a ele se referia. Nosso primeiro ato regulatório esportivo nasceu na ditadura de Getulio Vargas em 1941, que copiou a legislação fascista que vigia na Itália, absolutamente intervencionista, como é natural a todo regime de exceção. Era o Decreto-lei 3.199 que vigorou até 1975. “Em seis de outubro de 1975 foi editada a Lei n.º 6.251. No ano de 1975 o Brasil vivia sob o regime de uma ditadura militar, era presidente da república o General Ernesto Geisel, era ministro da Educação e da Cultura o então coronel Jarbas Passarinho, também militar. Na realidade essa Lei n.º 6.251foi uma cópia do Decreto-Lei 3.199, uma roupagem diferente é bem verdade, mas ainda prevalecia a mão forte do Estado a ditar regras e normas sob a forma de organização do esporte” . Em 1988 houve uma ruptura com a forma de Estado que existia até então, quando da promulgação da Carta Cidadã, que criou o chamado “Estado Democrático de Direito”. Antes a administração pública a tudo podia intervir com discricionariedade quase sem limites, ou melhor dizendo, com arbitrariedade. Depois de 1988 esta situação se inverteu, a Lei passou a ser o limite da discricionariedade, principalmente os “Princípios Constitucionais” que regem a administração pública, albergados no artigo 37 da “Constituição Federal”. E em relação ao esporte a “Constituição Federal” concedeu ampla garantia de liberdade e respeito às suas diversas formas de manifestação, ao explicitar o “Principio da Autonomia da Administração Esportiva”, cujo valor somado aos valores intrínsecos aos “Princípios da Liberdade de Associação” e “Vedação da Interferência Estatal”, o transformou em verdadeiro “Sobreprincipio Constitucional” do esporte brasileiro. Intencionalmente ou não, a “Constituição Federal” concedeu ampla garantia contra a interferência do Estado em assuntos esportivos. Podemos afirmar com certeza que a “Autonomia da Administração Esportiva” é o mandamento nuclear do sistema esportivo pátrio, portanto, sua violação, representa insurgência contra todo o sistema jurídico positivo.

Mas qual é a abrangência da “Autonomia da Administração Esportiva”?

                         Certamente ela não se restringe a liberdade das associações esportivas de determinar as regras para o funcionamento dos seus expedientes de trabalho. Como afirmei, até hoje o debate sobre a sua abrangência ficou restrito a se os Clubes de Futebol estão ou não regulados pelo Código Civil, por que o futebol nunca foi obrigado a ser praticado por regra ditadas por algum administrador público ou pela ABNT . E também não há a menor possibilidade de um jogo de futebol ser paralisado por um administrador público, no exercício da função pública, para que ele passe a ser praticado como ele “acha” que deve ser. Pode parecer ridículo a um primeiro momento, mas se, por enquanto, não existem regras a ser aplicadas por empresas certificadoras do sistema ABNT, que irão aferir quem é ou não jogador de futebol, árbitro ou técnico e o que eles podem fazer, o mesmo não se pode dizer em relação ao segmento esportivo de aventura. E se o exemplo citado de interferência de um administrador público não existe a menor possibilidade de acontecer ao futebol, o mesmo não pode ser dito em relação aos esportes aéreos, como será demonstrado. E retomando a análise sobre a abrangência do “Sobreprincípio Constitucional da Autonomia da Administração Esportiva”, farei referência a diversos juristas que delinearam os seus contornos. O primeiro é o parecer do consultor da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados, Emille Bouldens, em seu estudo de fevereiro de 2002, encomendado pela Comissão Parlamentar de Inquérito CBF/Nike, intitulado “CPI CBF/Nike: Texto e Contexto , Natureza Jurídica das Entidades Desportivas”: “A Constituição Federal de 1988, ao mesmo tempo que, no art. 24, preceituou a competência legislativa concorrente em matéria de desporto (aliás, raramente lembrada nos estudos sobre este assunto), proclamou a autonomia das entidades desportivas quanto a sua organização e funcionamento (art. 217, I). Daí que a necessidade de uma atualização das legislação desportiva não se fez esperar. A nova lei, de nº 8.672, ficou pronta em 6 de julho de 1993 e, no art. 18, reafirmou o princípio da libertação do desporto da tutela do Estado, em artigo que, posteriormente, foi transcrito na Lei Pelé (art. 26): “Atletas, entidades de prática desportiva e entidades de administração do desporto são livres para organizar a atividade profissional de sua modalidade, respeitados os termos desta Lei”. E prosseguindo, em seu acertado raciocínio: No âmbito de suas atribuições, as entidades nacionais de administração do desporto têm competência para decidir as questões relativas ao cumprimento das normas e regras de prática desportiva (art. 47), podendo aplicar sanções com o objetivo de manter a ordem desportiva e o respeito aos atos emanados de seus poderes internos.Nessa toada o Eminente Ministro César Peluzo, assim se refere ao Princípio em análise, nos debates a respeito da ADIN 3.045: "E o art. 217 a mim parece, com o devido respeito, proíbe que o Estado intervenha na organização de associação desportiva, isso é, trata-se de norma protetiva contra ato concreto de intervenção estatal, não contra o poder de legislar sobre formas gerais de associação. Essa parece-me ser a diferença". E na mesma corrente doutrinária o Mestre Marcilio Krieger sustenta que: "Autonomia desportiva é o princípio segundo o qual as pessoas físicas e jurídicas têm a faculdade e liberdade de se organizarem para a prática desportiva (Lei geral sobre Desportos, art. 2º, II) sem a interferência estatal no seu funcionamento (Constituição Federal, art. 5º, XVII e XVIII), desde que respeitado o princípio da soberania (Constituição Federal, art. 1º, I, c/c LGSD, art. 2º, II)". E o Mestre Álvaro de Melo arremata: O que se pretende com este inc.. I do art 217 é a autonomia para que as entidades desportivas dirigentes e associações tenham sua (própria) forma de organização e funcionamento, sem nada de padronização ou feitio estereotipado nos assuntos interna corporis. Vale dizer, afasta-se a autoritária e despropositada intromissão estatal nas questões internas da administração do desporto, prática essa incompatível com o regime democrático.As citações acima confirmam as claras e transparentes palavras da “Constituição Federal” que vedam a “...autoritária e despropositada intromissão estatal nas questões internas da administração do desporto, prática essa incompatível com o regime democrático”. Todas concluem que questões internas referentes à administração e funcionamento das entidades desportivas estão livres da interferência estatal, mas nenhuma as enumera. Pretendo aqui fazer emergir ao menos duas através da interpretação do art. 217 da “Constituição Federal” e Lei 9.615/98, sem entrar no mérito das discussões promovidas pelo futebol acerca do Código Civil.A primeira questão interna à administração do desporto que trago a análise é o estabelecimento de regras de prática e disciplina desportivas. A Lei 9.615/98 que regulamenta o art. 217 da “Constituição Federal”, assim declara em seu artigo inaugural:

“Art. 1o O desporto brasileiro abrange práticas formais e não-formais e obedece às normas gerais desta Lei, inspirado nos fundamentos constitucionais do Estado Democrático de Direito.

§ 1o A prática desportiva formal é regulada por normas nacionais e internacionais e pelas regras de prática desportiva de cada modalidade, aceitas pelas respectivas entidades nacionais de administração do desporto.

§ 2o A prática desportiva não-formal é caracterizada pela liberdade lúdica de seus praticantes.” (grifos nossos)

                         Se ainda levarmos em conta que estas regras são as que abastecem a Justiça Desportiva para pronunciar suas decisões (§ 1º e 2º do art. 217 da “Constituição Federal”), sem margem a qualquer dúvida podemos afirmar que o estabelecimento de regras de disciplina e prática desportivas estão entre as questões internas da administração esportiva, portanto, protegidas da interferência estatal. Outra questão que também está protegida da interferência estatal é a forma com que os praticantes decidem se organizar para a prática desportiva. Ao Estado não é permitido interferir nestes assuntos, seja de forma direta ou transversa. Não poderia, por exemplo, o Ministério do Esporte encaminhar documentos para uma determinada entidade internacional, a fim de induzi-la a trocar o seu representante no país. Isto aos olhos de qualquer um seria flagrantemente inconstitucional. A carga axiológica contida no “Sobreprincípio Constitucional da Autonomia da Administração Esportiva” é de fácil compreensão e os valores jurídicos aí contidos rechaçariam qualquer entendimento a favor de se permitir que o Ministério do Esporte viesse a cometer as condutas citadas a título de exemplo. Agora vejamos exemplos de violações concretas no segmento dos esportes aéreos: O extinto Departamento de Aviação Civil-DAC, através de seu Departamento de Aerodesporto, foi pródigo em promover atos que atentam contra o “Estado Democrático de Direito”. Entre eles podemos citar dois atos administrativos dignos da pior fase da ditadura militar, se chamam “Regulamento Brasileiro de Homologação Aeronáutica 140”, ou simplesmente “RBHA140” e a “Instrução de Aviação Civil 3315”, ou simplesmente “IAC 3315”. O “RBHA 140” que tem o seguinte título: “Reformula e renumera a norma que dispõe sobre a organização e o funcionamento de Aeroclubes e Clubes de Aviação.” Entre as suas inúmeras ilegalidades podemos citar que ele obrigava as entidades aéreo desportivas a adotar um Estatuto Social previamente redigido pelo DAC, que as subordinavam aos mandos do Chefe do Departamento do DAC, inclusive com uma curiosa disposição: “140.51 - CARTEIRAS FUNCIONAIS (a) Os diretores e conselheiros de um Aeroclube ou Clube de Aviação têm direito a uma carteira funcional expedida pelo D.A.C.” Vejamos agora o conteúdo da “IAC 3315”; é este o seu Título: “Normas Para Intervenção em Entidades Aerodesportivas”. Chega a ser pitoresco o seu texto e vamos citar apenas alguns trechos: “II-Metodologia da Intervenção (...)Em decorrência do ato de intervenção os membros do Quadro Administrativo serão imediatamente afastados . Esse ato designará o interventor que, a partir deste momento , assumirá a direção da entidade...” IV- Do Retorno á Normalidade(...) 1- O objetivo final da intervenção é a volta da organização aos padrões de eficiência desejáveis , de modo a ser mantida a finalidade para a qual foi criada ou , não sendo possível , então, em última instância, deverá ser proposta ao Diretor Geral do Departamento de Aviação Civil a cassação da Entidade Aerodesportiva , de acordo com o disposto no Art. 55 do Decreto –Lei no 32 , de 18 de novembro de 1966” ( Código Brasileiro do Ar.) (Grifos nossos) Seria risível, se não fosse também um crime, “Abuso de Autoridade”, como dispõe o Artigo 3º da Lei 4.898,nos termos da letra “f”: “Artigo3 Constitui abuso de autoridade qualquer atentado: f) à liberdade de associação.” (Grifos nossos). Através de dois outros regulamentos, o DAC disciplinava todos os aspectos de prática desportiva em parapente, e todos os esportes aéreos tinham ou têm o seu regulamento de prática desportiva, ditado pela administração pública. No parapente foi o “RBHA 103” sucedido pelo “RBHA 103-A”, que, além de determinar qual era a entidade nacional à qual os esportistas deveriam se filiar, exigiam expressamente que o citado texto do “RBHA 140” fosse cumprido por todos os clubes de prática desportiva. Inúmeras outras exigências absurdas continham nestes regulamentos, entre elas um procedimento de homologação dos espaços aéreos, para a prática de parapente, que solicitava documentos emitidos por topógrafo, que simplesmente não existem! O que demonstra o nível do dolo em interferir, sem qualquer vínculo com a legalidade, do Departamento de Aerodesporto do DAC. E não podemos nos esquecer do fato, de que são os praticantes que conhecem quais são os terrenos adequados, para a saída e retorno de um parapente, e não os topógrafos.



                         Fechando o pequeno rol de exemplos sobre o que acontece nos esportes aéreos brasileiros, entre muitos outros que mantenho em coleção, trago um oficio de 02 de julho de 2000, emitido pelo então Chefe do Departamento de Aerodesporto do DAC a uma associação de esporte aéreo : “Solicito os bons ofícios de VSa. no sentido de realizar uma Assembléia Geral Extraordinária, o mais breve possível, para RE/RATIFICAR as deliberações da Assembléia Geral Extraordinária de 20 de junho de 1999, e eleger o Conselho Fiscal da Associação Brasileira de Vôo Livre (ABVL).Outrossim, tendo em vista o que consta do art. 1º, do item II do art. 8º, da letra “b” do art. 13 e do parágrafo 3º do art 27 do Estatuto da ABVL, solicito, também, a V. Sa. Informar à Assembléia Geral a ser realizada que os membros eleitos deverão ter mandato até 31 de dezembro de 2000”. Por tudo o que foi exposto fica comprovado o quanto o “Estado Democrático de Direito” tem que avançar no segmento aéreo esportivo. Passo agora a exemplificar o que está acontecendo com os esportes de aventura, onde mais uma vez o “Sobreprincípio Constitucional da Autonomia da Administração Esportiva” vem sendo severamente espancado. A todo esporte de aventura há um fator de risco, que confere nome ao próprio segmento, administrado dentro de regras e normas específicas em cada modalidade esportiva, para impedir que a segurança dos seus praticantes seja comprometida. Portanto, os esportes de aventura são práticas desportivas formais, isto é, possuem normas e regras de práticas rígidas. Os esportes de aventura possuem técnicas, características e dinâmica inerentes ao meio em que se desenvolvem, não sendo atividades que podem ser realizadas por leigos, muito menos por eles fiscalizadas e regulamentadas. Como qualquer atividade esportiva, os esportes de aventura podem ser praticados a título de lazer, desenvolvidos em clubes de prática esportiva, em aéreas de parque e propriedades privadas. A comercialização das atividades esportivas formais a título de lazer dos chamados “esportes de aventura” recebeu o rótulo de "turismo de aventura". No chamado “turismo de aventura”, é fato notório que as técnicas, formação pessoal, equipamentos e a atividade em si são esportivas, podendo a locução adjetiva “turismo de aventura” se referir tão somente à economia que pode ser gerada pela prática das modalidades esportivas formais de aventura a título de lazer. Mas o Ministério do Turismo promoveu a criação de um sistema de administração esportivo paralelo para os esportes de aventura dentro do sistema capitaneado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT. Um verdadeiro absurdo que permite que empresas certifiquem se praticantes de esportes aventura (de risco) estão aptos em suas modalidades sem a interferência das entidades administradoras destas modalidades. Os exemplos citados demonstram que o meio esportivo tem que começar a se agitar para defender o seu alicerce na “Constituição Federal”. Paulo de Barros Carvalho em artigo publicado no livro “Elementos Atuais de Direito Tributário”, da lavra de Ives Gandra Martins, quando trata da “Violação de Princípios” e de “Sobreprincípios” nos dá lição clara da importância de se reparar as violações aos seus comandos, como forma de “...afirmá-lo como vetor relevantíssimo do sistema”. “Agora, se a agressão prospera, surte efeitos que se consolidam na ordem jurídica; se o Poder Judiciário a absorve, então se opera uma modificação no sistema, simplesmente porque a norma que hospedava certo sentido, adquire outra interpretação, passando a abrigar novos valores. E como esses valores são muito significativos, já que influenciam importantes porções de outras regras do conjunto, o antigo princípio já não se apresenta com eficácia, substituído que foi por vetores que atuam em outra direção semântica. Fixemos-nos, porém num ponto: a substituição de um princípio por outro, construído por alterações que se realizam no plano pragmático, é algo natural e perfeitamente compreensível, mesmo porque a sociedade humana vive em constante mutação, e os conteúdos axiológicos exercem um papel histórico, portanto delimitado no tempo. A distorção significativa a que aludimos, contudo, manifesta-se de maneira um pouco diversa: em determinado preceito do sistema se reconhece a presença de um valor, que todos apontam. Mas, no percurso da sua implantação para disciplinar as condutas em interferência intersubjetiva, ocorrerem desvios, de tal sorte que, ao chegar no seu destino, a norma não traz a mesma orientação valorativa. A caso se consolide a situação final, diremos que o princípio foi violado. Entretanto, se funcionarem os dispositivos de recomposição, o princípio será reafirmado, saindo fortalecido. Transportando-se a reflexão para o domínio dos sobreprincípios, em particular o da “segurança jurídica”, é possível dizermos que não existirá, efetivamente, aquele valor, sempre os princípios que o realizem forem violados. Tratando-se de entidades axiológicas, onde, como vimos, o teor de subjetividade é decisivo para identificar resultados, não cabe atinarmos com dados quantitativos, motivo pelo qual não se cogita de saber se uma única transgressão consolidada é suficiente ou se o juízo de reconhecimento requer uma sucessão delas” .

                       A falta de construções doutrinárias a respeito dos limites e abrangência do “Sobreprincípio Constitucional da Autonomia da Administração Esportiva” e a gravidade com que certos segmentos esportivos são assaltados em seus direitos, principalmente pelo próprio Estado, sem qualquer tipo de repercussão no meio esportivo, estão fazendo com que a “Autonomia da Administração Esportiva”, “Sobreprincípio” esportivo, erigido pelo legislador Constituinte, comece a balançar para cair. Tenho observado a falta de sensibilidade aos seus valores, principalmente nas negativas às cautelares, nos processos gerados por alguns dos exemplos aqui citados. Se o esporte como um todo, defendesse de forma unida os seus interesses, tenho certeza que o quadro seria outro. Se de um lado é um absurdo imaginar que um grupo formado por donos de hotéis, casas de show e de teatro pudessem criar normas na ABNT para regulamentar a cultura, de outro fizeram isso em relação a um segmento esportivo e não houve qualquer pressão do meio contra este absurdo. Repito, a falta de construções doutrinárias e jurisprudenciais que delineiem a real abrangência da “Autonomia da Administração Esportiva” e a comprovada existência de violações significativa aos seus valores, afrouxaram a ponto de ruir o alicerce central do desporto brasileiro.

(MELLO, Celso Antônio Bandeira de, Curso de direito administrativo. 8ª ed..São Paulo: Malheiros Editores, 1996, pp.:545/546, apud, GRAU, Eros Roberto. A ordem econômica na constituição de 1988, 4ª ed.. São Paulo: Malheiros Editores, 1998, p.78/79)



(MELLO, Celso Antônio Bandeira de, Curso de direito administrativo. 8ª ed..São Paulo: Malheiros Editores, 1996, pp.:545/546, apud, GRAU, Eros Roberto. A ordem econômica na constituição de 1988, 4ª ed.. São Paulo: Malheiros Editores, 1998, p.78/79)


Paulo de Barros Carvalho, Elementos Atuais de Direito Tributário p. 401/401.


Paulo de Barros Carvalho, Elementos Atuais de Direito Tributário p. 408/408.


Direito Desportivo, 1ª edição, Editora Jurídica Mizuno, Gilmar Ferreira Mendes p. 263/263.


Direito Desportivo, 1ª edição, Editora Jurídica Mizuno, Gilmar Ferreira Mendes p. 280/280.


Direito Desportivo, 1ª edição, Editora Jurídica Mizuno, Carlos Miguel Castex Aidar, p. 18 e 19


Associação Brasileira de Normas Técnicas.


Mello, Álvaro. O desporto. São Paulo: Malheiros, 1995, p. 69.


Oficio 018/TE-3/153 de 02 de junho de 2000 do Chefe do Departamento de Aerodesporto do DAC.


Elementos Atuais de Direito Tributário. Ed Jurua . 1ª edição p. 412 e 413.

NOTA  DO EDITOR - ( Essa publicação foi autorizada pela autor a ser publicada nos Veículos em que a QUILISPORT tem acesso - Clery Quinhones de Lima - Editor)