sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Pinheiros sai na frente nas finais da
 Liga Nacional Masculina de Handebol
Equipe venceu a Metodista e agora tem a vantagem para a última partida no domingo



São Bernardo do Campo (SP) - O EC Pinheiros (SP) saiu na frente nas finais da Liga Nacional Masculina de Handebol. Contra a Metodista/São Bernardo/Besni (SP), o time da capital venceu por 27 a 24 (14 a 13 no primeiro tempo), a primeira partida disputada na noite desta quinta-feira (29), no ginásio Vitório Zanon (Baetão), em São Bernardo do Campo (SP). O segundo e decisivo jogo será disputado no domingo (2), no ginásio Henrique Villaboim (dentro do clube Pinheiros), às 20h.

O Pinheiros começou no ataque e logo de cara encontrou o forte bloqueio da Metodista. Depois de trabalhar bem a primeira jogada, Matheus abriu o placar com um chute do meio da quadra. A equipe da casa revidou e também abriu o placar rapidamente. Daí em diante, o equilíbrio predominou, como já era esperado, principalmente pela excelente atuação dos goleiros Rick, da Metodista, e Marcão, do Pinheiros. Até o final do primeiro tempo, o marcador não mostrava a vantagem de nenhum dos dois lados e terminou com apenas um gol de diferença para os visitantes: 14 a 13.

No segundo tempo, o equilíbrio permaneceu, mas o Pinheiros conseguiu se sobressair um pouco com ataques precisos, desestabilizando a defesa da Metodista. A maior vantagem veio após os 20 primeiros minutos, quando conseguiu abrir três gols e daí pra frente, manteve a diferença até o final..

Apesar da vitória, o Pinheiros não se vê favorito ao título. De acordo com o treinador da equipe de São Paulo (SP), Sérgio Hortelan, apesar da vantagem, a equipe não pode relaxar. "A partida de hoje foi muito boa, apesar de poucos gols. Para mim, o destaque da nossa equipe foi a defesa.. Ganhar é importante, ainda mais fora de casa, mas essa vantagem não assegura nada", afirmou.

O goleiro César de Almeida, o Bombom, também não acredita em favoritismo. "Esta partida foi um clássico. Apesar da vitória, não tem nada definido, até porque a diferença de gols foi muito pequena. Com certeza, o próximo jogo terá um ritmo ainda mais forte", destacou.

O técnico da Metodista, José Ronaldo do Nascimento, o SB, disse que já esperava um jogo difícil, mas que apesar da derrota o placar foi equilibrado todo o tempo. "Principalmente no segundo tempo, o lado ofensivo deles funcionou muito bem e nós tivemos muitos erros de defesa", destacou. No entanto, ele frisa que o campeonato ainda está em aberto e eles farão de tudo para reverter a desvantagem no domingo. "Tivemos também pontos positivos. O Chiuffa, por exemplo, finalizou muito bem e fez uma diferença", completou.

O armador Japa lembrou os erros cometidos pela equipe durante a partida. "Erros como estes não podem acontecer em um jogo de final. Perdemos vários contra-ataques e nossa defesa falhou em muitos momentos. Temos que analisar tudo muito bem agora e melhorar o que não saiu direito", analisou.

Gols: Metodista - Fábio Chiuffa (13), Julio (3), Japa (2), Tupan (2), Babo (1), Carlito (1), Valadão (1) e Vini (1). Pinheiros: Yano (5), Gui (5), Zeba (4), Tchê (3), Didier (3), Zé (2), Matheus (2), Oswaldo (2).





Nenhum comentário: