sábado, 8 de dezembro de 2012

BLOG DIVULGANDO A ATIVIDADE FÍSICA, ESPORTE, LAZER E EVENTOS ESPORTIVOS

Projeto Memória do Esporte de SM - III Livro - PROESP-SM:
LANÇAMENTO EXITOSO 
NA CÂMARA DE VEREADORES SM
COM MANIFESTAÇÕES COMUNITÁRIAS
Na noite de 7 de dezembro, o handebol brasileiro, gaúcho e santa-mariense foi destacado através do projeto MEMÓRIA DO ESPORTE DE SANTA MARIA, com a publicação do III LIVRO com o título: ESPORTES REVISADOS EM SANTA MARIA - HANDEBOL,  pelo Profissional de Educação Física e Jornalista CLERY QUINHONES DE LIMA, pelo Centro de Apoio ao Esporte e lazer de Santa Maria - CAEL/SM, patrocinado pelo PROESP-SM - Lei de Incentivo ao Esporte de Santa Maria.
Essa obra faz parte do resgate do esporte de Santa Maria para culminar com a criação do MUSEU DO ESPORTE DE SANTA MARIA.
Com a presença de autoridades esportivas, apoiadores, amigos do handebol e familiares reviveram momentos de reconhecimento ao esporte que mais destacou a Cidade de Santa Maria. Teve a manifestação de depoimentos de pessoas da comunidade, que testemunharam a importância do elo do esporte com a comunicação, cujo esporte sempre teve o acompanhamento da Imprensa.
TODO O DESENVOLVIMENTO DO CERIMONIAL DE LANÇAMENTO DO LIVRO III, DO PROESP-SM estará a seguir com texto de QUILISPORT/ CAEL -SM e fotos de Edson/VISÃO.


Câmara de Vereadores de Santa Maria
 Algumas edições do Livro III
 Recepção para as assinaturas de presenças ( filha Luany e Lucia, esposa de CLERY)
Público entrando na Câmara
 Inicia o evento, filmagem da TV Câmara
 Miguel Gomes,  apresentador do Evento.
 Clery concentrado, revivendo o texto mencionado por Miguel


Miguel – Autoridades, convidados, familiares, dirigentes, técnicos, atletas, enfim desportistas muito boa noite.

AFIRMAMOS: “A busca da história do esporte leva a uma trajetória de criações, manifestações estéticas e éticas que remete à afirmação de que o esporte é um fenômeno humano e sócio-cultural incomparável que transcende a todas as áreas de atuação no Universo.”


          “ Os fatos acontecem e é necessário de que haja a documentação. Todos sabem que o esporte é fato consumado faz parte da vida das pessoas. Ele acontece na prática, mas é necessário de que ele seja também registrado. Pensando nisso, há anos, Clery Quinhones de Lima, Profissional de Educação Física e Jornalista, tem sido uma memória viva; a partir de 1989, com a criação da QUILISPORT e mais tarde em 2005, com o CENTRO DE APOIO AO ESPORTE E LAZER DE SANTA MARIA-CAEL-SM teve essa soma conjugada para ainda tornar mais forte o seu propósito. Sabe-se que a  dinâmica de uma gestão está no COMUNICAR com CLAREZA e AGIR com RAPIDEZ. Isto é: uma AÇÃO com VELOCIDADE, CONCENTRAÇÃO e COMUNICAÇÃO. Perguntamos hoje quem faz isso? Imaginem nós, que trabalhamos com o esporte que é puro DINAMISMO e MOVIMENTO.
         Com a Lei de Incentivo ao esporte pelo Município de Santa Maria, criada em 2008 e teve a sua implantação em 2009, portanto consolida-se em seu quarto ano de existência, a idéia de documentação está sendo possível, pois CLERY criou o projeto MEMÓRIA DO ESPORTE DE SANTA MARIA, que inicialmente entrega pelo PROESP-SM, o terceiro livro: 2010 – Foi O ESPORTE DE SANTA MARIA NO PÓDIO; 2011 – SANTA MARIA SOB O OLHAR DA MIDIA ESPORIVA e neste ano de 2012 edita o terceiro livro, com o nome de ESPORTES REVISADOS EM SANTA MARIA – Handebol e que terá sequência nos demais anos, com outras modalidades esportivas. Esse é o passo inicial – resgatar o esporte e traduzir de forma impressa e paralelamente ir montando o acervo para que no futuro tenha o MUSEU DO ESPORTE DE SANTA MARIA.

        Miguel – Queremos dar ênfase que o livro: “ESPORTES REVISADOS EM SANTA MARIA – HANDEBOL “ é a terceira  publicação apoiada pelo PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO ESPORTE – PROESP, com captação de verbas pela Lei de Incentivo ao Esporte. Neste terceiro livro do CAEL-SM foram patrocinadores TREVICENTER, UNINGÁ-SE, SUPERAUTO, WALTER BELTRAME E MAISON REDEVANCE.

Clery recebe as autoridades que irão compor a mesa diretiva: Aqui com a Vereadora SANDARA REBELATTO.
 Vitor Ribeiro, do COSM, representanto CHRISTIAN BERTOIA, presidente do CMEL.
 Professor DIDA, Secretário Municipal de Esportes e Lazer
 Pedro Lang, introdutor do handebol em Santa Maria
 Iradil Antonello, Presidente da Federação Gaúcha de Handebol
 Valdemir Binotto, diretor da UNINGÁ-SM, apoiador dos eventos do CAEL-SM, pelo PROESP-SM
 Mesa no momento do Hino Nacional projetado na tela, em que músicos regionais, tocam o hino com seus instrumentos.
 Ex- militar e hoje empresário, no devido respeito, na hora do Hino Nacional
Publico na hora do Hino
 Constituição da Mesa: Iradil, Lang, Dida, Sandra, Binotto e Clery
A fala de Clery, presidente do CAEL-SM e autor do livro III

CLERY –  Boa noite amigos do esporte, OBRIGADO pelas suas presenças e já de início agradecemos a CAMARA DE VEREADORES pela cedência do espaço, dando-nos a oportunidade de fazermos o lançamento do III LIVRO, dentro do projeto MEMÓRIA DO ESPORTE DE SANTA MARIA. Quis o SENHOR DEUS que estivéssimos reunidos nesta noite,  para celebrar mais um momento lindo do Esporte. Como dizemos a 21 anos, com o TROFEU DESPORTIVO CIDADE DE SANTA MARIA, o Esporte está no Pódio.  Graças a DEUS e a Lei de Incentivo ao Esporte do Município podemos estar entregando o III LIVRO DO PROJETO MEMORIA DO ESPORTE DE SANTA MARIA, agora o livro: ESPORTES REVISADOS EM  SANTA MARIA - HANDEBOL.” É o terceiro de  tantos outros. A sua tiragem é de 1000 livros, mas possível de ser alcançada a nossa população, pois será entregue a todas as escolas da rede municipal do Município( escolas municipais, estaduais, federais e particulares), entidades esportivas, sindicatos, associações e bibliotecas.
     Este  TERCEIRO livro dá sequência ao PROJETO que tem a pretensão no futuro de termos um MUSEU DO ESPORTE. O propósito inicial é registrar o esporte, constituir um acervo bibliográfico e de materiais do esporte para que se tenha o futuro MUSEU.
     Amigos, tivemos a felicidade de podermos fazer um pré-lançamento desse livro no auditório do Complexo Turístico VILA GALÉ, na Praia de Guarajuba – Camaçari, 60 km de Salvador, na Bahia. Graças a concedência do Presidente MANOEL LUIZ DE OLIVEIRA, da CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL – CBHb, no 10º ENCONTRO NACIONAL DOS PROFESSORES DE HANDEBOL DAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS.
   
     O Porquê da publicação desse livro?  Por que se registra o que foi o esporte, a sua história e a nossa vivência de quase 4 décadas na COMUNICAÇÃO, respirando esporte, como profissional de Educação Física, jornalista, promotor e gestor do Esporte e Lazer, conduz-nos a essa caminhada. Sabemos que a documentação é necessária  e o esporte, pela sua abrangência e importância no contexto da sociedade, merece ser registrado. Ele faz também a história de um povo.
    Soma-se  a essa CAMINHADA DA MEMÓRIA DO ESPORTE,  como todos sabem, a CAMPANHA SOS UM PARCÃO PARA SANTA MARIA que felizmente encaminha-se para o PARQUE DA JOCKEY CLUBE, em fase inicial.
     Amigos, nesta caminhada de publicação de livros, contamos com a captação de recursos, contemplação pela Lei de Incentivo ao Esporte, o que somos muito gratos. É bom que se diga, criada em 2008,  no Governo de Valdeci Oliveira, quando Secretário de Esportes, professor LUIZ CELSO GIACOMINI e que teve a manutenção da LEI com o prefeito SCHIRMER.
    Captar recursos, recorrer a pessoas e empresas não é fácil, mas como tudo na vida, tem luta, cada manifestação de apoio, nos dá ânimo para continuar a caminhada que tem objetivo de buscar melhores condições do desenvolvimento e difusão do esporte para a comunidade de SANTA MARIA. 
        Não vamos nos estender muito no assunto livro, pois tem mais pessoas para falarem e certamente cada um está com a expectativa de ter em mãos o nosso livro terceiro livro.
    O livro do CAEL-SM, apoiado pela Lei de Incentivo através do PROESP-SM, contou com os apoios de TREVICENTER, UNINGÁ-SEM ( INSTITUTO ELEVA DE ENSINO), SUPERAUTO e MAISON .
    O livro em seguida estará em suas mãos, mas é preciso que se diga que a escolha de iniciar o resgate do esporte santa-mariense pelo HANDEBOL é uma forma de prestar a nossa HOMENAGEM, pois foi o esporte que nos oportunizou conhecer praticamente o Brasil e várias partes do mundo, realizar coberturas de regionais, nacionais e internacionais, fechando 6 Olimpíadas, ao vivo, Barcelona, Atlanta e Sydney e pela internet e TV, as de ATENAS, PEQUIM E LONDRES.
     E também por ser o HANDEBOL o um dos esportes que mais títulos deu ao Município, levando técnicos e atletas à seleções brasileiras em Panamericanos, Mundiais e Olimpíadas.
    Não vamos falar muito sobre aquilo que está no livro, pois todos vocês que estão nos prestigiando ganharão o seu exemplar.
        Amigos, encerramos o livro com UM POSICIONAMENTO em que reforçamos o nosso ponto de vista para que SANTA MARIA SEJA CADA VEZ MAIS UMA CIDADE ESPORTIVA E DE LAZER.
       É necessário a união todos,  esforços conjugados, com o  respaldo nas leis que já existem no âmbito federal, estadual e municipal. É imperioso ousar e aplicar os  dispositivos existentes, e que os compromissos  sejam assumidos com ação e atitude.
    Este  TERCEIRO livro, que está sendo entregue à comunidade santa-mariense, inicia o resgate do esporte local, começa com o handebol e terá sequências em próximas edições com outras modalidades, assim cumprimos com uma pequena parte daquilo que se quer  do projeto Memória do Esporte de Santa Maria.
         Portanto, o Projeto MÉMÓRIA DO ESPORTE DE SANTA MARIA está vivo, sabe-se que a jornada será longa e difícil. Por isso, ele é movido pela força, persistência, dedicação e o bem- comum,  daí o porquê de se prosseguir combativamente essa caminhada. Roga-se a DEUS que seja dado o discernimento e sabedoria  para que se possa continuar com essa empreitada arrojada.
         A QUILISPORT – Assessoria, Comunicação e Promoções Esportivas juntamente  com o Centro de Apoio ao Esporte e Lazer de Santa Maria – CAEL/SM, podem ter a certeza que sempre  tiveram  cuidados especiais, que transcendem seus propósitos, sabem que estão voltados para a  verdade, para abrir caminhos que levem ao resgate do esporte, uma boa e necessária relação com a MIDIA ESPORTIVA  dessa SANTA MARIA que precisa ter viva a sua história, também,  no esporte.
        É necessário, entretanto, mais suportes, mais recursos financeiros, ideias e parceiros para que ações em conjunto abram caminhos e assim facilitem a concretização desta causa.
          Costuma-se dizer que não se deve ficar contente com que se tem quando se sabe que muitas outras coisas são necessárias. Nesse sentido, com a orientação de Deus, a disposição e a certeza de que só tentando, pode-se alcançar o que se busca. Então, que  se faça valer essa afirmação, renovando energias e conclamando para que nessa jornada, atinja-se o pódio e que todos, felizes, possam arrancar aplausos da arquibancada.
         Com Deus no coração, mãos à obra, muito trabalho  ainda há pela frente. Fica o convite  àqueles que sentirem dispostos a colaborar  em favor dessa causa, pois a retribuição virá  e estejam certos: quando se faz mais pessoas felizes, mais feliz se é. Essa é a lei de Deus...
SAUDE PELA PRÁTICA


Depois da fala de Clery, foi exibido uma projeção com ilustrações do pré- lançamento do LIVRO III , de Handebol, na Praia de Guarajuba, Camaçarim -SALVADOR/BA, por ocasião do ENCONTRO NACIONAL DOS PROFESSORES DE HANDEBOL DAS UNIVERSIDADES BRASILEIRA, promovido pela CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL -CBHb e junto a mensagem do Professor MANOEL LUIZ DE OLIVEIRA, presidente da CBHb.

Logo após, Miguel Gomes leu o e-mail enviado pelo professor LUIZ CELSO GIACOMINI, o maior nome do handebol santa-mariense, que esteve ausente:
"  Amigo Clery:
Infelizmente por motivos que superam minha vontade não poderei estar
presente neste momento importante para a história que juntos ajudamos
a construir.
Talvez poucas pessoas tenham o interesse e a vontade de estar presente
como eu, pois com absoluta certeza , dificilmente alguma modalidade
esportiva escreverá uma história tão rica de conquistas como o nosso
handebol. Gostaria que fosses o portador de meus agradecimentos a
todos que estiveram nesta caminhada de conquistas; atletas,familiares,
dirigentes e professores e publico em geral, que aí estarão apoiando
este momento, e especialmente quero que transmita um forte abraço de
reconhecimento ao PAI DE TODOS, que é esta figura impar e carismática
do PEDRO LUIZ BENNO LANG. Ele foi um mestre porquê nos mostrou o
caminho!
Clery dá o abraço em LANG pedido pelo professor GIACOMINI

Por fim quero te cumprimentar , mais uma vez, pois tive a felicidade
de te abraçar no congresso da CBHb, na praia de Guarajuba, na Bahia.
Sabes, também que te considero um construtor no esporte, pois sempre
estivestes à frente de teu tempo projetando o futuro , vivendo o
presente e historiando o passado.
Meu querido amigo, este momento é muito teu; receba meu carinhoso
abraço e transmita-o a todos os presentes e aceite minhas escusas pela
impossibilidade.
Prof. Celso giacomini

Na sequência tiveram as manifestações das autoridades:
Vitor Ribeiro, do COSM, representando o presidente Bertoia do CMEL
" Honra-nos estar aqui neste magnífico evento, representando o nosso presidente do CONSELHO MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER -CMEL. Queremos em nome do CMEL e dos esportes em gerais, abraçar CLERY e dar os nossos parabéns pelas belas iniciativas que tem dito para difundire desenvolver o esporte.Registrar a história do esporte mostra que os recursos de verba publica estão sendo bem aplicada. Mais uma vez Parabéns."

Sandra Rebelatto, vereador e particular amiga do Editor do Livro
Depois de saudar os integrantes da mesa, em nome do Poder Legislativo de Santa Maria e em seu particular, assim se manifestou;" Sinto-me honrada de estar presente em mais um evento feito em prol do esporte pelo meu amigo CLERY, Professor de Educação Física e jornalista. São inúmeras participações na difusão e desenvolvimento do esporte santa-mariense. Somos companheiro e parceiro de atividades na Lyons Medianeira." Prossegue, Sandra: " Clery é um digno representante de Santa Maria, levando o nome de nossa cidade, além fronteiras. Um exemplo é este mostrado aqui em ilustrações e na palavra na maior autoridade do handebol do Brasil, professor MANOEL LUIZ DE OLIVEIRA, quando, CLERY fez o pré-lançamento deste livro, lá em Salvador. Foi Clery que esteve, mas ficou registrado o nome de SANTA MARIA,que ainda continua presente no desenvolvimento do handebol - aproveito aqui para homenagear a todos que fazem parte deste esporte, orgulho de nossa cidade." Finalizou, nossa cidade para ser ainda mais pujante, precisa de muitos CLERYS e que esperamos, que breve, estejamos INAUGURANDO O MUSEU DO ESPORTE DE SANTA MARIA, uma idéia do Clery, assim como ele o faz há décadas, pedindo um PARCÃO PARA SANTA MARIA". Concluiu, Sandra Rebelatto.
NO PÓDIO QUEM DISTINGUE O ESPORTE
Pela PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA, representando o prefeito SCHIRMER, falou professor Luiz Fernando Nunes, Dida, Secretário de Esportes e Lazer de SANTA MARIA. Depois de saudar a todos, agradecendo em nome do Poder Executivo as presenças. Dirigiu-se ao editor do Livro, seu colega e amigo de grande jornadas no esporte. Inclusive revelou que a primeira foto veiculado do profissional DIDA, na imprensa foi na coluna SAUDE PELA PRÁTICA, no jornal A RAZÃO, pelo Clery. Dida disse que estava representando o Prefeito, ele mesmo e por certo, em extensão, o desportistas: dirigente, técnicos, atletas e gestores e tudo isso, ele já passou, pois hoje estava secretário, mas a sua vida esportiva já deu lhe a oportunidade de todas essas passagens. Disse: " Neste livro, Clery presta várias homenagens, mostra a cara do handebol, pois ele é o verdadeiro protagonista, pois acompanhou tudo, aqui em Santa Maria e também fora." Continua: " Clery homenageia tanta gente, então eu resolvi, também deixar registrado essa passagem, em que estamos secretário, para nesta placa fique perpetuado o nosso reconhecimento, por tudo o que Clery tem feito pela difusão e desenvolvimento do esporte." Então Clery recebeu a placa de Dida.

 Professor LUIZ  FERNANDO NUNES (Dida), Secretário de Esportes, que entregou uma placa de reconhecimento ao trabalho de quem, por décadas, homenageia as pessoas que fazem o esporte  e lazer em Santa Maria, no tradicional evento: TROFEU DESPORTIVO CIDADE DE SANTA MARIA, que terá no dia 22 de março, no auditório do COLEGIO MARISTA SANTA MARIA, a 22a. edição.
Dois colegas e amigos, laços estabelecidos pelo handebol
Depois desta homenagem de DIDA, com aplausos dos presentes. As falas pelo script encerraram, mas MIGUEL, o apresentador, sentiu que era momento, se entende-se a mesa e o público, para alguma manifestação. Ele colocou a palavra a disposição. Os demais da mesa não quiseram usar da palavra, mas do público vieram manifestações:
Sr. Joaquim Goulart - Pai do ex-atleta Lica
Disse: " Foi muito bom, vocês terem colocado a palavra a disposição, pois queria fazer um registro e estamos fazendo: Há anos que acompanhamos a trajetória do Professor CLERY, inclusive em 92., quando ele esteve em Barcelona, nós pela UNIODONTO, fomos um dos patrocinadores. Quero em nome do meu filho Lica, que mora em Santa Maria, ex-jogador de handebol e hoje também árbitro da Federação Catarinense, trazer o nosso abraço ao CLERY e parabenizar pelo lançamento do livro, que fala deste esporte que nós por muitos anos paitrocinamos ao LICA." Finalizou parabenizando a todos.
Rogério Rosado, ex-goleiro de handebol
" Aqui é Rogério, mas se falando este nome, talvez poucos me conhecessem, pois o meu nome no handebol era lavadeira. Como fez o seu Goulart, eu não poderia ficar calado, pois tenho um grande reconhecimento ao HANDEBOL e as pessoas que o fazem, porque dele segui o meu caminho de um profissional com o aprendizado obtido. Destaco o professor PEDRO LANG, que o trouxe para cá; o meu técnico ROMILDO; o preparador DIDA e o autor do livro, nosso amigo CLERY presença em todos os momentos do handebol. Aqui representando a nossa geração de atletas do handebol, queremos fazer este registro, dando os nossos parabéns."
Cleryston Oliveira de Lima, Profissional de Educação Física
"Para quem não nos conhece. Somos filho do cara. Este homem digno, lutador, dedicado a toda prova naquilo que faz. Estava lendo agora no livro, um pouco do seu currículo, e tudo isso, nesses meus 27 anos, tenho acompanhado. Pai, tu és Caxias, duro às vêzes, mas está aí o resultado. Um verdadeiro campeão. Está no Pódio, sempre. Queria eu ter a metade do teu currículo."

Clery, que não é de ferro, se emociona
Depois da fala do Cleryston, Clery foi dar um abraço, no filho, também seu colega, hoje, de profissão.
Um abraço afetivo: PAI X FILHO e COLEGAS. 

Depois das palavras: oficiais e da comunidade, que testemunharam a importância do evento. Rolou nostalgia, emoções e a constação de que realmente ESPORTE É PURA EMOÇÃO.
Miguel, o apresentador, anunciou que o CLERY estaria entregando edições do livro:
 Á mesa 
Á revisora do livro, professora SELMA
 Ao Gilson, responsável pelo projeto gráfico do livro
Ao colaborador do livro, colega e amigo ROMILDO

Romildo: " Aqui um pouquinho do meu trabalho no handebol." 
Seu Abenor recebe pelo seu filho MILTINHO
 Clery entrega ao ex-atleta Lavadeira
 Gabriel, filho do CAPI, recebe o livro em seu nome
 Romildo e Cleuza nos primeiros olhares ao livro
 Sogro do CAPI, atento ao livro
Serjão, um dos idealistas pelo esporte, que deverá ser um dos braços direito na CONSTRUÇÃO DO MUSEU DO ESPORTE DE SANTA MARIA
 Clery autografa livros
 Binotão, ex-colega de quartel e hoje empresário colaborador pela UNINGÁ-SM dos projetos do CAEL-SM
 Família Kabbas, do Edifício Veneza 
 Grande Matilde também do VENEZA
 Dona Agueda, amiga do VENEZA
CLERY com a caneta autografando seu livro
Família de CLERY, autoridades e homenageados
 Com a mesa, participantes do lançamento do livro
Clery e parte de sua família

ATÉ A PRÓXIMA  EDIÇÃO - LIVRO IV DO PROJETO MEMÓRIA DO ESPORTE DE SANTA MARIA, UMA REALIZAÇÃO DE QUILISPORT/CAEL-SM, COM O PATROCÍNIUO DO PROESP-SM.


NOSSA ORAÇÃO
SENHOR DEUS, muito obrigado, mais uma vez, de ter permitido a realização de mais um evento da QUILISPORT/CAEL-SM em pról da difusão, promoção e desenvolvimento do esporte de nossa querida SANTA MARIA.
Rogamos a TI para que nos dê a força necessária e as condições para que em 2013 possamos desenvolver igual trabalho como foi neste ano de 2012.
AMÉM.

EM 2013 deverá ser um esporte individual - judô e um coletivo - FUTSAL ou BASQUETE

Nenhum comentário: