quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

FINAIS DA LIGA NACIONAL DE HANDEBOL FEMININO


UNC/Concórdia (SC) e Metodista/São Bernardo (SP) fazem final inédita da Liga Feminina de Handebol
Decisão terá o primeiro jogo no próximo sábado (8), com transmissão dos canais SporTV
Santo André (SP) - UNC/Concórdia (SC) e Metodista/São Bernardo (SP) farão a grande final da Liga Nacional Feminina de Handebol. O primeiro confronto está marcado para o próximo sábado (8), às 17h, no ginásio Vitório Zanon (Baetão), em São Bernardo do Campo (SP), com transmissão dos canais SporTV. O segundo terá data e local a serem definidos. Esta é a primeira vez que a equipe catarinense chega à decisão, diferente do time paulista que é o dono dos seis últimos títulos. O ineditismo faz com que a disputa seja ainda mais atrativa. As duas equipes carimbaram o passaporte para a próxima fase, após vencerem o segundo jogo de suas respectivas semifinais, disputados no domingo (2). O time catarinense levou a vantagem sobre o Blumenau/FURB (SC) com um empate no primeiro confronto e um resultado positivo. Já a Metodista terminou a etapa com duas vitórias sobre o Coca Cola/Copel/Unipar/Cianorte (PR).

Na fase classificatória, o time de Concórdia terminou na primeira colocação, com cinco vitórias e apenas uma derrota. Já o grupo do ABC Paulista fechou no segundo lugar, com quatro vitórias e duas derrotas. No confronto entre ambos, as catarinenses levaram a vantagem, fechando o placar em 19 a 17, em São Bernardo do Campo (SP).

Para o técnico da Metodista, Eduardo Carlone, será uma final interessante, já que as adversárias chegam pela primeira vez a uma decisão da Liga. "É uma equipe que vem trabalhando faz tempo. Está bem entrosada e tem a vantagem de definir em casa. Será uma grande final", comentou o treinador.

Para ele, as duas equipes já demonstraram suas qualidades por terem chegado à decisão. "Será um jogo sem favoritos. Temos um time forte, apesar de termos renovado bastante nosso grupo este ano, contando com várias jogadoras que vieram das equipes Júnior e Juvenil. Temos um trabalho muito forte de base. É importante pensar no futuro. Essas jogadoras, apesar de jovens, estão dando conta do recado. Somente a Tayra e a Célia estão na equipe há mais tempo", explicou.

Depois de conquistar o bronze nos três últimos anos, para as catarinenses, comandadas pelo técnico Alexandre Schneider, garantir uma das vagas para a final foi recompensador. "Foi uma emoção bastante grande. A equipe terá a oportunidade de buscar o título pela primeira vez e está muito comprometida. Amadurecemos bastante, principalmente contra o Blumenau, que é um adversário difícil e já muito conhecido. Isso nos deixa muito felizes", analisou o treinador.

A alegria da classificação divide espaço já com o planejamento para enfrentar a Metodista, que é uma das equipes mais tradicionais da modalidade. "Sabemos da dificuldade que é enfrentar um time como o da Metodista, de muita tradição, experiente e que possui um bom investimento. Porém, crescemos muito durante o campeonato, inclusive vencendo nosso confronto na fase classificatória dentro da casa delas", lembrou Schneider.
A ASICS é a marca oficial de material esportivo 

Nenhum comentário: