quarta-feira, 3 de outubro de 2012

À Editoria de Esportes 03/10/2012
Handebol: Boletim médico
Estado de saúde atualizado da
 pivô Daniela Piedade
Santo André (SP) - A Confederação Brasileira de Handebol informa o boletim médico atualizado emitido pelo médico da Seleção Feminina, dr. Leandro Gregorut Lima, nesta quarta-feira (3), a respeito do quadro clínico da pivô Daniela Piedade. A jogadora de 33 anos atua no clube Krim Ljubljana (Eslovênia).

Nota Médica


A atleta Daniela Piedade, vítima de um AVCI (Acidente Vascular Cerebral Isquêmico) no dia 29 de outubro, ainda encontra-se internada no setor de neurologia do hospital onde foi atendida, na Eslovênia.

Seu quadro é estável. A equipe do setor de neurologia cita que houve progresso e a alta hospitalar está prevista para os próximos dias, após a certificação da estabilização do quadro.

Aguardamos os resultados dos exames realizados.

Quando houver alguma alteração, emitiremos novo boletim médico.

Dr. Leandro Gregorut Lima
Médico da Seleção Brasileira de Handebol

Discurso de Romário contra Rio 2016:
RIO 2016 SEM FALAR NO ASSUNTO
DÁ EXPLICAÇÕES SOBRE BILHETERIA
Sem falar no nome de Romário - não deu chance - RIO 2016 explica da ligação de Patrichk Hickey e sobre bilheteria.
No entender do Editor gelou as denúncias de Romário, pelo menos por enquanto.
E a editoria do BLOG, democraticamente, traz o release da RIO 2016, como também, divulgou a nota da ESPN

ESCLARECIMENTO SOBRE O PROJETO DE BILHETERIA RIO 2016™

Rio de Janeiro, Brasil: 03 de outubro de 2012A Comissão de Coordenação do COI para o Rio 2016™ (CoCom) tem como missão acompanhar a evolução da organização dos Jogos e realiza, desde 2010, reuniões anuais de trabalho no Rio de Janeiro, com a presença de todos os seus 17 integrantes. A partir de 2013, essas reuniões passarão a acontecer duas vezes por ano. Patrick Hickey é membro da CoCom e do Comitê Executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI). Hickey não tem qualquer relação funcional, contratual nem administrativa com o Rio 2016™.
O Rio 2016™ está na fase inicial da elaboração do plano operacional de venda de ingressos para os Jogos Rio 2016™, o qual definirá, por exemplo, categorias e preços, quantidade e disponibilidade, entre outros itens.

A venda de ingressos no Brasil é de responsabilidade do Rio 2016™, que realizará, no final de 2013, um processo público de seleção da empresa que irá fornecer o sistema de venda dos ingressos.

Para as vendas internacionais, como parte do desenvolvimento do projeto de bilheteria do Rio 2016™, e de acordo com as regras atuais do COI, o Rio 2016™ decidirá a melhor forma de trabalhar com cada Comitê Olímpico Nacional e seu Revendedor de Ingressos Autorizado para uma venda eficiente de ingressos do Rio 2016™ no exterior.