sexta-feira, 30 de novembro de 2012

BLOG DIVULGANDO A ATIVIDADES FÍSICA E ESPORTE

Pinheiros (SP) e Metodista (SP) lutam pelo título da Liga Nacional Masculina de Handebol
O presidente Manoel Luiz de Oliveira, em Guarajuba, por ocasião do ENCONTRO NACIONAL DE HANDEBOL informou de que havia feito com o convênio com a GLOBO e o resultado vem já com essa transmissão da final da LIGA.
Confronto final será disputado neste domingo (2), às 20h, com transmissão do SporTV2.




Santo André (SP) - Chegou o momento das duas melhores equipes da Liga Nacional Masculina de Handebol entrarem em quadra pela decisão do título da temporada. O Esporte Clube Pinheiros (SP) e a Metodista/São Bernardo/Besni (SP) fazem o confronto final neste domingo (2), às 20h, no ginásio Henrique Villaboim (dentro do EC Pinheiros), em São Paulo (SP). A partida terá transmissão ao vivo do canal SporTV2. Os donos da casa são os atuais campeões e garantiram a vantagem no primeiro duelo da fase final, disputado nesta quinta-feira (29), em São Bernardo do Campo (SP). O time derrotou o adversário por 27 a 24.

Na fase classificatória, enquanto o Pinheiros terminou na primeira colocação invicto com seis vitórias, a Metodista foi a segunda colocada, com quatro vitórias, apenas uma derrota e um empate. Na semifinal, os paulistanos derrotaram a Unopar Londrina/Sercomtel (PR). Já a Metodista garantiu a vaga na decisão depois de vencer o TCC/Unitau/Unimed/Taubaté (SP).

As duas equipes estão sempre se enfrentando em jogos decisivos. Ambas fizeram também a final das duas últimas edições da Liga, que terminaram com a vitória do clube da capital. Porém, este ano, nas finais do Pan-Americano de Clubes e do Campeonato Paulista, quem levou a melhor foi o time do ABC.

O treinador do Pinheiros, Sérgio Hortelan, enfatiza que a equipe não pode perder a atenção, mesmo estando com a vantagem. "Vencemos a partida fora de casa e estamos na frente, mas não podemos relaxar. Acredito que o jogo de domingo será muito equilibrado como deve ser um duelo que irá definir o título nacional", analisou.

O armador Oswaldo, que marcou dois gols no primeiro duelo, compartilha a mesma opinião. "Será uma partida muito forte. Temos a vantagem de ter vencido o primeiro jogo, mas isso não garante nada. A diferença no placar foi pequena. A disputa está aberta e o título só será definido no domingo", acrescentou o jogador.

A situação da Metodista ficou mais complicada após a derrota em casa na noite de ontem. Agora, a equipe precisa reverter o resultado diante da torcida adversária e vencer por pelo menos quatro gols. Para o técnico José Ronaldo do Nascimento, o SB, o mais importante neste momento é corrigir os erros cometidos no primeiro jogo. "Temos que analisar nossos erros, principalmente no sistema defensivo, que pesou bastante na primeira partida. Além disso, tivemos erros de finalização que não podem acontecer em jogos decisivos como estes", analisou.

Mesmo com o resultado adverso dentro de casa, o treinador da Metodista acredita nas chances da equipe. "Já esperava por jogos difíceis e não tivemos uma derrota com muita diferença. O primeiro jogo foi equilibrado e temos todas as chances de reverter esse resultado no domingo", concluiu.

O ponta Renato Tupan, um dos jogadores mais experientes da equipe, acrescenta que farão de tudo para buscar uma boa vitória, mesmo diante da torcida adversária. "Temos dois dias para assistir ao vídeo do primeiro jogo e analisar nossa atuação. Agora precisamos ganhar por quatro gols de vantagem para conseguirmos ser campeões. Na primeira partida tivemos vários erros, principalmente no segundo tempo, quando eles conseguiram abrir e não podemos deixar que isso aconteça novamente no domingo."

Serviço
Final da Liga Nacional Masculina de Handebol
Domingo (2)
Horário: 20h
Local: Ginásio Henrique Villaboim (dentro do EC Pinheiros), em São Paulo (SP)
Rua Hans Nobling, s/n - Entrada franca


A ASICS é a marca oficial de material esportivo da CBHB

BLOG DIVULGANDO A ATIVIDADE FÍSICA, EMPRESAS DO ESPORTE

JORNAL SAUDE PELA PRÁTICA JÁ
NA GRÁFICA PALLOTTI SANTA MARIA
Nosso SPP já está na Gráfica Pallotti, nele tem ampla reportagem da cobertura do blog do 10º ENCONTRO NACIONAL DE PROFESSORES DE HANDEBOL DAS IES BRASILEIRAS realizado de 21 a 25 de novembro, na praia de GUARAJUBA - Bahia, numa realização da CBHb e apoio de ASICS.


Esse anúncio da ASIC veiculará na contra-capa do SPP de Dezembro



Pinheiros sai na frente nas finais da
 Liga Nacional Masculina de Handebol
Equipe venceu a Metodista e agora tem a vantagem para a última partida no domingo



São Bernardo do Campo (SP) - O EC Pinheiros (SP) saiu na frente nas finais da Liga Nacional Masculina de Handebol. Contra a Metodista/São Bernardo/Besni (SP), o time da capital venceu por 27 a 24 (14 a 13 no primeiro tempo), a primeira partida disputada na noite desta quinta-feira (29), no ginásio Vitório Zanon (Baetão), em São Bernardo do Campo (SP). O segundo e decisivo jogo será disputado no domingo (2), no ginásio Henrique Villaboim (dentro do clube Pinheiros), às 20h.

O Pinheiros começou no ataque e logo de cara encontrou o forte bloqueio da Metodista. Depois de trabalhar bem a primeira jogada, Matheus abriu o placar com um chute do meio da quadra. A equipe da casa revidou e também abriu o placar rapidamente. Daí em diante, o equilíbrio predominou, como já era esperado, principalmente pela excelente atuação dos goleiros Rick, da Metodista, e Marcão, do Pinheiros. Até o final do primeiro tempo, o marcador não mostrava a vantagem de nenhum dos dois lados e terminou com apenas um gol de diferença para os visitantes: 14 a 13.

No segundo tempo, o equilíbrio permaneceu, mas o Pinheiros conseguiu se sobressair um pouco com ataques precisos, desestabilizando a defesa da Metodista. A maior vantagem veio após os 20 primeiros minutos, quando conseguiu abrir três gols e daí pra frente, manteve a diferença até o final..

Apesar da vitória, o Pinheiros não se vê favorito ao título. De acordo com o treinador da equipe de São Paulo (SP), Sérgio Hortelan, apesar da vantagem, a equipe não pode relaxar. "A partida de hoje foi muito boa, apesar de poucos gols. Para mim, o destaque da nossa equipe foi a defesa.. Ganhar é importante, ainda mais fora de casa, mas essa vantagem não assegura nada", afirmou.

O goleiro César de Almeida, o Bombom, também não acredita em favoritismo. "Esta partida foi um clássico. Apesar da vitória, não tem nada definido, até porque a diferença de gols foi muito pequena. Com certeza, o próximo jogo terá um ritmo ainda mais forte", destacou.

O técnico da Metodista, José Ronaldo do Nascimento, o SB, disse que já esperava um jogo difícil, mas que apesar da derrota o placar foi equilibrado todo o tempo. "Principalmente no segundo tempo, o lado ofensivo deles funcionou muito bem e nós tivemos muitos erros de defesa", destacou. No entanto, ele frisa que o campeonato ainda está em aberto e eles farão de tudo para reverter a desvantagem no domingo. "Tivemos também pontos positivos. O Chiuffa, por exemplo, finalizou muito bem e fez uma diferença", completou.

O armador Japa lembrou os erros cometidos pela equipe durante a partida. "Erros como estes não podem acontecer em um jogo de final. Perdemos vários contra-ataques e nossa defesa falhou em muitos momentos. Temos que analisar tudo muito bem agora e melhorar o que não saiu direito", analisou.

Gols: Metodista - Fábio Chiuffa (13), Julio (3), Japa (2), Tupan (2), Babo (1), Carlito (1), Valadão (1) e Vini (1). Pinheiros: Yano (5), Gui (5), Zeba (4), Tchê (3), Didier (3), Zé (2), Matheus (2), Oswaldo (2).