quarta-feira, 5 de dezembro de 2012




Projeto Memória do Esporte____________________________________
LIVRO III SERÁ LANÇADO DIA 7
NA CÂMARA DE VEREADORES DE SM

A solenidade de lançamento do livro ESPORTES REVISADOS EM SANTA MARIA – HANDEBOL, pelo projeto Memória do Esporte de Santa Maria, pelo Centro de Apoio ao Esporte e Lazer –CAEL/SM inicia às 20h01min, na Câmara de Vereadores de Santa Maria.
      Clery Quinhones de Lima, autor e presidente do CAEL-SM fará uma exposição do livro; algumas autoridades e convidados manifestar-se-ão e depois haverá a distribuição gratuita dos livros, que, serão autografados pelo autor.
       Essa publicação é mais uma obra do PROESP-SM, Lei de Incentivo ao Esporte do Município, através da captação de recursos. Colaboraram com o CAEL-SM neste III Livro, as empresas: TREVICENTER, UNINGÁ-SM, MAISON REDEVANCE, WALTER BELTRAME e SUPERAUTO.
     As duas primeiras obras foram: ESPORTE DE SANTA MARIA NO PÓDIO e O ESPORTE DE SANTA MARIA SOB O OLHAR DA MIDIA ESPORTIVA. A terceira, ESPORTES REVISADOS EM SANTA MARIA, inicia com o handebol, o esporte mais consagrado da cidade, que chegou a conquista de títulos sulamericanos, levando técnico e atletas a seleções brasileiras e que hoje em realce tem praticamente  as equipes da Escola Margarida Lopes e ULBRA, com o técnico Jorge Fernandes.
( Jorn. Clery Quinhones de Lima – 99719391 – clery@via-rs.net)
CONFRARIA DEL PADEL PROMOVE
ETAPA MASTER EM SANTA MARIA
Recebemos do nosso amigo BRACINI o cartaz promocional da 5a. etapa MASTER de Padel em suas quadras.


FINAIS DA LIGA NACIONAL DE HANDEBOL FEMININO


UNC/Concórdia (SC) e Metodista/São Bernardo (SP) fazem final inédita da Liga Feminina de Handebol
Decisão terá o primeiro jogo no próximo sábado (8), com transmissão dos canais SporTV
Santo André (SP) - UNC/Concórdia (SC) e Metodista/São Bernardo (SP) farão a grande final da Liga Nacional Feminina de Handebol. O primeiro confronto está marcado para o próximo sábado (8), às 17h, no ginásio Vitório Zanon (Baetão), em São Bernardo do Campo (SP), com transmissão dos canais SporTV. O segundo terá data e local a serem definidos. Esta é a primeira vez que a equipe catarinense chega à decisão, diferente do time paulista que é o dono dos seis últimos títulos. O ineditismo faz com que a disputa seja ainda mais atrativa. As duas equipes carimbaram o passaporte para a próxima fase, após vencerem o segundo jogo de suas respectivas semifinais, disputados no domingo (2). O time catarinense levou a vantagem sobre o Blumenau/FURB (SC) com um empate no primeiro confronto e um resultado positivo. Já a Metodista terminou a etapa com duas vitórias sobre o Coca Cola/Copel/Unipar/Cianorte (PR).

Na fase classificatória, o time de Concórdia terminou na primeira colocação, com cinco vitórias e apenas uma derrota. Já o grupo do ABC Paulista fechou no segundo lugar, com quatro vitórias e duas derrotas. No confronto entre ambos, as catarinenses levaram a vantagem, fechando o placar em 19 a 17, em São Bernardo do Campo (SP).

Para o técnico da Metodista, Eduardo Carlone, será uma final interessante, já que as adversárias chegam pela primeira vez a uma decisão da Liga. "É uma equipe que vem trabalhando faz tempo. Está bem entrosada e tem a vantagem de definir em casa. Será uma grande final", comentou o treinador.

Para ele, as duas equipes já demonstraram suas qualidades por terem chegado à decisão. "Será um jogo sem favoritos. Temos um time forte, apesar de termos renovado bastante nosso grupo este ano, contando com várias jogadoras que vieram das equipes Júnior e Juvenil. Temos um trabalho muito forte de base. É importante pensar no futuro. Essas jogadoras, apesar de jovens, estão dando conta do recado. Somente a Tayra e a Célia estão na equipe há mais tempo", explicou.

Depois de conquistar o bronze nos três últimos anos, para as catarinenses, comandadas pelo técnico Alexandre Schneider, garantir uma das vagas para a final foi recompensador. "Foi uma emoção bastante grande. A equipe terá a oportunidade de buscar o título pela primeira vez e está muito comprometida. Amadurecemos bastante, principalmente contra o Blumenau, que é um adversário difícil e já muito conhecido. Isso nos deixa muito felizes", analisou o treinador.

A alegria da classificação divide espaço já com o planejamento para enfrentar a Metodista, que é uma das equipes mais tradicionais da modalidade. "Sabemos da dificuldade que é enfrentar um time como o da Metodista, de muita tradição, experiente e que possui um bom investimento. Porém, crescemos muito durante o campeonato, inclusive vencendo nosso confronto na fase classificatória dentro da casa delas", lembrou Schneider.
A ASICS é a marca oficial de material esportivo 

COI faz alerta sobre prazo da Rio 2016

Matéria do Correio do Brasil

Rio
Obras de revitalização da zona portuária do Rio de Janeiro
Os organizadores dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro foram mais uma vez alertados pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), nesta terça-feira, que precisam apressar os preparativos porque o tempo está passando.
Rio ainda não finalizou seu orçamento para a Olimpíada, bem como não determinou os locais onde ocorrerão alguns esportes, incluindo rúgbi e hóquei na grama.
Os organizadores dos Jogos disseram no mês passado que o estádio São Januário, do Vasco da Gama, perdeu o prazo de até 31 de outubro e que agora irão olhar novamente para os planos de usar o estádio Olímpico João Havelange para sediar também o torneio de rúgbi em 2016.
- Nossa mensagem continua sendo que há tempo, porém o tempo está passando. Eles (organizadores do Rio) precisam continuar trabalhando nisto com todo o vigor – disse o porta-voz do COI, Mark Adams, a repórteres.
O Brasil também vai sediar a Copa do Mundo de 2014 e também foi alertado pela Fifa para correr com os preparativos.
O Rio, que foi escolhido como cidade-sede dos Jogos em 2009, é a primeira cidade sul-americana a ser escolhida para receber uma Olimpíada.
A prefeitura do Rio garante que todos os projetos de infraestrutura e de arenas esportivas para os Jogos Olímpicos estão dentro do cronograma, mas os dirigentes do COI já haviam alertado sobre o tempo durante visita à cidade no mês passado.
Adams disse que o comitê executivo do COI fez questionamentos ao comitê organizador da Olimpíada sobre a atual situação da economia brasileira, depois que o PIB do terceiro trimestre mostrou um crescimento menor que o esperado.
A economia brasileira cresceu apenas 0,6% de julho a setembro sobre o segundo trimestre, metade do esperado, com a pior retração dos investimentos em mais de três anos e estagnação no setor de serviços.
O presidente do comitê organizador Rio-2016, Carlos Arthur Nuzman, garantiu que a preparação para os Jogos está no caminho certo.
- Tudo está no caminho e no prazo – disse Nuzman a repórteres após sua apresentação ao COI. “O orçamento estará pronto no ano que vem. Estamos numa situação boa, confortável. Estamos num caminho muito bom.”
Nuzman também elogiou a decisão da presidenta Dilma Rousseff de vetar partes da nova lei da divisão dos royalties do petróleo. O Estado do Rio afirma que perderia R$ 77 bilhões até 2020 se as mudanças fossem sancionadas.
- Temos uma decisão fantástica da nossa presidente – disse Nuzman a repórteres. “Isso dá ao Rio o reconhecimento dos direitos que têm.”