sábado, 20 de julho de 2013


Handebol brasileiro ganha

 patrocínio de R$ 9,4 milhões

Estranhamos que não recebemos essa informação da PHOTO&grafia, Assessoria de Imprensa da CBHb. Estamos veiculando a informação que captamos no Portal Brasil.

Plano Brasil Medalhas prevê R$ 1 bilhão para a preparação dos atletas brasileiros para os Jogos Rio 2016


Handebol terá apoio visando os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro em 2016 Ministério do Esporte
  • Handebol terá apoio visando os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro em 2016

O handebol brasileiro ganhou patrocínios de R$ 9,4 milhões do Banco do Brasil (BB) e dos Correios para melhorar a preparação das seleções masculina e feminina para as Olimpíadas de 2016. O banco destinará R$ 4,4 milhões, e os Correios, R$ 5 milhões. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (10), em Brasília, pelo Ministério do Esporte, o Banco do Brasil, os Correios e a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb).
A cerimônia contou com as presenças do ministro do Esporte, Aldo Rebelo; do presidente da CBHb, Manoel Luiz Oliveira; do presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira; do vice-presidente do Banco do Brasil, Paulo Ricci; e da atleta Alexandra Nascimento, eleita a melhor jogadora de handebol do mundo em 2012.
O apoio estatal faz parte do Plano Brasil Medalhas, lançado pelo governo federal para apoiar atletas e seleções brasileiras visando aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016. Do total de R$ 9,4 milhões, R$ 6,4 milhões serão alocados no Plano Brasil Medalhas. Os demais R$ 3 milhões serão destinados à formação de jogadores de handebol.
A meta do Brasil é ficar entre os dez primeiros colocados nas Olimpíadas e entre os cinco primeiros nas Paraolimpíadas de 2016.

Nenhum comentário: