sexta-feira, 11 de outubro de 2013

NOSSO BLOG DIVULGANDO A EDUCAÇÃO FISICA, ESPORTE E LAZER

CEFD DA UFSM RECEBE PRÊMIO PAULO FREIRE DE TALENTOS EM EDUCAÇÃO
Projeto, coordenado pela profa. Marli Hatje, envolve as mídias na educação física escolar e é desenvolvido com alunos do Curso de Educação Física - Licenciatura

Prêmio recebido pelas professoras e monitora do Projeto do CEFD-UFSM
(Caroline, Marly, Marta e Silvia)

O Centro de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Santa Maria foi uma das Instituições agraciadas com o Prêmio Paulo Freire de Talentos em Educação promovido pela Câmara de Vereadores de Santa Maria, através do Projeto Mídias Digitais e Tradicionais na Educação Básica: Experiência Interdisciplinar Docente a Partir da Educação Física. A proposta, coordenada pela profa. Marli Hatje, do Departamento de Métodos e Técnicas Desportivas, tem por objetivo promover a integração entre a educação superior e a educação básica através de experiências metodológicas envolvendo mídias digitais e tradicionais. A entrega dos troféus ocorreu dia 10 de outubro, na Câmara de Vereadores de Santa Maria, com a presença de autoridades municipais, educadores e comunidade.
O Prêmio Paulo Freire de Talentos em Educação é entregue aos educadores cujos projetos de ensino tenham se destacado em 2013. O Prêmio, instituído pela Lei 4524/2002, é destinado a professores que desenvolvem projetos em instituições públicas de ensino, no âmbito municipal, estadual e federal.
A proposta, uma das vencedoras na categoria Ensino Superior, é desenvolvida desde 2010 junto a disciplina de Educação Física e as Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, com alunos do sexto semestre e envolve, semestralmente, cerca de 200 pessoas, entre alunos e professores. “Os acadêmicos são desafiados a desenvolver e construir estratégias/ações pedagógicas inovadoras na educação, com ênfase à educação física, a partir de diferentes mídias”, destaca a professora orientadora. Todas as iniciativas são aplicadas na prática em escolas públicas de Santa Maria. “A idéia é também contribuir com novas discussões e, principalmente, novas práticas para o desenvolvimento da educação física escolar, pois o avanço tecnológico tem influenciado significativamente nossa área”, acrescenta a docente.
Entre as ações pedagógicas desenvolvidas pelos alunos nas escolas destacam-se programas de rádio e TV, jornais impressos, podcast, flayers e trabalhos envolvendo a internet, como a construção de Blogs e Gincana Midiática. “Todos os trabalhos buscam levar as mídias para a escola, com sentido pedagógico, acrescenta a monitora do projeto, a acadêmica Caroline Garske Veiga”.  Além da orientadora, da bolsista e dos alunos, participam como co-orientadoras as professoras municipais Silvia Floriano Luiz e Marta Martilene Saavedra.

A proposta tem o apoio do Programa de Licenciaturas (PROLICEN/UFSM), do CEFD, do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Comunicação e Mídia na Educação Física e no Esporte (NEP-COMEFE) e do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTEM) de Santa Maria. 

Nenhum comentário: