quinta-feira, 2 de outubro de 2014

NOSSO BLOG DIVUGANDO O ESPORTE, SAUDE E LAZER

EM COMEMORAÇÃO 1 ANO DA EFICAZ
COM UCRSM SERÁ PROMOVIDA
UMA CORRIDA RÚSTICA




NOSSO BLOG DIVULGANDO O ESPORTE, SAUDE E LAZER





LIGA NACIONAL DE HANDEBOL HOJE NO CDM

Cinara Piccolo/Photo&Grafia
Clique na imagem para fazer o Donwload...

Objetivo é promover a modalidade e ganhar mais praticantes

Alta | Web
Cinara Piccolo/Photo&Grafia
Clique na imagem para fazer o Donwload...

ASH/Praxis/AS quer resgatar handebol na região

Alta | Web
ASH/Praxis Active Sports disputa Liga Nacional de Handebol para promover esporte em Santa Maria (RS)
Objetivo deste ano para os gaúchos é ganhar experiência e resgatar a modalidade na região
Santo André (SP) - Disputar a Liga Nacional de Handebol, a maior competição da modalidade realizada no País, é um grande objetivo e até mesmo um sonho para muitas equipes. Além da possibilidade de jogar com atletas e clubes renomados e ganhar mais experiência, o campeonato também proporciona a chance de desenvolver ainda mais o esporte na região que abriga a equipe.
A edição 2014 masculina ganhou cinco novos participantes, entre eles a Associação Santamariense de Handebol/Praxis Active Sports (RS), que tem a meta de levar de volta o handebol para a região, conquistar o público e seguir com um desenvolvimento ainda maior.

Integrante do grupo A, o time gaúcho ainda não venceu, mas na primeira participação, isso não é o mais importante, segundo o técnico Jorge Luis Brandi Fernandes. "Nosso principal objetivo é colocar novamente o handebol de Santa Maria no cenário nacional e desenvolver a modalidade na região. Queremos pouco a pouco dar experiência ao grupo, jogando com equipes que estão há muito mais tempo na Liga", revelou.

Para ele, a competição contribui para o desenvolvimento do esporte em vários sentidos e ter uma equipe em um campeonato de elite como a Liga, pode incentivar ainda mais a prática por crianças e jovens. "Espero que possamos sensibilizar os professores e aumentar o número de escolas que desenvolvem o handebol, para que possamos ter um número ainda maior de atletas no futuro", comentou.

Mesmo tendo feito apenas quatro jogos até agora, o time já conseguiu despertar a atenção tanto do público quanto da mídia local. "Participando da Liga, temos mais visibilidade e, com isso, podemos buscar mais apoio. Já conseguimos algumas coisas. Existem empresas nos procurando para apoiar o time e nossa expectativa para o futuro é muito boa. Estamos tendo uma boa cobertura de imprensa, com matérias nos jornais e TVs da região, e estamos fazendo uma boa divulgação para atrair público. Com isso, pretendemos com o tempo resgatar a história do handebol na região e criar uma cultura esportiva", disse Jorge, lembrando que no feminino, o Estado tem presença constante na Liga Nacional, com as equipes da Apahand/UCS/Caxias do Sul (RS) e do Santa/Feevale/Novo Hamburgo (RS).

Mesmo sem ter vencido ainda, o treinador aponta uma boa evolução da equipe neste primeiro turno. "Estamos melhorando gradativamente e aumentando nosso número de gols por partida. Esses jogos que fizemos até aqui, já estão dando mais experiência ao grupo."

Além da ASH/Praxis Active Sports (RS), o São José Handebol (SP), ADJF/MRS Logística (MG), Vila Olímpica Manoel Tubino/FAB (RJ) e ADI/APM Terminals/FME Itajaí (SC) também disputam pela primeira vez o campeonato.
A BB Consórcios, Banco do Brasil e os Correios são os patrocinadores da Liga Nacional Masculina e Feminina.