quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

NO NOSSO BLOG AINDA ASSUNTO MINISTRO DO ESPORTE

NOSSO SITE OLIMPICO VOLTA A FALAR EM MINISTRO DO ESPORTE e TEM SE VALIDO DE JCRUZ ( autorizou-nos), POIS ELE ESTÁ MAIS PERTO DE NÓS. A POSSE DO MINISTRO SERÁ AMANHÃ AS 10H (CERTAMENTE JCRUZ TERÁ MUITO MAIS DETALHES). COLHEMOS NO SITE DO PRB, PARTIDO DO MINISTRO DE QUE HOJE FORAM EMPOSSADOS 4 SECRETÁRISO ESTADUAIS DO PRB ( JEAN MADEIRA -SP, DAVID DURAND-CEARA, CARLOS HENRIQUE, MINAS e LEILA DO VOLEI, DF), DESSES MADEIRA É DO JUDO E LEILA , DO VOLEIBOL.

Boa sorte, Ministro

José Cruz

No discurso de posse, a presidente Dilma Rousseff anunciou o novo lema de seu governo:
“Brasil, pátria educadora”
E a prática esportiva estará nas escolas para contribuir na formação do caráter dos jovens?
dddddd

Depois de 12 anos, os rumos do esporte brasileiro trocam radicalmente de comando partidário: sai das mãos dos comunistas e vai para os religiosos capitalistas. Do histórico PCdoB  para o ainda novato PRB, braço político da Igreja Universal. Na prática, os assuntos do esporte passam de um partido aventureiro para um inexperiente no setor. Ao final desse período, 16 anos terão se passado… quatro ciclos olímpicos!
A posse do ministro George Hilton (PRB/MG), em substituição a Aldo Rebelo, é  nesta sexta-feira, às 10h, no Ministério do Esporte.
E agora?
O que esperar do novo governo, se nem sequer temos uma política de esporte e, muito menos, prática regular de educação física nas escolas públicas, e nem diálogo com os ministérios da Educação e da Saúde para um projeto integrado?
O Conselho Nacional do Esporte será reestruturado e ganhará destaque na estrutura do Ministério ou continuará sendo apenas órgão de concordância às decisões superiores?
Haverá avaliações e revisões da Lei de Incentivo ao Esporte e da Bolsa Atleta, recursos já viciados e suspeitos de irregularidades gravíssimas, como demonstraram auditorias do Tribunal de Contas da União?
O “novo” Ministério discutirá sobre as competências do Estado frente ao esporte? Por exemplo, intromissões no alto rendimento, com verbas públicas, inclusive, num setor regulado, mundo afora, por regras de mercado e poderosos patrocinadores?
Teremos, enfim, uma política de Estado para o setor, que priorize a iniciação ou continuaremos com as surpresas a cada mudança de ministro?
No único contato que tive com o novo ministro, por telefone – não foi uma entrevista, mas um gentil contato dele –, George Hilton demonstrou estar disposto ao diálogo e quer ouvir os segmentos para se atualizar e agir. E adiantou que dará atenção especial ao “legado olímpico”.
O diálogo está aberto. Vamos aguardar.
Boa sorte, Ministro!

NOSSO BLOG DIVULGANDO O ESPORTE, SAUDE E LAZER

Republicanos são empossados secretários de Esporte em SP, CE, MG e DF


REPUBLICANOS-SAO-EMPOSSADOS-SECRETARIOS-DE-ESPORTE-EM-SP-DF-MG-CE-destque02
PRB integrará quatro novos governos

Brasília (DF) - Nesta quinta-feira (01), quatro republicanos foram empossados secretários de Esporte em solenidades que ocorreram em São Paulo, Ceará, Minas Gerais e Distrito Federal; são eles Jean Madeira, David Durand, Carlos Henrique e Leila do Vôlei, respectivamente. O PRB foi convidado pelos governadores Geraldo Alckmin (PSDB/SP), Camilo Santana (PT/CE), Fernando Pimentel (PT/MG) e Rodrigo Rollemberg (PSB/DF) a compor os novos governos, que serão iniciados a partir deste mês de janeiro.
No DF, a republicana Leila do Vôlei reforçou a importância da formação de um grupo forte e prometeu um trabalho incessante. “O desafio de ser secretária de Esporte da minha cidade é grande, mas eu sempre fui movida a desafios, o esporte me ensinou isso. Com esse voto de confiança poderei usar o esporte como ferramenta de inclusão social, como grande formador de valores, enfim, formar cidadãos conscientes e com oportunidades, apoiar atletas que nos representam, esses são os meus grandes objetivos”, comenta a nova secretária de Esporte.
jean-madeira-prb-sessao-solene-homenagem-ex-dependentes-quimicos-foto-ascomjeanmadeira-28-08-14São Paulo 
Quem assume é o vereador e professor de artes marciais Jean Madeira. Ele tem 37 anos e é natural de Nova Iguaçu, região metropolitana do Rio de Janeiro. Filho de pais judocas, teve sua formação moral nos tatames, onde passa adiante tudo que aprendeu.  Relembre aqui o anúncio de que Jean Madeira assumiria a Secretaria de Esporte.

esporte-do-ceara-tera-republicano-como-secretario-foto-divulgacao-29-12-14-01Ceará
Nascido em Fortaleza, David Durand tem 47 anos e foi eleito deputado estadual com mais de 53 mil votos em sua primeira disputa, ele assume a Secretaria de Esportes do Ceará com o desafio de alcançar os 184 municípios com sua atuação. Reveja aqui a matéria que anunciou o comando da Pasta.


carlos-henrique-prb-mg-esporteMinas Gerais
Quem comandará a pasta será o deputado estadual eleito para o segundo mandato consecutivo, Carlos Henrique Alves da Silva. Ele tem 44 anos e vive em Belo Horizonte há mais de 23 anos. Foi vereador de Belo Horizonte por três mandatos consecutivos, eleito em 2000, 2004 e 2008. Tem atuação marcante em projetos de assistência social e de amparo à subsistência, qualificação e requalificação nos estados do Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e na África, especialmente em Angola e Moçambique. Relembre aqui o anúncio para a liderança da Secretaria de Esporte de Minas Gerais.
republicana-leila-barros-assume-secretaria-de-esporte-no-df-foto-facebookleilabarros-18-12-14Distrito Federal
Leila Barros, mais conhecida como Leila do Vôlei, tem 43 anos. É atleta olímpica e jogou na seleção brasileira de vôlei de 1988 a 2008.  A republicana é coordenadora de projetos sociais na capital federal e fundou uma organização voltada à inclusão social e ao desenvolvimento socioeducacional, que já beneficiou mais de 50 mil jovens, crianças e adultos. Reveja aqui a matéria com detalhes sobre a indicação de Leila do Vôlei para assumir a Pasta.

Por Jamile Reis – Agência PRB Nacional

NOSSO BLOG EM PARALELO COM O SITE OLIMPICO DO CAEL-SM

NOSSO SITE com informações provindas da midia, especialmente dos blogs de JCRUZ e JUCA KFOURY e sem ter uma manifestação oficial do PRB, do qual o futuro Ministro do ESPORTE faz parte, traz hoje uma NOTA OFICIAL retirada do site do PRB, que dá o direito de defesa das acusações feitas a GEOREGS HILTON.
(CLERY - EDITOR)

NOTA OFICIAL

george-hilton-vai-defender-criação-de-tribunal-penal-em-sessão-do-parlasul-no-uruguai-03-07-14

NOTA OFICIAL

A minha indicação pela presidenta da República para o cargo de Ministro do Esporte vem sendo usada na luta política do nosso país de forma injusta e desleal.
Quero dizer que estou honrado com o convite e tão logo o recebi me imbuí de toda a humildade e de toda a motivação no propósito de desenvolver o desporto no nosso país, a começar das crianças, na base, até os jovens e adultos do alto rendimento.
O Brasil organizou com grande sucesso a última edição da Copa do Mundo Fifa. Há de repetir a eficiência na realização dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Esses grandes eventos lançam nosso país ao mundo como protagonista e é por este caminho que devemos seguir, liderados pela nossa presidenta Dilma Rousseff.
Me encaminho para o exercício do quinto mandato parlamentar consecutivo, eleito pela população de Minas Gerais. Ao longo desses anos de vida pública, tenho honrado meus eleitores com uma atuação firme, porém marcada pelo diálogo aberto, pela moderação política e pela busca constante da convergência.
Pautado nesses princípios, exerço a liderança do meu partido na Câmara dos Deputados, presido o diretório regional do PRB de Minas Gerais e atuo como membro-fundador do Parlasul, o Parlamento do Mercosul.
Afirmo que empenharei todas as forças da minha habilidade como homem público para harmonizar os diversos conflitos que permeiam o esporte brasileiro, notadamente no futebol e no voleibol, duas das nossas mais praticadas e admiradas modalidades esportivas. Assim como me obrigarei a reunir esforços de modo a massificar e desenvolver a prática desportiva em todas as demais modalidades.
É preciso dizer que a República se materializa quando as políticas públicas se realizam acima dos partidos políticos, das crenças religiosas, das disputas entre conglomerados econômicos. Elas devem servir a todos os brasileiros indistintamente e assim serão no Ministério do Esporte.
Levantaram contra mim questões há muito explicadas, com arquivamento formalizado até mesmo pelo Supremo Tribunal Federal. Com o único objetivo de desgastar minha imagem, mencionam sem os devidos esclarecimentos ações judiciais envolvendo questionamentos sobre o imposto predial e territorial urbano nos quais eu era fiador do contrato. Ou ainda noticiam como escândalo conflitos sobre o recolhimento de impostos que seguem o devido processo legal. Cobram até mesmo a declaração formal de uma empresa desativada.
Quero dizer que, diante dos ataques injustos e da perseguição implacável gerados pela luta política, reafirmo minha disposição em auxiliar a presidenta da República a desenvolver o nosso país com justiça social. E que a sociedade pode esperar de mim os melhores esforços para melhorar a realidade do nosso país por meio do Esporte.

George Hilton
Líder do PRB na Câmara dos Deputados

Subscrevem,
Marcos Pereira, presidente nacional do PRB
Bancada federal
Bancadas estaduais

NO BLOG SAUDE PELA PRÁTICA A NOSSA COLUNA DO SITE OLIMPICO

POSIÇÃO DA COORDENAÇÃO DA COBERTURA DA RIO 2016



PALAVRA OLÍMPICA________________________________________
                                                                  

            *Clery Quinhones de Lima


RIO 2016,  CADA VEZ MAIS PERTO
Iniciamos a cobertura 3 ANOS ANTES da RIO 2016, estamos fechando o ano de 2014, portanto já se foram quase 1 anos e meio. Estivemos em agosto 2014, no Rio, quando faltava 2 ANOS e anunciamos a nossa estada novamente no RIO, nos 500 DIAS, em março e 1 ANO ANES, em agosto de 2015 e evidente durante a OLIMPIADA, em agosto de 2016.
      A alegria foi muito grande quando em 2009, a cidade do Rio de Janeiro foi anunciada como vencedora para sediar  a OLIMPIADA em 2016. Nós nunca tivemos dúvida de que a cidade do Rio de Janeiro era fortíssima, justificado pela grande momento que vivia o país, em termos econômico ( hoje está balançando) e pelo excelente projeto e mesmo já havia ganho a sede da COPA do Mundo de Futebol.
     Justificado pela preparação para a COPA DO MUNDO DE FUTEBOL, foi marcado por um atraso das obras dos vários complexos. Isso constatamos em agosto. Mas passado o evento, já é perceptível a aceleração dos monumentos esportivos no Rio.(certamente vamos ver isso quando lá estivermos em março).
     TROCA DE MINISTRO Todos sabem que o envolvimento na coordenação de uma Olimpiada fica por conta do Município sede, do Estado e do Governo Federal e isso, até o momento, tem sido sincronizada em todas essas esferas,  com a RIO 2016. Mas,  neste ano, teve eleição e para a RIO 2016 e foi bom continuação da mesma cúpula, só que a presidente DILMA no ajustes pelos compromissos de campanha e apoio político, ela retira o atual Ministro, Aldo Rebelo  e anuncia GEORGES HILTON, Deputado de Minas, que não tem nenhuma identificação com o esporte e está levando todas as críticas de todos os segmentos, desde dirigentes, atletas e comunidade esportiva, isso porque ele foi marcado por ser expulso do PFL e ter carregado malas com dinheiro dos fiéis da UNIVERSAL.
    PERSPECTIVAS TÉCNICAS – Você que está conosco no site olímpico, sabe da intenção do COB em estar no “top ten”, isto ter o BRASIL entre os 10 melhores potências olímpicas e para isso terá que fazer de 27 a 30 medalhas. Para quem tem uma classificação que fica em 23ª. posição tem realmente que avançar muito.
     E aí a pergunta, chega ou não? O planejamento foi feito e vem sendo cumprido e os resultados tem aparecido. Na verdade, para uma afirmação mais subsidiada teremos no final do ano de 2015. Mas também não somos de ficar em cima do muro. Temos a torcida e sobretudo a esperança de que vamos chegar e nisso tem um nome que tem defendido essa proposta e é o homem cérebro. Trata-se de MARCUS VINICIUS, bronze no voleibol em SEUL e hoje o homem chave no esporte no COB.
     COBERTURA DE SANTA MARIA – Nós estamos com este site olímpico, com o jornal SAUDE PELA PRÁTICA e Rádio Imembuí e a nossa proposta está valendo. Agilizamos e conseguimos vários profissionais de áreas do esporte de diferentes atuações, para serem nossos COLABORADORES, participando na coluna chamada COMUNICAÇÃO OLÍMPICA. Ainda estamos em caráter experimental e realmente iremos ampliar as suas participações, a partir do ano de 2016, quando se intensifica a cobertura.
     AGRADECIMENTOS – A todos as pessoas que colaboram conosco nessa jornada, nossos patrocinadores e apoiadores,  e sobretudo a DEUS, que tem sido o nosso permanente orientador, dando-nos discernimento para que possamos desenvolver o nosso trabalho.
      PÓDIO Hoje, dia 31 de dezembro, fechamos 2014 e que venha o ano de 2015. Desejamos a todos um FELIZ 2015 com jogadas lindas, com aplausos da arquibancada, que possamos seguir caminhos retos, com a humildade suficiente para que possamos PERDOAR e AMAR mais os nossos irmãos.
*Profissional de Educação Física, radialista, jornalista, escritor e editor do Jornal SAÚDE PELA PRÁTICA e do site olímpico.
FINALMENTE, DEPOIS DE VÁRIAS CRÍTICAS DA MÍDIA, ESPECIALMENTE NO BLOG DE JCRUZ e JUCA KFOURI, SOBRE A INDICAÇÃO DE GEORGES HILTON, do PRB, no MINISTÉRIO DO ESPORTE, que toma posse hoje, juntamente com outros Ministros,em Brasília, reproduzimos o que está na coluna do JUCA, que vale no papel o dito pelo PRB, transcrevendo os princípios do esporte nas suas manifestações.
Para lembrar, reeditamos, alguns comentários do JCRUZ, em seu blog.
(CLERY - EDITOR)







O esporte brasileiro encontrou a salvação


Juca Kfouri
IMG_1126.JPG
Conheça como o PRB vê a função do esporte na vida nacional, em texto reproduzido de sua página na Internet:
“O Movimento PRB Esporte foi criado para incentivar a prática de esportes entre crianças, adolescentes e jovens.
Nas cidades em que o esporte é incentivado como política pública, a sua prática contribui diretamente com a formação dos cidadãos por assumir um papel fundamental na solução de problemas como: violência, saúde e evasão escolar.
O movimento do PRB Esporte acredita na importância do esporte na formação de cidadãos saudáveis e conscientes de seu papel social e por isso incentiva sua prática por meio da promoção de eventos esportivos que renovam o espírito de equipe entre os brasileiros”.
Acelino Popó Freitas
Coordenador Nacional do PRB Esporte

Agora note que na seção “O QUE É” há um texto falso desses usados por programadores para preencher áreas vazias .
Talvez porque Popó e os papas do PRB/IURD não tenham nada mais a dizer sobre o tema…
IMG_3545.JPG

 

Para que serve o Ministério do Esporte – II

José Cruz


Esse novo ministro do Esporte, George Hilton, conseguiu a façanha de ser expulso do PFL !   O PFL se originou do PDS, que veio de dissidentes da Arena, partidos que deram sustentação ao regime militar! Paulo Maluf,  Antônio Carlos Magalhães, Edison Lobão , Jorge Bornhausen e por aí vai eram alguns dos expoentes… 
 E lá se vão 12 anos…
Alegria dos atletas e dirigentes, quando Lula da Silva anunciou a criação do Ministério do Esporte, ainda em 2002, logo depois de eleito presidente da República. E a surpresa ao entregar a pasta ao PCdoB, inexperiente em questões do esporte, e nomear Agnelo Queiroz ministro.
Com esse gesto, Lula homenageou os companheiros comunistas, históricos parceiros do PT na luta pela redemocratização do pais. Lula não estava preocupado com o setor, mas em ter mais um ministério que alojasse deputados e senadores aliados do Palácio do Planalto. Foi a manifestação explícita do “é dando que se recebe”, também praticada nos governos de FHC, Itamar, Sarney …

Passou o tempo, Agnelo dançou. Veio Orlando Silva (foto)orlando-silva, que foi demitido, acusado de não combater a corrupção. E chegou Aldo Rebelo, que ficou amigo dos cartolas, do futebol, inclusive, que ele combateu na CPI da CBF Nike, em 2001.
Um ato foi comum entre os três ministros: eles ignoraram o esporte escolar e a prática esportiva como “direito de todos” . Preferiram valorizar o alto rendimento, onde circulou muita grana pública, boa parte perdida na corrupção, com mostraram relatórios do TCU sobre os Jogos Pan-Americanos de 2007.
Agora, com o Brasil em grande exposição internacional, devido à Copa e Olimpíada, a presidente Dilma Rousseff também dá uma banana para atletas, dirigentes e toda a comunidade brasileira, ao entregar o Ministério para um leigo, um inexperiente no setor, o deputado George Hilton (PRB/MG)
Pior! Esse novo ministro conseguiu a façanha de ser expulso do PFL!
O PFL se originou do PDS, que veio de dissidentes da Arena! Era o partido de Maluf, de Antônio Carlos Magalhães, Edison Lobão, Jorge Bornhausen e por aí vai…
Diante do que ocorreu nesses 12 anos, volto à pergunta que motivou um artigo, meses atrás:
“Afinal, para que serve o Ministério do Esporte”?
Indiretamente, a presidente Dilma responde:  Pra nada!
O Ministério é apenas um órgão para alojar cupinchas apoiadores do governo, repassar dinheiro para programas insignificantes, e liberar as emendas de deputados e senadores.
O mais triste:
O Conselho Nacional do Esporte, de joelhos, silencia!

No Ministério do Esporte, PRB estreará na farra dos cargos públicos

José Cruz
Cargos públicos enchem o olho dos partidos e dos políticos. Porque  é nos gabinetes,  espalhados pelos ministérios e ocupadas por correligionários e amigos, que se realizam negócios,  contratos e convênios …
Quando o deputado George Hilton (foto) assumir o Ministério do Esporte, no dia 1º de janeiro, terá uma experiente escola para orientá-lo na montagem da equipe: a secretaria de Esportes do Distrito Federal.
Hilton GeorgeNos últimos quatros anos, o PRB,  partido de George Hilton, ocupou a Secretaria de Esportes do Distrito Federal, com o pastor paulista Júlio César Ribeiro no comando.
Júlio César, da Igreja Universal, está em Brasília há dois anos, e já conseguiu se eleger deputado distrital. Ele estará a um quilômetro de distância do Ministério do Esporte, onde poderá orientar o correligionário e “irmão'' George Hilton. Porque, na prática, “cargo público'' é o que interessa a todos os políticos e partidos, para ali colocarem seus amigos e afilhados partidários.
Como secretário de Esporte, Júlio César distribui passagens aéreas e de ônibus para atletas disputarem competições. Foi ato de caráter eleitoreiro, porque as doações, com verba do orçamento, não estavam vinculadas a um projeto maior para o desenvolvimento do esporte na capital da República. A cidade continua sem um plano básico para o setor, e nem uma política de esporte é discutida pelos órgãos afins, e nem o secretário não liderou tal debate.
 Reforço
Porém, o principal reforço para a campanha de Júlio César veio do apoio de dezenas de funcionários das nove Vilas Olímpicas. São fiéis que ocuparam vagas que deveriam ser destinadas a concursados. Mas a Secretaria de Esporte nunca realizou concurso. Essa prática deverá ser aplicada no Ministério do Esporte, onde já se comenta que o PRB “ganhou o ministério com porteira fechada'', isto é, não terá interferência de outro partido para ocupar os mais de 500 cargos disponíveis.
No Ministério
No Ministério do Esporte são centenas de cargos à espera dos novos dirigentes. Só na Secretaria Nacional de Esporte, Lazer e Inclusão Social há 393 cargos na gestão der Aldo Rebelo. Desses, apenas seis são concursados. Os demais foram preenchidos por livre escolha do titular da pasta, com os correligionários tendo preferência.
Atualmente, só a Secretaria de Esporte, Lazer e Inclusão Social, dirigida por Ricardo Cappeli, tem 61 cargos ocupados por terceirizados; 72 bolsistas, 54 DAS  e 200 professores-bolsistas, que atuam na ponta do projeto Segundo Tempo. Outro tanto de vagas está disponível na Secretaria de Alto Rendimento, no gabinete do ministro e secretarias internas.
É isso que enche o olho dos partidos e políticos, porque é nessas secretarias,  que se espalham pelos ministérios, ocupadas por correligionários e amigos, onde se realizam negócios, contratos, convênios … E é este o motivo de a presidente Dilma ter dificuldades para fechar o seu grupo ministerial, pois os partidos mais poderosos brigam, claro, pelas pastas com maior orçamento.
Com essa fartura de vagas a serem preenchidas, o Diário Oficial da União, que publica as nomeações em todos os ministérios, será, com certeza, o jornal mais lido em Brasília a partir de 2 de janeiro.