sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

NOSSO BLOG COM O BOLETIM ELETRONICO DO CREFRS

CREF2/RS debate registro profissional com prefeito da capital
A presidente do CREF2/RS, Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), esteve no dia 26 no gabinete do prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, para entregar ofício que solicita o registro no Conselho Regional de Educação Física de todos os professores de Educação Física da rede Municipal de ensino de Porto Alegre.

Carmen estava acompanhada do vice-presidente do CREF2/RS, Lauro Ubirajara Barboza de Aguiar (CREF 002782-G/RS), da conselheira Débora Rios Garcia (CREF 002202-G/RS) e da assessora jurídica Cristiane Costa. Os secretários municipais de Educação, Cleci Maria Jurach, e de Esportes, Recreação e Lazer, José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS), estiveram presentes à reunião. Ao final do encontro, Fortunati afirmou que enviará ofício, com o documento do Conselho anexado, a cada um dos profissionais que trabalham com atividade física no município pedindo para que se regularizem junto ao CREF2/RS.
Leia a matéria na íntegra aqui.
     


Novo horário de atendimento às sextas-feiras a partir do dia 12 Após o feriado de Carnaval, o CREF2/RS reiniciará o atendimento na quarta-feira (10/02), das 13h às 17h. O horário é exclusivo desta data.
A partir do dia 12, na sede de Porto Alegre do CREF2/RS, todas sextas-feiras terão expediente interno pela manhã, e o atendimento ao público será das 13h às 17h. De segunda-feira a quinta-feira, o atendimento permanece das 9h às 17h.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

NOSSO BLOG DIVULGANDO A ATIVIDADE FISICA, ESPORTE E LAZER



  
EQUIPE DE FUTSAL DA UFSM
 É APRESENTADA AO REITOR


       Ontem, dia 27, aconteceu a apresentação oficial do projeto "UFSM na Série Bronze do Futsal Gaúcho" ao Reitor Paulo Afonso Burmann. Representaram a equipe o coordenador geral Prof. Antonio Guilherme Schmitz Filho, os coordenadores Gabriel Ivan Pranke e Jéverson de Assumpção Bello, os professores Braulio Machado e Marcos Cairrão, integrantes da comissão técnica, e o assessor de imprensa Saul Elias Pranke.

    Através da apresentação, o Reitor conheceu a história da equipe de Futsal Masculino da UFSM, desde a retomada da equipe em 2005, e pode obter informações sobre o seu processo de institucionalização, para que ela tenha respaldo para representar a Universidade no Estadual de Futsal.
   A equipe de Futsal da UFSM filiou-se na FGFS no último dia 21 de janeiro e irá disputar a Série Bronze 2016. A reunião técnica que irá definir a fórmula de disputa e os grupos do certame acontece no próximo dia 4 de fevereiro, sexta-feira, em Porto Alegre. Os treinamentos da equipe começam após o carnaval, no dia 10 de fevereiro.

--
Fonte:
Assessoria de imprensa: Saul Elias Pranke
Tel.: (55) 8160-0423
 NOTA DO EDITOR
A Editoria do blog SAUDE PELA PRATICA parabeniza essa retomada do esporte da UFSM, com o futsal, lembrando que já teve momentos marcantes no cenário esportivo com o  voleibol, natação e muito especial com o HANDEBOL, que chegou a várias vezes campeã nacional e sulamericana. E somos talvez, o único jornalista que acompanhou essa trajetória.
Contem conosco, na medidda do possível e parabenizamos, também por ter a EQUIPE, uma ASSESSORIA DE IMPRENSA.
(CLERY - EDITOR) 

NOSSO BLOG EM PARALELO COM O SITE OLIMPICO

NOSSO SITE OLIMPICO COM O COMITE OLIMPICO DO BRASIL




Rio de Janeiro, 27/01/2016

Treinadores do Time Brasil participam de quarto encontro na sede do COB
Evento aconteceu nesta quarta-feira e grupo irá se reunir mais três vezes até os Jogos Rio 2016
O Comitê Olímpico do Brasil (COB) reuniu nesta quarta-feira, dia 27, treinadores, coordenadores e atletas de referência para dividir experiências e ideias para o bom desempenho do Time Brasil durante os Jogos Olímpicos Rio 2016. O quarto encontro do grupo contou com a participação de cerca de 50 profissionais de diversos esportes olímpicos, entre eles treinadores campeões olímpicos e mundiais, como Bernardinho, Jesus Morlán, Marcos Goto, Ratko Rudic e Morten Soubak. O medalhista olímpico Gustavo Borges, da natação, foi o representante dos ex-atletas na reunião.
O presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, enalteceu a importância do debate entre as principais lideranças esportivas do país. “Gostaria de agradecer a presença de todos os presentes e parabeniza-los pela iniciativa de estarem juntos neste encontro das pessoas que realmente conduzem, dirigem e têm participação e influência muito grandes nos atletas. Esse exemplo que vocês estão dando eu poucas vezes vi no mundo. A confiança no trabalho de vocês é muito grande”, afirmou Carlos Arthur Nuzman.
Além da intensa troca de experiências entre os participantes, o encontro contou com apresentações do treinador da equipe de canoa do Brasil, Jesús Morlán, e do Gestor de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Judô, Ney Wilson. “Tenho participado desde o primeiro encontro e posso dizer que estas reuniões têm contribuído muito para a nossa modalidade. Temos muitos bons treinadores aqui que trazem elementos novos que podem beneficiar outras modalidades”, avaliou Ney Wilson.
O grupo, que é dinâmico e pode ter novos integrantes a cada reunião, terá mais três encontros previstos até o início dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

A SAUDE PREOCUPAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO DA RIO 2016



Rio de Janeiro, 26/01/2016

COB e Hemorio realizam coleta de sangue para os Jogos Olímpicos Rio 2016
O objetivo do Hemorio é coletar até os Jogos Olímpicos Rio 2016 aproximadamente oito mil bolsas de sangue
Esporte e solidariedade caminharam de mãos dadas nesta terça-feira, dia 26, na sede do Comitê Olímpico do Brasil (COB), no Rio de Janeiro. Em uma parceria entre o COB e o Hemorio, foi realizada uma ação de coleta de sangue, com o objetivo de criar um estoque estratégico para o período dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A ação contou com a participação de ex-atletas, padrinhos do Time Brasil e funcionários do COB. A coleta também foi aberta à população em geral, que compareceu em bom número à sede do COB.
Foram coletadas 79 bolsas de sangue ao longo do dia no COB. O objetivo do Hemorio é coletar até os Jogos Olímpicos Rio 2016 aproximadamente oito mil bolsas de sangue. Este estoque vai abastecer 200 hospitais no estado. “Estamos muito orgulhosos de abrir a casa do esporte olímpico nacional para essa ação exemplar. Teremos um fluxo gigantesco de pessoas de todas as nacionalidades no país durante os Jogos Olímpicos Rio 2016 e é importante fazermos a nossa parte para ajudar no estoque de bolsas de sangue durante o evento. O esporte é um exemplo de valores para toda a sociedade, por isso nada mais natural do que o COB estar à frente dessa iniciativa", afirmou Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB. 
A campeã olímpica de vôlei praia Sandra Pires foi uma das ex-atletas que doaram sangue e destacou a importância da iniciativa. “Vale muita a pena fazer esse tipo de boa ação. Temos que ajudar para sempre haver um estoque suficiente para qualquer emergência. Nós atletas, que levamos uma vida saudável, temos que dar este exemplo. Estou muito feliz por ter dado minha contribuição”, comentou a medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Atlanta 96. 
Outro campeão olímpico presente ao evento foi Emanuel Rego, também do vôlei de praia, que, por estar em um período de treinamentos, não pôde realizar a doação. ”Esta é uma ação importantíssima para todos que estarão no Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos. A doação é uma atitude que deve feita por todos”, enfatizou o atleta.
O Hemorio, órgão da Secretaria de Estado de Saúde (SES), distribui sangue para 200 hospitais da rede pública do Rio, incluindo as grandes emergências como a dos hospitais Getúlio Vargas, Souza Aguiar e Miguel Couto, maternidades, UTI´s neonatais e conveniados com o Sistema Único de Saúde - SUS. Com a queda no número de doações nas duas primeiras semanas de janeiro, comum nesta época do ano, o Hemorio tem coletado, em média, 120 bolsas de sangue por dia, quando tem capacidade para receber até 500 doadores diariamente em sua sede, na Rua Frei Caneca, Centro do Rio.
“Com a proximidade dos Jogos Olímpicos, é muito importante que tenhamos um estoque estratégico de bolsas de sangue para atender à população de forma confortável. Nesse sentido, o apoio do Comitê Olímpico do Brasil é essencial para nos ajudar a sensibilizar a população a doar sangue”, explica Luiz Amorim, diretor geral do Hemorio, ressaltando que hoje no Brasil apenas 1,8% da população doa sangue com regularidade, quando a recomendação da Organização Mundial de Saúde é de 5%.
Informações ao doador
Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg, estar bem de saúde e portar um documento de identidade oficial com foto. Jovens com 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais (o modelo da autorização pode ser adquirido no site do Hemorio: www.hemorio.rj.gov.br ). 
Não é necessário estar em jejum, apenas deve-se evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação. O Hemorio funciona todos os dias, das 7h às 18h, incluindo sábados, domingos e feriados, na Rua Frei Caneca, n° 8, no Centro do Rio.
Para mais informações, o voluntário deve ligar para o Disque Sangue (0800 282 0708), que esclarece dúvidas e informa o endereço das outras 25 unidades de coleta distribuídas pelo estado.
Fotos de divulgação aqui.
Atenciosamente,
Comunicação – Relações com a Imprensa
Christian Dawes / Daniel Varsano
Tels: 21-2494.2085- imprensa@cob.org.br


terça-feira, 26 de janeiro de 2016

QUILISPORT/CAEL-SM PUBLICAM A EDIÇÃO DE FEVEREIRO DO JORNAL SAUDE PELA PRÁTICA

JORNAL SAUDE PELA PRÁTICA
EDIÇÃO DO MÊS DE FEVEREIRO
Como fazemos mensalmente, estamos publicando o JORNAL SAUDE PELA PRÁTICA, mês de fevereiro/2016. Nele ampla matéria sobre a realizção do 31.º CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA realizado de 9 a 13 de janeiro/16, na cidade de FOZ DO IGUAÇU-PR







 

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

NOSSO BLOG COM O BOLETIM ELETRONICO DO CREFRS






             
NÚMERO 56 - JAN/2016
CREF2/RS repudia proposta de extinção do bacharelado 
O repúdio à proposta do Conselho Nacional de Educação (CNE), que preconiza a extinção dos cursos de bacharelado em Educação Física, foi a tônica da reunião da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, no dia 19, que contou com a participação de 15 representantes de instituições de ensino superior. De acordo com os artigos 7º e 8º do projeto do CNE, os cursos de bacharelado deixariam de existir a partir do ano letivo seguinte à publicação da resolução.

Segundo o presidente da Comissão de Ensino Superior e professor do bacharelado da UFPel, Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), o CRE2/RS apoia a posição tomada pela maioria das instituições, que é de veemente repúdio ao projeto. “A proposta é perigosa do ponto de vista da formação do profissional de Educação Física, pois ao mesmo tempo que extingue o bacharelado, enfraquece a licenciatura”. Merino afirmou que a Comissão irá elaborar um documento conjunto ressaltando as consequências da extinção do curso para as instituições de ensino, para os profissionais de Educação Física e à sociedade em geral.
Leia a matéria na íntegra aqui.


         Agenda 2016

Março
21, 22 e 23 - Exposul Saúde

Abril

28, 29 e 30 e 01 de maio -
42º Enapef

Anuidade 2016

O Carnê de Anuidade 2016 mudou, permitindo agora ao profissional de Educação Física e à Pessoa Jurídica fazer o parcelamento com desconto.
Os carnês chegarão a partir do dia 15 de janeiro, além de serem disponibilizados no site do CREF2/RS. Mais informações
           CLIQUE AQUI


CREF2/RS e CRO/RS firmam convênio e estabelecem parceria
A presidente do CREF2/RS, Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), e o presidente do Conselho Regional de Odontologia (CRO/RS), José Maria Holderbaum (CRO/RS 7193), reuniram-se na sede do CRO/RS no dia 20, dando início a um processo de aproximação entre as duas entidades, com o objetivo de firmar convênio cujo objeto é o assessoramento mútuo e outros benefícios. Os dois conselhos representam mais de 45 mil profissionais em todo o Estado e atuam na promoção da saúde. 

Presidente do CONFEF visita CREF2/RS e traz solidariedade ao conselheiro Professor Garcia
O presidente do CONFEF Jorge Steinhilber (CREF 000002-G/RJ) esteve no dia 21 na sede do CREF2/RS. De acordo com Steinhilber, suas visitas aos Conselhos Regionais têm o objetivo de manter a harmonia do Sistema CONFEF/CREFs. “Principalmente quando surgem ameaças externas, como o recente projeto do Conselho Nacional de Educação (CNE) de extinção do bacharelado e a proposta da criação de cursos de graduação em gestão esportiva e futebol pelo Ministério da Educação, já que não está claro qual o objetivo deste curso”, explicou. Steinhilber também conversou com a presidente do CREF2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) questões relativas à Educação Física Escolar, assunto que será tratado em um encontro promovido pelo CONFEF em breve.

O presidente ressaltou que a data da visita ao CREF2/RS se reveste de um significado especial, já que no dia 21 o conselheiro federal Professor Garcia (CREF 000002-G/RS), que está hospitalizado há mais de 180 dias, comemorou seu aniversário. “Vim prestar solidariedade de todo o Sistema CONFEF/CREFs, na certeza de que ele vai superar esta fase e retornar ao nosso convívio rapidamente. O conselheiro, além de muito ativo e competente, tem uma bela história na construção da profissão de Educação Física no Brasil”, destacou. 

CLIPPING




Motivação em alta
Perdeu a vontade de correr? Saiba como retomar o pique e voltar com tudo

Fonte: Runner's World
Leia mais: http://www.runnersworld.com.br

Garota surda e cega aprende a surfar
Imagine não ouvir e não enxergar, e mesmo assim ter a coragem de surfar uma onda
Fonte: Redbull
Leia mais: http://www.redbull.com.br

Natação e Olimpíadas: uma longa história
Modalidade tornou-se olímpica na primeira edição dos Jogos na modernidade, em 1896

Fonte: Blog Swim Channel
Leia mais: htttp://www.swimchannel.blogosfera.uol.com.br

Tiro esportivo
Muito diferente do que a maioria das pessoas pensa, o tiro esportivo é o esporte da tranquilidade e equilíbrio

Fonte: Bom Dia DF (Globo)
Veja aqui: http://www.youtube.com.br

Preocupação de atletas, as arritmias cardíacas têm tratamento e até cura
Distúrbio no ritmo do coração, os batimentos são irregulares por períodos variáveis e podem ter falhas isoladas ou em sequência

Fonte: Eu Atleta
Leia mais: http://wwwgloboesporte.globo.com

Este informativo é uma publicação do Departamento de Comunicação do CREF2/RS - contato@crefrs.org.br

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

MOSSO BLOG SAUDE PELA PRATICA DIVULGA A MANIFESTAÇÃO DE REPÚDIO DO CREFRS À MINUTA DO CNE QUE QUER MUDAR GRADE CURRICULAR DA EDUCAÇAO FISICA



20/01/2016
Fonte: CREF2/RS

CREF2/RS repudia proposta de extinção dos cursos de bacharelado em Educação Física
20/01/2016
Fonte: CREF2/RS

O repúdio à proposta do Conselho Nacional de Educação (CNE), que preconiza a extinção dos cursos de bacharelado em Educação Física, foi a tônica da reunião da Comissão de Ensino Superior e Preparação Profissional do CREF2/RS, nesta terça-feira (19), que contou com a participação de 15 representantes de instituições de ensino superior. De acordo com os artigos 7º e 8º do projeto do CNE, os cursos de bacharelado deixariam de existir a partir do ano letivo seguinte à publicação da resolução.

Segundo o presidente da Comissão de Ensino Superior e professor do bacharelado da UFPel, Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS), o CRE2/RS apoia a posição tomada pela maioria das instituições, que é de veemente repúdio ao projeto. “A proposta é perigosa do ponto de vista da formação do profissional de Educação Física, pois ao mesmo tempo que extingue o bacharelado, enfraquece a licenciatura”. Merino afirmou que a próxima medida da Comissão será elaborar um documento conjunto assinado por todos os coordenadores de bacharelado do estado, ressaltando as consequências da extinção do curso para as instituições de ensino, para os profissionais de Educação Física e à sociedade em geral.

Para o coordenador do bacharelado em Educação Física da Unisinos, Cláudio Gutierrez (CREF 014210-G/RS), o projeto extinguirá o curso que possui um forte vínculo com a promoção da saúde, além de ter maior procura em todas as universidades em que são oferecidos os dois cursos. "Não teremos uma participação efetiva na saúde se não mantivermos currículos que contemplem as especificidades da área. Todo o avanço que se construiu a partir da separação dos cursos será perdido, e os ganhos conquistados pela licenciatura na área pedagógica retrocederão, enfraquecendo seu compromisso com a escola básica".

De acordo com Álvaro Reischak de Oliveira (CREF 001714-G/RS), docente da ESEF/UFRGS, mais de 150 estudantes da Faculdade se posicionaram contra a extinção do curso em um recente abaixo-assinado. “Este expressivo número de assinaturas sinaliza que os próprios alunos querem a separação dos currículos e, acima de tudo, precisam ser ouvidos na formulação das políticas de ensino”. Álvaro também ressaltou a existência de movimentos no meio acadêmico que reiteradamente defendem a extinção do bacharelado e do Sistema CONFEF/CREFs. “O que faz mais urgente uma ampla articulação política na defesa do bacharelado, currículo essencial na formação do profissional de Educação Física”.

Um documento elaborado pelo conselheiro Federal do CONFEF Emerson Silami Garcia (CREF 000046-G/MG), com considerações à proposta do CNE, alerta que a extinção do bacharelado provocará a demissão de centenas ou até milhares de docentes qualificados, pois nenhuma licenciatura de 3200 horas acomodaria tantas disciplinas quanto as que existem atualmente nos dois currículos. “Como o único curso seria licenciatura, hoje regulada pela Resolução CNE 2/2015, é natural que sobrevivam principalmente os conteúdos próprios de licenciatura. Não existe nenhum arranjo possível para acomodar todas as disciplinas na mesma carga horária. É utopia dizer que a educação continuada suprirá todas as necessidades”, sustenta o documento.

Estiveram presentes à reunião representantes da UNISC, Ulbra Canoas e Gravataí, Unijuí, Univates Lajeado, FACOS, Fadergs, Sogipa, ESEF/UFRGS, Unilasalle, Unisinos.

NOTA DO EDITOR
Colaborando, estamos reproduzindo a matéria que fizemos, quando da REUNIÃO EM FOZ DO IGUAÇU-PR, em que estivemos participando pela FIEP e como ASSESSOR DE IMPRENSA. Lembramos, agora que está divulgado, que o CREFRS, através da presidente CARMEM MASSON teve destacada participação em que na reunião de esclarecimento e tomada de posição, expôs praticamente o que o nosso colega Conselheiro Merino diz na matéria acima.
(CLERY - EDITOR) 

EM FOZ TEVE A DISCUSSÃO DE UMA MINUTA DO CNE SOBRE A FUTURA FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FISICA
 Grupo participante da reunião.
Nessa tarde, no Hotel Bella Italia, dentro das atividades do CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA, um grupo com a participação de integrantes do SISTEMA CONFEF/CREFs, FIEP BRASIL e interessados reuniram-se para discutir a Minuta do CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CAMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR que foi apresentada a minuta de resolução em audiência pública no dia 11 de dezembro de 2015, que quer instituir Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de graduação em Educação Fisica, Licenciatura.

Mesa diretiva
 Masson, do CREFRS
 Unicamp ( individual)


Branco, CREF-PR 
 Participantes


     Teve momentos de informações e proposições. E o clima é de descontentamento total dos Profissionais de Educação Fisica essa proposição que abala a estrutura atual da EDUCAÇÃO e ATIVIDADES FÍSICAS e ESPORTIVAS no país.
  Açoes serão feitas para contrapor essa proposição desfavorável à categoria e a sociedade,  em que propõe um curso de Educação Fisica Básica e extingue o Bacharelado ( hoje a formação do Profissional de Educação Física acontece em LICENCIATURA, para atuação na escola e na sociedade, o BACHARELADO). 


 Jorge Steinhilber, Presidente do CONFEF
      O Sistema CONFEF/CREFS está vigilante e tomará todas as medidas cabíveis, a cada passo que as ações vão acontecendo e se necessário for entrará com uma ação judicial. Informou que a atuação tem que ser planejada e por etapas.