sexta-feira, 22 de abril de 2016

NOSSO SITE SPP EM PARALELO COM O SITE OLIMPICO - TRAZ A TOCHA OLIMPICA DE OLIMPIA

FINALMENTE O FOGO ARDEU EM OLIMPIA, GRÉCIA... E SEGUE ...


Começou! Tocha Olímpica é acesa e traz herança milenar da Grécia ao Brasil

Símbolo da paz segue rota que passa pela sede da ONU, na Suíça, antes de iniciar o revezamento em mais de 300 cidades brasileiras

Dentro da tradição, um atleta grego abre o revezamento da tocha Olímpica Rio 2016  (Foto: Rio 2016/André Luiz Mello)
Dentro da tradição, um atleta grego abre o revezamento da tocha Olímpica Rio 2016 (Foto: Rio 2016/André Luiz Mello)
A chama dos Jogos Rio 2016 já está ardendo na Grécia, berço do movimento Olímpico. Conforme manda a tradição, a cerimônia de acendimento da tocha aconteceu no Templo de Hera, em Olímpia, na manhã desta quinta-feira (21). Após o ritual milenar, a tocha iniciou sua jornada de anúncio de trégua. Após visitar a sede das Nações Unidas, em Genebra, segue em revezamento até o acendimento da pira na abertura dos Jogos, no Maracanã, em agosto.
"A chama Olímpica representa a esperança para nós. É uma mensagem para os jovens: não desistam dos seus sonhos. Sonhos nos fazem mais felizes, nos fazem melhores", disse Carlos Nuzman. O presidente do Comitê Rio 2016 iniciou seu discurso com um beijo na bandeira do Brasil e arrematou sua participação com o convite:

"O Brasil espera por todos vocês. Os Jogos Olímpicos vão nos levar ao futuro"

A chama foi acesa às 6h53 (no horário de Brasília) em cerimônia que remete aos Jogos da Antiguidade. Um elenco de 29 atores e 13 dançarinos viveu o ritual grego. No papel de alta sacerdotisa, a atriz Katerina Lehou acendeu a chama Olímpica com a “skaphia” - suporte de espelho côncavo que converge os raios para um ponto específico.
Imagem Rio 2016
O acendimento segue o ritual que os gregos praticavam na Antiguidade (Foto: Rio 2016/André Luiz Mello)

Cerimônia oficial de acendimento da chama Olímpica, a solenidade de abertura foi liderada por Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), e Spyros Capralos, presidente do Comitê Olímpico Helênico.

"A chama Olímpica vai espalhar valores de tolerância, solidariedade e paz. Em um mundo abalado por crises, a mensagem de que a humanidade é maior do que as forças que nos separam é mais relevante do que antes"

Thomas Bach, presidente do COI em discurso que precedeu ritual da chama


Imagem Rio 2016
O momento mais esperado do ritual: a passagem da chama para a tocha Rio 2016 (Foto: Milos Bicanski/Getty Images)

 

E lá vai ela...

O ponto alto da cerimônia? Quando a sacerdotisa passou a chama para a tocha Olímpica Rio 2016. O ícone com desenho inspirado na geografia e cores do Brasil entrou em cena conduzido pelo ginasta grego Eleftherios Petrounias, que estava no Rio de Janeiro esta semana e garantiu sua vaga para os Jogos no Qualificatório Final de Ginástica, na última segunda-feira (18). Depois, ao passar pelo Monumento Pierre de Coubertin, o atleta abriu oficialmente o revezamento da tocha Rio 2016. Petrounias entregou a chama Olímpica ao brasileiro Giovane Gávio, bicampeão Olímpico de voleibol e gerente do esporte no Comitê Organizador.

"Os Jogos são do Brasil", comemora Giovane ao conduzir a tocha

Imagem Rio 2016

Petrounias entrega a chama Olímpica ao brasileiro Giovane Gávio (Foto: Rio 2016/André Luiz Mello)

Da Grécia ao Rio de Janeiro

Antes de chegar ao Brasil, a tocha Rio 2016 faz uma rota pela Grécia com 450 condutores que inclui uma passagem pela icônica cidade de Maratona. Chega à capital Atenas na quarta-feira (27), dia do encerramento do tour grego, marcado por um show do pop star local Sakis Rouvas, no Estádio Panathinaiko, dos históricos Jogos Atenas 1896.
Dois dias depois, o destino é Genebra, na Suíça, para uma cerimônia na Organização das Nações Unidas (ONU). No domingo (30), a tocha é levada ao Museu Olímpico, em Lausanne, onde fica a sede do COI. A tocha Rio 2016 desembarca, dia 3 de maio, em Brasília, onde inicia o revezamento no país-sede dos Jogos.

 

Imagem Rio 2016

Um elenco de 29 atores e 13 bailarinos seguiu o ritual original praticado pelos gregos (Milos Bicanski/Getty Images)


 

 

Giovane: "Está difícil até de falar. Receber a tocha neste lugar sagrado é único"

O bicampeão Olímpico saiu emocionado após representar o Brasil no primeiro trecho do revezamento da tocha Olímpica na Grécia  

Giovane Gávio com a tocha Olímpica Rio 2016 em Olímpia, na Grécia  (Foto: Rio 2016/André Luiz Mello)
Giovane Gávio com a tocha Olímpica Rio 2016 em Olímpia, na Grécia (Foto: Rio 2016/André Luiz Mello)
Alguns momentos na vida a gente nunca esquece. O primeiro beijo, o nascimento dos filhos, o primeiro ouro Olímpico, o segundo ouro Olímpico e também o dia em que recebeu a chama Olímpica direto do Templo de Hera, na Grécia. O bicampeão Olímpico de voleibol Giovane Gávio viver hoje esse momento inspirador. E saiu da experiência inspirado:

“Estou muito emocionado. Está até difícil falar. Receber a tocha aqui neste lugar sagrado é único, fantástico”

Nesta quinta-feira (21), ele foi ser o primeiro do país-sede dos Jogos a conduzir a tocha Olímpica Rio 2016 após a cerimônia de acendimento da chama na cidade de Olímpia, na Grécia. O ex-atleta e gerente do voleibol do Rio 2016 recebeu o símbolo dos Jogos Olímpicos das mãos do ginasta grego  Eleftherios Petrounias, começando assim o revezamento que passará por Grécia, Suíça e mais de 300 cidades do Brasil até chegar ao Estádio do Maracanã, no dia 5 de agosto, palco da cerimônia de abertura.

"Quero inspirar os brasileiros a participar dos Jogos, que são do Brasil"

Momentos antes de correr o seu trecho no revezamento, Giovane não escondia a ansiedade:
“No ensaio já passou um filme na minha cabeça. Todo o meu passado, meus momentos na quadra, os companheiros que me ajudaram a chegar até aqui, o presente, por estar vivendo no Brasil os Jogos Olímpicos ajudando a organizar, e o futuro que, com certeza, vai ser no esporte”, contou.
Por fim, deixou um recados para os atletas e torcedores que participam dos primeiros Jogos Olímpicos da América do Sul: "Quero agradecer e dizer a todos os atletas que estaremos torcendo muito por eles nos Jogos. Vai ser fantástico. Mas esporte não é só conquista de medalhas. Junto com a educação e com seus valores, pode transformar a vida de crianças, jovens e adultos. Principalmente no momento em que estamos vivendo no país, precisamos resgatar nossa unidade. No fundo, somos todos brasileiros", disse.


Assista à passagem da chama do ginasta grego para o brasileiro:

Imagem Rio 2016

quarta-feira, 20 de abril de 2016

TOCHA OLIMPICA SAI E COMEÇA A SUA CORRIDA

PALAVRA OLIMPICA:
TOCHA OLIMPICA  SAI NESSA QUINTA DE OLIMPIA RUMO A LOUSANE - SUIÇA E DEPOIS PARA O BRASIL.
                                   * Clery Quinhones de Lima
Esse gesto se repetirá amanhã, em OLIMPIA
" A Chama Olímpica é um dos símbolos dos Jogos Olímpicos, e evoca a lenda de Prometeu que teria roubado o fogo de Zeus para o entregar aos mortais. Durante a celebração dos Jogos Olímpicos antigos, em Olímpia, mantinha-se aceso um fogo que ardia enquanto durassem as competições. Esta tradição foi reintroduzida nos Jogos Olímpicos de Verão de 1928. Nos Jogos Olímpicos de Verão de 1936, pela primeira vez ocorreu uma estafeta de atletas para transportar uma tocha com a chama, desde as ruínas do templo de Hera em Olímpia até ao Estádio Olímpico de Berlim, como uma maneira de promover a ideologia Nazista.
   Um dos grandes momentos dos JOGOS OLIMPICOS acontece amanhã, dia 21, quando o fogo olimpico será ardido em OLIMPIA - Grécia e começa a sua condução para os JOGOS OLIMPICOS DO RIO DE JANEIRO. Toda cúpula da direção Olímpica do Brasil Governo Federal, Estadual e Municipal estarão lá. A TOCHA vai para Lousane, na Suiça, sede do COMITE OLIMPICO INTERNACIONAL.
     E a partir do dia 3 de maio, a TOCHA OLIMPICA conduzida por brasileiros inicia em BRASILIA a vastíssima rota pelo pais.
Com esse uniforme e essa tocha, brasileiros terão a honra de conduzí-la com garbo e fazendo a história de seus Municípios.
        Temos acompanhando na internet as manifestações de praticamente todo o país, dos condutores da tocha. Alguns com dúvidas quanto ao percurso e até o proprio local onde estarão, como voluntários e a isso a nossa crítica, porque nessas alturas deveria tudo estar definido. Já que começaram muito cedo.
          Nós somos um exemplo, conduziremos, conquista nossa pelo nosso currículo enviado e aprovado pela NISSAN, até agora não se sabe quase nada,  se tem a confirmação do nosso nome, pela NISSAN e pela COORDENAÇÃO DA RIO 2016. E o Comitê local, de Santa Maria, mantém-se secreto com as informações. Aguardemos.
        Mas para dizer que esses nossos brasileiros que se manifestam na INTERNET estão anciosos e felizes pela essa honraria.
          IMPERATRIZ - Estamos aqui no Maranhão, com os SEM FRONTEIRAS, num projeto da FIEP BRASIL, para palestras, mas cedo estaremos na TV para acompanhar o cerimonial da largada do foto de OLIMPIA, na Grécia.
(CLERY - EDITOR)  

Nenhum comentário: