terça-feira, 4 de outubro de 2016

NOVO DIRETOR EXECUTIVO DE ESPORTES DO COB

Agberto Guimarães é o novo diretor executivo de esportes do Comitê Olímpico do Brasil

Ex-atleta olímpico volta à entidade após trabalhar na organização dos Jogos Rio 2016

Heitor Vilela/COB
04/10/2016 17:06
Ex-atleta olímpico de atletismo e campeão pan-americano nos 800m e 1500m em Caracas 1983, Agberto Guimarães foi anunciado nesta terça-feira, dia 4, como o novo diretor executivo de Esportes do Comitê Olímpico do Brasil (COB). Aos 59 anos, Agberto volta ao COB após ter exercido a função de diretor executivo de Esportes e Integração Paralímpica do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Como atleta, disputou três Jogos Olímpicos no atletismo (Moscou 1980, Los Angeles 1984 e Seul 1988) e alcançou a quarta colocação nos 800m rasos em Moscou 1980. 
“Poucos atletas no Brasil têm uma história tão rica e tão forte igual ao Agberto. Ele foi o diretor de esportes dos Jogos Pan-americanos, do projeto da candidatura aos Jogos Olímpicos e o diretor de Esportes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, além de ter sido um brilhante atleta do atletismo. Seu currículo é exemplar e eu me sinto extremamente envaidecido dele ter aceito o convite para assumir este cargo no COB. Agberto foi fundamental para o êxito dos Jogos Rio 2016 e agora vai contribuir para o desenvolvimento do esporte brasileiro em uma nova função. Temos a missão de seguir com o trabalho de evolução das diversas modalidades, em conjunto com as Confederações”, disse o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman.
Natural de Tucuruí (PA), Agberto ingressou no COB em 1999. Na entidade, ajudou a montar o departamento de Ciências do Esporte e gerenciou os projetos da Solidariedade Olímpica no Brasil. Depois, atuou no Comitê Organizador dos Jogos Pan-americanos Rio 2007, como Diretor de Esportes. Após o Pan, foi chamado a contribuir no Comitê de Candidatura e depois no Comitê Organizador Rio 2016. No Rio 2016, também como Diretor de Esportes, Agberto teve a tarefa de planejar e organizar todas as competições esportivas dos Jogos Olímpicos Rio 2016, incluindo a logística da competição e treinamento e as cerimônias de premiação.
“Estou chegando com calma, saindo do Comitê Rio 2016 para voltar para casa. Eu conheço o COB, mas preciso de dois ou três meses para tomar pé da situação, entender o trabalho que foi feito de fato. Mas, de qualquer forma, acredito que o foco é sempre na qualidade técnica, ou seja, no resultado e na melhor performance dos atletas. O trabalho que faremos será em parceria com as Confederações para que possamos oferecer o melhor ambiente possível aos nossos atletas. Esse é o nosso foco”, explicou Agberto Guimarães, que como atleta possui cinco medalhas em Jogos Pan-americanos.
Agberto Guimarães iniciou sua carreira de gestor esportivo como administrador das instalações esportivas do Ibirapuera, em São Paulo, na década de 90. É formado em Educação Física pelas Universidades de Bringham Young (EUA) e de São Caetano do Sul (SP), e passou pela Federação Paulista e pela Confederação Brasileira de Atletismo. “O desafio agora é olhar para frente no ciclo até 2020. Assumo uma função que já vinha fazendo no COB, antes de ir para o Comitê Organizador, e dar continuidade ao bom trabalho que o Marcus Vinicius fez no ciclo passado”, destacou o novo diretor executivo de Esportes do COB.

NOTA DO EDITOR -  Estranho. Tentamos o fone do MARCUS VINICIUS para sabermos dessas mudanças e se ele saiu do COB ou assumiu outra função e não tivemos contato. Deixamos um what zap para saber.

Nenhum comentário: