domingo, 20 de novembro de 2016

NOSSA COBERTURA DA ETAPA ESTADUAL DA BOCHA ADAPTADA DA FGB SEDIADA EM SANTA MARIA

SANTA MARIA SEDIOU EXITOSAMENTE O EVENTO DA BOCHA ADAPTADA
(Santa Maria ganha espaço no cenário gaúcho, em termos técnico e organização)
Santa Maria, dentro de sua vocação esportiva, lança-se no cenário gaúcho na BOCHA ADAPTADA. Criou recentemente a ASSOCIAÇÃO SANTA-MARIENSE PARADESPORTIVA - ASSAMPAR e nesse final de semana sediou a SEXTA ETAPA DO ESTADUAL GAÚCHO, que teve 28 participantes de vários municípios gaúchos e pela primeira vez a disputa do FEMININO.
INTER E CRUZEIRINHO foram parceiros da ASSAMPAR na realização do Evento, com a coordenação maior da FEDERAÇÃO GAÚCHA DE BOCHAS - FGB, pelo sua Diretoria de BOCHA ADAPTADA, com JOEL STOCK.

MATÉRIA NA COLUNA DO CRUZEIRINHO NO JORNAL SAUDE PELA PRÁTICA, EDIÇÃO DO MÊS DE DEZEMBRO.
(Estamos adiantando a matéria)

CRUZEIRINHO PARTICIPOU DA ETAPA ESTADUAL DA BOCHA ADAPTADA
Com solenidade de abertura no Internacional, na manhã de 19 de novembro e o encerramento no dia 20, no Cruzeirinho, Santa Maria sediou a VI Etapa Estadual de BOCHA ADAPTADA em Cadeiras de Rodas pela Federação Gaúcha de Bochas. Com a presença de autoridades, convidados, dirigentes e atletas de várias cidades gaúchas. Teve a participação de 28 bochófilos cadeirantes, sendo que deste pela primeira  vez teve a participação de 4 mulheres ( 3 foram de Santa Maria).
A Coordenação geral foi da FGB com o Diretor Joel Stock e a Associação Santa-mariense Paradesportiva – ASSAMPAR.
No masculino foi campeão AMADOR MELLO, Passo Fundo e vice, VANDERSON SATHERS e no feminino venceu ADRIANA DIAS – ASSAMPAR –S.Maria e vice TANIA NANSCH – S. Cruz do Sul.

Os jogos foram realizados no Inter e no Cruzeirinho. O feminino encerrou no sábado. Campeã – Adriana – ASSAMPAR; vice – Tania – S.Cruz; 3º lugar – Claudia – ASSAMPAR e 4º lugar – Vera – ASSAMPAR e o masculino ao meio-dia de domingo. CLASSIFICAÇÃO – Campeão – MELLO, 3º lugar – ANDERSON; 4º lugar; 5º lugar- EVERALDO ( todos de Passo Fundo) e o vice e 6º lugar, respectivamente da ASSAMPAR –SM, VANDERSON e lugar – JARI – ASSAMPAR.

Bocha Adaptada em fotos___________________
Mulheres na competição com dirigentes

 Adriana (ASSAMPAR) campeã


Amador (P.Fundo) campeão


Participantes com dirigentes


DIA 4 DE DEZEMBRO TEM TORNEIO DA ESCOLINHA DE INICIAÇÃO PIÁ BOM DE BOCHAS DO CRUZEIRINHO.

NOTA DO EDITOR_____________________________

Na qualidade de um colaborador da difusão do esporte em nossa cidade, há mais de 43 anos, participamos da fundação da ASSOCIAÇÃO SANTA-MARIENSE PARADESPORTIVA - ASSAMPAR e fizemos parte da sua diretoria. E, como havia nesse  final de semana , uma ETAPA ESTADUAL de BOCHA ADAPTADA aqui. Dias antes, participamos da divulgação do evento e fomos o apresentador do cerimonial de instalação do Evento, lá no INTER (elaboração da Claudia Ravazi). E ficamos na INTERNET, no face e no nosso site SAUDE PELA PRÁTICA contando lance por lance do Evento.

Com todo esse tempo de COMUNICAÇÃO ESPORTIVA, foi a primeira vez que me envolvi diretamente num Evento do Paradesporto.

Confesso que conhecendo a amplitude do esporte, a sua extensão desde a sua concepção até a gestão, fiquei impressionado com os seus participantes, que tem as dificuldades inerentes do ESPORTE, imagine eles que tem deficiência.
A Bocha já acampanhei muitos eventos, mas ADAPTADA nunca tinha esse contato e vi um diferença enorme, porque normalmente com a bocha e o bolão rola a CERVEJA solta e agora aqui não se viu isso, a não ser alguns escondidinhos puxando um pito (cigarro, bem entendido).
O que fica? - Muito, porque pelo que tive falando com o JOEL, homem forte da FGB, do presidente JAIRO, que se sensibilizou e está dando todo o apoio, inclusive criando a DIRETORIA de BOCHA ADAPTADA, nesse ano. Vimos um lance espetacular para avanços futuros e não temos dúvidas de que breve o RS comandará a BOCHA ADAPTADA no Brasil e por consequinte no Continente Sulamericano. Aliás o que já acontece com a BOCHA NORMAL, nosso grande BATISTA.

A largada foi dada. Santa Maria está bem com a ASSAMPAR, pelo que estamos acompanhando. Precisa manter essa coesão e a FGB trabalhando assim séria, ampliando suas ações teremos uma soma fantástica nesse esporte, que hoje está com pouco mais de 40 inscritos, mas que vai crescer, assim é expectativa. Avançou com O FEMININO, foi realizada pela vez primeira o naipe, em Santa Maria e teve 4 mulheres, sendo dessas 3 daqui.

Amigos, a priori, dentro de nossas limitações e capacidade, podem contar com esse PROFISSIONAL que tem a COMUNICAÇÃO ESPORTIVA como missão, na qualidade de Profissional de Educação Fisica e Jornalista.
SAUDE PELA PRÁTICA  a todos.
(CLERY QUINHONES DE LIMA -EDITOR)

Nenhum comentário: