domingo, 11 de dezembro de 2016

NOSSO SITE COM O HANDEBOL BRASILEIRO

Confederação de Handebol desmente Morten e diz que queria renovar contrato

Do UOL, em São Paulo

  • Franck Fife/AFP Photo
A Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) emitiu uma nota oficial desmentindo o técnico Morten Soubak sobre sua sequência no comando da seleção brasileira feminina. Em entrevista ao UOL Esporte, ele afirmou que não foi procurado para renovar o seu contrato para o próximo ano e que por conta disso havia tomado a decisão de sair.
A CBHb diz que tinha o interesse de seguir com o dinamarquês no cargo. Morten estava na seleção desde 2009, tendo conquistado o Campeonato Mundial de 2013, na Sérvia.
"Diferentemente do que o técnico da Seleção Brasileira Feminina Adulta de Handebol, Morten Soubak, tem declarado à imprensa, de que não foi procurado para falar sobre a permanência à frente da equipe, a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) informa que conversou sobre o assunto com o treinador em mais de uma oportunidade", diz trecho da nota.
"A CBHb lamenta muito em saber pela imprensa, mesmo após as reuniões, sobre a insatisfação de Morten. A entidade ficou surpresa com o anúncio feito pelo treinador, por quem tem muita admiração, gratidão e respeito. Com o anúncio feito em rede nacional, a CBHb entende que a decisão dele já foi tomada", completa a nota.
Morten deixou o comando do Brasil no último sábado, após conquistar o título de um torneio amistoso no Pará, que contou com a participação de Uruguai, Eslováquia e Cuba.
Confira a nota completa:
Antes dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Morten foi convidado para uma reunião na sede da CBHb, em Aracaju (SE), onde se iniciou uma conversa sobre a continuidade do treinador, inclusive com acréscimo de valores no salário do mesmo, a pedido do próprio Morten. Após a Rio 2016, a CBHb convidou Morten novamente para discutir a permanência, já que o contrato em vigência havia sido encerrado em 31 de agosto de 2016. A CBHb fez uma proposta para prorrogar o contrato em vigência com os mesmos valores até 31 de dezembro de 2016. Logo depois desta data, seria renegociada a permanência de Morten.
Ainda em setembro, a CBHb enviou uma carta de agradecimento a todos os integrantes das comissões técnicas das Seleções Masculina e Feminina Adultas, que ressaltava a importância de cada um deles no trabalho desenvolvido com as Seleções durante o ciclo olímpico. A carta informava que ainda não existia definição em relação ao financiamento dos projetos, mas que com os mesmos revisados e prontos seria feita a apresentação do planejamento. A entidade se colocou ainda à disposição para diálogo e qualquer esclarecimento necessário.
Em outra reunião, realizada no dia 30 de novembro de 2016 durante o II Torneio Quatro Nações Feminino, em Belém (PA), o presidente Manoel Luiz afirmou novamente a Morten e a toda comissão técnica que voltaria a conversar com todos quando os recursos fossem definidos, logo no início de 2017.

Nenhum comentário: