sábado, 25 de fevereiro de 2017

NOSSO SITE REGISTRA A DITA DESPEDIDA COMO ATLETA GILVAN NA CANOAGEM

GILVAN DIZ ESTAR FORA DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE CANOAGEM
Há dias Gilvan, de Santa Maria, que esteve na última Olimpiada (RIO 2016) pela Seleção Brasileira de Canoagem e conseguiu um décimo lugar. Depois de colocar no face que estaria se definindo por ficar em Santa Maria, agora confirma a sua saída da SELEÇÃO BRASILEIRA DE CANOAGEM. Isso acontece em entrevista ao colega Pedro Pavan,  no Diário desse sábado, dia 25 de fevereiro/2017.


NOTA DO EDITOR


Clery na RIO 2016
Há dias atrás, quando GILVAN  colocou no face de que estaria se radicando em Santa Maria, sentimos que algo havia acontecido. Inclusive perguntamos se estava deixando a SELEÇÃO. Isso porque ele sendo vinculado à CBC tem um compromisso contratual, até porque recebe bolsa (pelo menos é o normal). Mas não respondeu. No entanto, fiz sondagem e deu para sentir que o caminho era esse. Percepção correta de quem convive com o esporte.
Hoje, o jornal DIÁRIO SM, está estampando numa página a entrevista de GILVAN. E aí a pergunta: Por que não uma coletiva com a Imprensa?  Pois o GILVAN é uma pessoa pública, vinculado ao Esporte Nacional e os Veículos, certamente todos sempre divulgaram os nossos atletas em disputas internacionais. E explico com uma chamada para uma COLETIVA À IMPRENSA, seria uma forma simpática do atleta para com à Imprensa, que ao longo dos anos tem dado a divulgação - embora seja a sua obrigação - mas quem marcaria pontos seria o ATLETA. Ainda mais que o GILVAN, será nosso colega de IMPRENSA e pode no futuro se deparar com uma situação semelhante.
Gilvan desfila pela cidade, num dos momentos de conquista na canoagem do BRASIL
    Amigos, porque escrevemos isso direto no SITE, não fomos procurar o GILVAN? Porque o assunto tornou-se público, depois de ter o seu depoimento em um Veículo da Imprensa da Cidade, numa entrevista exclusiva, que passou a ser uma fonte de informação para interpretação jornalística de uma forma restrita ao que nela está veiculado. Particularmente, aquelas informações não nos satisfizeram. Teríamos outras perguntas a fazer para O GILVAN. Tais como: Ficou plenamente rompido com a CBC ou só pediu afastamento a SELEÇÃO? Pois na reportagem dizes: "Que no primeiro momento, saiu só da Seleção e que vai pensar em competições nacionais e internacionais, só se a proposta muito boa." Em cima disso, a saída foi causado, além de algumas explicações pessoais, foi também a forma estrutural da ORGANIZAÇÃO ESPORTIVA (CBC) ou a parte financeira? Porque ainda na reportagem, GILVAN fala que mesmo durante a disputa da OLIMPIADA, os salários estavam atrasados ( seria a bolsa atleta). GILVAN fala que continuará envolvido com a canoagem projeto da ASENA, de que forma? 
Em visita à residência do GILVAN, Ele exibe o nosso banner de cobertura dos JOGOS OLIMPICOS DO RIO DE JANEIRO 2016 (Obrigado).
Amigos, por fim, particularmente sempre procuramos divulgar atletas locais, principalmente os nossos esportes OLIMPICOS - Canoagem e judô - Aliás, somos o único JORNALISTA local que acompanha a OLIMPÍADA e sempre fazemos os nossos comentários técnicos, embora às vêzes não sejam do agrado, da simpatia dos leitores/ouvintes e dos próprios protagonistas. Os  nossos espaços na RÁDIO IMEMBUI, no face, nesse site estão sempre abertos para esclarecimentos. Aliás,  merecemos, e fazemos isso em detrimento do nosso ouvinte e leitor.
(CLERY - EDITOR )

Nenhum comentário: