quinta-feira, 29 de junho de 2017

NOSSO SITE APRESENTA DOCUMENTÁRIO DO I ENCONTRO DAS FACULDADES DE EDUCAÇÃO FISICA DO BRASIL EM BRASILIA



ABCD ABRE O ALFABETO E LANÇA PROGRAMA JOGOLIMPO PARA AS FACULDADES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO BRASIL
O Ministério do Esporte- ME, através da AUTORIDADE BRASILEIRA CONTROLE DE DOPAGEM – ABCD promoveu e realizou  no dia 28 de junho, no auditório do ME, o Lançamento do Programa JOGOLIMPO para as Faculdades de Educação Física do Brasil. Contou com a presença do Ministro de Esportes, Leonardo Picciani. Teve a participação de mais de 100 Faculdades, Sistema CONFEF/CREFS -Conselho Federal e Estaduais de Educação Física( Presidente Jorge Strinhilber, Federação Internacional de Educação Física – FIEP (Presidente Mundial - Almir Gruhn e integrantes de algumas FIEPs estaduais), Comitê Olímpico do Brasil –COB ( Adriana Behar), Comite Brasileiro de Clubes-CBC ( representante Ricardo Avellar), Secretário Nacional de Rendimento, Luiz Lima; Confederações Brasileiras de Esportes, Escolas Técnicas Federais; Erik Ávila, do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes e convidados. A Coordenação do Evento foi do Secretário Nacional da ABCD, Rogério Sampaio e do Diretor de Informação e Educação da ABCD, Luiz Celso Giacomini e contou com a presença de Maria José Pesce Cutre, Delegada Pan-americana da WADA.

Secretário Rogério Sampaio

Autoridades na abertura
          A solenidade de Abertura teve a palavra de Rogério Sampaio, que saudou a todos e falou da importância do Encontro que conta com a presença de Entidades representativas da sociedade acadêmica, classistas, dirigentes, desportistas e convidados para que juntos possam estarem sintonizados num trabalho integrado de ações certeiras no Programa JOGOLIMPO para amenizar esse perigo que faz mal ao esporte. Agradeceu a sua Equipe de trabalho, pelo empenho em preparação ao Evento. 


Silami recebe da mãos do Secretário Rogério Sampaio
Igualmente Luiz Fernando - do CEFD/ UFSM, convidado da ABCD
  Os integrantes da Comissão de Pesquisa da ABCD receberam um certificado e portaria de nomeação: Emerson Silami Garcia; Luiz Freire Royes; Marco Túlio e a Coordenação de Pablo Grecco.

PALESTRA DA WADA -  A uruguaia Maria José Pesce Cutre, Delegada Pan-americana da WADA, proferiu uma palestra sobre a atuação da sua Entidade e enfocou a questão da EDUCAÇÃO DO ESPORTE com os pilares principais de informação, prevenção e educação de valores, mostrando a importância de um esporte limpo.
Ministro Leonardo Picciani
           O Ministro de Esportes, Leonardo Picciani, enfatizou que a ABCD vem atuando com  a sua equipe de forma espetacular dentro da normas estabelecidas pela WADA, realiza reuniões frequentes e não tem medido esforços para estar em conformidade com que preconiza a entidade maior do doping. Agradeceu a a dedicação de sua equipe liderada pelo Secretário Rogério Sampaio e a coordenação de informação e educação com o professor Luiz Celso Giacomini.


               Foi apresentado o mascote da ABCD, o chamado ABCDog, que a partir de agora será um integrante na EQUIPE em eventos que tiver a participação da ABCD.



 Sandro Oliveira, assessor da ABCD conduziu as entrevistas
 Todos participantes receberam certificado da ABCD
 ENTREVISTA – Sandro Oliveira, assessor da ABCD fez entrevista a respeito do JOGO LIMPO com ex-atletas olímpicos e paraolímpicos: Daniel Dias (natação), Luiza Parente (Ginástica Artística), Lucila da Silva (Handebol) e Luciano Correia (judô) em que se manifestaram sobre o malefício do doping e a necessidade sempre do Jogo limpo.

RECONHECIMENTO – A sensibilidade da ABCD, através do Diretor de Informação e Educação, professor Luiz Celso Giacomini, prestou homenagem a dedicados ex - funcionários do Ministério, desde SEED-MEC, Orlando Ferraciolli Filho e Marieta da Silva Carvalho. O Secretário Nacional de Rendimento, Luiz Lima fez a entrega da Menção Honrosa.

 
Luiz Lima, Secretário de Rendimento
   Na qualidade de ex-atleta olímpico (natação) e Secretário de Rendimento, Luiz Lima trouxe a sua palavra de apoio a iniciativa do ME, através da ABCD em lançar o programa JOGOLIMPO, que virá, afirma ele: “Contribuir muito para o desenvolvimento do esporte, dentro de um clima de cordialidade e sem perigo. Embora o esporte seja uma atividade saudável, infelizmente ainda está tendo esse mal, que traz uma imagem negativa para as Entidades e danos, às vezes, irrecuperáveis.
Jorge Steinhilber, Presidente do CONFEF
         Professor Jorge Steinhilber, do Sistema CONFEF/CREFs falou sobre o Profissional de Educação Física e Doping do Esporte. Jorge disse que devemos preocupar-nos com a seriedade e a atuação de profissionais competentes, proporcionando uma orientação de qualidade a fim de que a educação e disciplina começem  na criança e a escola é o local, evidente que outros programas devem ser implementados para que se tenha progressividade e continuar com essa orientação também no meio social onde o cidadão vive.
Pablo Grecco, Coordenador

`     Pablo Grecco, Coordenador das Comissões de Pesquisa e Extensão, apresentou o Edital para a adesão das Universidades ao Jogo Limpo. Tão logo essa apresentação feita, foi aberto para perguntas e esclarecimentos. Nas várias manifestações tiveram elogios a iniciativa da ABCD em promover o Encontro e sugestões de incrementar ainda mais ações junto a comunidade escolar e  civil , onde o esporte está presente.
Opinaram___________________________________________
 João Carlos Bouzas Marins, Universidade de Viçosa-M






Viviane Teixeira, da Universidade de Matto Grosso
Ricardo Petersen, Coordenador da UFRGS

 
Comissão de Pesquisa e Extensão (Emerson, Layla, Fernando, Giacomini – Diretor da ABCD- Lenamar, Grecco – Coordenador – Marco Túlio)


ENCERRAMENTO – Professor Luiz Celso Giacomini, com vivência na direção de equipe – foi técnico nacional de handebol -  professor universitário e Pró- Reitor – UFSM – e gestão do esporte no Ministério de Esporte – Secretário Adjunto Nacional de Esportes e hoje Diretor de Informação e Educação da ABCD – manifestou-se no final de forma entusiástica pelo evento realizado disse: “ Temos a convicção que a semente foi lançada e temos certeza que teremos muitos frutos, pois.  estamos felizes pela número expressivo de Faculdades de Educação Física presentes, pois entendemos que dentro das Universidades é gerado o conhecimento e se formam as pessoas e com essas ações bem integradas e bem produzidas levadas às escolas teremos uma educação física bem orientada e o programa JOGO LIMPO encontrará campo fértil e a meninada será impactada e fará valer o JOGOLIMPO sem atrapalho, fazendo com que o esporte seja um fator educacional na sociedade.”
           Giacomini agradeceu aos parceiros já com acordos de cooperação confirmados; aos Comitê Olimpicos do Brasil e Paralímpico e de Clubes, CONFEF, Secretarias Municipais e Estaduais de Esportes e conclamou as Universidades para aderirem a luta do combate contra a dopagem no pais.
Equipe da ABCD, que esteve atuando no Encontro

NOTA DO EDITOR___________________________________________

JOGO LIMPO é o que precisa o nosso BRASIL nessa ebulição que está vivendo. JOGOLIMPO é um dito popular, frequentemente falado em todas as rodas de conversas, principalmente nos meios esportivos. Quer dizer no inglês – “Fair Play”, diz-nos ser sério, cumprir, sem falha.
O MINISTÉRIO DO ESPORTE, através da ABCD, lança esse programa e de forma correta, pois vale-se das FACULDADES DE EDUCAÇÃO FISICA DO BRASIL, formadoras dos futuros profissionais da EDUCAÇÃO FÍSICA. Portanto as FACULDADES estão com essa responsabilidade e a oportunidade de melhorem suas imagens, ganharem o aplauso da opinião pública, entrando nessa CAMPANHA JOGOLIMPO e contribuirem  com a sociedade, melhor preparando o seu PROFISSIONAL, ganha a INSTITUIÇÃO e a SOCIEDADE.
A ABCD garante uma sustentação em termos de subsidiar e preparar recursos humanos e juntos trabalharem no fortalecimento do PROGRAMA. 
Nós que estivemos no Evento, somos testemunho da grandeza dessa realização, com a presença de cabeças pensantes do esporte, da área acadêmica, gestão e sociedade civil. Agora que o JOGOLIMPO está posto, é só jogar limpo com os cuidados necessários: respeito, lealdade e cooperação, que certamente o esporte vai ganhar.
Essa foto é o registro de nossa homenagem que mostra a atenção que Giacomini teve ao longo do Evento, que juntamente com a sua Equipe da ABCD realizou com o apoio diretivo do Secretário Rogério Sampaio e o Ministro Picciani, do Esporte, reunindo Faculdades de Educação Física de todo o país. Giacomini, és um homem de convicção. Parabéns por mais uma realização. Como disse a Marieta, quando você prestou o justo reconhecimento a ela: Ela disse: "Giacomini é a pessoa certa, no lugar certo."

Na comunicação esportiva contem conosco.

(CLERY – EDITOR)

domingo, 25 de junho de 2017

sábado, 24 de junho de 2017

INOVAÇÕES NA REGRA MUNDIAL DO JUDO

 PRÉ-C0BERTURA JOGOS TOKYO 2020:


NOVO SEMINÁRIO DE REGARAS JUDO PARA ÁRBITROS E TREINADORES DE 9 PAISES DA ASEAN EM TOKYO


23 de junho de 2017
   O Japan Sport Council (JSC), a Federação Japonesa de Judo (AJJF) e o Comitê Olímpico japonês convidaram árbitros e treinadores de 9 países da ASEAN para Tóquio através do programa Sport for Tomorrow (SFT). Esses 9 países participarão da competição de Judo dos 29º Jogos do Sudeste Asiático (SEA Games) e esses árbitros e treinadores convidados participarão deste evento importante como representante de seu país.

      A Federação Internacional de Judo modificou algumas partes da regra do árbitro desde janeiro.O objetivo principal deste seminário é apresentar e explicar essas regras de Judo modificadas porque esta regra modificada será aliada aos Jogos SEA.      Os árbitros e treinadores que aprenderam no Centro Nacional de Treinamento da Ajinomoto por 3 dias de 6 a 8 de junho, aprofundaram a compreensão das novas regras e tentaram melhorar as habilidades do árbitro.


      O seminário foi composto de parte de leitura na sala e parte prática no Dojo (Praça de Judo).     "Gostaria de agradecer profundamente a Federação de Judo do Japão, o Japan Sport Council e outras organizações relevantes. O seminário anterior a SEA Games foi realizado pela primeira vez,Foi um seminário prático e significativo. Eu quero penetrar o conteúdo aprendido no seminário para cada país e aumentar o nível do Sudeste Asiático como um todo ", disse PROJANACHIVA HASSABODIN (presidente da Federação do Judô do Sudeste Asiático)


( Fonte: SPORT FOR TOMORROW - TOKYO)

NOSSO SITE COM O DIA OLIMPICO EM TOKYO

PRÉ-COBERTURA TOKYO 2020:
DIA OLIMPICO:

Estudantes de 12 universidades de Tóquio reuniram-se no centro de Tóquio
                                             Tokyo 2020 / Uta MUKUO

      Hoje, um dia após o Dia Olímpico, para competições do Espírito Olímpico envolvendo 16 equipes apresentando música,
Performances de dança e cheerleading. Depois de desfrutar de performances dinâmicas e juvenis, membros daPúblico votou em favor dos vencedores que sentiram ter alcançado seu "melhor pessoal", um dos lema de Tóquio Jogos 2020. Dia Olímpico comemora o nascimento dos Jogos Olímpicos modernos em Paris, em 23 de junho 1894.
 


        O evento reuniu o esporte e a famosa cultura juvenil do Japão, fornecendo um vislumbre da energia e celebrações culturais que o mundo irá desfrutar em conexão com os Jogos de Tóquio 2020. Embora houvesse apenas um vencedor oficial, na verdade, todos os participantes eram vencedores, porque contaram Chamada do Dia dos Jogos Olímpicos para pessoas de todo o mundo, independentemente da idade, gênero ou habilidade atlética, para sair e ficar ativo. Cerca de mil alunos e Tokyo 2020 co-organizaram o evento, juntando-se ao mundo para celelebrar sob o lema do Dia Olímpico "Move, Learn and Discover". Do planejamento e organização para Promover e dirigir o festival, os estudantes se envolveram em todos os aspectos das festividades.  
         A experiência também permitiu aos alunos fazer amigos com pessoas interessadas ao redor do mundo, usando o Hashtags #OlympicDay e # Tokyo2020 学生.      O estudante da Universidade Tokai de quatro anos, Misaki Yokobori, líder do Tokai University Challenge Center Dan Dan Dance & Sports Project, vencedor da competição, comentou: "Na verdade, foi a minha primeira vez      Atuando na frente de uma multidão, mas foi uma experiência incrível para criar esta peça de dança e executar.      "Fiquei muito feliz e estou muito surpreso por ter ganhado a competição. Eu acredito que as pessoas podem ver isso      estávamos gostando de mover nossos corpos. Nesta peça de dança, as raposas se perdem no mundo dos seres humanos      E acabam se divertindo. Tentamos expressar a beleza e a harmonia japonesas tradicionais ". E o estudante do terceiro ano da Universidade de Tóquio Kasei, Yuuka Arai, comentou: "Sinto-me honrado em poder Participe de um evento de Tóquio 2020 como esse. Meu grupo taiko também valoriza amizade, respeito e excelência,      Idéias que os Jogos olímpicos promovem. Ao tocar música em um conjunto, aprendemos a respeitar um ao outro E faça amigos. Especialmente, falando em excelência, nossa equipe compôs uma música original para o primeiro Tempo em sua história este ano. Nesse sentido, eu diria, pudemos nos encontrar e ir além da Potencial da equipe. Em 2020, gostaria de participar dos Jogos ao ver a cerimônia de abertura ou voluntariado ".     
       O COO Yukihiko Nunomura, da Tokyo 2020, comentou na cerimônia de abertura do evento: "Todos os   estudantes que estão aqui hoje serão as estrelas deste festival e dos Jogos Tóquio 2020. Você é a crescente geração e liderará a sociedade. Temos muitos outros eventos divertidos até o ano 2020, E estamos ansiosos para vê-lo lá e trabalhando juntos para criar emoção ".      
       Tóquio 2020 está colocando uma forte ênfase em engajar os jovens, convidando-os a adotar uma nova abordagem ao Movimento Olímpico com suas perspectivas e ambições juvenis.    
            Durante os Jogos Rio 2016, por exemplo, estudantes do Japão foram convidados a visitar os Sites ao vivo em todo o país para assistir a Competições, além de ver e jogos e esportes paraolímpicos e participar de música, dança e performances esportivas. Além disso, após os medalhistas do Japão, atletas e voluntários voltaram do Rio a Tóquio,  os estudantes tiveram a oportunidade de conversar diretamente com os heróis para aprender com seus objetivos olímpicos,
        Experiências paraolímpicas.     A partir de hoje, o número de universidades parceiras de Tóquio 2020 aumentou para 795 e deverá crescer mais distante. Outras atividades das universidades parceiras de Tóquio 2020 incluíram o estabelecimento de Tóquio    Centros de voluntariado e recursos humanos 2020 na Universidade Aoyama Gakuin, Universidade Musashino e  Universidade de Keio e a assinatura de acordos com órgãos nacionais de governo do esporte no exterior para hospedar, campos de treinamento pré-jogos da Universidade Keio e da Universidade Juntendo. 
( FONTE OFFICE PRESS - TOKYO 2020)

NOTA DO EDITOR - Agradecemos, mais uma vez, os nossos colegas Jornalistas da ASSESSORIA DE IMPRENSA DO CCO TOKYO 2020, pelo envio de matérias, que mostram realmente o grande envolvimento que já acontece antes dos 3 ANOS para TOKYO 2020. E , na simplicidade e humildade, desse jornalista olímpico, graças a essas informações, estamos podendo alimentar nosso site, de forma atualizada, e se DEUS QUISER, estaremos de 10 a 21 de agosto na CIDADE DE TOKYO ( Já com agenda para a TIAS e aguardando agora para o mês de julho a agenda com o CCO TOKYO 2020).
(CLERY - EDITOR) 

sexta-feira, 23 de junho de 2017

NOSSO SITE COM OS JOGOS OLIMPICOS DE TOKYO.

 Pré-Cobertura TOKYO 2020:


 COI APROVA PROGRAMA DOS JOGOS OLIMPÍCOS DE TOKYO 2020


Programa de eventos de Tóquio 2020 dará atenção a participação feminina, juventude e um apelo urbano

            O Conselho Executivo (EB) do Comitê Olímpico Internacional (COI) aprovou hoje o programa de eventos para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A decisão marca um marco fundamental na evolução do programa olímpico através da introdução de inovações juvenis e urbanas, melhorando significativamente a igualdade de gênero , E reduzindo o número total de atletas, reduzindo assim a pegada dos Jogos.       Comentando a decisão, o presidente do COI, Thomas Bach, disse: "Os novos e fascinantes eventos que aprovamos hoje, juntamente com os cinco novos esportes que foram adicionados ao programa Tokyo 2020 no ano passado, representam uma mudança gradual no programa olímpico. Estou encantado que os Jogos Olímpicos de Tóquio sejam mais jovens, mais urbanos e incluirão mais mulheres ".       A decisão EB levará a um aumento líquido de 15 eventos, uma redução global de 285 atletas do Rio 2016 e a maior representação de atletas do sexo feminino na história olímpica. Em Tóquio, o número de eventos mistos duplicará de nove no Rio 2016 para 18. Todos os novos eventos farão uso dos locais existentes.      A decisão de hoje é um passo significativo para alcançar o equilíbrio de gênero de 50% nos Jogos Olímpicos, tanto em atletas como em eventos, como está claramente indicado na Agenda Olímpica de 2020.

         Quatro novas Federações Internacionais (IFs) passarão para eventos de gênero em eventos pela primeira vez (Canoe, Rowing, Shooting e Weightlifting - CANOAGEM, REMO, TIRO E HALTEROFILISMO). Em termos de atletas, seis FIs mover-se-ão para o equilíbrio de gênero pela primeira vez (Canoe, Judo, Rowing, Sailing, Shooting e Weightlifting). No nível de disciplina, o equilíbrio de gênero é alcançado em BMX Racing, Mountain Bike e Freestyle Wrestling.O programa também inclui adições focadas em jovens e urbanas, como Basketball 3x3 e BMX Freestyle, em cima de Sport Climbing and Skateboarding. Basketball 3x3 foi uma inovação bem sucedida nos Jogos Olímpicos da Juventude em Cingapura 2010 e Nanjing 2014. O Sport Climbing and Skateboarding foi proposto junto com o Baseball / Softball, Karate e Surf by Tokyo 2020 no ano passado.A próxima edição dos Jogos Olímpicos da Juventude de Verão, que terá lugar em Buenos Aires em outubro de 2018, já contará com BMX Freestyle, Karate e Sport Climbing, bem como vários novos esportes urbanos inovadores, como Breakdance e Roller Sports.O processo de revisão do programa Tóquio 2020 iniciado no Rio 2016, onde os dados abrangentes foram coletados pela primeira vez no nível do evento, dando às IF uma visão sem paralelo do desempenho geral de seus esportes, disciplinas e eventos nos Jogos Olímpicos. Paralelamente, as IFs foram convidadas a enviar seus pedidos de mudanças em seus eventos, quotas de atletas e formatos de competição para o COI até fevereiro de 2017.Tendo analisado as propostas na íntegra, a Comissão do Programa Olímpico reuniu-se em 5 de maio e formulou uma série de recomendações ao EB do COI. Com base nessas recomendações, o EB tomou a seguinte decisão sobre novos eventos em Tóquio:

 O Conselho Executivo do COI apresenta o curso para futuros Jogos Olímpicos
Reunião do COI em Lousanne - Suiça

A reunião do Conselho Executivo do COI em Lausanne terminou hoje com uma série de decisões de longo alcance para o futuro dos Jogos Olímpicos.
A aprovação do programa de eventos para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 tornará os Jogos mais jovens e mais urbanos e incluirão mais mulheres. O novo programa de eventos verá a maior representação de atletas do sexo feminino na história olímpica, ao mesmo tempo em que apresenta eventos esportivos com jovens e apelo urbano. Essas mudanças refletem a evolução contínua do programa olímpico e se baseiam nas reformas descritas na Agenda Olímpica 2020, que visam criar mais flexibilidade através de um programa olímpico baseado em eventos.
Em outra decisão sobre o programa olímpico, a Diretoria Executiva aprovou a composição geral do programa esportivo dos Jogos Olímpicos 2024 para incluir os 28 esportes no programa dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Com relação à inclusão do levantamento de peso, a Diretoria Executiva Decidiu que isso dependerá da Federação Internacional de Halterofilismo demonstrando à Diretoria Executiva, em sua reunião, em dezembro de 2017, que abordou ou estabeleceu planos para abordar a grave incidência de doping no esporte e garantir a integridade neste E todos os aspectos dentro de si próprios e a administração de cada uma das suas federações nacionais.




( fonte COMITE OLÍMPICO INTERNACIONAL )

quinta-feira, 22 de junho de 2017

NOSSO SITE DIVULGA TIAS DO JAPÃO, UMA UNIVERSIDADE DO ESPORTE

Mensagem do Presidente da TIAS:



                 Através de movimentos como os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, o esporte está se desenvolvendo rapidamente e se diversifica em todo o mundo. Ao mesmo tempo, enfrenta desafios como a educação antidopagem, iniciativas esportivas para idosos e deficientes e a promoção de esportes em países em desenvolvimento. Existe uma clara necessidade de desenvolver uma nova geração de líderes que possam lidar com esses desafios em escala mundial.
                   Na Universidade de Tsukuba, um dos lugares sagrados do Japão para o esporte, os ensinamentos de Jigoro Kano continuam. Kano, o primeiro membro asiático do COI, também foi presidente da escola normal Tóquio Superior, precursor da nossa universidade.
                 Com suas técnicas avançadas e instalações de primeira classe, a Universidade de Tsukuba é líder no esporte japonês. Acreditamos que a Academia Internacional de Estudos do Esporte de Tsukuba será incomparável no mundo.
Dr. HISASHI SANADA - Presidente da TIAS

NOTA DO EDITOR : O nosso site está divulgando a TIAS - Tsukuba Internacional Academy Of Sports Studies, pois estamos sendo obsequiados com especial atenção por essa UNIVERSIDADE considerada a maior UNI no esporte do Japão e uma das maiores do Mundo. O Chairman SANADA irá nos receber juntamente com os brasileiros: Cientista da Saúde, GUSTAVO BAJOTTO e o Mestrando da TIAS, KENJI SAITO, no dia 11 de agosto, às 15h. SANADA irá fazer uma apresentação da TIAS, sua estrutura e ações no Japão e no mundo
(CLERY - EDITOR)