sábado, 10 de junho de 2017

NOSSO SITE COM NOTICIAS DO JAPÃO

Notícias do Japão// com TOKYO 2020:

Aprovada Lei que permite ao Imperador abdicar em vida

Na manhã do dia 9 de junho último, sexta-feira, a Câmara dos Senadores do Congresso Japonês aprovou o projeto de Lei Especial de Abdicação, que irá permitir a abdicação do Imperador durante a sua vida em favor do Príncipe Herdeiro.
O projeto de Lei foi aprovado por unanimidade com exceção dos senadores do Partido Liberal, que se retirou da votação. A previsão é que o Imperador abdique no final do próximo ano para que o novo Imperador seja entronado junto com o início de 2019, sob uma nova Era (título da Era de um reinado imperial. O título da Era atual é Heisei).
O Imperador manifestou em público o seu desejo de abdicar em vida em agosto de 2016
    O projeto de lei veio atender uma preocupação do próprio Imperador atual em que ele se sente cada vez mais debilitado para continuar exercendo as funções de “Imperador como Símbolo do Estado Japonês”, como ficou definida depois de promulgada a nova Constituição Japonesa após a Segunda Guerra Mundial.   
    O Imperador manifestou essa sua preocupação a público em agosto de 2016 e o povo tem demonstrado total compreensão.
Será a primeira vez que um Imperador Japonês abdicará ao trono em vida, desde a Reforma Meiji, em 1889, quando foi implementado sistema de reinado vitalício do Imperador.
    A Comissão que discutiu e redigiu o projeto da nova Lei propôs também que a possibilidade de uma nobre (membro da Família Imperial) do sexo feminino possa continuar como membro da Família Imperial mesmo depois de casada com um plebeu. A moção foi aprovada e incorporada como adendo à nova Lei.

NOTA DO EDITOR -  Nosso site com o IPCDIGITAL vivendo notícias do JAPÃO e essa entende como notória ao mundo, em que o IMPERADOR abdica o trono em favor de continuidade do Governo familiar

Nenhum comentário: