quinta-feira, 22 de junho de 2017

NOSSO SITE DIVULGA TIAS DO JAPÃO, UMA UNIVERSIDADE DO ESPORTE

Mensagem do Presidente da TIAS:



                 Através de movimentos como os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, o esporte está se desenvolvendo rapidamente e se diversifica em todo o mundo. Ao mesmo tempo, enfrenta desafios como a educação antidopagem, iniciativas esportivas para idosos e deficientes e a promoção de esportes em países em desenvolvimento. Existe uma clara necessidade de desenvolver uma nova geração de líderes que possam lidar com esses desafios em escala mundial.
                   Na Universidade de Tsukuba, um dos lugares sagrados do Japão para o esporte, os ensinamentos de Jigoro Kano continuam. Kano, o primeiro membro asiático do COI, também foi presidente da escola normal Tóquio Superior, precursor da nossa universidade.
                 Com suas técnicas avançadas e instalações de primeira classe, a Universidade de Tsukuba é líder no esporte japonês. Acreditamos que a Academia Internacional de Estudos do Esporte de Tsukuba será incomparável no mundo.
Dr. HISASHI SANADA - Presidente da TIAS

NOTA DO EDITOR : O nosso site está divulgando a TIAS - Tsukuba Internacional Academy Of Sports Studies, pois estamos sendo obsequiados com especial atenção por essa UNIVERSIDADE considerada a maior UNI no esporte do Japão e uma das maiores do Mundo. O Chairman SANADA irá nos receber juntamente com os brasileiros: Cientista da Saúde, GUSTAVO BAJOTTO e o Mestrando da TIAS, KENJI SAITO, no dia 11 de agosto, às 15h. SANADA irá fazer uma apresentação da TIAS, sua estrutura e ações no Japão e no mundo
(CLERY - EDITOR)


QUILISPORT ESTARÁ NA COBERTURA EM BRASILIA DESSE EVENTO


1º Encontro das Faculdades de Educação Física promovido pela ABCD já tem mais de 160 participantes confirmados


Diretora do Escritório Regional da América Latina da Agência Mundial Antidopagem (WADA), Maria José Pesce será uma das palestrantes durante o encontro promovido pela ABCD. Foto: Governo do PeruDiretora do Escritório Regional da América Latina da Agência Mundial Antidopagem (WADA), Maria José Pesce será uma das palestrantes durante o encontro promovido pela ABCD. Foto: Governo do PeruNo próximo dia 28, no auditório do Ministério do Esporte, em Brasília, a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) promoverá o 1º Encontro de Faculdades de Educação Física do Brasil 2017. Com inscrições encerradas, o evento já conta com 163 participantes confirmados de todo o país, mas a expectativa é de que 200 pessoas participem do encontro, que reunirá, além de diretores de faculdades de educação física, representantes do Comitê Olímpico do Brasil (COB), do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), além de confederações que possuem acordo de cooperação com o ABCD e representantes de Conselhos Regionais de Educação Física (CREF) de 15 estados.

                   O principal objetivo do evento, que terá entre seus palestrantes, além do secretário nacional da ABCD Rogério Sampaio, a diretora do Escritório Regional da América Latina da Agência Mundial Antidopagem (WADA), Maria José Pesce Cutri, é debater a importância do papel da prevenção na luta contra a dopagem no esporte e estimular as faculdades de educação física a inserirem a matéria em suas grades de ensino.
                   “A organização desse encontro é fruto de seis meses de trabalho por parte da equipe da ABCD” ressalta o secretário Rogério Sampaio. “Tenho certeza de que esse evento trará benefícios para o contexto atual de informação e prevenção do conteúdo antidopagem no país”, prossegue.
Rogério lembra que a iniciativa da ABCD junto às faculdades de educação física é fruto de um projeto da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem de repercussão internacional. “As ações da ABCD nesse sentido repercutiram internacionalmente na medida em que a ABCD elaborou e apresentou junto a Unesco um projeto semelhante ao que vamos debater no encontro da próxima semana. Esse projeto chegou ao conhecimento da Universidade Paris Nanterre (Université Paris Nanterre), que adotou a disciplina antidopagem em seu currículo e o lançou no início deste mês em Paris”, comemora Rogério Sampaio.
                    Para estimular a comunidade acadêmica a se engajar na luta antidopagem no Brasil, os participantes do 1º Encontro de Faculdades de Educação Física serão encorajados a criarem projetos voltados ao combate ao doping. Durante o encontro em Brasília, serão empossados dois comitês, um científico e outro de extensão, que serão responsáveis por avaliar esses projetos. “Os dois principais projetos avaliados pelos comitês serão enviados pela ABCD para a Unesco e concorrerão, no ano que vem, a um prêmio de 20 mil dólares que serão usados para que o projeto vencedor possa ser implantado”, adianta Rogério.
Palestras
                   A programação do 1º Encontro de Faculdades de Educação Física terá, além da abertura do ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e das palestras de Rogério Sampaio e Maria José Pesce Cutri, palestras com o professor Pablo Juan Grecco e com o professor Fernando Vitor Lima, ambos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); e com o professor Jorge Steinhilber, presidente do Conselho Federal de Educação Física (CONFEF). Haverá ainda um painel com atletas olímpicos, paralímpicos e ex-atletas e encerramento ficará a cargo do diretor do Departamento de Informação e Educação da ABCD, professor Luiz Celso Giacomini.
                   “O significado desse evento em termos de disseminação da ideia do controle de dopagem no país se reveste de uma importância capital para a ABCD”, afirma o professor Luiz Celso Giacomini. “Esse conteúdo, uma vez sendo absorvido pelas comunidades e disseminado pelos meios acadêmicos, trará uma contribuição fantástica para a conscientização dos futuros profissionais de educação física no sentido de promover a informação, a educação e a prevenção antidopagem nos segmentos em que eles irão trabalhar no futuro: escolas, clubes e academias”, encerra o diretor da ABCD.
1º Encontro das Faculdades de Educação Física do Brasil 2017
Data: 28 de junho
Horário: Credenciamento às 8h30, abertura oficial às 9h e encerramento às 16h30
Local: Auditório do Ministério do Esporte – Condomínio Financial Center – Brasília
Setor de Indústrias Gráficas – SIG Qd. 04, Lote 83, Bloco C – Térreo

(Luiz Roberto Magalhães - Ministério do Esporte)

          NOTA DO EDITOR - Estaremos na cobertura desse Evento. Boletins a partir das 7h30min e várias outras intervenções, durante o dia, na Rádio Imembuí, assim como matérias no face, no site: www.saudepelapratica.com.br e na edição de agosto do jornal SAUDE PELA PRÁTICA.
 

NOSSO SITE COM A DIVULGAÇÃO DO ESPORTE, SAUIDE E LAZER

Legado olímpico

Comissão aprova MP que cria a AGLO para administrar legado olímpico

Medida Provisória 771/17 será encaminhada para votação no Plenário da Câmara
altineucortesfotoleonardopradocamaradosdeputados.jpg
O deputado Altineu Côrtes (PMDB-RJ), relator da Medida Provisória 771/17. Foto: Leonardo Prado/Câmara dos Deputados
A comissão mista da Medida Provisória 771/17 aprovou, nesta quarta-feira (21.06), o relatório do deputado Altineu Côrtes (PMDB-RJ). A MP criou uma autarquia federal de caráter temporário, vinculada ao Ministério do Esporte, para administrar o legado patrimonial e financeiro deixado pelos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.
      A Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO) substituiu, desde a edição da medida provisória, a Autoridade Pública Olímpica (APO), um consórcio público interfederativo formado pelo Governo Federal, Estado e  Prefeitura do Rio de Janeiro. Criada pela Lei Federal nº 12.396, de 21 de março de 2011, a APO foi uma das garantias oferecidas pelo Brasil ao Comitê Olímpico Internacional (COI) durante a candidatura da cidade do Rio para sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. A instituição tinha como objetivo coordenar as ações governamentais para o planejamento e a entrega das obras e dos serviços necessários à realização dos Jogos.
A AGLO tem "prazo de validade": ela será extinta após tomadas todas as providências necessárias à destinação do legado olímpico ou no dia 30 de junho de 2019, o que ocorrer primeiro. No Parque Olímpico da Barra, estão sob responsabilidade da AGLO o Velódromo, o Centro Olímpico de Tênis e as Arenas Carioca 1 e 2.
      O relatório de Altineu Côrtes será votado no Plenário da Câmara dos Deputados. O texto precisa ser aprovado até 10 de agosto, último dia de vigência da MP 771.
Menos custo
       O deputado destacou que a nova autarquia representa economia para os cofres públicos. Segundo ele, a estrutura da Governança do Legado Olímpico é mais barata do que a da Autoridade Pública Olímpica. “Ela reduz o número de funcionários da então Autoridade Pública Olímpica. A gente quer que todo esse equipamento público possa atender a população da forma mais benéfica possível, com o menor custo para o Brasil”, disse Côrtes.
Funções
         A função básica da AGLO é gerir o legado da infraestrutura esportiva construída para os dois eventos esportivos nas arenas sob sua responsabilidade no Parque Olímpicos da Barra e em Deodoro, região da Zona Oeste do Rio de Janeiro que recebeu competições durante as Olimpíadas e Paralimpíadas.
Este trabalho envolve a viabilização da utilização das instalações esportivas; a promoção de estudos que subsidiem a adoção de modelo de gestão sustentável dos equipamentos; e a definição das contrapartidas para quem utilizar as instalações. A AGLO tem ainda como missão incentivar atividades esportivas de alto rendimento.
     Sediada no Rio, a autarquia é administrada por Paulo Márcio Dias Mello, que conta com o auxílio de uma diretoria. A AGLO pode requisitar pessoal de órgãos da administração pública federal e militares das Forças Armadas. A medida provisória define, em três anexos, a quantidade e a remuneração dos cargos em comissão e das funções de confiança da nova autarquia federal.

NOTICIAS DE TOKYO SOBRE JOGOS OLIMPICOS 2020




Pré-Cobertura TOKYO 2020:

COI FAZ A QUARTA VISITA A TOKYO
No período de 28 a 30 de junho, a COORDENAÇÃO DO COMITE OLIMPICO INTERNACIONAL – COI realiza visita à TOKYO.


Calendário da Comissão de Coordenação do COI

 -  Sessão plenária de abertura da Comissão de Coordenação do COI
    Data: quarta-feira, 28 de junho
    Localização do evento: Toranomon Hills Mori Tower (mapa de acesso aqui)
    Recepção de mídia: 10h30min – 11h e 10min
    Participantes: John Coates, Vice-Presidente do COI e Presidente da Comissão de    Coordenação dos Jogos da XXXII Olimpíada - Tóquio 2020; Yoshiro Mori Tokyo 2020 President Tamayo Marukawa Ministro encarregado dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio Yuriko Koike Governador do Governo Metropolitano de Tóquio
   Visita do local no Aomi Urban Sports Venue
   Data: quarta-feira, 28 de junho
   Localização do evento: Venus Fort-side gate no Aomi Temporary Parking No.2
Aomi 1-1-16, Koutoku, Tóquio
   Recepção de mídia: 16:30 - 17:00
   Hora do evento: 17h – 17h30min   

( FONTE: TOKYO 2020 OFFICE PRESS)