sexta-feira, 30 de março de 2018

NOSSO SITE COM OS JOGOS OLIMICOS DE TOKYO 2020

Pré Cobertura de Tokyo 2020 
QUILISPORT DIVULGA FOTO ATUAL DA VILA OLIMPICA DE TOKYO
                                                                                                                                   foto TOKYO 2020
Estágio atual da Vila Olímpica de TOKYO 
Hoje, o colega LAVIER da Assessoria de Imprensa do Comitê Organizador dos Jogos Olimpicos de Tokyo 2020, enviou-nos essa foto atual da Vila Olímpica. 
             Dentro do planejamento de nossa cobertura dos Jogos Olimpicos de Tokyo está a veiculação no mês de agosto de um encarte de 4 páginas, atualizando 2 ANOS ANTES DA OLIMPIADA. Para isso estamos retomando os contatos com os nossos colaboradores olímpicos, que moram no JAPÃO para que tenhamos dados precisos.
                  Hoje veiculamos essa foto com a participação do LAVIER e ele nos indicou para se somar aos nossos contatos o Mr.KUMAGAI, de Tokyo também para ser um dos nossos informantes de lá.
 Essa foto é da VILA OLIMPICA, que fizemos no mês de agosto de 2017

domingo, 25 de março de 2018

NOSSO SITE COM O HANDEBOL FEMININO BRASILEIRO



Seleção feminina empata em amistoso com campeãs mundiais
Jogo encerrou período de treinos da equipe de Jorge Dueñas na França.

      Da Redação, Santo André (SP) - A seleção feminina de Handebol se recuperou no segundo amistoso disputado na França. Na cidade de Pau, as brasileiras empataram com as donas da casa em 24 a 24.
Na primeira partida, o Brasil havia feito um bom primeiro tempo, mas teve atuação irregular na segunda etapa e acabou superado por 28 a 17. A meta do técnico Jorge Dueñas para a segunda partida era ajustar o ataque, que havia se mostrado  lento e perdido muitas bolas que renderam contra-ataques para as campeãs mundiais. 
"O Brasil, desta vez, fez jogo muito sério e equilibrado em todas as fases do confronto. No primeiro tempo, fomos muito equilibrados no ataque e na defesa. Fomos para o intervalo com quatro gols de desvantagem. Começamos a segunda etapa com boa atitude defensiva e bons ataques, que foram nos fazendo chegar perto no placar. Foi um jogo sério, com boa atitude das jogadoras, que mostraram capacidade de empatar com a França, atuais campeãs mundiais, em casa, em um ambiente de muita pressão", afirmou o técnico Dueñas.
Os jogos fizeram parte de uma semana de treinamento da equipe do técnico Jorge Dueñas na França. Foi o primeiro contato do treinador com as atletas nesta temporada. Além de avaliar as condições físicas e técnicas de suas pupilas, ele aproveitou o período de trabalho para analisar vídeos e conversar com as jogadoras.
A principal meta do time neste ano é a conquista dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, na Bolívia, de 27 a 31 de maio.

Veja as convocadas:
Alice Fernandes da Silva (Goleira - Málaga Costa Del Sol)
Ana Paula Rodrigues Belo (Central - Club  Rostov Don)
Bárbara Elisabeth Arenhart (Goleira Club Vaci Nkse)
Bruna Aparecida Almeida de Paula (Armadora direita - Fleury Loiret Handball)
Carolline Dias Minto (Armadora direita - Fleury Loiret Handball)
Dayane Pires da Rocha (Ponta esquerda - Molde HK Elite)
Deonise Fachinello (Armadora direita - CS Magura Cisnadie)
Eduarda Amorim Taleska (Armadora esquerda - Gyori Audi ETO KC)
Elaine Gomes Barbosa (Pivô - Kastamonu Belediye GSK)
Gabriela Gonçalves Dias Moreschi (Goleira - Larvik Handball Klubb)
Jessica Quintino Ribeiro (Ponta direita - HC Odense A/S)
Karoline Helena De Souza (Armadora esquerda - Club Vaci NKSE)
Larissa Fais Munhoz Araujo (Ponta esquerda - ÉRD NOI Kézilabda)
Mariana Costa (Ponta direita - CS Magura Cisnadie)
Patricia Batista da Silva (Armadora direita - Club Thüringer HC)
Patricia Matieli Machado (Central - Vistal Gdynia)
Tamires Morena de Araujo (Pivô - Larvik Handball Klubb)

Comissão Técnica
Técnico: Jorge Dueñas
Auxiliar técnico: Sérgio Luiz Graciano
Preparador físico: Fausto José Steinwandter
Médica: Pauline Buckley Bittencourt Silva
Fisioterapeuta: Marina Gonçalves Calister
Massoterapeuta: João Batista Mariano da Silva
Nutricionista: Julia do Valle Bargieri
Supervisor: Álvaro Francisco Casagrande Herdeiro


  | Web

terça-feira, 20 de março de 2018

NOSSO SITE DIVULGA O JORNAL SAUDE PELA PRATICA MES DE ABRIL 2018

JORNAL SAUDE PELA PRÁTICA MES DE ABRIL DE 2018
QUILISPORT veicula o jornal mês de abril de 2018.







domingo, 11 de março de 2018

CHINES SUPERA BRASILEIO, QUE FICA COM A PRATA NO TM

ABERTO DO CATAR DE TENIS DE MESA:
BRASILEIRO FICA COM A MEDALHA DE PRATA 
                                                                                                               Crédito: ITTF.
gigante CALDERANO conquista PRATA no TM no CATAR






Hugo Calderano é vice-campeão do Aberto do Catar

Chinês Fan Zhendong superou o brasileiro, que novamente fez história no tênis de mesa
 
FOTO: Hugo Calderano foi o primeiro brasileiro a ser finalista de uma etapa Platinum do Circuito Mundial.

Rio de Janeiro (RJ), 11 de março de 2018.
Por: Assessoria de Comunicação - CBTM
 
Após uma campanha surpreendente para todo o mundo do esporte, Hugo Calderano terminou sua participação como vice-campeão do do Aberto do Catar, disputado na capital do país, Doha. Na decisão, realizada na manhã deste domingo (11/03), o brasileiro foi superado por Fan Zhendong, da China, por 4 sets a 0 (11/13, 12/10, 7/11 e 7/11). O chinês, por sinal, é o maior pontuador da temporada e deverá ser confirmado como novo líder do ranking mundial.

A competição ficará marcada por mais um passo que o carioca de 21 anos dá na sua consolidação entre os melhores do mundo, com direito a vitórias marcantes e grandes atuações.

O vice-campeonato em uma competição Platinum - o Grand Slam do Tênis de Mesa - deu a Hugo uma premiação de US$ 14 mil. Ele agora é o segundo colocado do ranking da temporada, com 363 pontos, e deve aparecer entre os 10 do mundo na próxima listagem do ranking mundial. Esse foi o segundo torneio do Circuito Mundial que Hugo disputou no ano. Antes, ele tinha sido semifinalista do Aberto da Hungria.

O próximo compromisso de Hugo Calderano será o Aberto da Alemanha, outro torneio Platinum, no qual terá a companhia de Gustavo Tsuboi para representar o Brasil. A competição acontecerá na cidade de Bremen, entre 23 e 25 de março.

O jogo
O primeiro set teve a mesma cara dos duelos anteriores em seu início. Confiante, Hugo abriu vantagem de 8 a 2, aproveitando-se de alguns erros não-forçados do chinês, mas este equilibrou o jogo aos poucos, reduzindo a diferença para um ponto (9 a 8). O brasileiro pediu tempo e teve um set point não aproveitado. Zhendong virou o jogo para 11 a 10, mas Hugo buscou novo empate. Uma paralela que raspou a mesa deu a parcial ao chinês: 13 a 11.

Hugo veio atrás no marcador até o quarto ponto do segundo set, mas reagiu e abriu distância em 7 a 4. Novamente Zhendong reagiu, chegando ao empate em nove e salvando um set point de Calderano. Nova virada, agora em 12 a 10.

A terceira parcial foi dominada pelo chinês. Zhendong controlou o placar durante todo o tempo e venceu por 11 a 7. O mesmo panorama se deu no set final. Embora Hugo tenha evitado três match points, novo triunfo do rival por 11 a 7, confirmando a vitória.

A campanha
4 x 1 Lim Jonghoon (KOR) (11/1, 11/7, 11/9, 11/13 e 11/5)
4 x 1 Timo Boll (GER) (11/9, 11/9, 11/8, 7/11 e 12/10)
4 x 0 Tomokazu Harimoto (JAP) (11/5, 11/6, 11/6 e 11/7)
4 x 0 Lin Gayouan (CHN) (11/9, 11/8, 11/3 e 11/6)
0 x 4 Fan Zhendong (CHN) (11/13, 12/10, 7/11 e 7/11)


A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.


FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO
Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM
Claudia Mendes - (21) 98414-2743 - claudia@fatoeacao.com
Marcio Menezes – (21) 98107-6162 - marcio@fatoeacao.com
Juliana Cumplido (estagiária) - (21) 2579-0650 R.109 - juliana@fatoeacao.com


imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

Siga a CBTM nas redes sociais:

 Facebook  Twitter  Instagram 

NOSSO SITE COM O TENIS DE MESA NO ABERTO DE CATAR



Tênis de mesa:
Na final! Hugo Calderano bate chinês e decide título no Catar
Brasileiro vence Lin Gaoyuan com sobras e enfrentará número 2 do mundo na decisão
 

Rio de Janeiro (RJ), 10 de março de 2018.
Por: Assessoria de Comunicação - CBTM
 
A cada jogo, um novo momento histórico para o tênis de mesa brasileiro. Hugo Calderano está na final do Aberto do Catar, torneio nível Platinum (Grand Slam) do Circuito Mundial. Na tarde deste sábado (10/3), o carioca bateu o chinês Lin Gaoyuan, número 4 do mundo, por 4 sets a 0, parciais de 11/9, 11/8, 11/4 e 11/6.

Seu adversário na final, que acontece neste domingo às 12h30 (de Brasília) é o chinês Fan Zhendong, número 2 do mundo, que bateu o compatriota Xu Xin por 4 a 1 na outra semifinal.

O brasileiro teve um sábado impecável. Horas antes, pelas quartas de final, venceu também por 4 a 0 o japonês Tomokazu Harimoto, número 12 do ranking.

É a primeira vez que Calderano alcança uma final individual de Grand Slam. O resultado colocará o brasileiro pela primeira vez no top-10 do ranking mundial.

“Estou realmente feliz, muito feliz por alcançar a final. Eu penso que as horas de treino e as dores te levam ao nivel mais alto. Agora eu tenho de manter o foco e não me acomodar” disse Hugo à ITTF TV, depois da partida..

O JOGO

Virou rotina ver Calderano atacando os rivais com ímpeto no início dos sets. Ele abriu o jogo com 5 a 0 sobre Gaoyuan, que até equilibrou o duelo e salvou quatro game points, mas não conseguiu evitar que o Brasil começasse em vantagem: 11 a 9.

Na segunda parcial, quem começou em vantagem foi Gaoyuan, que chegou a fazer 4 a 1, mas Calderano não deu descanso ao rival. Empatou a partida e conseguiu a virada quando estava 8 a 8. Foram três pontos espetaculares após boas trocas de bola para fechar o set em 11 a 8.

O terceiro set foi marcado por erros não forçados de Gaoyuan, visivelmente pressionado pelo placar e pela atuação soberba do brasileiro. O resultado foi uma parcial absolutamente folgada, fechada em 11 a 3.

O panorama não mudou na parcial derradeira, com Calderano sempre em vantagem no marcador. Um lindo golpe cruzado na diagonal selou a vitória histórica, com 11 a 6 no set e 4 a 0 no placar final.



A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.



FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM