sábado, 6 de outubro de 2018

NOSSO SITE COM O COMITE OLIMPICO DO BRASIL


Time Brasil compete em onze modalidades no primeiro dia dos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018
Ciclismo BMX, judô e triatlo já valem medalha neste domingo, dia 7
O momento mais aguardado pelos melhores atletas da nova geração chegou. É hora de colocar o uniforme do Time Brasil e entrar em campo. A partir deste domingo, dia 7, acontecem as primeiras competições dos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018 com o Brasil representado em 11 modalidades: badminton, ciclismo BMX Racing, ginástica artística, judô, natação, remo, tênis, tênis de mesa, triatlo, vela e vôlei de praia). O Time Brasil está em Buenos Aires 2018 com 79 atletas em 24 modalidades.
 
“Os Jogos Olímpicos da Juventude são uma oportunidade única de proporcionarmos aos mais promissores atletas da nova geração do esporte brasileiro a primeira experiência olímpica de suas ainda curtas carreiras. Por se tratar de atletas ainda em processo de formação e desenvolvimento, nosso principal objetivo nesta competição é motivá-los a prosseguir buscando seus melhores resultados e se superando a cada treino e competição. Os resultados serão uma consequência do trabalho que vem sendo desenvolvido”, afirmou Sebástian Pereira, chefe da missão brasileira em Buenos Aires.
 
As primeiras medalhas em disputa acontecem na parte da manhã no triatlo feminino, com Giovanna Lacerda representando o país na prova que terá outras 32 competidoras, e no ciclismo BMX Racing, com a presença de Maitê Barreto e Vitor Marotta. “Minha meta para esse ano é essa competição. Estou muito preparada, treinei muito para estar aqui. Não vejo a hora de poder andar na pista, curtir o rolê e poder sair daqui com uma medalha”, afirmou a ciclista Maitê Naves, que começou na modalidade acompanhando os irmãos nas corridas. 
 
Além destas modalidades, o Brasil ainda pode subir ao pódio no judô masculino no primeiro dia de competições, com João Vitor Souza, na categoria meio-leve.“Treinei bastante para chegar até aqui e vou dar o meu máximo. A medalha é uma consequência, mas quero fazer boas lutas e sair campeão daqui”, disse o judoca.
 
Os Jogos Olímpicos da Juventude são a oportunidade para a apresentação dos futuros talentos do esporte nacional. Muitos atletas que brilharam nos Jogos Olímpicos Rio 2016 passaram pelos Jogos Olímpicos da Juventude, entre eles Thiago Braz, Isaquias Queiroz, Felipe Wu, Arthur Nory, Flávia Saraiva e Hugo Calderano, entre outros.
 
Um dos principais destaques da equipe de natação em Buenos Aires é André Calvelo, que chega à competição entre os melhores tempos nos 100m. “Sempre sonhei em representar meu país e nada melhor do que uma edição de Jogos Olímpicos da Juventude para que isso aconteça. Espero baixar meus tempos e fazer um belo papel”, projetou o nadador, que nas horas vagas produz vídeos para um canal no Youtube contando sua rotina de atleta.
 
O remo terá provas num dos cenários mais bonitos da capital argentina, Puerto Madero, serão realizadas em formato diferente do convencional. A primeira regata será de 900m com uma curva no meio e as outras serão de 400m “Estou ansioso para estreia. A prova será em um formato diferente, então não tenho certeza do que esperar, a não ser fazer o máximo que posso. Para mim, só de estar aqui representando o meu país já é uma grande honra e um passo para me desenvolver como atleta”, observou o paulista de 17 anos, que planeja conciliar a carreira de atleta com os estudos em uma universidade nos Estados Unidos no ano que vem.
 
A terceira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude reunirá na capital argentina aproximadamente quatro mil atletas de 205 países para a disputa de 36 modalidades e 280 provas. Em Cingapura 2010, o Brasil conquistou sete medalhas e em Nanquim 2014 foram 15.
 
Fotos de divulgação aqui.
Atenciosamente,
Comunicação – Relações com a Imprensa
Em Buenos Aires:
Daniel Varsano - +54 9 11 2255-9283
No Rio de Janeiro:
Christian Dawes 
Tels: 21-2494.2085-
 imprensa@cob.org.br

Nenhum comentário: