terça-feira, 30 de outubro de 2018

NOSSO SITE EM PARECERIA COM O COB - ASSESSORIA DE IMPRENSA

COB contrata gerente de Educação e Prevenção ao Doping
Entidade utilizará aplicativo para mobile learning, plataforma de ensino à distância, além de ações presenciais no CT Time Brasil
O Comitê Olímpico do Brasil (COB), dando sequência à modernização de sua estrutura interna, está implementando a área de Educação e Prevenção ao Doping em seus quadros. O médico Christian Trajano, ex-diretor técnico da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), foi contratado para liderar o processo de elaboração e aplicação do Programa de Educação e Prevenção ao Doping no esporte olímpico brasileiro, em apoio às ações da Agência Mundial Antidopagem (WADA) e da ABCD. 
A área de Educação e Prevenção ao Doping do COB atuará em diversas frentes para alcançar seus objetivos, como, por exemplo, a criação de um aplicativo para mobile learning, uma plataforma de ensino à distância (EAD), além de ações presenciais no Centro de Treinamento Time Brasil, com palestras e seminários de educação integrantes das missões organizadas pelo COB e para o público interno. “Vamos também integrar as ações de educação e prevenção de doping aos cursos de formação de treinadores do Instituto Olímpico Brasileiro, o braço de educação do COB. Em um segundo momento, vamos utilizar o Transforma, programa de promoção dos Valores Olímpicos do COB, para fazer a educação antidopagem chegar às gerações mais jovens”, disse Christian Trajano. “A proteção do espírito esportivo e dos valores Olímpicos é a propulsora desta iniciativa do COB, e se alinha aos valores da entidade: meritrocracia, transparência e austeridade”, completou o gerente de Educação e Prevenção ao Doping do COB. 
As ações da nova área reforçam a conformidade do COB com o Código Mundial Antidopagem da WADA. “O COB sempre fez um trabalho de alerta aos perigos da utilização de substâncias proibidas junto aos nossos atletas olímpicos. Mas, como a preocupação com esse tema aumentou nos últimos anos, o COB entendeu a importância da contratação de um especialista no assunto para aprofundar ainda mais esse trabalho de educação e prevenção, desenvolvendo mecanismos para aumentar o conhecimento dos nossos atletas nessa área”, disse o diretor geral do COB, Rogério Sampaio, medalhista de ouro no judô nos Jogos Olímpicos Barcelona 1992. “Além da justiça e do fair play competitivo, o COB entende o esporte limpo como sinônimo de saúde”, completou Rogério Sampaio.
O COB, como signatário do Código Mundial Antidopagem, irá desenvolver ações de educação e prevenção focadas no movimento olímpico.  “É importante pontuar que a ABCD é quem determina e realiza os testes de controle de dopagem no país, além de gerir os resultados de uma análise positiva e o encaminhamento para julgamento na Justiça Antidopagem, estas ações são exclusivas da ABCD”, disse Christian Trajano.
Atenciosamente,
Comunicação – Relações com a Imprensa
Christian Dawes / Daniel Varsano
Tels: 21-2494.2085-
 imprensa@cob.org.br

Nenhum comentário: