segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

NOSSO SITE COM O COMITE OLIMPICO DO BRASIL

Com Hall da Fama, Prêmio Brasil Olímpico reconhece os feitos e conquistas dos grandes ídolos do esporte nacional
Além de premiar os melhores atletas e treinadores do ano, cerimônia homenageia os principais destaques da nossa história olímpica
Homenagear os principais atletas e treinadores do país é o grande propósito do Prêmio Brasil Olímpico (PBO), cuja 21ª edição ocorre nesta terça-feira, 10, na Cidade das Artes (Rio de Janeiro). Além de conhecermos os melhores atletas de 2019, a cerimônia promete reverenciar algumas personalidades que ajudaram a construir a história olímpica brasileira.
Seis ídolos do esporte nacional entrarão para o Hall da Fama do COB: Guilherme Paraense (tiro esportivo), Joaquim Cruz (atletismo), João do Pulo (atletismo), Magic Paula (basquete) Maria Lenk (natação) e Sylvio de Magalhães Padilha (atletismo). A homenagem a eles acontecerá às 18:45, na área externa do local. Este ano já foram homenageados Bernardinho e Zé Roberto Guimarães (vôlei), Chiaki Ishii (judô) e Hortência Marcari (basquete).
Criado em 2018, o Hall da Fama visa reconhecer e valorizar a trajetória dos nossos heróis olímpicos. Em breve, essas homenagens estarão à mostra no Centro de Treinamento Time Brasil, futura sede administrativa do COB, num espaço aberto à visitação pública. No ano passado, o PBO reuniu Torben Grael (vela), a dupla Sandra Pires e Jackie Silva (vôlei de praia) e Vanderlei Cordeiro de Lima (atletismo).
Já nos principais prêmios da noite, seis atletas disputam os troféus de melhores atletas de 2019: Arthur Nory (ginástica artística), Gabriel Medina (surfe) e Isaquias Queiroz (canoagem velocidade), no masculino; Ana Marcela Cunha (maratonas aquáticas), Beatriz Ferreira (boxe) e Nathalie Moellhausen (esgrima), no feminino.
Decidido exclusivamente pelo público, o prêmio Atleta da Torcida tem dez finalistas: Ana Marcela Cunha (maratonas aquáticas), Ana Sátila (canoagem slalom), Bruno Rezende (vôlei), Flávia Saraiva (ginástica artística), Hugo Calderano (tênis de mesa), Ítalo Ferreira (surfe), Mayra Aguiar (judô), Nathalie Moellhausen (esgrima), Paulo André (atletismo) e Pedro Barros (skate). A votação segue aberta até o dia 10 no site pbo.cob.org.br/ e se encerrará durante a cerimônia de premiação.
Por fim, serão premiados ainda os melhores treinadores de 2019, Mateus Alves (boxe) e Renan Dal Zotto (vôlei), e os destaques dos Jogos Escolares: Pâmela Nievilly (atletismo) e Klerton Zaidan (badminton). Maria Luíza Elói (vôlei) e Guilherme Porto (wrestling).

NOSSO SITE E OLIMPIADA DE TOKKO




Rússia é banida da Olimpíada de 2020 e da Copa de 2022 por doping

Punição imposta pela agência antidoping vale por quatro anos e inclui outros campeonatos mundiais; federação russa pode recorrer

A Rússia foi banida das competições esportivas mundiais – incluindo a Olimpíada de 2020, em Tóquio, a Olimpíada de Inverno de 2022, em Pequim, e a Copa do Mundo de futebol de 2022, no Catar – por quatro anos em punição pelo escândalo de doping no país. A suspensão foi imposta pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) e anunciada nesta segunda-feira, 9. A Rússia tem três semanas para recorrer contra a decisão à Corte Arbitral do Esporte (CAS).
Caso o banimento seja mantido, a Rússia não poderá ter sua bandeira erguida ou seu hino tocado nos torneios. Atletas que não estejam envolvidos nos casos de doping ainda poderão competir, mas sob uma bandeira neutra, como já ocorreu nos  Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, em Pyeongchang, na Coréia do Sul, e com a equipe russa de atletismo na Rio-2016. 
Na última segunda-feira, o Comitê de Compliance da Wada, um dos principais painéis da entidade, sugeriu medidas drásticas contra o esporte russo, o que foi aprovado com unanimidade nesta segunda pelo Comitê Executivo, após uma reunião em Lausanne, na Suíça.
“A lista completa de recomendações (de sanções por parte do Comitê de Revisão de Conformidade) foi aprovada por unanimidade dos 12 membros do Comitê Executivo”, declarou o porta-voz James Fitzgerald aos jornalistas presentes na sede da Wada.
A decisão da Wada poderá trazer fortes consequências para a Uefa e para a Fifa. A tendência é que ela não afete os jogos da Eurocopa de futebol do próximo ano, a ser realizada em diversas cidades espalhadas pelo continente, incluindo São Petersburgo. A mesma cidade russa já foi escolhida pela Uefa para receber a final da Liga dos Campeões em 2021. A Wada deve explicar essa situação em breve.
Denúncias – Um relatório produzido por Richard McLaren, um professor e advogado canadense comissionado pela Wada e pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) expôs em 2016 o esquema de doping envolvendo dirigentes do esporte e do governo russo. O documento estabelece que o Ministério do Esporte, a agência antidopagem e o serviço federal de segurança do país estavam “envolvidos em um elaborado esquema de trapaça que se estendeu além dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi de 2014.”
“A surpresa no resultado da investigação de Sochi foi a revelação da extensão da supervisão e controle diretivo do laboratório de Moscou no processo e acobertamento das amostras de urina dos atletas russos de todos os esportes antes e depois dos Jogos de Sochi”, escreveu McLaren. O documento afirmou ainda que exames de vários atletas do Mundial de Atletismo de Moscou-2013 foram substituídas antes do envio a outro laboratório da Federação Internacional de Atletismo (IAAF).
O investigação da Wada confirmou as declarações do médico Grigory Rodchenkov, que, em maio, revelou que o serviço secreto russo “violou as garrafas” onde estavam armazenadas a urina de atletas dopados, incluindo 15 medalhistas olímpicos, e que o governo russo desejava “vencer a qualquer custo”. Exilado nos Estados Unidos, Rodchenkov alega ainda que dopou atletas para as Olimpíadas de Londres-2012,  entre outros torneios de atletismo.
Em janeiro de 206, uma comissão independente da Wada já havia apontado participação do presidente russo Vladimir Putin no escândalo de doping no atletismo do país. Escrito por Dick Pound, o chefe da comissão, o documento denunciou a “corrupção enraizada na IAAF” e destacou que os casos não foram apenas isolados e que Putin sabia de tudo. No informe, os investigadores revelam uma relação bem próxima entre o ex-presidente da entidade, o senegalês Lamine Diack, e Putin.
Putin sempre negou participação nos escândalos e pediu que as punições fossem individualizadas. “Se alguém está violando as regras em vigor, a responsabilidade tem que ser individual. Os atletas que nunca foram dopados não devem pagar o preço pelos outros”, disse. Historicamente, a Rússia é acusada de acobertar casos de doping desde os tempos da União Soviética.
(com Estadão Conteúdo)

domingo, 8 de dezembro de 2019

NOSSO SITE COM A OLIMPIADA DE TOKYO

QUILISPORT E A PRÉ-COBERTURA TOKYO 2020:


Novo Estádio Nacional de Tóquio é concluído oficialmente e entregue para as autoridades


O novo Estádio Nacional de Tóquio, sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020, foi oficialmente concluído e entregue ao Conselho de Esporte do Japão. O estádio com capacidade para 60 MIL pessoas receberá as Cerimônias de Abertura e Encerramento, além das provas de atletismo, sendo um dos principais legados que essa edição dos Jogos deixarão na capital nipônica.
                  O custo final da construção foi de 157 bilhões de iene (R$6,76 bilhões) e foi entregue aos proprietários após uma inspeção final. A inauguração oficial está programada para 21 de dezembro, enquanto o primeiro evento esportivo será a final do torneio de futebol Emperor's Cup, no dia de Ano Novo.

            Principal instalação para Tóquio 2020, o estádio gerou alguns problemas para os organizadores. A construção começou 14 meses atrasada, depois que o projeto inicial da arquiteta iraquiana-britânica Zaha Hadid foi descartado em 2015 pelo primeiro-ministro Shinzō Abe graças ao alto custo que gerou protestos da população.

"Estamos muito satisfeitos que a construção do Estádio Olímpico (Estádio Nacional) - um símbolo importante dos Jogos de Tóquio 2020 - tenha sido concluída; isso nos faz perceber o quão perto estamos do início dos Jogos" disse o executivo-chefe de Tóquio 2020 Toshirō Mutō. "Agradecemos o apoio de todos os envolvidos em sua construção, incluindo o Governo Nacional, o JSC e muitos outros". Mutō não escondeu a ansiedade para o início da competição. "Acreditamos que o estádio se tornará um legado insubstituível - um lugar que permitirá que as pessoas passem dias saudáveis ​​e gratificantes desfrutando do esporte por mais 50 anos ou mais. Com isso em mente, continuaremos nossos preparativos para sediar os melhores Jogos de todos os tempos" completou.
 Estádio Olímpico em agosto de 2019

NOSSO SITE COM TCHÊ ESPORTES NO MUNDIAL DE HANDEBOL NO JAPÃO

QUILISPORT NA PRÉ-COBERTURA TOKYO 2020

Brasil ganha da Eslovênia pela President’s Cup no MUNDIAL DE HANDEBOL FEMININO NO JAPÃO



Andréa Rodrigues  - Tchê Esportes -SP

05:10 (há 2 horas)



A Seleção Brasileira de Handebol Feminino iniciou a disputa pelo 17º lugar no Campeonato Mundial de Kumamoto, no Japão. O Brasil venceu a partida contra a Eslovênia na chamada President’s Cup – que define as posições do 13º ao 24º lugares – por 32 a 19 (18 a 9 no primeiro tempo). O jogo foi na madrugada deste domingo (8/dez) no Ginásio da Prefeitura de Kumamoto, no Japão,. O 24º Campeonato Mundial Feminino de Handebol vai até o dia 15 de dezembro.

A Seleção Brasileira conseguiu boa vantagem logo no início do jogo, tanto que aos cinco minutos já vencia pelo placar de 5 a 0 e administrou a vantagem até o final da etapa, por 18 a 9. Na segunda etapa as brasileiras ampliaram mais a vantagem sobre as eslovenas e fecharam o jogo por 32 a 19.

A melhor atleta da partida foi a ponta brasileira Larissa Araújo (6/6). Marcaram pelo Brasil: Larissa Araújo  e Tamires Araújo (6 gols); Eduarda Amorim (5 gols); Mariana Costa (4 gols); Adriana de Castro, Patrícia Matieli (3 gols); Gabriela Bitolo (2 gols); Samara Vieira, Jaqueline Anastácio e Ana Claudia Bolzan (1 gol).

O próxima jogo do Brasil será na segunda, dia 9/dez, no Ginásio da Prefeitura de Kumamoto, contra o vencedor da partida entre Senegal e República Democrática do Congo.

Sistema de disputa
A forma de disputa do Mundial de Kumamoto é o Main Round, adotado em competições como da Liga Europeia de Handebol (EHF). Nesse sistema, as 24 equipes são divididas em quatro grupos com seis equipes cada, na fase classificatória. Os três melhores de cada chave passam para a próxima fase e levam junto os pontos obtidos nas partidas disputadas entre classificados. Depois se dividem em dois grupos de seis equipes cada, e os dois primeiros de cada chave passam para as semifinais.
As equipes desclassificadas disputam a President’s Cup, que define as posições a partir do 13° lugar.

Jogos do Brasil (Horário de Brasília)
Fase de Grupos
30/11 – Sábado
Brasil 24x30 Alemanha
01/12 – Domingo
3h – Brasil 19x19 França
03/12 – terça-feira
3h – Brasil 27x33 Coreia
04/12 – quarta-feira
8h30 – Brasil 18x24 Dinamarca
06/12 – Sexta-feira
3h – Brasil 31x9 Austrália

President’s Cup (17° ao 20° lugares)
08/11 – Domingo
Brasil  32 x 19 Eslovênia

Conforme informação da Federação Internacional de Handebol (IHF, na sigla em inglês), “a transmissão ao vivo no site ihf.info será bloqueada geograficamente no Brasil (conforme os direitos de transmissão são vendidos), mas, ao mesmo tempo, não há ninguém transmitindo no Brasil”.

sábado, 7 de dezembro de 2019

NOSSO SITE ACOMPANHA OBRA DO SESC EM SANTA MARIA


CÂMARA APROVA POR UNANIMIDADE E EXECUTIVO SANCIONA A CEDÊNCIA DA ÁREA PARA A UNIDADE DO SESC EM SANTA MARIA  

“FECOMÉRCIO-RS GARANTE QUE OBRA INICIA TÃO LOGO QUE OS PROJETOS ESTEJAM CONCLUÍDOS.”                                               Foto arquivo SESC-RS
 O Empresário Luiz Carlos Bohn, presidente da FECOMÉRCIO -RS deu entrevista ao espaço SAUDE PELA PRÁTICA na Rádio Imembui e ao site: www.saudepelapratica.com.br  e garante que o SESC ampliará seus serviços em SANTA MARIA e que a obra, na rua do Acampamento, tão logo tenha os projetos liberados pela Prefeitura, iniciará e manterá o cronograma.

Em 2 sessões, dias 21 e 26 de novembro,   os Vereadores de Santa Maria encerraram a votação do projeto do Executivo – aprovaram por unamidade  - que destina uma área, na rua do Acampamento, na ex-sede da USE, para uma Unidade do SESC. Dia 30 de novembro, Prefeito Pozzobom sanciona a Lei.  A obra terá o custo de 10 milhões, contará atendimentos na área da saúde, alimentação e atividade física. Por 5 anos 10% das prestações de serviços serão para a comunidade.
                                                            Foto QUILISPORT

Áreia na rua do Acampamento, em frente jornal A CIDADE

               A segunda votação pela CAMARA DE VEREADORES DE SANTA MARIA, foi consolidada a aprovação por unanimidade do projeto do EXECUTIVO DE SANTA MARIA  na doação para SESC,  o terreno da rua do ACAMPAMENTO, ex- USE, em frente do Jornal A CIDADE, para a construção de mais uma UNIDADE DO SESC, no valor de 10 milhões, em que terá atendimento aos comerciários e público na área da educação, saúde, esporte, lazer com uma piscina térmica e um restaurante que atenderá 800 refeições dias. Em contra-partida o SESC por 5 anos, concederá 10% das suas prestações de serviços à Prefeitura, sendo beneficiada a população que tenha rendimento inferior a 3 salários míninos.

                                       Foto Quilisport


Vereador César Gehn

                  Destacam-se que nesse processo da doação da área da PREFEITURA para o SESC, o gerente PEDRO SACCOL e o empresário, vereador César Gehn, que foi o expositor do projeto, que como conhecedor do SESC fez excelente explanação do que é o SESC, daquilo que faz e o que oferece desde a sua instalação em SANTA MARIA, a 63 anos.  Também destaque pela relatoria da Vereadora, Dra. Deili, que subsidiada por GEHN e SESC, fez uma explanação objetiva e convincente.
                                                                               Foto Quilisport
 Familia sesquiana presente na Câmara
                       Dos 21 vereadores da CAMARA de Santa Maria , 12 se manifestaram no microfone e 9 não são usaram o microfone da câmara.

                      Manifestaram: César Gehn, Dra. Deili, Tia da Moto, Badke, Luciano, Ovídio, Valdir, Ademar, Alexandre, Celita, Jorjão e Daniel,  Não se manifestaram: Adelar, João Kaus, Cel, Vargas, Juba, Alemão do gás, Lorena, Cida Brizola, Vanderley e Marion. Na fala dos vereadores, alguns manifestaram-se terem dúvidas iniciais: Valdir, Luciano, Jorjão, mas que depois foram esclarecidas e foram favoráveis.

                       No final da votação, após a foto dos vereadores com a turma do SESC, A Editoria do SPP ouviu várias pessoas entre elas: O empresário STANGARLIN, que destacou ser uma grande conquista para SANTA MARIA, tanto para os comerciários, como para os empresários e comunidade, Ouvimos também os vereadores CÉSAR e DEILI . Esses os protagonistas, César o defensor do projeto e Deili, a relatora;  LUCI, na qualidade PEF, quer melhoria na saúde;  DANIEL, disse que ele foi um dos maiores propagandistas do projeto junto aos vereadores  e Ovídio, foi categórico de que sem preocupação que os números são protocolares, que o SESC vai oferecer muito mais o que ficará no papel, que 5 anos, serão mais e que 10% de atendimento também será mais.
                                                                       Foto Quilisport
Após a aprovação da Câmara, teve o registro de uma foto dos presentes do SESC junto com os Vereadores de Santa Maria

                                                               Foto Arquivo Prefeitura
Prefeito Pozzobom sanciona a Lei do Executivo que teve aprovação unânime pelos Vereadores, na cedência da área para a UNIDADE DO SESC, na rua do Acampamento.

NOTA DO EDITOR -  QUILISPORT, através do Espaço SAUDE PELA PRÁTICA, da RÁDIO IMEMBUI, jornal e site www.saudepelapratica.com.br, acompanhou todo o processo de cedência da área da rua do ACAMPAMENTO para o SESC construir mais uma UNIDADE de prestações de serviços. Foi tranquila, quando a sensibilidade do EXECUTIVO em mandar o projeto para a Câmara de Vereadores, que foi aperfeiçoado e contou com o apoio da maioria dos vereadores - reportagem do site faz registro - embora alguns vereadores tiveram dúvidas, mas cederam e a aprovação foi por unanimidade. Entrevistamos Luis Carlos Bohn, presidente da FECOMÉRCIO -RS, tivemos a atenção da colega ALINE, da Assessoria de Marketing do SESC para realizarmos essa entrevista e o Presidente também nos disse que estava ansioso pela aprovação, mas teve o apoio do Prefeito Pozzobom e a compreensão dos vereadores que entenderam a importância da ampliação de prestações de serviços, O importante foi a garantia que o Luís Carlos Bohn deu. Afirmou que, tão logo estejam prontos os projetos e liberados, a obra será iniciada e será cumprido as etapas da obra. 
    Por fim a Editoria de QUILISPORT parabeniza a comunidade que será beneficiada, a familia sesquiana, o trabalho incasável dos sindicados/FECOMÉRCIO/SESC e destacamos o PEDRÕ SACCOL, gerente local do SESC e o Vereador CÉSAR GEHN, que alicercou a defesa na Câmara.
        Amigos, podem a certeza de que quem ganhou foi SANTA MARIA. 
( CLERY - EDITOR )  


















terça-feira, 3 de dezembro de 2019

NOSSO SITE APOIAND0 A COBRAT


CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DOS TREINADORES E PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA- COBRAT-
CNPJ (MF) 26.305.710/0001-13
ATO DA DIRETORIA

ATO DA DIRETORIA Nº 02/2019

SÚMULA: HOMOLOGAÇÃO CHAPA INSCRITA ELEIÇÕES 2020
Em 03 de dezembro de 2019.
O Presidente da COBRAT usando das prerrogativas Estatutárias em vigor consubstanciada no Artigo 47 dos Estatutos Sociais,
CONSUBSTANCIADO na deliberação de Diretoria em sua 18ª Reunião em 03 de dezembro de 2019,
CONSUBSTANCIADO no Artigo 48 dos Estatutos Sociais que trata da HOMOLOGAÇÃO DE CHAPAS INSCRITAS PARA O PLEITO ELEITORAL, e com fulcro na deliberação da mesa diretora consoante as deliberações da Comissão eleitoral de que trata da matéria publicada nos sites  http://www.saudepelapratica.com.br/, e na pagina oficial da entidade,
DECIDE:

Artigo 1º - Fica homologada a inscrição CHAPA UNICA CONSTRUINDO UM NOVO CAMINHO composta dos seguintes candidatos:


NOME DO CANDIDATO
DIRETORIA EXECUTIVA
N° de Registro no CREF
TEMPO DE MANDATO

ASSINATURA
04 ANOS
1.  
Presidente - GILDASIO JOSE DOS SANTOS



2.  
Vice Presidente - ALEXANDRE CEZAR

X

3.  
Diretor Secretario- CRISTIAN EDUARDO GORSKI DA LUZ

X

4.  
Vice Diretor Secretário – Daniel Pereira Melere

X

5.  
Diretor Tesoureiro – Weliton Augusto Gorski da Luz

X

6.  
Vice Diretor Tesoureiro - Elienai Lenine Spinelli

X

7.  
CONSELHO FISCAL

X

8.  
Presidente - Nelson Schavalla -

X

9.  
Secretario – Ademir da Silva

X

10.           
Vogal – Adilson VIdoreto

X


CONSELHO FISCAL- SUPLENTE


NOME DO CANDIDATO
N° de Registro no CREF
TEMPO DE MANDATO

ASSINATURA

04 ANOS

1.
Vogal –  Carol Araújo Soares



2.
Vogal – Gerson Túlio Menezes



3.
Vogal - Claudemir Marques



4.
Vogal - Sarah Kalilah Fernandes Furtado





Publique-se, para os efeitos da SEÇÃO IV  do Estatuto da COBRAT.
Curitiba, 03 de dezembro de 2019.


Prof. Gildasio Jose dos Santos

Diretor Secretario









Prof. Alexandre Cezar                                Prof. Cristian Eduardo Gorski da Luz

   Presidente                                                                Vice-Presidente