domingo, 27 de janeiro de 2019

NOSSO SITE COM O COB


COB participa de seminário e define Marco La Porta como chefe da missão brasileira nos Jogos Pan-americanos Lima 2019
Indicado pelo COB, vice-presidente da entidade será o líder da delegação brasileira na principal competição multiesportiva do ano.
                 Representantes do Comitê Olímpico do Brasil (COB) estiveram em Lima, capital do Peru durante os últimos quatro dias para participar do seminário dechefes de missão dos Jogos Pan-americanos 2019. Além de conhecerem os detalhes de todas as áreas da organização do evento, no encontro, o vice-presidente do COB, Marco La Porta, foi oficializado pela entidade como chefe da missão brasileira na competição, que acontece entre 26 de julho e 11 de agosto. Participaram da comitiva do COB em Lima o diretor de Esportes, Jorge Bichara, o gerente-executivo de Jogos e Operações Internacionais, Gustavo Harada, e a analista de Esportes, Dasha Mischchenko.

                 Marco La Porta possui vasta experiência na coordenação de equipes em grandes eventos. Oriundo do triatlo, onde atuou por anos como coordenador e diretor técnico da confederação, foi chefe da equipe da modalidade nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015 e Olímpicos de Londres 2012 e Rio 2016, entre outros.
 “Ser escolhido como chefe das missões brasileiras em Lima e Tóquio é uma honra muito grande para mim. Estou realmente muito satisfeito, mas ciente de que a minha responsabilidade é gigantesca. O principal objetivo do chefe da missão é proporcionar aos atletas as condições ideais para desempenharem suas melhores performances. Então, vou procurar me preparar ao máximo para poder coordenar toda a equipe e dar o melhor apoio possível para os atletas do Time Brasil nestes dois grandes eventos”, declarou La Porta, que foi o chefe da delegação brasileira em Cochabamba, nos Jogos Sul-americanos, no ano passado.   
              O seminário serviu para reunir os chefes de missão de cada um dos 41 países que participarão do Pan e para que os organizadores apresentassem um panorama das atividades de cada área do evento. Os representantes dos países puderam ainda conhecer os locais de competição e instalações dos jogos.
              A estimativa é de que o Time Brasil tenha em torno de 500 atletas na maior competição multiesportiva do continente, que reunirá cerca de 6000 atletas no total. Os Jogos Pan-americanos de Lima terão importância estratégica para o COB, já que o evento distribuirá vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 em 22 modalidades.

          A indicação do nome de La Porta para chefiar a delegação em Lima foi feita pelo COB. “Marco La Porta vem realizando um grande trabalho como vice-presidente do COB, já conduziu a missão do Brasil em Cochabamba com grande êxito e não tenho dúvidas de que vai, mais uma vez, dar todo o apoio necessário aos atletas e aos demais profissionais que estarão em Lima esse ano e em Tóquio no ano que vem”, disse Paulo Wanderley Teixeira, presidente do COB,

Nenhum comentário: