sexta-feira, 24 de maio de 2019

NOSSO SITE NA CONFERENCIA ESTADUAL DE SAUDE

EVENTO ABRIU NESSA SEXTA NO AUDITÓRIO ARAUJO VIANNA EM PORTO ALEGRE






Logomarca da 8ª Conferência Estadual de Saúde - Foto: .
Apesar da chuva,  mais de 2 mil pessoas( delegados usuários, trabalhadores da saúde, gestores/-/Prestadores de Serviços ,  do CES-RS e eleitos pelos CES-RS) de 409 municipios gaúchos, iniciou nesta sexta-feira, dia 24 e prossegue até o dia 26, domingo, teve o primeiro dia da 8a. COMFERENCIA ESTADUAL DE SAÚDE
Antes da abertura oficial teve apresentação de um teatro "Quem sou Eu"

Autoridades e público fez a ciranda, integração total
Depois da apresentação teve a composição da mesa da solenidade de abeertura constituida pelo presidente do CNS, Fernando Pigatto; Presidente do CES -RS, Claudio Augustin; Arita Bergamann, Secretária de Educação do Governo Estadual do RS, do Conselho Municipal de Saude de PA, Diego Espindola, Presidente do Conselho dos  Secretários Municipais de Saúde - COSEMS - RS.

Momento do HINO NACIONAL BRASILEIRO

Presidente PIGATTO do CNS
Presidente AUGUSTIN do CES -RS

PALAVRAS - As autoridade se manifestaram dando enfoques sobre o momento hoje da SAUDE no Brasil, dos seus percalços e a inportância da CONFERENCIAS que aconteceream nos Municípios brasileiros e agora acontecem nos Estados e elegem delegados para a CONFERENCIA NACIONAL DE SAUDE em Brasilia, de 4 a 7 de agosto de 2019

Secretria Estadual de Saúde do RS
 Presidente do Conselho Nacional de Saúde
Presidente do Conselho Estadual de Saude - RS
Autoridades posam em frente do palco oficial
 FIEP-RS presente na CONFERENCIA
 Parte dos participantes contaram até 80, pela morte do Rio de Janeiro
Grupo de Trento - Italia vieram conhecer a vivenciar uma CONFERENCIA DE SAUDE no Brasil


MESA SAUDE COMO DIREITO 

            A Reitora da Universidade Federal de Alagoas , Macéio, que esteve aqui na CONFERENCIA ESTADUAL, há 4 anos, se manfestou com muita propriedade, pela sua vivência na área da SAUDE. Disse que são muitos pontos que foram  discutidos e contemplado na Conferencia passada, estão novamente colocados em pauta. Portanto enfocou que é necessário de uma ação integradora e mais forte junto aos GESTORES, para que se avance em coisas mínimas que podem melhorar a saúde.

FINANCIAMENTO DO SUS - Foi enfoque que teve a participação da Secretaria Esradual de Saúde, do Conseho dos Secretários de Saúde do RS e do CES-RS. Cláudio Augustin, do CES, mostrou um estudo de gastos do Governo Federal e do RS, na saúde, disse se o dinheiro já é pouco é necessário de que ele seja melhor ocupado.
SANTA MARIA - O Município do centro do estado do RS, deve ter sido o Município brasileiro que mais realizou pré-conferencias, que foram 39 e está na CONFERENCIA ESTADUAL com 24 pessoas

PALAVRA DO EDITOR - Na qualidade de Profissional de Educação Fisica, jornalista, Conselheiro do CREFRS e com isso faz parte do CONSELHO MUNICIPAL DE SAUDE DE SM, ainda participa da COMISSÃO INTER-INSTITUCIONAL DA SAUDE DO TRABALHADOR - CIST do CES-RS, sentimo-nos capacitados para registrar os fatos desse Evento grandioso do estado do RS, em seu primeiro dia. 
   Positivamente pelo grande envolvimento de usuários, trabalhadores da saúde, prestadores de serviços/gestores de 409 municipios, ainda delegados do CES e o percentual de delegados eleitos pelo Regulamento Nacional. Os debates foram qualificados e foram em cima de pontos que focam a realidade da saúde do país e enfoques de que deva o povo ser mais participativo e até ir para rua, a fim de que os Gestores  sintam que o povo não está contente. Interessante o registro do Espindola, Presidente do Conselho dos Secretários de Saude do Estado. Fez uma relação politica do Governo Federeal da posição de Presidentes. Citou Janio Quadros e  Collor, que não apresentaram plano de Governo e  foram enfaticos em ser duros com a corrupção e desmandos e esses não se mantiveram no Governo e ai fez um paralelo com BOLSONARO,  que teve atitude igual e certmente projeta o não fechamento de Governo.
        Quando os palestrantes dizem que precisa as Instituições, que representam a população devem ser mais duras, cobrar mais tem razão. Porque só com pressão que os Governante cedem.
          Vamos ver o que acontece amanhã, nas discussões das propostas com 40 grupos durante o dia e volta no domingo ao ARAUJO VIANNA para a plenaria final, escolha de delegados para a CONERENCIA NACIONAL em Brasilia.
( CLERY - EDITOR )

Nenhum comentário: