quarta-feira, 14 de agosto de 2019

QUILISPORT EM TOKYO 2020

TOKYO - 15 DE AGOSTO DE 2019
AVANÇANDO NESSA SEGUNDA PRÉ-COBERTURA DOS JOGOS OLIMPICOS DE TOKYO 2020
Considera-se que QUILISPORT já havia estado em TOKYO em agosto de 2017,  3 ANOS ANTES, por isso fazemos um paralelo daquilo visto na época e projetamos o que é novo.
      Amigos, Deus tem sido tão bom conosco, e a isso rendemos graça e honra e, a cada dia, somos gratos. 
       Depois de uma viagem de mais de 20 horas, com passagem em DUBAI, um sonho de consumo de qualquer pessoa do mundo, onde fomos recebidos pelo amigo e colega MATARUNA, carioca, professor na UNVERSIDADE DE DUBAI e mesmo rapidamente, na madrugada podemos ver algumas das belas construções da Cidade.
       No Aeroporto de HANEDA, Tokyo, fomos recebido pelo GUSTAVO BAJOTTO, já gente de casa, nosso colega formado em EDUCAÇÃO FISICA, na UFSM, de Nova Palma.
        No dia de ontem, fizemos o GIRO OLIMPICO, visitamos, nada menos do que cinco importantes locais: ESTADIO DO HANDEBOL, ESTÁDIO OLIMPICO, MUSEU OLIMPICO, VILA OLIMPICA E KODOKAN.
        Qual a avaliação desse primeiro dia? Pelo avanço, muito boa. Pudemos fazer um paralelo das duas maiores construções de uma Olimpiada, qual seja o Estádio Olímpico e a Vila Olímpica. Sem surpresas quanto ao ESTADIO, pela construção - quase pronto - porque trata-se de JAPÃO, no entanto quanto a VILA, uma grande surpresa, apesar de não estar pronta, falta o pórtico e certamente uma série de outras inovações que deverão aparecer, mas hoje, é um amontoado de concreto, uma CONDOMÍNIO DE RESIDENCIAS.
          Fomos no KODOKAN, uma experiência inédita, também sonho de qualquer praticante do judô, pois lá é o CENTRO MUNDIAL da modalidade, não se pode ver tudo, mas deu para se sentir a boa infra-estrutura física - 2 prédios em uma avenida principal de TOKYO. Vimos o museu do JIGORO-KANO e o próprio dojô, onde treinam judocas de todo o mundo.
        No Museu Olímpico de TOKYO, ainda não aberto para visitação, mas já o PRÉDIO e os monumentos pequenos históricos que estão à frente. Tais como: AROS OLIMPICOS, TOCHA OLIMPICAS E PIRAS ( 1964 E 2020).
          Por fim o Ginásio, chamado YOYOGI NATIONAL STADIUM, em fase de acabamento as reformas. Ele será sede em dezembro do MUNDIAL DE HANDEBOL.   
             Portanto exitoso esse primeiro dia de visitas e em meio tudo isso, o anúncio do FURACÃO, um pouco furioso que passará na região oeste do Japão, situado do centro para baixo na ilha do JAPÃO, mas certamente terá um certo reflexo  aqui no Japão, chuvas e ventos. Pois tanto esforço para poder levar a informação olimpica para a cidade de SANTA MARIA, temos esse prêmio de sentir, que não seja tão forte, um fenômeno tão comum nessa região do continente asiático.
( CLERY - EDITOR)

Nenhum comentário: